Imagem de um frasco com ácido salicílico.
Ultima atualização: 14 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

20Horas investidas

6Estudos avaliados

62Comentários coletados

Grande parte da população brasileira possui pele oleosa ou acneica. Por essa razão, muitos cosméticos e dermocosméticos utilizados para tratar essas condições apresentam ácido salicílico na composição.

O ácido salicílico também é utilizado no tratamento de dermatite e psoríase, bem como para suavizar linhas de expressão. Para aproveitar ao máximo os benefícios do ácido salicílico, reunimos as informações mais relevantes sobre o assunto neste artigo. Boa leitura!




Primeiro, o mais importante

  • O ácido salicílico pode ser encontrado em menor concentração na composição de cosméticos e dermocosméticos ou em maior concentração na versão peeling.
  • Através das propriedades antibacteriana, antifúngica, anti-inflamatória, adstringente e esfoliante, o ácido salicílico atua no tratamento da acne, dermatite seborreica e psoríase. O ácido salicílico também pode atenuar linhas de expressão e rugas.
  • A fórmula de um cosmético ou dermocosmético com ácido salicílico pode oferecer outros componentes como os ácidos hialurônico, glicólico, retinóico, ascórbico e mandélico. Os efeitos são complementares.

Você também pode gostar:

Melhores cosméticos com ácido salicílico: Nossas recomendações

O ácido salicílico é um dos componentes mais importantes da fórmula de inúmeros cosméticos e dermocosméticos, principalmente os produtos destinados ao tratamento de pele oleosa e acneica. Selecionamos os melhores cosméticos com ácido salicílico no ranking abaixo:

Ácido salicílico para todos os tipos de pele

O peeling químico Derma Peel da Flor da Terra combina ácido salicílico (3%) com ácido glicólico (10%) e ácido mandélico (10%). Esses componentes ajudam a reduzir a oleosidade, controlar a acne, clarear e uniformizar o tom da pele e suavizar linhas finas. O produto é indicado para todos os tipos de pele, incluindo oleosas e delicadas. Aplique o sérum no rosto toda noite.

O produto mais completo

O sérum de ácido salicílico da TruSkin possui a seguinte composição: 2% de ácido salicílico, 5% de ácido hialurônico, 2,5% de ácido retinóico, 3,5% de niacinamida, 20% de ácido ascórbico (vitamina C) e óleo essencial de melaleuca. O produto irá renovar sua pele e livrá-la da acne, excesso de oleosidade, manchas, linhas de expressão e rugas.

A escolha dos profissionais

O peeling químico intensivo da Bioage traz a combinação dos ácidos salicílico e glicólico para uma ação esfoliante abrasiva que estimula a renovação celular. O produto é ideal para preparar a pele para tratamentos anti-idade, antiacne, adstringente ou clareador.

A melhor loção facial com ácido salicílico

O gel creme noturno da Valmari tem como princípio ativo o ácido salicílico. O produto controla a oleosidade, reduz os sinais da acne, equilibra a microflora e renova a epiderme. O produto deve ser utilizado todos os dias na última etapa de cuidados com a pele. O frasco vem com 50g.

Guia de Compra

O ácido salicílico é uma das substâncias mais utilizadas em cosméticos e dermocosméticos de uso dermatológico. Mas qual é a função do ácido salicílico?

Para entender o que é o ácido salicílico, entender como essa substância age na pele, seus benefícios e os motivos para incluir o produto em sua rotina de beleza, continue lendo este Guia de Compra.

Imagem de uma mulher aplicando um sérum no rosto.

O ácido salicílico vai renovar sua pele. (Fonte: Kamil Macniak/123RF.com)

O que é ácido salicílico e quais são suas propriedades?

O ácido salicílico é um beta-hidroxiácido com ação antibactericida, antifúngica, anti-inflamatória, esfoliante e adstringente.

Ao reduzir a contaminação da pele por bactérias e fungos e regular a atividade das glândulas sebáceas – responsáveis pela produção da oleosidade – o ácido salicílico diminui a formação de cravos e espinhas. Enquanto trata a inflamação causada pela acne.

A esfoliação proporciona a renovação da camada superficial da pele, auxiliando na remoção de células mortas e estimulando a produção de novas células. A renovação celular melhorar a aparência da pele.

Quer conhecer todas as propriedades do ácido salicílico, confira a tabela abaixo:

Propriedade Efeito
Antibacteriana e antifúngica Elimina fungos e bactérias causadores de cravos e espinhas
Anti-inflamatória Combate a inflamação causada pela acne
Adstringente O ácido salicílico tem efeito comedolítico, ou seja, ajuda a controlar a produção do sebo e inibe o entupimento dos poros
Esfoliante Esse componente ajuda a eliminar células mortas e estimular a formação de novas células

Quais são os benefícios do ácido salicílico?

Você sabe como o ácido salicílico age na pele? Não, então confira os benefícios da substância abaixo:

  • Trata a acne graças a união das funções antibactericida, antifúngica, anti-inflamatória e adstringente, o ácido salicílico ajuda a controlar a oleosidade, tratar a acne e prevenir a formação de novos cravos e espinhas.
  • Ameniza linhas de expressão e rugas ao promover a renovação celular, o ácido salicílico deixa a pele com aparência mais uniforme, reduzindo linhas de expressão e rugas.
  • Trata psoríase, cicatrizes e manchas pois estimula a renovação da camada superficial da pele – a epiderme.
  • Trata dermatite seborreica graças ao efeito esfoliante e adstringente. Também trata a caspa, quando adicionado ao shampoo.

Como você pôde perceber existem inúmeras aplicações para o ácido salicílico, por isso o princípio-ativo é utilizado na fórmula de diversos produtos cosméticos e dermocosméticos de uso dermatológico.

Conheça mais benefícios do ácido salicílico na tabela abaixo:

Vantagens
  • Presente na composição de inúmeros cosméticos e dermocosméticos
  • Também pode ser encontrado na versão concentrada
  • Traz benefícios para todos os tipos de peles
  • Trata a pele acneica e previne a formação de cravos e espinhas
Desvantagens
  • Encarece o valor do produto
  • É necessário evitar a exposição solar

Quais produtos possuem ácido salicílico na composição?

O ácido salicílico pode ser encontrado na composição de diversos cosméticos e dermocosméticos, em concentrações que variam de 0,5 a 3%. Os mais comuns são sabonetes em barra ou líquidos, loções tônicas, géis, emulsões e cremes.

O componente também pode ser encontrado na forma de sérum concentrado. Outra opção é peeling químico (a concentração sobe para até 35%) e o procedimento deve ser realizado por dermatologistas ou esteticistas.

Imagem do rosto de uma mulher.

O ácido salicílico também pode ser utilizado em tratamentos estéticos. (Fonte: Valeria Boltneva/ Pexels.com)

Mas antes de utilizar o ácido salicílico, procure orientação médica. Apenas um dermatologista conseguirá indicar um produto ou tratamento com a concentração de ácido adequada a sua pele.

Como utilizar um dermocosmético com ácido salicílico na composição?

Se você comprar um sabonete facial – em barra ou líquido – com ácido salicílico na composição, você pode aplicar o produto duas vezes ao dia, dependendo da sensibilidade da pele. Isso vale para mousse e solução de limpeza.

Restrinja o uso de loção tônica, creme ou sérum ao uso noturno, pois ao aplicar qualquer dermocosmético com ácido na composição, a exposição solar deve ser evitada.

Imagem de um sabonete facial.

O sabonete com ácido salicílico na composição pode ser utilizado duas vezes ao dia. (Fonte: The Honest Company/ Unsplash.com)

Com que frequência devo fazer peeling de ácido salicílico?

Quando aplicado como peeling, o ácido salicílico deve ser utilizado em uma frequência menor, a cada quinze dias ou uma vez ao mês, pois nessa apresentação, a concentração de ácido é maior e os efeitos são potencializados.

O peeling de ácido salicílico deve ser aplicado após a limpeza facial, para potencializar os efeitos esfoliante, desinflamatório, adstringente, antibacteriano e antifúngico. O produto deve ser aplicado por um dermatologista ou esteticista.

O ácido salicílico descama a pele?

Embora a maioria dos ácidos costumem descamar a pele, isso é bem raro com o ácido salicílico. Podo ocorrer uma descamação leve entre dois ou três dias após a aplicação do peeling ou de um dermocosmético com alta concentração deste ácido.

Para evitar a descamação da pele, tenha atenção redobrada à hidratação da pele. Utilize cremes hidratantes leves para suavizar e acalmar a pele. Não esqueça o filtro solar e evite exposição ao sol.

Imagem de uma mulher na praia.

Evite exposição solar durante o tratamento com ácido salicílico. (Fonte: Jermaine Ulinwa/ Pexels.com)

Quais cuidados devo ter ao aplicar ácido salicílico?

Apesar do grande número de benefícios, o ácido salicílico pode causar grandes problemas de saúde se não for utilizado corretamente.

Quando aplicado na pele com frequência superior à recomendada, o ácido pode provocar escoriações, manchas avermelhadas, ressecamento e formação de crostas na pele.

Quem tem a pele seca ou sensível pode desenvolver uma reação inflamatória e problemas de hipersensibilidade ao ácido. O caso pode ser ainda mais grave se a pessoa apresentar hipersensibilidade ao ácido salicílico.

Existe alguma contraindicação ácido salicílico?

Estima-se que pelo menos 1% da população mundial sofra de alergia ao ácido salicílico. A reação alérgica ao ácido salicílico – denominada salicismo – ocorre quando o ácido é aplicado em alta concentração numa extensa área corporal.

Carolina Renato MarçonDermatologista

"O paciente pode ter aceleração dos batimentos cardíacos, perda de audição, vertigem, desconforto abdominal e reações no sistema nervoso central."

Caso ocorra uma reação alérgica ao ácido salicílico, procure uma clínica médica. O tratamento, indicado por médicos dermatologistas, deve ser feito a base de corticoides orais ou injetáveis, dependendo da gravidade da reação.

Produtos com ácido salicílico na composição são contraindicados para gestantes, lactantes e pessoas que têm alergia a aspirina.

Critérios de compra: Como escolher o melhor ácido salicílico do momento

Decidiu incluir o ácido salicílico em sua rotina de cuidados com a pele mas não sabe qual produto escolher? Descubra quais aspectos merecem sua atenção no momento da compra:

Você já usou algum dermocosmético com ácido salicílico? Compartilhe sua experiência conosco através dos comentários. Não esqueça de compartilhar este artigo com suas amigas.

Produto

Conforme mencionamos anteriormente, os cosméticos e dermocosméticos com ácido salicílico na composição podem ser:

  • Sabonete em barra ou líquido
  • Loção tônica
  • Gel
  • Emulsão
  • Creme

Nesses produtos, a concentração de ácido salicílico varia de 0,5 a 3%. Mas você também encontra produtos com concentração maior – máxima de 10%.

Outra opção é a loção concentrada – peeling. Neste caso, a concentração de ácido salicílico sobe para até 35%. Geralmente o produto vem em textura gel e frasco com aplicador conta-gotas.

Imagem de cosméticos.

O ácido salicílico está presente na composição de diversos cosméticos e dermocosméticos. (Fonte: Brandless/ Unplash.com)

Outros componentes

Geralmente, os cosméticos e dermocosméticos com ácido salicílico possuem outros ácidos na composição além deste princípio-ativo. Listamos os principais ativos associados e suas respectivas funções abaixo:

  • Ácido glicólico melhora a textura da pele, tornando-a mais lisa e uniforme. Perfeito para disfarçar linhas de expressão e poros abertos.
  • Ácido hialurônico além de estimular a produção de colágeno, promove o preenchimento superficial da epiderme, suavizando pequenas linhas de expressão e rugas finas.
  • Ácido mandélico estimula a esfoliação e renovação da pele. Também ajuda a clareá-la (perfeito para quem apresenta manchas na cútis).
  • Ácido retinóico apresenta dupla função: Controla a oleosidade da pele e estimula a produção de colágeno.
  • Ácido ascórbico (vitamina C) possui efeito antioxidante, portanto previne o processo oxidativo, um dos responsáveis pelo envelhecimento da pele. Também ajuda a clarear a pele e a estimular a produção de colágeno.

Quantidade em ml

Você encontra o ácido salicílico concentrado em frascos com 30 e 60ml. Como a recomendação de uso da maioria desses produtos é aplicar de três a cinco gotas do produto na pele higienizada toda noite, antes de dormir, certifique-se de encontrar um produto com bom rendimento.

Produto de farmácia ou manipulado

Você pode comprar um cosmético ou dermocosmético com ácido salicílico na farmácia ou mandar manipular o produto.

foco

Você sabia que é possível mandar manipular shampoo com ácido salicílico? O produto atua no tratamento da caspa, pois tem ação antifúngica.

Também ajuda a controlar a produção da oleosidade do couro cabeludo, pois é adstringente.

A grande vantagem de comprar um produto manipulado é utilizar um dermocosmético feito sob medida para você, ou seja, com a concentração de ácido e componentes que sua pele precisa.

No entanto, para comprar qualquer produto manipulado, é necessário passar em consulta com um dermatologista para solicitar a receita, exigida pela farmácia de manipulação.

(Fonte da imagem destacada: Elena Grishina/ 123RF.com)

Por que você pode confiar em nós?

Anna Liz Melo Personal Stylist
Formada em moda e prestes a concluir o curso de cosmetologia e estética, Anna Liz tem no currículo experiência suficiente para aconselhar qualquer pessoa sobre o look certo para qualquer ocasião. A experiência de dois anos em Paris ajudou muito, mas seu feeling é o que faz dela a pessoa certa para te ajudar a escolher a roupa, o perfume e os acessórios certos para cada compromisso.
Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.