Olá, é um prazer receber você novamente aqui, na ReviewBox Brasil. Nossos esforços valem a pena toda vez que nos encontramos. Parece até transmissão de pensamento. E, por falar em transmissão, esse é o assunto de hoje: adaptador bluetooth.

Não é surpresa a busca pelo prático, e isso envolve também a mínima quantidade de fios possível. Não é nada prático ficar carregando um cabo de 1 metro no bolso. E a tecnologia bluetooth surgiu para eliminar conexões por fios.

Com um toque você é capaz de habilitá-la, e com outro começar a utilizar. E você pode estar se questionando para que serve um adaptador. Vamos responder essa e outras dúvidas ao longo desse guia. Então, mantenha-se ligado conosco, para lhe deixarmos repleto de conteúdo sobre os adaptadores bluetooth!

Primeiro, o mais importante

  • Adaptadores bluetooth têm objetivos bem específicos e funcionam em determinados equipamentos, como computadores e aparelhos de som. Não o adquira pensando numa ferramenta universal de solução no uso de cabos. Ele vai lhe ajudar muito somente onde é compatível.
  • O bluetooth funciona pelo envio e recebimento de informações em ondas de radiofrequência. Vários dispositivos que utilizam radiofrequência num mesmo local podem atrapalhar a eficiência do equipamento. Por ser uma transmissão, ela depende de certa proximidade entre os equipamentos. Não acredite em deixar o computador em casa e conseguir utilizar o bluetooth no mercado.
  • Esta tecnologia opera por diferentes capacidades de distância e velocidade. Então fique bastante ligado quando precisar escolher um (continue lendo, lhe contaremos tudo).

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores adaptadores bluetooth

Um adaptador bluetooth é essencial para equipamentos sem esta função nativa. Se esse for o caso do seu equipamento, confira abaixo o ranking que selecionamos para você com os melhores modelos do mercado.

1º – Adaptador Bluetooth 4.0 Mini

Esse ultra mini adaptador com bluetooth de alta velocidade e emparelhamento simples é compatível com versão 4.0 e anteriores, com intervalo de 20m para receber e enviar. Atua em velocidade superior a 3Mbps, com sensibilidade de -86dBm. Sua tecnologia permite múltiplas conexões.

Possui transmissão Bluetooth Dual Mode. A conexão do acessório é por USB, 2.0 e 3.0, funcionando em todos os Windows (98 ao Windows 10). Acompanha CD de instalação.

2º – Adaptador Bluetooth 4.0 Mini Orico Original

Esse modelo transforma qualquer computador em um dispositivo Bluetooth, desde que possua conexão USB para o adaptador. Com tecnologia 4.0, transmite em alta velocidade, sendo compatível com todos os tipos de periférico Bluetooth.

Compatível com Windows 10 em sistema plug and play, além de outros Windows mais antigos. Transmite a distância de até 20 metros, em velocidade superior a 3Mbps, permitindo até 15 serviços em dispositivos simultâneos.

3º – Adaptador Bluetooth Dongle USB 2.0

Transforma o computador num dispositivo de transmissão bluetooth, com suporte a smartphones e impressoras em velocidade de até 3Mbps. Versão bluetooth 2.0 com capacidade de envio e recebimento até 100 metros. Compatível com Windows 7 e anteriores.

4º – Adaptador Bluetooth P2

Dispositivo diferente dos demais, permite a função bluetooth no seu tocador de áudio, desde que possua uma entrada P2. Ouça música e atenda o telefone pelo rádio com um simples toque.

Versão bluetooth 2.0 com capacidade de envio e recebimento até 10 metros. Suporta perfil A2DP estéreo de alta qualidade e fidelidade sonora. Possui modo hibernar para economia de energia. É compatível com Windows 7 e anteriores.

Guia de Compra

Conectar os aparelhos ao smartphone é uma realidade comum. Porém, alguns equipamentos não possuem o sistema bluetooth integrado. Isso não quer dizer que você não usar dessa tecnologia. Se tiverem compatibilidade, basta comprar um adaptador bluetooth. Continue com a gente para aprender mais sobre como funciona.

Homem usando tecnologia bluetooth para conectar celular com televisão.

A tecnologia bluetooth facilita a conectividade entre aparelhos sem fazer uso de cabos. (Fonte: Manuel Faba Ortega / 123RF)

O que significa bluetooth e como essa tecnologia pode ser útil?

Você já foi apresentado à tecnologia, mas o que exatamente ela é? Bluetooth é uma forma de comunicação sem fio que permite a troca de dados entre equipamentos. O princípio mais interessante dele é a ideia de uma conexão rápida e descomplicada, bastando para isso que dois aparelhos estejam próximos.

Imagens de dispositivos eletrônicos, conectando-se entre si, com o símbolo do bluetooth no centro.

A conexão bluetooth permite integração entre diversos aparelhos tecnológicos, sem a necessidade de fios os interligando. (Fonte: JuraIMin / Pixabay)

Para a conexão acontecer, você precisa: ou selecionar o equipamento a ser conectado, ou aceitar um pedido de conexão de alguma fonte.

Depois da primeira conexão, o princípio é manter a ponte aberta, bastando a proximidade. Contudo, não se preocupe, configurações permitem controlar e receber avisos quando há conexão ou que coisas podem ser acessadas.

Como qualquer tecnologia, o bluetooth tem lá suas grandes vantagens, mas também alguns cuidados a mais que precisamos ter. Mostraremos abaixo:

Vantagens
  • Conexão sem cabos entre aparelhos
  • Solução de baixo custo para integração de equipamentos
  • Disponível na maioria dos smartphones e tablets atuais
  • Suporte a comunicação de voz, além de dados
Desvantagens
  • Equipamentos precisam ter a tecnologia, ou compatibilidade com adaptador
  • Máximo de conexões limitadas por equipamento
  • Curto alcance
  • Suscetível a interferência de outras radiofrequências num mesmo ambiente

Portanto, existem condições mais ideais do que outras para se pensar no uso do bluetooth. Só o fato de não necessitar de fios, já faz desta tecnologia algo ótimo para se ter!

Elas funcionam até mesmo em controles de videogame e fones de ouvido. E para passar informações de um celular para o outro quando não há internet, o bluetooth também resolve!

Agora que você já conhece o suficiente para se entusiasmar, vamos lhe apresentar propriamente os adaptadores.

O que é um adaptador bluetooth?

Acessório compacto de tamanho variado (tamanho de uma unha feminina ou mais), tem a nobre função de integrar. De uso simples, fornecem a característica bluetooth para dispositivos sem este recurso nativo.

Com uma interface bastante cômoda e simplificada, praticamente todos os adaptadores funcionam na modalidade “plug and play”, ou, conecte e use. Sistemas como o Windows procuram sua conexão automática e em segundos ele pode ser utilizado.

Uma das versões mais comuns encontrada para venda, o equipamento é minúsculo, e fica ainda menor quando conectado.

Algumas versões acompanham CDs de instalação, para facilitar a busca do driver. Contudo, engana-se ao pensar que um adaptador bluetooth serve apenas para computadores. Eles existem em diversas conexões para os mais variados equipamentos.

Além do dispositivo para informática, um uso muito comum destes adaptadores é para dispositivos de som.

Pode ser que seu carro tenha um aparelho de som, mas nem sempre o produto costuma vir com esta função. E você tem um smartphone cheio de músicas boas…um adaptador resolve o problema.

Mas, há de se prestar atenção em alguns requisitos que farão você ter uma melhor experiência quando o assunto for adaptador bluetooth, falaremos mais sobre isso ao fim desse Guia, nos critérios de compra. Siga lendo.

Como funciona a frequência de um adaptador bluetooth?

A tecnologia foi pensada para utilização mundial e, portanto, precisou adotar uma frequência de rádio aceita em qualquer lugar do planeta. Mas isso tem um custo.

Figura simulando ondas de rádio emitidas a partir de um ponto, simbolizando o dispositivo bluetooth.

O sinal bluetooth é emitido por radiofrequência, invisível aos olhos, mas comum em todos lugar do globo. (Fonte: Clker-Free-Vector-Images / Pixabay)

Por ser uma frequência aberta, ela pode ser usada por qualquer sistema de comunicação, de forma que outros equipamentos próximos podem gerar interferência no sinal. Ou mesmo o dispositivo possa gerar interferência em outros equipamentos.

Contudo, o sistema bluetooth utiliza até 79 canais dentro desta frequência aberta, e o dispositivo de conexão pode mudar de um canal para outro. O procedimento chamado salto de frequência, diminui drasticamente as chances de interferência, mas podem ocorrer.

Como funciona a rede de transmissão?

Já mencionamos nas desvantagens que uma rede criada por dispositivo bluetooth tem uma limitação maior que redes wireless ou por cabos. O dispositivo que inicia a conexão é o mestre, e todos os demais se tornam escravos.

É tarefa do master – ou mestre – (ele faz isso automaticamente, calma) regular a transmissão de dados nesta rede criada e a sincronia dos dispositivos.

Imagem com círculos e linhas conectados, enfatizando a possibilidade de um sistema de redes conectado via bluetooth.

O sistema de rede do bluetooth permite a integração entre um limite de aparelhos, mas há a possibilidade de múltiplas conexões entre eles. (Fonte: TheDigitalArtist / Pixabay)

Cada conexão pode suportar até 8 dispositivos (um master e sete slaves – ou escravo). É possível ampliar esta rede, de modo que o slave seja submetido a redes com outros másters.

Criado como uma alternativa também energética, visando a economia, os adaptadores bluetooth entram em “modo de repouso” quando não há passagem de dados entre eles.

Quanto custa?

São acessórios com ótima relação custo x benefício, podendo ser encontrados com preços a partir de R$ 10. Mas você pode encontrar modelos de R$ 40, o que continua sendo barato pelo serviço oferecido.

Você precisa tomar cuidado, pois, costumeiramente aqueles de menor preço já estão no mercado há mais tempo. Isso significa que você pode confiar no produto, mas também vale ressaltar que possivelmente existam versões mais atuais do produto.

Onde comprar?

Acessórios portáteis e versáteis podem ser encontrados na maioria das lojas especializadas em eletrônica, informática e também nas lojas de departamento. Possivelmente em uma volta na área central da sua cidade, alguma loja venderá um adaptador bluetooth.

O uso da internet para pesquisa e comparativo também é uma excelente opção, visto a diversidade desses pequenos dispositivos. Sites como a Amazon fornecem uma boa quantidade deles, com a segurança de uma grande empresa e garantia do produto. Você também encontrar em lojas como Americanas, Submarino e Ponto Frio.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de adaptador bluetooth

Certamente já construímos nesta transmissão, uma boa base de conhecimento para escolha de um adaptador bluetooth. Contudo, é importante prestar atenção ainda em algumas características bem específicas, mas que farão toda a diferença.

Ao longo do tempo, a tecnologia bluetooth foi se aprimorando, e também os adaptadores fabricados seguiram absorvendo a tecnologia. Por este motivo, é importante ao pesquisar sobre sua próxima aquisição, levar em consideração dois critérios importantíssimos:

  • Versão
  • Conectividade
  • Alcance (ou classe)
  • Tamanho

Abaixo, vamos entender o que isso significa quando se trata de adaptador bluetooth.

Versão

Em constante evolução, a tecnologia bluetooth é continuamente desenvolvida, criando novas especificações.

Aumentos de velocidade e redução no consumo de energia são os principais motivos para as contínuas atualizações. A versão da tecnologia é modificada cada vez que uma destas características sofre um salto.

Falaremos agora um pouco mais sobre as que consideramos principais versões disponíveis da tecnologia, principalmente quando buscar adaptadores bluetooth:

  • Bluetooth 2.0: Já com algum tempo (mais de 10 anos), deixou para trás outras três versões do equipamento, tendo a diminuição de energia como uma característica. Contudo, seu maior feito com a capacidade de transmitir dados em até 3Mbps (2.1 efetivos).
  • Bluetooth 3.0: Novamente trouxe um ápice no incremento da velocidade, permitindo a transmissão atingir até 24Mbps de velocidade. O potencial, porém, só pode ser alcançado em dispositivos compatíveis com instruções HS (High Speed).
  • Bluetooth 4.0: Agora com outro, permite a transferência na mesma velocidade que a 3.0. Seu consumo de energia é bastante inferior a outra versão, principalmente na ociosidade do dispositivo. Esta característica permite seu uso em aparelhos com baixo consumo energético.
  • Bluetooth 4.2: Mantém a velocidade anterior, mas abre sua capacidade de conexão para outros aparelhos. Com o suporte ao IPv6 pode se conectar à internet das coisas: câmeras, lâmpadas e outros. Possui também um controle mais rigoroso de segurança.
  • Bluetooth 5.0: Incrementa significativamente a distância de comunicação, mesmo na classe 2, para até 40 metros (4x mais!). Também aumentou a velocidade de transmissão para até 50Mbps.

Conectividade

É importante ler as características técnicas do adaptador para ver se ele tem conectividade com o aparelho em que você deseja utilizar. Não basta comprar qualquer um e esperar que ele funcione para todos os casos.

Você quer plugar no seu videogame, TV ou computador? Reflita sobre isso! Os que são mais versáteis, ou seja, que sejam compatíveis com mais dispositivos, certamente serão mais caros.

Defina onde você usará seu adaptador, verifique como é o sistema do aparelho e confira se o adaptador é compatível. Parece simples, mas essa dica é fundamental.

Alcance (Classe)

Sendo uma comunicação por sinais de rádio, é comum que o aparelho tenha um limite para a transmissão. E para o bluetooth, esta distância limite para envio do sinal foi nomeada como classe.

Ao todo, existem quatro classes diferentes quando o assunto é bluetooth, e em cada uma delas há uma limitação de distância:

  • Classe 1: A melhor opção. Permite um alcance das ondas de rádio em até 100 metros de distância. Maior chance de variações ocorrerem neste limite devido a outras frequências abertas ou obstáculos.
  • Classe 2: Emite sinais de radiofrequência num limite de até 10 metros, ideal para sincronização de aparelhos de rádio e conexões numa mesma sala. A possibilidade de variações de alcance é menor. São os mais comuns no mercado.
  • Classe 3: Emite sinais com alcance mínimo, de até 1 metro. São ideias para conexões entre equipamentos sem fácil mobilidade (CPUs, por exemplo). O risco de interferência no sinal é mínimo, devido a sua custa distância.
  • Classe 4: Destinada a dispositivos com mínimo consumo de energia, possuindo alcance máximo de 0,5 metros. Seu uso é bastante específico, sendo poucos os dispositivos disponíveis com esta classificação.

Portanto, ao definir o objetivo do seu adaptador bluetooth, procure um com a classe capaz de atender a sua necessidade.

Tamanho

Você vai encontrar adaptadores minúsculos – com cerca de 2 ou 3 centímetros – ou até mesmo maiores – equivalentes a um pendrive ou mais.

O tamanho é um detalhe quando falamos desse conector, mas vale a pena refletir sobre isso. Muitas pessoas acabam perdendo os menores modelos e preferem os adaptadores maiores.

O contrário também acontece. Algumas pessoas preferem o menor por ser mais discreto. Se você conectar na televisão, por exemplo, ele nem será perceptível. Em alguns casos você não tem opção de escolha sobre o tamanho. Mas se você tiver a chance de escolher, reflita sobre esse fator antes de comprar o seu.

(Fonte da imagem destacada: EsaRiutta / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
24 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...