Mesmo com inúmeros aplicativos e softwares desenvolvidos para ajudar no planejamento e organização das tarefas do dia a dia, algumas pessoas não abrem mão de ter uma agenda de papel.

Os motivos são diversos: a agenda ajuda a organizar os compromissos, afazeres, objetivos, a exercitar a caligrafia e estimular a criatividade. E você pode personalizar a caderneta de acordo com as suas necessidades.

Mas você encontra agendas com diferentes sistemas de organização. Para ajudá-lo a escolher o modelo ideal, nós da ReviewBox Brasil preparamos um Guia de Compra com todas as informações que você precisa saber sobre o assunto.

Primeiro, o mais importante

  • Além da agenda convencional, você encontra o Planner e o Bullet Journal. A frequência de atualização varia de um modelo para o outro e pode ser diária, semanal ou mensal.
  • Você encontra modelos em que a folha é pautada, sem pauta, quadriculada ou pontilhada. O papel pode ser do tipo Offset, Pólen ou Recilato, e a folha pode ser lisa ou decorada.
  • A agenda pode ser em espiral, costurada ou em estilo fichário. O fechamento pode ser por botão, elástico, zíper ou encaixe.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores modelos de agenda

Nas prateleiras da papelaria, você encontra diversos modelos de agenda. Em diferentes tamanhos, formatos, cores e estilos de página (do papel às marcações). Para ajudá-lo a escolher o modelo ideal, separamos algumas sugestões de compra.

1º – Agenda diária Tilibra

A agenda diária da Tilibra é ideal para organizar os compromissos do dia a dia, seja em casa ou no trabalho. A visão é diária, sendo uma página para cada dia, exceto sábado e domingo, em que a página é dividida.

Essa agenda é costurada e possui capa com espuma revestida. As dimensões são: 13,5 cm de largura e 19,2 cm de altura. A caderneta possui 176 folhas de papel offset com gramatura de 56 g/ m².

2º – Agenda Moleskine

A agenda da Moleskine é de uso diário. As páginas são pautadas e datadas e no início da agenda há uma seção para planejamento mensal, com duas páginas dedicadas para cada mês.

Essa agenda é de bolso, são 9 cm de largura e 14 cm de altura. A capa é dura, na cor preta (você encontra este modelo em outras tonalidades), os cantos são arredondados, o papel é na cor marfim e o fecho é elástico. Acompanha três cartelas de adesivo como brinde.

3º – Agenda Planner Floresta Tropical Cicero

O Planner mensal da Cicero é um modelo completo: além do planejamento de cada dia do mês, você tem outros recursos de organização como checagem, notas, cronograma, planejamento financeiro e espaço para anotações em Bullet Journal.

A capa é estampada com a temática “floresta tropical”, desenvolvida pela artista Maitê Lacerda. A agenda tem 52 folhas e é feita com papel Pólen com gramatura de 80 g/m².

4º – Planner de Viagem Pererecatômica

O Planner de viagem da Pererecatômica tem formato fichário e é dividido em quatro cadernos: “Check-list de viagem”, “Planner de viagem”, “Locais de interesse” e “Diário de bordo”.

A agenda tem capa dura revestida em tecido, 13,5 cm de largura, 21 cm de altura e 3 cm de espessura. São 132 páginas em papel Pólen com gramatura de 90 g/m². Acompanha dois folders internos para guardar documentos e mapas, dois porta-canetas e bolso com fecho.

5º – Planner Pink Stone Ótima

O Planner Pink Stone da Ótima é versátil: vem com 30 folhas pautadas, 10 folhas quadriculadas, 10 folhas pontilhadas, 10 folhas lisas e 20 folhas coloridas, ideal para você customizar seu Bullet Journal.

A agenda tem capa dura, é em estilo fichário, tem 12,5 cm de largura e 20 cm de altura. O conjunto acompanha 16 separadores, cartela de adesivos, régua, bloco com sticky notes, envelope de papel, porta caneta e grampos.

Guia de Compra

Com a variedade de modelos e marcas, é normal surgirem algumas dúvidas na hora de escolher a agenda que você vai usar ao longo do ano. São modelos de diferentes tamanhos, formatos, cores e padrões de organização.

Se você quer fazer a escolha certa, vale a pena conhecer os diferentes modelos e entender as indicações de uso de cada um. Para saber mais, confira as informações que preparamos neste Guia de Compra.

Imagem de uma mulher escrevendo em uma agenda.

A agenda vai fazer uma grande diferença em seu planejamento diário. (Fonte: Kaboompics / Pexels)

O que é uma agenda?

A agenda é uma caderneta usada para fazer anotações importantes sobre o seu dia a dia. A agenda é dividida em seções: nas primeiras páginas você encontra espaço para anotar seus dados pessoais.

Por causa da confidencialidade dessas informações, você deve tomar muito cuidado para não perder a sua agenda. Se preferir, não forneça os dados.

Entretanto, vale a pena preencher a seção “dados de emergência”, que inclui informações sobre sua saúde (como tipo sanguíneo e se você possui alguma alergia), nome e número de uma pessoa para contatar em casos de emergência.

Imagem de uma agenda.

A agenda é uma ferramenta de organização pessoal. (Fonte: Melinda Gimpel / Unsplash)

A agenda também tem calendário com as datas comemorativas (feriados). Nessa mesma seção, você pode encontrar algumas informações sobre signos do zodíaco.

Você também encontra uma lista com informações úteis como os números de telefones da Polícia, Bombeiros, Ambulância, entre outros e sites úteis como ferramentas de pesquisa e portais do governo.

Outras seções interessantes são:

  • Planejamento financeiro
  • Metas
  • Datas de aniversário
  • Contatos

Quais são as vantagens e desvantagens de uma agenda?

Uma agenda pode ajudá-lo a organizar melhor a sua rotina. Você pode anotar as tarefas que precisa realizar durante aquele dia, semana ou mês, compromissos agendados e ajustar as suas prioridades.

Christian BarbosaEspecialista em produtividade

“Se você acha que não precisa de nada além de um relógio para administrar seu tempo está muito enganado. Para você conseguir mais tempo em sua vida e uma maior organização é preciso achar a ferramenta certa.”

Você também pode usar a agenda para organizar as finanças e anotar seus gastos. Ao final da semana ou mês, você saberá exatamente o quanto e com o que gastou e poderá planejar suas economias.

Dá para usar a agenda como uma aliada à saúde. Você pode anotar as atividades físicas que praticou, a quantidade de água que bebeu, quantas horas dormiu, quantas calorias ingeriu, e muito mais.

Manter uma agenda também estimula a criatividade e ajuda a exercitar a caligrafia.

Mas, a agenda também tem algumas desvantagens. O primeiro ponto negativo é que você precisa tomar cuidado ao manuseá-la, pois as folhas rasgam e amassam com facilidade e se a caderneta molhar estraga.

Se você for usar a agenda para anotar compromissos, vai precisar carregá-la todos os dias. Além da responsabilidade de não poder esquecê-la em casa (ou perdê-la), você também vai precisar de um espaço na bolsa ou mochila.

Imagem de agendas e livros com café ao lado.

Quando for comprar uma agenda, analise as dimensões. (Fonte: Element5 Digital / Unsplash)

E a agenda em papel não é tão prática e rápida quanto a agenda do celular. Além disso, você não vai poder contar com algumas facilidades proporcionadas pela tecnologia, como lembretes e alarmes.

Outro ponto negativo da agenda é que o espaço disponível para fazer anotações é limitado. Além disso, você não consegue fazer alterações. E aquelas informações serão perdidas quando você descartar a caderneta.

Vantagens
  • Permite personalização
  • Não exige senha, bateria ou conexão com a internet
  • Ajuda a exercitar a sua criatividade e caligrafia
  • Ajuda a organizar suas finanças, compromissos e objetivos
Desvantagens
  • Não é muito prático de carregar no dia a dia
  • Difícil fazer alterações
  • Não tem lembretes
  • Não é tão rápida e prática quanto a agenda do celular
  • Se molhar estraga

Quais são os diferentes tipos de agendas?

O Bullet Journal, carinhosamente apelidado de Bujo, é um caderno sem pauta, onde você mesma cria suas divisões e marcações. Você pode anotar ideias, fazer listas, planejamentos e muito mais.

Você também pode usar a criatividade e personalizar o Bullet Journal com canetas coloridas, carimbos, adesivos, colagens e muito mais.

Imagem de um Bullet Journal com canetas.

O Bullet Journal não é voltado aos afazeres do dia a dia, mas sim para idéias e planejamento. (Fonte: Estée Janssens / Unsplash)

Para fazer o Bullet Journal, use uma agenda de tamanho médio com páginas quadriculadas ou pontilhadas. As páginas com pauta são mais difíceis de preencher e as páginas sem pauta podem fazer com que as anotações fiquem tortas.

Para preencher as folhas, use uma brush pen preta (se for iniciante) e/ou colorida (se você tiver experiência) e outros tipos de canetas de tinta preta. Para colorir, use canetinhas, marca-texto e canetas de gel.

O Planner é ideal para quem quer ir além das anotações de compromissos do dia a dia. Neste tipo de agenda, as informações devem ser atualizadas semanalmente (para cada dia da semana há um quadradinho para fazer anotações).

Você pode elaborar planos para executar seus afazeres e metas. O Planner costuma ser maior do que uma agenda convencional, mas há versões em tamanho “pocket”.

Agenda Bullet Journal Planner
Ideal para Anotar compromissos, tarefas, datas importantes, etc. Anotar ideias, listas, objetivos, etc. Elaborar estratégias para executar afazeres e metas
Frequência de atualização Diária, semanal ou mensal Não definida Semanal
Modelos Em espiral, costurado ou fichário Costurado Fichário
Tipos de folhas Com ou sem pauta Quadriculada ou pontilhada Sem pauta

Qual a melhor: Agenda costurada, de espiral ou fichário?

Você encontra três modelos de agenda: costurada, em espiral ou em fichário. Vamos abordar as características, vantagens e desvantagens de cada modelo ao longo deste tópico.

Agenda costurada

É um modelo clássico. A costura lembra a lombada de um livro e geralmente este modelo vem com uma fita de cetim, da mesma cor da capa da agenda, para marcar página. A agenda tem capa dura, revestimento em tecido ou couro sintético em diversas tonalidades, das cores sóbrias às vibrantes.

Uma desvantagem deste modelo é que as folhas são costuradas, portanto, você não pode arrancá-las. Mesmo se você remover apenas uma página, estará comprometendo a estrutura da agenda inteira.

Imagem de uma agenda costurada.

Se você optar por uma agenda costurada, não vai poder arrancar nenhuma folha. (Fonte: Bich tran / Pexels)

Agenda em espiral

Você encontra a agenda em espiral em diversas opções de cores e estampas: ilustrações, personagens e temas. Geralmente, as folhas são decoradas e vem uma cartela de adesivos para personalizar as páginas.

A mobilidade da agenda em espiral é maior e você pode arrancar as folhas sem se preocupar com a estrutura da agenda. Entretanto, você não pode mudar a ordem das páginas ou inserir novas.

Imagem de uma agenda.

Um dos diferenciais da agenda em espiral é o design. (Fonte: Emma Matthews / Unsplash)

Agenda em fichário

A agenda em fichário é muito prática. Com ela você pode inserir ou remover folhas, mudar a ordem das páginas e personalizar a divisão em dias, semanas ou meses, de acordo com as suas necessidades e preferências.

Geralmente, a agenda em fichário é um pouco mais cara do que os outros modelos. Mas, em contrapartida, a durabilidade é maior, pois quando você terminar de usar as folhas, basta comprar novas, pois a capa e a estrutura são reutilizáveis.

Imagem de duas pessoas fazendo anotações em agendas.

Com a agenda em fichário você não fica limitado a uma estrutura pré-determinada. (Fonte: Rawpixel.com / Pexels)

Um ponto negativo é que as argolas do fichário podem atrapalhar um pouco a sua escrita. Para contornar essa dificuldade, você pode remover as folhas enquanto faz suas anotações, e recolocá-las na agenda assim que terminar de escrever.

Outra característica que você deve analisar é que como as argolas estão dispostas em posições diferentes dos papéis convencionais, você precisará de tempo para furar as folhas. O processo é simples e você pode usar um furador de páginas.

Quanto custa?

As agendas mais simples custam a partir de R$ 10. Você encontra modelos sofisticados, com preços entre R$ 40 e R$ 60. As agendas importadas são mais caras, custam pelo menos R$ 100 e podem chegar a R$ 160.

Onde comprar?

Você encontra diversos modelos de agendas na Livraria Cultura e Saraiva, em lojas de artigos de papelaria como Kalunga (física), Cicero e Papel Craft (virtuais) e em lojas de presentes como Imaginarium.

Se preferir, dá para comprar pela internet. Você encontra muitas opções de modelos e marcas na Amazon, Submarino e Mercado Livre.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de agenda

Ao comprar uma agenda, não devemos analisar apenas o design. É preciso avaliar muitos outros aspectos, para que você escolha uma agenda que corresponda às suas necessidades e expectativas.

Para ajudá-lo a escolher o modelo ideal, selecionamos quais são as características mais importantes em uma agenda:

  • Tamanho
  • Organização das datas
  • Capa
  • Recursos extras

Vamos explicar cada um dos itens abaixo.

Tamanho

Você encontra agendas em diferentes tamanhos. Em ordem crescente, o tamanho A6 tem 10,5 cm de largura e 14,8 cm de altura, o tamanho A5 tem 14,8 cm de largura e 21 cm de altura e o A4 tem 21 cm de largura e 29,7 cm de altura.

A agenda também pode ser encontrada em uma categoria que não pertence a nenhum padrão internacional: o tamanho personal. Este modelo é o menor, são 9,5 cm de largura e 17,1 cm de altura.

Lembre-se: a agenda deve ter formato e tamanhos funcionais. Se for deixá-la em casa ou escritório, você pode optar por uma agenda de tamanho maior, mas se for transportá-la regularmente, é melhor optar por uma agenda de tamanho médio ou pequeno.

Imagem de agendas de diferentes tamanhos.

Você encontra agendas em quatro tamanhos diferentes. (Fonte: sweetlouise / Pixabay)

Organização das datas

A agenda diária fornece uma página para cada dia da semana, por esse motivo, costuma ser mais larga e contar com uma quantidade maior de páginas. Este modelo é ideal para quem precisa controlar diversos compromissos.

Mas, você vai precisar folhear a agenda para verificar os compromissos ao longo da semana. Além disso, com uma folha por dia, a agenda se torna volumosa, o que faz com que ela seja menos prática de carregar.

A agenda semanal divide cada semana em uma ou duas páginas. Este modelo tem algumas vantagens: você consegue visualizar e consultar os compromissos rapidamente e pode carregá-la com facilidade, pois a caderneta é menor e mais leve.

Imagem de uma mulher escrevendo em uma agenda do tipo mensal.

A agenda mensal tem espaço para fazer anotações respectivas a cada dia do mês. (Fonte: rawpixel / Pixabay)

A agenda mensal é uma ótima opção para colocar lembretes, pois este modelo tem uma ou duas páginas dedicadas a cada mês. Com a agenda mensal, você consegue visualizar os períodos mais atribulados do mês.

Resumindo: agenda diária é ideal para quem quer ter mais espaço para escrever, a semanal é para quem prioriza a organização da rotina e a mensal é ideal para consultar os compromissos do período com mais facilidade.

Capa

A agenda de capa dura é feita de papelão e pode ser revestida de papel couché fosco ou com brilho, tecido ou couro sintético. A capa dura ajuda a preservar melhor o conteúdo da agenda.

Você também encontra modelos com capa flexível, que pode ser de feita de plástico ou material emborrachado.

foco

As páginas da agenda podem ser feitas de papel Offset (sulfite), ou de papel Reciclato, que é o papel offset reciclado. As principais diferenças entre eles são que o papel Reciclato é produzido com material descartado e tem tonalidade parda. Ambos os modelos podem ter gramatura de 60 g/ m² a 120 g/ m².

Recursos extras

Você encontra modelos de agendas com alguns recursos extras. Um deles é o compartimento para guardar papéis avulsos no interior da agenda. Você encontra esse compartimento no início ou final da caderneta e ele pode ser feito de papel, papelão ou plástico.

Você também pode encontrar um pen loop (compartimento para guardar caneta), bolsos internos para guardar objetos diversos e compartimentos para encaixar bloco de notas e post it autocolante.

Imagem de várias agendas fechadas por elástico.

A maioria das agendas são fechadas por elástico. (Fonte: Jubal Kenneth Bernal/ Unsplash)

Outros recursos extras muito interessantes são: marcador de página, que pode ser de tecido ou plástico, separadores em abas superiores ou laterais, divisórias e adesivos, que ajudam a personalizar ainda mais a agenda.

A agenda pode ser fechada por encaixe, elástico, magnetismo (imãs), zíper ou botão de pressão.

(Fonte da imagem destacada: Miesha Moriniere / Pexels)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
25 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...