Na foto um álbum de fotos com algumas fotos de bebê espalhadas e uma lente de câmera.
Ultima atualização: 28 de setembro de 2019

Como escolhemos

12Produtos analisados

19Horas investidas

6Estudos avaliados

74Comentários coletados

As fotos são a melhor maneira de registrar momentos. Com elas é possível relembrar ocasiões especiais e manter viva a memória. E é graças a isso que elas são o componente principal do álbum do bebê, produto que falaremos hoje aqui no ReviewBox Brasil, seja muito bem-vindo!

Ideal para eternizar as fases dos bebês, esse tipo de álbum é uma forma de armazenar os melhores momentos da criança. E ele é encontrado em diversas versões e se você está buscando por um desses acaba de chegar ao lugar certo, pois nesse texto falaremos tudo sobre esse item tão especial.




Primeiro, o mais importante

  • O álbum do bebê pode ser no formato scrapbook ou fotolivro e ambos são excelentes opções para reunir as fotos mais especiais da criança.
  • É possível encontrar opções para meninos, meninas ou unissex nas mais variadas temáticas como animais, flores e muito mais.
  • Pode-se criar álbuns do bebê segmentados. Exemplos disso são os que possuem fotos de até um ano da criança ou os voltados para as festas de aniversário.

Você também pode gostar:

Os melhores álbuns do bebê: Nossas recomendações

Existem diversas opções de álbum de bebê e a partir disso há modelos maiores, outros menores, alguns que são específicos para determinado sexo e assim por diante. Dentre eles alguns modelos se destacam e reunimos todos eles aqui, confira:

A opção favorita dos nossos leitores

Com a temática de animais, esse álbum do bebê é ideal para registrar o primeiro ano da criança. Em formato de livro ilustrado, ele é composto por áreas para guardar lembranças, fotos e até mesmo fazer anotações. Esse álbum possui capa dura e tem 24 centímetros de altura e 32 páginas.

O melhor para as meninas

Em formato de livro diário, esse álbum do bebê foi criado especialmente para as meninas. Ele é composto por imagens de ursinhos de pelúcia e em suas páginas possui áreas para eternizar momentos como as primeiras reações dos pais, as primeiras palavras do bebê, os primeiros passeios etc. Nele é possível ainda fazer anotações e incluir as fotos preferidas. Esse álbum possui 96 páginas e tem capa dura.

A opção mais completa

Essa opção de álbum do bebê pode ser utilizada até os três anos da criança e tem o formato de fichário. Ele é repleto de ilustrações e ideal para reunir os momentos mais marcantes do bebê. O álbum é dividido em fases do crescimento do bebê, histórias para ler antes de dormir, compartimentos para guardar documentos e cartões e acompanha uma régua de parede para medir o crescimento da criança.

Guia de Compra

Nunca foi tão simples eternizar os momentos dos bebês. O acesso a smartphones e até mesmo câmeras profissionais está cada vez mais fácil e existem diversos fotógrafos profissionais especializados nessa atividade.

Para organizar todas essas recordações existe o álbum do bebê e nele é possível compilar anotações e fotos dos momentos mais especiais da criança. E para que você conheça a fundo esse tipo de produto criamos esse Guia de Compra.

Na foto um bebê deitado no chão usando uma touca.

No álbum do bebê é possível colocar as mais variadas fotos da criança, inclusive as tiradas durante ensaios fotográficos especiais. (Fonte: Bingo Theme / Pexels)

Quais são os tipos de álbum do bebê?

Se antigamente os álbuns de fotos eram produtos simples, há alguns anos isso mudou bastante. Atualmente é possível escolher entre uma infinidade de álbuns do bebê e graças a isso não é difícil de adquirir a opção ideal para o seu gosto e necessidade.

Os mais comuns são os modelos que possuem formato de scrapbook. Essa opção lembra um caderno ou livro e possui espaços para escrever anotações e inserir fotografias.

Outro modelo de álbum do bebê é o fotolivro. Essa versão é composta mais por fotos do que frases e pode ser totalmente personalizada, sendo possível escolher a ordem das fotos, seu tamanho, organização nas folhas e afins.

Laura AlzuetaFotógrafa e Diretora-Fundadora da Associação Brasileira de Fotografia de Recém-Nascidos (ABFRN)

"Os álbuns do bebê ou newborn são a construção da memória afetiva da criança."

Ainda vale a pena ter um álbum do bebê de papel?

Na era da tecnologia uma das coisas que foi deixada de lado é a revelação de fotos. Esse hábito foi se perdendo com o tempo e, por isso, muitos pais se encontram na dúvida se vale ou não a pena criar um álbum do bebê físico.

Por mais que esse modelo ocupe espaço e gere um gasto para ser montado, essa é uma boa opção para quem gosta de tocar nas fotos e quer reuni-las em algo mais palpável.

Além disso, nos modelos scrapbook é possível inserir também mensagens e anotações que remetem momentos importantes. Isso torna o álbum ainda mais íntimo e repleto de significados.

Outro ponto positivo do álbum do bebê físico é que ele irá durar por muitos anos e pode sempre ser facilmente acessado para relembrar os bons momentos. E se você ainda tem dúvidas sobre isso, então cheque a tabela abaixo que contém todas as vantagens e desvantagens desse produto.

Vantagens
  • Reúne diversas fotos em um só lugar
  • Pode ser personalizado
  • Tem alta durabilidade
  • Pode ser utilizado como decoração
  • Existe em diversos modelos
Desvantagens
  • Ocupa espaço
  • É preciso gastar para montar um
  • Possui um limite máximo de fotos

Como montar um álbum do bebê?

Na maioria das vezes são os próprios pais que montam o álbum do bebê e por mais que esse seja um trabalho muito gostoso de ser realizado, ele não é fácil. Isso porque para que o álbum fique bonito deve-se tomar alguns cuidados e analisar com calma tudo o que será colocado nele.

O primeiro passo para isso é determinar o estilo do álbum. Se ele será de aniversário, até um ano, até os três anos e assim por diante. Em seguida separe o que de mais importante você quer colocar nele.

Só coloque no álbum fotografias que estejam com boa resolução.

Se for um modelo onde é possível incluir anotações organize os dados mais fundamentais. Depois decida quantas fotos serão colocadas no álbum e se elas serão apenas profissionais, caseiras ou ambas.

Se elas forem caseiras é importante se atentar para a qualidade e só coloque no álbum fotografias que estejam com boa resolução para que ele fique bonito.

O último passo é o do planejamento da história que se quer contar no álbum. Se ele for voltado para até 1 ano do bebê, por exemplo, você pode começar com uma imagem do ultrassom.

Em seguida pula-se para o dia do nascimento e cronologicamente basta inserir as fotos dos momentos mais especiais até o aniversário de 1 ano.

Quais fotos não podem faltar no álbum do bebê?

Dá para contar nos dedos os pais que têm poucas fotos dos seus filhos em seus celulares ou computadores. Justamente por isso é tão difícil escolher as que serão colocadas no álbum do bebê.

O ponto positivo é que esse produto é encontrado com uma grande variação de modelos e graças a isso existem opções que cabem mais ou menos fotos. Mas saiba que, independentemente do tamanho do álbum, algumas fotografias não podem faltar.

Elas são chamadas de fotos coringas e são aquelas que quase toda família possui e que são consideradas as mais importantes, tal como:

  • Ultrassom
  • Dia do nascimento
  • O primeiro banho
  • A primeira mamada
  • As visitas da maternidade
  • Dia de ir para casa
  • A ida ao pediatra pela primeira vez
  • Passeios especiais
  • Os primeiros passos
  • A comemoração de cada mês de vida, os chamados mêsversários
  • Batizado
  • Pezinhos e mãozinhas
  • Bebê enrolado na toalha ou cobertor

Quais informações devem estar no álbum do seu bebê?

Muitos álbuns do bebê vêm acompanhados de espaços para que informações importantes sobre a criança sejam inseridas. Em alguns deles essas áreas são específicas, enquanto que em outros a colocação é livre e onde os pais desejarem.

Mas o que não pode deixar de ser escrito no álbum? A principais anotações que devem ser feitas são a respeito da data de nascimento, peso e tamanho do bebê quando ele nasceu.

Pode-se também descrever quem visitou na maternidade, o dia que foi para a casa e quando deu o primeiro passo ou perdeu o primeiro dentinho. Vale a pena também inserir histórias engraçadas ou marcantes na vida da criança para que quando o álbum seja visto elas sejam relembradas.

Critérios de Compra: Fatores para comparar as opções de álbum do bebê

Na hora de escolher um álbum do bebê deve-se analisar diversos fatores para fazer a compra ideal e conseguir criar a melhor coletânea de fotos do seu pequeno. Para te ajudar com isso reunimos abaixo tudo o que você deve levar em consideração antes de adquirir um modelo, confira:

  • Tamanho
  • Número de fotos
  • Material
  • Temática

Agora detalharemos cada um deles para você não errar!

Tamanho

O primeiro passo para escolher um álbum do bebê é pensando a respeito do tamanho que esse produto deve ter. Existem diversas variações com relação a isso e há modelos maiores e outros menores.

Esse fator não está diretamente relacionado ao número de fotos que cabem no álbum, mas sim as suas medidas propriamente ditas. Os modelos menores medem 10 centímetros de largura e 15 centímetros de altura.

Já os médios têm cerca de 24 centímetros de altura e os modelos maiores são os que possuem mais de 30 centímetros de altura. Com relação a isso é importante checar onde o álbum será guardado e qual tamanho não irá atrapalhar no manuseio e no dia a dia.

Na foto uma mulher sentada em um sofá com um bebê no colo olhando um álbum de fotos.

É fundamental escolher um álbum que tenha um tamanho fácil de manusear por todos. (Fonte: Kirill Ryzhov / 123rf)

Número de fotos

Outro fator essencial a ser levado em consideração é o número de fotos que cabem no álbum. Há opções onde cabem 30, outros que cabem 50 e alguns que têm capacidade para até 100 fotografias.

Para não errar nesse momento é importante fazer uma pré-seleção das fotos que se deseja colocar no álbum antes de adquirir um modelo. Dessa forma, é possível ter uma noção do que é ideal.

Material

O material em que o álbum é confeccionado também deve ser analisado. Muitas opções possuem capa dura. Isso faz com que o produto tenha uma maior durabilidade e fique menos suscetível a danos, sendo que ela pode ser confeccionada em tecido ou papel.

Na parte interna existem modelos criados com folha simples e outros com papel fotográfico. Os de papel fotográfico possuem uma aparência mais sofisticada e dão um toque diferenciado ao álbum. Portanto, cheque essas informações na descrição do álbum e faça a sua escolha.

Temática

O universo dos álbuns do bebê é ilimitado e graças a isso existem muitas opções que podem ser escolhidas. Há os modelos para até uma determinada idade e outros que são específicos para aniversários ou batizados. Alguns são ainda voltados especificamente para meninas ou meninos e os unissex.

Além disso, no que diz respeito a ilustrações, eles não deixam a desejar. Existem versões floridas, outras com estampas de animais e assim por diante. A partir dessas opções basta decidir quais momentos serão colocados no álbum e escolher a temática que mais agrade.

(Fonte da imagem destacada: Iryna Tiumentseva / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.