Imagem de andadores com rodinhas.
Ultima atualização: 30 de março de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

24Horas investidas

4Estudos avaliados

50Comentários coletados

Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre o andador para idoso, um equipamento que proporciona estabilidade, conforto e segurança no deslocamento de uma pessoa que apresenta dificuldades de locomoção.

Se você está pensando em comprar um desses, este artigo vai ajudar bastante, pois vamos falar sobre os diferentes modelos, quais características devem ser levadas em consideração na escolha e dar algumas sugestões de compra.




Primeiro, o mais importante

  • Existem dois tipos de andador para idoso: os modelos com ou sem rodas. Os modelos sem roda podem ser fixos ou dobráveis, e os com roda podem apresentar duas, três ou quatro rodinhas.
  • O andador sem rodinhas ajuda a melhorar a mobilidade da pessoa idosa, mas o modo de manusear não é tão fácil, pois a pessoa precisa erguê-lo ou arrastá-lo para poder caminhar.
  • A principal vantagem do andador com rodas é a facilidade e praticidade de manusear o equipamento, pois a pessoa não vai precisar erguê-lo durante o deslocamento.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de andador para idoso

Com o andador, a pessoa idosa vai pode realizar as atividades do dia a dia de forma segura e permanecer ativa na sociedade. Mas, para que isso aconteça é preciso escolher o produto certo, respeitando as características físicas de cada um.

Para esta lista, selecionamos os melhores modelos de andador para idoso. Escolhemos modelos com e sem rodinhas, articuláveis, fixos, com assento, entre outras características. Confira.

Andador para idoso Dilepé

O andador da Dilepé é destinado para auxiliar pessoas com dificuldade de locomoção, acessibilidade, entre outras limitações físicas a caminhar com segurança.

Este modelo é feito de alumínio, articulado (não é necessário levantá-lo por completo para avançar os passos) e tem altura regulável. Disponível em duas opções de cores.

Andador para idoso com 4 rodas Mobil

Esse andador para idoso da Mobil tem quatro rodas, barras laterais que proporcionam estabilidade e cesto para guardar objetos. Este modelo tem freios na manopla, regulagem de altura (para pessoas com até 1,95 m) e resistência para até 100 kg. O andador é confeccionado em alumínio e tem pintura epóxi. Esse modelo tem seis meses de garantia.

Andador para idoso dobrável com quatro rodas Mercur

O andador da Mercur é dobrável, possui sete níveis de altura, quatro rodas com travas, assento com apoio para as costas e cesto removível para guardar seus pertences em segurança.

Este modelo é ideal para passear em ambientes externos, pois as rodas têm o tamanho adequado para solos irregulares. A estrutura resistente e os freios proporcionam segurança.

Guia de Compra

Com o avanço da idade, andar pode se tornar uma tarefa difícil. Mas, esse movimento é muito importante no dia a dia, principalmente por proporcionar qualidade de vida e autonomia.

Em casos assim, usar um andador pode ser uma excelente maneira de conquistar mobilidade, equilíbrio e independência.

Imagem de um idoso caminhando com um andador.

O andador traz mais autonomia para o idoso. (Fonte: Nuno_lopes / Pixabay)

Em quais casos o andador para idoso é indicado?

A chegada da terceira idade pode dificultar alguns movimentos e o principal deles é a mobilidade. Alguns estudos afirmam que por causa da dificuldade em andar, um terço da população idosa sofre quedas uma vez por ano.

Além disso, o idoso pode apresentar dificuldade para andar por outros motivos:

  • Distúrbios de equilíbrio como labirintite;
  • Redução da força e resistência muscular dos membros inferiores ou generalizada;
  • Alteração na coordenação motora;
  • Falta de capacidade (temporária ou permanente) para suportar o peso do corpo.

Para auxiliar o dia a dia de quem está com mobilidade reduzida é importante fazer um acompanhamento com ortopedista para que ele oriente sobre qual tipo de andador deve ser usado.

foco

Você sabia que o andador é apenas um dos inúmeros equipamentos que auxiliam no deslocamento? As bengalas e muletas são acessórios complementares para quem apresenta perda de mobilidade. A cadeira de rodas é direcionada para aqueles com perda total de mobilidade dos membros inferiores.

Quais as vantagens e desvantagens do andador para idoso?

É muito difícil para o idoso perceber que está perdendo sua mobilidade e ficar dependente de alguém para se locomover. Com o andador eles ganham a liberdade novamente, essa é uma grande vantagem, proporcionar a possibilidade de eles se locomoverem para onde desejarem.

E melhor ainda, de forma segura! Com o andador para idoso praticamente se anula o risco de quedas. Muitos idosos ficam internados em hospitais por causa de uma queda que pode ser evitada com o uso do andador.

Imagem de idosa em parque com andador de rodinhas.

As rodinhas facilitam a locomoção dos idosos com o andador. (Fonte: famveldman / 123RF)

Além disso, falando dos andadores em si, são produtos leves, dobráveis, compactos e fáceis de guardar. Ainda suportam bastante peso.

Uma desvantagem é seu preço. Embora existam modelos bem acessíveis, os melhores e mais completos podem custar acima de R$ 500. Porém, devido a segurança que proporcionam valem cada centavo.

Vantagens
  • Oferece liberdade de locomoção
  • Segurança
  • Leve e compacto
  • Suporta mais de 100 kg
Desvantagens
  • Modelos melhores podem custar caro

Andador com ou sem rodinhas: Qual é o melhor?

Existem cinco tipos de andadores para idosos: o modelo dobrável articulado, dobrável fixo, dobrável fixo com rodas dianteiras, o modelo com quatro rodas e assento (e cesta, em alguns casos).

Andador dobrável fixo

Este é um dos modelos de andador mais usado. Ele tem quatro pernas, é fixo e geralmente mais leve, para facilitar o manuseio do idoso, que vai precisar levantá-lo um pouco para avançar os passos.

Andador dobrável articulado

O andador dobrável articulado tem tamanho único, mas possui sete níveis de regulagem de altura. É dobrável por um só pino de ajuste, facilitando o manuseio. O andador é prático, seguro, durável e silencioso.

Andador dobrável fixo com duas rodas

Este modelo é muito versátil, pois ele contém um par de pernas com ponteiras e outro par de rodas, a pessoa pode escolher como quer utilizá-lo: como um andador fixo ou com rodinhas.

Andador com quatro rodas e assento

O andador com quatro rodas e assento possibilita que o idoso consiga se deslocar de maneira confortável e segura, pois possui freios de segurança nas rodas e assento com apoio para as costas que permite que ele possa se sentar para descansar.

Para manter a estabilidade enquanto o idoso estiver sentado, é só travar as rodas traseiras. As rodinhas dianteiras são giratórias e não é preciso travá-las, mas você pode usar um limitador de giro para reduzir a amplitude dos movimentos.

Imagem de andadores com quatro rodas e assento.

O andador com assento permite que o idoso descanse durante o passeio. (Fonte: matt_sawyers / Pixabay)

Andador com quatro rodas, assento e cesta

Este modelo é ideal para passear em ambientes com pisos irregulares como parques e praças, pois as rodas deste andador têm o tamanho adequado para esse tipo de terreno. A estrutura é bastante resistente e os freios são muito bons. Este modelo também vem com uma cesta sobre o assento para carregar alguns objetos de forma prática e segura.

Confira um resumo das informações na tabela abaixo, assim você pode compará-los:

Andador dobrável fixo Andador dobrável articulado Andador dobrável fixo com duas rodas Andador com quatro rodas e assento
Vantagens É um modelo leve e fácil de manusear Facilita o andar, não precisa ser erguido completamente do chão é fácil de dobrar É possível escolher se quer usar no modo fixo ou com as rodas As rodas possibilitam passeios em ambientes externos, a cadeira permite descanso
Para quem é destinado Pessoas entre 1,50 a 2 m de até 130 kg Pessoas entre 1,50 a 2 m de até 130 kg Pessoas entre 1,50 a 2 m de até 130 kg Pessoas entre 1,60 a 1,90 m de até 135 kg
Faixa de preço Em torno de R$ 250 Em torno de R$ 250 Em torno de R$ 350 Acima de R$ 700

Quanto custa?

O mínimo que você vai pagar por um andador fixo com quatro pernas é R$ 200, os modelos dobráveis e articuláveis são mais caros e custam em torno de R$ 250, mas são mais fáceis de manusear.

Se você optar por um modelo com rodinhas, os com apenas duas custam em torno de R$ 350, mas os modelos mais sofisticados, com rodinhas, assento e cesto são mais caros, podendo passar dos R$ 500.

Onde comprar?

Você pode comprar um andador para idoso em lojas de artigos médicos como a Casa Ortopédica e Fisiostore. Você também encontra opções em lojas de departamento como Americanas e Magazine Luiza.

Se preferir, dá para comprar pela internet, basta escolher o modelo da sua preferência, que ele vai chegar na porta da sua casa em alguns dias. Na Amazon, por exemplo, você encontra diversos modelos de várias marcas.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de andador para idoso

Para escolher o modelo ideal de andador para o idoso, é preciso analisar algumas características que mudam de um modelo para o outro e que fazem toda a diferença na maneira como a pessoa irá manuseá-lo e no dia a dia.

  • Modelo
  • Regulagem de altura
  • Fechamento
  • Peso suportado
  • Materiais das peças

Vamos detalhar cada um dos itens para que você não fique com nenhuma dúvida.

Modelo

O tipo de andador mais utilizado é o modelo fixo de quatro pernas. Você também encontra uma versão com duas rodas na parte da frente ou de trás que pode auxiliar os idosos com dificuldade para levantar ou mesmo articular o equipamento.

Mas é importante ter atenção a esses modelos com roda, pois alguns idosos podem apresentar dificuldade em frear o andador e isso pode ocasionar acidentes e quedas.

Imagem de um andador com duas rodas.

As rodinhas facilitam o manuseio do andador. (Fonte: Dotsinmycoffee / Pixabay)

O andador também pode ser fixo ou articulado. O modelo fixo, como o próprio nome já diz, não se move, por isso é importante que seja leve. Já o modelo articulado é mais fácil de manusear, basta elevar um pouco um dos lados e movimentá-lo para frente.

Regulagem de altura

Antes de comprar, certifique-se se o andador possui sistema que permite a regulagem de altura do equipamento. As pessoas têm tamanhos diferentes e precisam de um equipamento, literalmente, à altura, para evitar a má postura e desconforto.

Geralmente, os modelos ortopédicos possuem sistema de regulagem de altura por pinos ou rosca, alguns chegam a ter sete níveis de regulagem.

A maioria dos andadores são indicados para pessoas entre 1,50 a 2 m. Se você for menor ou maior do que esse padrão de altura, vale a pena verificar a possibilidade de fazer um andador sob medida.

Fechamento

Uma característica muito importante a ser levada em consideração na hora de comprar um andador é verificar se ele tem sistema de fechamento. Sempre dê preferência para os modelos que fecham pois eles facilitam o transporte e ocupam pouco espaço.

Verifique também se o modelo em questão é simples de manusear e fechar. Alguns são bem simples e só utilizam um pino. Veja:

Peso suportado

A resistência é outro fator importante na hora da compra. A maioria dos modelos de andador suportam uma carga de 100 a 130 kg. Geralmente os modelos com rodinhas suportam até 135 kg.

Se a pessoa que vai usar o equipamento estiver acima desse peso, novamente, vale a pena considerar a possibilidade de mandar fazer um andador sob medida, pois você não deve ultrapassar o peso que o aparelho suporta.

Imagem de um idoso andando com andador.

O andador deve ser adequado ao peso do idoso. (Fonte: Moritz320 / Pixabay)

Materiais das peças

Quando for comprar um andador para idoso, opte por modelos feitos de materiais de qualidade, resistência e durabilidade. Você pode encontrar o equipamento feito nos seguintes materiais:

  • Alumínio;
  • Alumínio anodizado, que não risca nem perde o brilho;
  • Aço, que garante mais segurança e resistência.

As ponteiras podem ser de borracha e o apoio para as mãos deve ser fabricado em plástico ou borracha, para garantir o conforto, pois o idoso concentra todo o peso do corpo nas mãos ao locomover o equipamento.

(Fonte da imagem destacada: Congerdesign / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.