Imagem mostra um de uma mão segurando um pequeno apito esportivo, com os escritos “The ACME Thunderer”.
Ultima atualização: 11 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

10Produtos analisados

26Horas investidas

2Estudos avaliados

54Comentários coletados

Olá, seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje falaremos tudo sobre o apito esportivo, um produto pequeno, mas que nunca passa despercebido, além de ser vital para a maioria dos esportes.

Se você parar para pensar, é muito difícil pensar em práticas desportivas competitivas sem um apito. O instrumento é a extensão da voz e da própria autoridade do árbitro, que é simplesmente quem diferencia uma brincadeira de um jogo sério.

Neste Guia, vamos nos debruçar sobre suas características, diferenças e variedades, passando por seus benefícios, malefícios e listando os melhores do mercado. Tudo para ajudar a escolher o modelo ideal para você e o seu jogo.




Primeiro, o mais importante

  • Existem dois modelos básicos de apito esportivo, os com a esfera interna e os sem, estes chamados de pealess, que inferem no controle, altura e características do som do produto.
  • Outra variedade é no suporte, podendo o apito usar um cordão ou um dedal, também chamado de aneleira.
  • Seu preço varia de R$ 10 à R$ 200, dependendo de seu material e tecnologia, principalmente.

Melhores modelos de apito esportivo: Nossos favoritos

A seguir, você lerá uma lista que montamos com os três melhores modelos de apito esportivo. Para a nossa avaliação, levamos em conta seu material, tecnologia e seu custo-benefício, enfim.

O apito preferido de muitos árbitros

O modelo clássico da Fox 40 é na verdade, um modelo melhorado. Isso porque além das três câmaras pealess e do som agudo e estridente, ele tem melhorias na embocadura. Chamada de CMG (Cushioned Mouth Grip, algo como “Embocadura almofadada”, em tradução literal), o bico é confortável, feito em silicone e com ranhuras anti derrapagem.

Para ser ouvido à distância

O apito Beat-YBK da MIkasa é leve e ergonômico, o que faz com que você economize forças na hora de apitar. Seu som pode ser ouvido mesmo em meio a uma pequena multidão, já que esse modelo foi projetado após um estudo abrangente sobre a forma como os jogadores ouvem os apitos durante as partidas.

O melhor apito esportivo em custo-benefício

Se você não quer investir muito em um apito esportivo, mas ainda assim quer um produto de qualidade e que imponha respeito, o apito plástico da Penalty é a solução. O modelo conta com uma bolinha interna de cortiça e acompanha um cordão que facilita seu transporte. A embocadura é anatômica, o que impede que o apito escape da boca. Uma excelente opção por um preço mais do que convidativo, ainda mais considerando que, na Amazon Brasil, o frete é grátis para clientes Prime.

Guia de Compra

O grande mérito do apito é a sua praticidade. Um pequeno objeto que faz um grande som, capaz de representar autoridade dentro de um contexto hostil para quem apita. Com as novas tecnologias, essa praticidade evoluiu, para sons com alcance ainda maior e em condições menos favoráveis.

Neste Guia de Compra, vamos falar sobre essa questão prática e sobre os avanços tecnológicos, seja no apito em si, seja em seu uso. Definição básica, vantagens, variedades, tudo isso a seguir.

Imagem mostra um árbitro de futebol americano de costas, com a mão esquerda apontando para noroeste.

Os apitos esportivos conseguem representar toda a autoridade do árbitro em um som. (Fonte: Nathan Shively/ Unsplash)

O que é o apito?

A definição do apito é um instrumento sonoro de sopro. Ele produz som a partir da vibração do ar ao passar por uma aresta. Mais à fundo, são as mudanças de pressão de uma ou mais câmaras que resultam em um som, na maioria das vezes alto e estridente.

Começa a se falar sobre um apito propriamente esportivo nos anos oitenta, a partir do lançamento do primeiro produto da Fox 40 no mercado, um modelo pealess, que vamos explicar à frente.

A Fox 40 foi a primeira que pensou especificamente na aplicação esportiva dos apitos, na maior resistência e alcance único que precisam ter, obrigando seus concorrentes, principalmente a ACME, a fazer o mesmo.

 Imagem mostra o momento de uma partida de hóquei no gelo, quando o árbitro solta disco para a disputa entre dois adversários.

O apito esportivo é capaz de diferenciar um jogo recreativo de um competitivo. (Fonte: Jerry Yu/ Unsplash)

Quais as vantagens e desvantagens do apito esportivo?

Um produto como o apito aglutina vantagens e desvantagens. Uma das vantagens é a sua enorme praticidade, por ser um produto que dificilmente ultrapassa os dez centímetros, mas que produz um som entre 90 e 120 decibéis, medida de pressão sonora mais utilizada.

Isso faz com que o apito tenha um enorme alcance, o que é outra vantagem. Um campo de futebol, por exemplo, mede, minimamente, 100 metros de comprimento e cerca de 65 metros de largura.

O produto também é versátil, podendo ser utilizado em jogos, treinos, entre outras atividades, e até quebrar o galho em situações de emergência.

Imagem mostra um momento de uma partida de futebol. No primeiro plano, um treinador conversa com um árbitro; no segundo, um grupo de jogadores se abraça, comemorando um gol.

O apito esportivo tem de ter um grande, especialmente em esportes ao céu aberto. (Fonte: Jannik Skorna/ Unsplash)

Finalizando os benefícios, o apito esportivo é capaz de ditar o tom de uma prática esportiva, seja para controlar um treinamento, seja para tornar uma partida oficial ou oficiosa, porque possibilita o trabalho do árbitro.

Em contrapartida, o apito é tão alto que pode ser prejudicial à audição, se ouvido de muito perto e repetidas vezes. O som em fones de ouvido, para se ter noção, são recomendados para ficarem abaixo dos 80 decibéis. O mínimo que um apito esportivo costuma a produzir são 90.

Outra desvantagem é o cuidado higiênico que é necessário ter com o produto. O apito, afinal, tem contato recorrente com a nossa boca e com a nossa saliva, sendo necessário ser lavado e desinfetado regularmente, para impedir, por exemplo, o risco de reunir bactérias.

Vantagens
  • Praticidade
  • Alcance
  • Versátil
  • Viabiliza a competição
Desvantagens
  • Prejudicial à audição
  • Cuidados regulares com higienização

Apitos com esfera ou pealess?

A variedade básica dos apitos esportivos é o seu mecanismo para a produção do som. Os mais antigos e mais clássicos usam uma pequena esfera, solta dentro da câmara, para modular a pressão e consequentemente o som.

Os especialistas dizem que estes modelos tem o som mais característico, um “trr” que é facilmente reconhecido - e, portanto, com uma resposta mais rápida - pelos atletas.

Eles também dizem ter maior controle sobre o som nesse modelo, podendo variar mais facilmente entre apitos curtos e longos. Essa característica os fazem ideais para treinos, costumeiramente com comandos pré-estabelecidos, e para ambientes mais fechados, como quadras e ginásios.

Um problema clássico desses modelos são as travas que as esferas podem dar, seja por absorver a umidade da saliva que sai junto com o sopro (a maioria costuma a ser feita do mesmo material que a rolha), seja por um assopro mais forte, que desloca a esfera e descaracteriza seu uso.

O outro tipo surge para resolver esses problemas. O pealess, que na tradução livre do inglês é “sem conta” (com a conta, nesse caso, sendo a esfera) não possui a “bolinha”, e, portanto, não trava.

O modelo tem um som mais limpo, e por isso mais alto, até em sopros de menor pressão. Isso os fazem ideais para esportes em campos abertos e grandes espaços, ao ar livre, principalmente.

A câmara “limpa”, porém, facilita a cultura de bactérias, e obriga uma limpeza mais profunda e ainda mais regular.

Com esfera interna Pealess
Som Normal e controlável Alto e intenso
Ambiente Interno Externo

Apito com cordão ou dedal?

Outra variedade que você pode encontrar em suas pesquisas vem do suporte do apito esportivo, podendo ser por um cordão ou com um dedal, também chamado de aneleira.

A diferença é mais prática, e até de gosto. Com cordão, há maior liberdade para as mãos do apitador, além da possibilidade de customização, com o maior ou menor comprimento do cadarço, e podendo ser colocado no pescoço ou amarrado no pulso.

Imagem mostra, ao centro, um árbitro de futebol americano, com os braços levantados, assinalando um lance. Em sua mão esquerda, um apito esportivo com dedal. Ele tem dois jogadores à sua direita, e um à sua esquerda.

O suporte em cordão dá maior liberdade, enquanto o dedal, maior praticidade e velocidade. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

Por outro lado, seu tempo de resposta é um pouquinho maior, já que seu usuário precisa alcançar o instrumento e ainda levá-lo à boca.

Com o dedal, uma espécie de anel - que pode ser embutido no apito ou ser adquirido separadamente -, o uso é mais prático, ou pelo menos mais rápido. Isso porque só é necessário fazer um movimento, ainda que mais preciso, de levar o dedo à boca.

Quanto custa e onde comprar um apito esportivo?

O preço da unidade do apito esportivo varia bastante. Os mais baratos são encontrados por volta dos R$ 10, enquanto os mais caros podem bater até os R$ 200.

Primariamente, seu material dita o seu valor, sendo os menores de plástico e os maiores de metal. A tecnologia também influencia, como a quantidade de câmaras, resistência à ferrugem e a presença ou não da esfera interna.

Você irá encontrar modelos eficientes e de boas marcas em lojas físicas das grandes redes de artigos esportivos, como Centauro e Decathlon.

Na internet, porém, é onde você encontra maior variedade de modelos e preços, além da praticidade de comprar direto da sua casa. Nesse caso, lojas como Amazon, Mercado Livre, além das especializadas como a Casa do Árbitro, entre outras, são as melhores opções.

Critérios de Compra: O que notar na hora de comprar um apito esportivo

Abaixo, reunimos algumas características do apito esportivo e elementos do seu uso, que podem ser critérios de escolha muito úteis na hora da compra.

Fique tranquilo que falaremos de cada um dos itens. Afinal, nosso intuito é que sua escolha seja a melhor possível, e, portanto, a mais embasada.

Embocadura

Independentemente de sua tecnologia e suporte, o apito continua sendo um instrumento de sopro, e por isso, sempre levado a boca. Note, então, a embocadura dos modelos.

Dê preferência àqueles que tenham a parte da boca anatômica, isto é, confortável e seguro para dentes e lábios, que sejam macias, com silicone, por exemplo. Se possível, que sejam removíveis, para facilitar a higienização.

Alcance

Outro ponto a se observar com atenção é o alcance de seu apito esportivo, que pode ser notado pelos decibéis que ele produz.

A maioria costuma a produzir entre 80 e 120 decibéis. Não há uma pressão sonora certa, mas um maior alcance significa maior versatilidade, tanto nos esportes a serem apitados, quanto nas situações em que o produto pode ser útil.

Imagem mostra um árbitro de futebol americano de costas, com a torcida, desfocada, ao fundo.

Para os profissionais do apito, versatilidade, resistência e conforto são elementos essenciais em seu modelo ideal. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

Esporte e atividade

Se possível, vá às compras já sabendo para qual esporte ou atividade na qual o apito é destinado.

Lembre-se de que apitos com esfera se encaixam melhor em ambientes fechados, enquanto o pealess se sai melhor em campos abertos.

Ao mesmo tempo, o controle do som nos esféricos é maior que os pealess, fazendo com que seja também mais indicado para atividades com comandos rápidos e específicos.

Os pealess, por outro lado, são mais versáteis, no sentido de que podem ser apitos esportivos e de emergência, pelo seu maior alcance.

Material

O material também fará diferença no seu modelo, especialmente na sua resistência e potência sonora.

Nesse caso, vale dar maior atenção aos apitos de metal, em oposição aos de plástico. A pressão dentro da câmara é maior, o que aumenta o alcance do som. O contraponto é o preço, que é maior.

Vale notar também o material da esfera, nos modelos que contam com ela. O ideal é que o material seja o mais leve e mais resistente à umidade possível.

(Foto da imagem destacada: bluebudgie/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.