Lápis com ponta feita em cima do caderno.
Ultima atualização: 11 de julho de 2019

Como escolhemos

12Produtos analisados

17Horas investidas

2Estudos avaliados

55Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje, nós vamos falar de um produto que nos ajuda a deixar a vida mais artística e colorida: o apontador.

Se você é um artista ou escreve com lápis frequentemente, saberá quão valioso é um apontador, pois o bem-estar de todos os seus lápis depende dele. Embora existam muitos produtos disponíveis para afiar um lápis, é sempre difícil escolher um.

Por isso, neste artigo vamos analisar todas as informações importantes na hora de escolher um apontador, veremos os melhores modelos disponíveis no mercado e abordaremos os critérios de escolha deste produto.




Primeiro, o mais importante

  • Um apontador deve estar sempre bem afiado para apontar os lápis sem estragá-los.
  • Apontadores elétricos devem ser evitados para apontar lápis de cor sensíveis, pois podem danificá-los permanentemente.
  • É possível encontrar modelos de apontadores de todos os tipos, preços, cores e estilos.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores apontadores

Materiais artísticos como lápis e lápis de cor podem ser bastante delicados e muito caros. Por isso, é necessário cuidar bem deles e, principalmente, apontar da maneira correta para não estragarem.

Para ajudar com isso, listamos os melhores apontadores. Embora não sejam profissionais, esses produtos são capazes de lidar com a maioria dos tipos de lápis e também são bastante acessíveis.

1º – Apontador 3 Furos Grip com Depósito Faber Castell

Este apontador é muito popular e possui um ótimo custo-benefício. Os seus pontos principais incluem seu ótimo preço e seu tamanho compacto. E é evidente que o nome da marca tem uma boa reputação.

No geral, ele lida com a maioria dos conjuntos de lápis sem problema. É capaz de formar pontas muito afiadas, sendo ótimo para quem faz desenhos artísticos.

2º – Apontador Duplo Faber-Castell

Se você deseja obter o máximo de seus investimentos, confira este pequeno apontador de metal. Este é um apontador manual e é a melhor opção para quem está buscando um apontador mais barato, porém muito eficaz.

O pequeno apontador metálico tem dois buracos de afiação, um para lápis normal e outro para lápis de tamanho grande. É uma mão na roda para quem tem uma variedade de lápis e não quer afiá-los com faca.

3º – Apontador de Mesa Automático, CIS

Para variar as coisas, decidimos incluir também um apontador de lápis elétrico. Apontadores elétricos possuem uma infinidade de prós e contras, mas este é muito popular e por boas razões.

Ele funciona muito bem e pode criar uma ponta de lápis muito impressionante. Ele maximiza a vida do lápis e, se comparado com a afiação manual, ele difere muito pouco. É um ótimo equipamento, mas custa um pouco mais caro.

4º – Apontador Substituível com Depósito Faber-Castell

Este é um dos apontadores mais populares do mercado, pois é extremamente acessível para qualquer orçamento e tem uma ótima qualidade. Apesar de não ganhar nenhum prêmio pela estética, ele faz o que pretende fazer muito bem. A tampa também tem a vantagem de não deixar que você o abra acidentalmente.

Guia de Compra

Se você é uma pessoa que gosta de usar lápis, você está bem familiarizado com a sensação terrível de quando a ponta do seu lápis quebra. Ter um lápis afiado extra é muitas vezes o remédio mais rápido para esse problema, mas nem sempre é possível.

Por isso, é importante sempre ter à mão um apontador de qualidade, assim, você poderá voltar a escrever com seu lápis favorito sem preocupações. No entanto, é preciso escolher o apontador ideal. Para isso, confira nosso Guia com dicas imperdíveis para te ajudar no processo.

Mão apontando lápis, ao fundo tem sujeira de lápis apontado com lápis de cor ao redor.

O apontador deve ser escolhido com cuidado para não estragar o material artístico ou escolar de forma irreversível. (Fonte: Ирина Селицкая / 123RF)

O que é um apontador?

Apontadores são objetos que servem para, como o nome já diz, apontar lápis. Atualmente, a maior parte deste item é produzido para a afiação das pontas de lápis de cor. Há também uma boa parcela que se destina aos lápis especiais.

Os modelos mais simples de apontadores, e também mais comuns, têm cerca de dois centímetros e meio de comprimento, lâminas retas fixas e corpo de plástico ou metal. Alguns incluem depósitos para as sobras. Há modelos coloridos, transparentes, de bichinhos, personagens famosos e muito mais.

foco

Você sabia que uma das partes mais importantes do apontador é a lâmina? Ela deve ser sempre de boa qualidade e possuir um afiamento adequado. No entanto, ela perde o fio de corte após o uso contínuo de 12 lápis inteiros.

Existem também apontadores especiais, como os que necessitam de uma manivela para apontar os lápis ou os que apontam automaticamente ao inserir na abertura. Este segundo é mais conhecido como apontador elétrico.

Apontador de lápis manual ou elétrico?

Atualmente, há uma variedade de apontadores de diversos modelos e formatos, mas na hora de escolher o ideal, tudo se resume a dois tipos principais: o manual e o elétrico. Então, qual é o melhor?

Cada apontador tem suas vantagens. Os apontadores de lápis manuais são ótimos por motivos de conveniência e controle, você sempre sabe quando parar de apontar. Além disso, eles são mais fáceis de armazenar e estão sempre à mão.

Lápis com apontador, borracha e lascas em cima da mesa de cor branca.

O apontador deve ser escolhido com cuidado para não estragar o material artístico de forma irreversível. (Fonte: Scara / Pixabay)

Já os apontadores elétricos são ótimos quando você está com pressa, mas você corre o risco de apontar demais ou fazer uma ponta torta, estragando seu lápis.

Ao usar um apontador de lápis elétrico, torça o lápis levemente para trás para obter uma ponta afiada, e se você tiver tempo, verifique a ponta periodicamente em vez de confiar no som do apontador para lhe dizer quando o lápis está pronto, a menos que você tenha um apontador que para automaticamente.

Além disso, esteja atento ao desgaste das lâminas em ambos tipos de apontadores, pois isso pode fazer com que seu apontador estrague rapidamente.

Manual Elétrico
Tamanho É mais fácil de armazenar É grande e deve ficar sobre a mesa
Desvantagem É mais lento Usa bateria e pode estragar lápis sensíveis
Vantagem Você aponta com conveniência e controle Você aponta mais rápido

Como surgiu o apontador?

Bernard Lassimonne, um matemático francês, patenteou o primeiro apontador em 1828. No entanto, foi apenas no ano de 1847 que este apontador de lápis patenteado recebeu um design moderno de outro francês chamado Thierry Des Estivaux e se tornou um sucesso no mercado.

Antes de o apontador ser inventado, as pessoas costumavam afiar os lápis cortando-os com uma boa faca. No entanto, quando um apontador de lápis foi introduzido no mercado, o trabalho ficou mais fácil e resultou em uma ponta limpa e uniforme.

Alguns lápis especializados, como o lápis de carpinteiro, ainda são afiados com a ajuda de uma faca, devido à sua forma plana. No entanto, desde o ano 2000, já existe uma ferramenta para afiá-los.

Quais os diferentes tipos de apontador?

Se você já foi comprar um apontador de lápis, sabe que existem muitos tipos diferentes para escolher, cada um com sua especificidade e estilo. Por isso, escolhemos alguns tipos de apontadores que podem ser úteis para você.

  • Apontador para ponta longa: São ótimos para tirar o máximo proveito da ponta de seu lápis. Isso porque eles ajudam a expor mais grafite. Então, as pontas que saem deste apontador oferecem uma escrita com mais nitidez.
  • Apontador portátil: Ao apontar seu lápis fora de casa, às vezes é indicado ter um apontador com um reservatório. Há também versões sem reservatórios que são ainda menores e mais práticas, mas pode sujar sua mesa com lascas de lápis.
  • Apontador de mesa: Caso você queira ter um apontador bom e que esteja sempre à mão quando você está trabalhando ou estudando em seu escritório, um apontador de mesa pode ser bastante útil. No entanto, eles não são nada portáteis e podem custar caro.

View this post on Instagram

Deixe sua imaginação voar alto.

A post shared by Faber-Castell BR (@faber_castell_br) on

Quanto custa?

Apontadores de lápis existem em diversos modelos, estilos e formatos. Por isso, a variedade de preços também é gigante, mas eles não costumam ser itens caros, exceto as versões especiais para fins artísticos e profissionais.

Os apontadores comuns custam de R$ 5 a R$ 25, dependendo do material, de possuírem depósitos ou não, ou de suas funcionalidades especiais. Já os apontadores artísticos podem custar mais de R$ 50 por serem mais elaborados e possuírem uma durabilidade mais elevada.

Onde comprar?

Apontadores são normalmente comprados em estabelecimentos como papelarias. No entanto, se você precisa de um apontador de melhor qualidade, que não vai quebrar tão cedo, você provavelmente não achará na papelaria perto de casa.

Por isso, uma boa opção é procurar em lojas de materiais artísticos ou de escritório, pois estas contêm uma maior variedade de produtos. Além disso, outra opção é comprar pelo site da Amazon, que oferece grande variedade e ótimos preços.

Critérios de compra: Fatores para comparar diferentes ofertas de apontador

Um bom apontador é a imagem de um verdadeiro escritor, estudante e artista. Você deve escolher um apontador que seja durável, eficaz e seguro de usar, mesmo que esteja comprando para o material escolar dos seus filhos. Mas para fazer isso, é necessário prestar atenção em alguns critérios:

  • Tamanho das aberturas
  • Depósito de lascas
  • Qualidade da ponta
  • Risco de quebra

Vamos abordar em detalhes cada um desses critérios a seguir para que você faça uma ótima escolha de apontador de lápis.

Tamanho da abertura

O tamanho de abertura mais comum é 8 mm, pois a maioria dos lápis seguem esse padrão. No entanto, é possível encontrar lápis diferentes que não se encaixarão nessa abertura.

Então, se você quiser apontá-los, será necessário encontrar um tamanho de apontador adequado.

Qualidade da ponta

A qualidade da ponta que um apontador irá produzir tem tudo a ver com a qualidade da lâmina utilizada e com quão afiada ela está para desempenhar sua função. É sempre importante garantir que ela esteja em sua potência máxima para que os lápis não estraguem.

Material artístico sobre a mesa.

Caso você seja um artista, opte por apontadores de qualidade superior. (Fonte: stux / Pixabay)

É possível também afiar a lâmina de apontadores velhos, claro, se forem feitas de um material de boa qualidade. Esta é uma boa dica para quem não quer jogar fora um bom apontador.

Depósito de lascas

Muitas pessoas não gostam de se locomover sempre até o lixo quando precisam apontar um lápis. Por esse motivo, o depósito de lascas é um item muito importante e que deve ser observado ao comprar um apontador.

Há também as pessoas que preferem o contrário, que não gostam do espaço que o depósito ocupa. Então, optam por apontadores pequenos e compactos. Por isso, investigue qual é sua necessidade antes de escolher.

Lápis e apontador com depósito em meio às lascas.

Caso você faça ponta de lápis muitas vezes ao dia, opte por um apontador com depósito, pois é mais prático. (Fonte: picjumbo_com / Pixabay)

Risco de quebra

Muito do risco de quebrar a ponta de um lápis usando um apontador vem de quanta pressão você aplica durante o processo.

Porém, se você estiver trabalhando com um apontador elétrico, ele aplicará qualquer pressão para a qual ele foi construído. É por isso que os elementos elétricos não são tão bons para os lápis artísticos que têm grafite mais suave.

(Fonte da imagem destacada: Free-Photos / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Natália Nunes Professora
Professora do Ensino Fundamental nas redes pública e particular, Natália tem experiência de sobra para saber o que faz as crianças felizes e o que lhes incomoda. Além dos pequenos, ela também é apaixonada pelas palavras. Na internet, une as duas paixões e escreve sobre o curioso universo dos pequenos.