Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre aquecedor, e sobre quais são as melhores opções de equipamentos para que você se mantenha aquecido em casa durante os dias frios.

Aquecedores são itens fundamentais em certas regiões do país, principalmente no sul, em que certas cidades chegam a temperaturas negativas no inverno.

Estes equipamentos podem variar conforme a situação de cada pessoa, pois quem tem problemas respiratórios, por exemplo, pode se beneficiar de alguns modelos específicos.

No guia a seguir, vamos explicar como você pode encontrar o aquecedor ideal para você, com diversas dicas sobre cada um dos equipamentos e uma listagem com os melhores modelos disponíveis no mercado atualmente.

Primeiro, o mais importante

  • Existem diferentes tipos de aquecedores, e cada um deles deve ser utilizado em situações especificas, de acordo com a necessidade de cada pessoa.
  • O preço dos aquecedores listados neste artigo varia entre R$ 106 e R$ 400.
  • Se você quer começar a buscar por um aquecedor, comece pelas seguintes características: tamanho; termostato; timer; rodinhas e alças; modo economia de energia; controle remoto; design; potência; segurança; nível de ruído. Saiba mais nos critérios de compra.

Ranking: Os 6 melhores aquecedores

Quando os termômetros começam a marcar temperaturas mais amenas, cresce o interesse em adquirir um aquecedor para deixar a casa mais quentinha e agradável, especialmente no sul do Brasil. Tomar banho no inverno é uma tarefa bem difícil quando o clima está muito frio.

E aí que entram os aquecedores. Você sabe quais são os melhores modelos do mercado? Confira nesse ranking preparado pela ReviewBox Brasil.

1° – Aquecedor a Óleo Philco Premium

O aquecedor a óleo Philco Premium é ideal para manter o ambiente aconchegante sem oscilações. Ele possui 3 níveis de temperatura, que são baixo, médio e intenso.

Ele é fácil de transportar, pois possui rodas que permitem com que seja levado para qualquer ambiente da casa. Além disso, também não causa desconforto respiratório pelo ressecamento do ar, pois seu sistema é a óleo.

2° – Aquecedor Domestico a Óleo Ventisol

Encontre esse produto em Amazon.com.br

O aquecedor a óleo da Ventisol possui um termostato que permite que o ambiente fique na temperatura que você deseja e três níveis de potência.

Ele também possui 4 rodas e um porta cabo, para que possa ser levado para qualquer lugar facilmente, além de uma luz de funcionamento que indica que o produto está em uso.

3° – Aquecedor Elétrico a Óleo Multilaser

O aquecedor elétrico a óleo da Multilaser possui 3 níveis de potência, para aquecer diferentes tamanhos de ambientes, e é muito silencioso, para que você possa dormir com ele ao lado.

Além disso, o equipamento não queima o oxigênio, o que previne o ressecamento do ar. É o equipamento ideal para aquecer ambientes rapidamente e para manter a temperatura estável.

4° – Aquecedor Halógeno Comfort Air

A aquecedor halógeno Confort Air da Mondial possui três níveis de aquecimento a 400W, 800W e 1200W e um sistema de segurança contra a queda de energia e superaquecimento.

Uma alça localizada na parte de cima facilita o transporte para qualquer lugar, assim você poderá facilmente levá-lo para qualquer canto da casa que deseje.

5° – Aquecedor Termo Ceramic Mondial

O aquecedor Termo-ceramic da Mondial apresenta diferentes níveis de potência e um excelente controle de temperatura, além de ser um produto 2 em 1, pois é aquecedor e circulador de ar.

Sua resistência de cerâmica oferece um aquecimento rápido e eficiente, e por isso sua casa ficará aquecida em pouco tempo. O nível de ruído é baixo, o que também agrada muito os consumidores.

6° – Aquecedor 3 níveis Britânia

O aquecedor BAQ2000B da Britânia possui 3 níveis de potência, sendo um para oferecer ventilação e dois deles para aquecimento. Seu controle de aquecimento possibilita que você varie a temperatura da forma que desejar.

O equipamento ainda tem uma proteção contra superaquecimento, além de uma alça que facilita o transporte dele para qualquer lugar.

Guia de Compra

É muito difícil encontrar no Brasil uma casa com sistema de aquecimento, algo muito comum nos Estados Unidos, devido às temperaturas negativas em diversos estados daquele país.

Porém, no Brasil, algumas regiões também sofrem com frio rigoroso no inverno. E o aquecedor portátil tem se mostrado uma excelente alternativa para esse problema.

família tomando bebibas quentes no sofá

Os aquecedores deixam os ambientes mais aconchegantes no inverno. (Fonte: Iakov Filimonov / 123rf.com)

O que são os aquecedores e quais são as suas vantagens?

Os aquecedores de ambientes são uma boa opção para os dias frios de inverno, pois oferecem aquecimento ao ambiente de forma rápida, proporcionando mais conforto e deixando o local aconchegante.

Um dos principais benefícios dos aquecedores é que a maioria deles é portátil, e assim você pode levá-los para qualquer canto da casa sem complicação. Além disso, eles também costumam ser compactos e é fácil guardá-los quando o inverno acaba.

Aquecedores também costumam ser fáceis de utilizar, principalmente os elétricos, em que basta ligar na tomada e escolher a temperatura para tê-los funcionando.

Assim, você não terá que lidar com ajustes complicados ou ter algum conhecimento técnico para lidar com estes equipamentos.

Um termostato ajustável presente na maioria dos aquecedores permite que você selecione a temperatura ideal do ambiente, podendo assim escolher de acordo com a sua vontade. Essa é uma característica importante a buscar em aquecedores.

Imagem mostra um aquecedor e seu seletor de temperatura.

Os aquecedores costumam ser fáceis de utilizar, sem que sejam necessários muitos ajustes. (Fonte: ri / Pixabay)

Com relação ao preço, os aquecedores portáteis costumam ter um valor em conta.

O que costuma ser uma desvantagem é o gasto de energia elétrica, que pode aumentar com estes equipamentos, que devem ser usados em moderação por quem não quer ter um alto consumo de energia.

É importante também buscar por aquecedores que possuam proteção contra queda de energia, pois isso é muito comum no Brasil, e pode estragar equipamentos caso ocorra.

Por fim, uma das desvantagens mais comuns dos aquecedores, principalmente dos elétricos, é o ressecamento do ar, o que pode agravar problemas respiratórios.

Benefícios
  • Conforto
  • Compactos
  • Sem complicação
  • Termostato ajustável
Desvantagens
  • Gasto energia elétrica
  • Queda de energia pode danificar produto
  • Ressecamento do ar

Aquecedores elétricos, termoventiladores, a óleo ou cerâmicos: como escolher?

Uma das dúvidas mais comuns das pessoas está relacionada aos tipos de aquecedores, e no que é preciso prestar atenção em cada um deles.

Os aquecedores elétricos são os modelos mais baratos existentes no mercado atualmente, e neles o aquecimento ocorre em contato direto com o ar, e por isso é muito rápido.

Esse tipo de aquecedor costuma ser menos econômico quando se trata do consumo de energia.

Imagem mostra um aquecedor elétrico.

Os aquecedores elétricos são rápidos, mas menos econômicos. (Fonte: suvajit / Pixabay)

Já os termoventiladores utilizam uma ventoinha, que funciona como um ventilador, produzindo calor através de uma resistência acoplada à hélice. Eles utilizam menos energia elétrica que os outros modelos, mas fazem mais ruído.

Os aquecedores a óleo são alguns dos mais conhecidos, e aquecem o ambiente por meio de uma resistência elétrica, que aquece o óleo que fica dentro de um recipiente.

Estes equipamentos são excelentes para quem possui problemas respiratórios.

No caso de aquecedores de cerâmica, o que acontece é que a resistência elétrica aquece a cerâmica.

Um dos benefícios deste equipamento é que mesmo depois de desligado, ele costuma manter o calor por bastante tempo. Apesar disso, ele costuma consumir bastante energia elétrica.

Abaixo fizemos uma tabela com características de cada um dos tipos de aquecedores:

Elétricos Termoventiladores Óleo Cerâmicos
Barato Faz ruído Não ressecam ar Mantém calor
Rápido Rápido Devagar Faz ruído
Pouco econômico Econômicos Silenciosos Pouco econômico

Quanto custa?

O preço de um aquecedor elétrico varia muito de acordo com a área que ele é capaz de aquecer. Quanto maior a área, mais potência será necessária e maior será o preço.

Enquanto alguns equipamentos, como o elétrico, por exemplo, costumam ter um preço um pouco mais barato, aquecedores a óleo são mais caros pois possuem vantagens, como o fato de não ressecarem o ar.

Além disso, quanto mais elegância ele tiver, maiores são as chances de o equipamento ser mais caro, pois ele vai servir também como objeto decorativo da sua casa.

Os aquecedores que listamos neste artigo tem um preço que varia entre R$ 100 e R$ 400, visando dar muitas opções de valores para que você escolha a opção mais adequada pensando na sua situação financeira.

Uma das coisas que valem a pena ser avaliada, além do custo do equipamento, é o valor da energia elétrica que será consumida com um aquecedor na sua casa.

Afinal, ninguém quer comprar um equipamento e levar um susto com a conta de energia elétrica no final do mês, não é mesmo?

Onde comprar?

Existem muitos locais onde você pode encontrar aparelhos que aquecem o ambiente.

Em lojas físicas alguns exemplos são Magazine Luiza, Ponto Frio, Casas Bahia, Ricardo Eletro, além de supermercados que tenham setor de eletrônicos, como Carrefour e Walmart.

Também é possível encontrar aquecedores na Internet, que é onde os preços costumam ser melhores e você recebe o produto sem ter que sair de casa.

Sites como Amazon e Shoptime são alguns dos que comercializam esses equipamentos.

Caso deseje comprar o produto usado, use sites como Mercado Livre e OLX, que costumam oferecer uma enorme variedade de aquecedores.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de aquecedor

Existem certas características que são fundamentais em um aquecedor para que você fique completamente satisfeito com a compra, como as seguintes:

  • Tamanho
  • Termostato
  • Timer
  • Rodinhas
  • Modo economia de energia
  • Controle remoto
  • Design
  • Potência
  • Segurança
  • Nível de ruído

Ao ler os critérios de compra, faça uma reflexão sobre a sua realidade e se pergunte se aquele fator auxilia na sua rotina. Se sim, vale a pena considerar cada um para a compra. Só vale ressaltar que quanto mais completo for o aquecedor, possivelmente será também mais caro.

Tente equilibrar o que é fundamental e dispensável para que você compre um produto que atenda suas necessidades por um bom preço. Veja abaixo uma descrição detalhada destas características, para saber ao certo o que buscar em um aquecedor:

Tamanho

É importante comprar um aquecedor que esteja adequado ao tamanho do local que você deseja colocá-lo.

Se você comprar um equipamento muito grande, ele irá consumir muita energia elétrica e se comprar um muito pequeno, não irá aquecer o local adequadamente.

Leve em conta que quanto maior for o ambiente em que você colocar o seu aquecedor, maior é a potência do equipamento que você precisa.

A relação entre o tamanho do local que você precisa aquecer e a potência é de 100 watts por cada m², ou seja, um local que possua 20 m² precisará de um aquecedor de, aproximadamente, 2000 watts.

Locais que possuam pés direitos altos, ou um isolamento térmico muito ruim devem considerar um número de watts um pouco mais alto em suas contas.

Termostato

Os termostatos permitem que os aparelhos desliguem quando atinjam uma temperatura mais adequada, e que voltem a ligar quando o ambiente esfrie.

Por isso, eles são fundamentais para economizar energia elétrica, pois conseguem manter ela constante no ambiente.

Existem muitos aquecedores no mercado atualmente, e uma regra costuma se aplicar a maioria deles: quanto mais ele economizar energia, mais caro ele será.

Um termostato digital permite que você escolha a temperatura exata que deseja, e não somente mostra uma variação de cores entre azul e vermelho, onde azul é frio e vermelho é quente, o que é muito comum em alguns modelos.

Assim, com um aquecedor com termostato digital, você terá não só controle sobre a exatidão da temperatura que deseja, mas também menor consumo de energia.

Timer

Um timer é um excelente atributo para um aquecedor, pois ele permite que você inclua nele as horas que deseja que ele funcione, e assim ele ligará e desligará automaticamente nestes horários.

Imagine, você voltando do trabalho em pleno inverno, e chegar em casa com ela quente e aconchegante? Isso é possível com o timer, pois você pode programá-lo para ligar algum tempo antes de chegar em casa, de acordo com a sua rotina.

Assim, você também não corre o risco de esquecer o aquecedor ligado quando for para o trabalho, passando o dia todo preocupado por causa disso.

Um timer também é muito útil para economizar energia, pois você somente vai utilizar o aquecedor quando realmente precisar.

Rodinhas e alças

Esse é um item que parece supérfluo, mas é muito importante, pois aquecedores podem ser pesados para ficar carregando pela casa, e, se ele tiver rodinhas ou alças, o transporte fica muito mais fácil.

Os aquecedores portáteis foram projetados para serem movidos pela sua casa, pois eles aquecem em volta do ambiente em que são colocados, já que são pequenos e não foram feitos para área grandes.

Então, é preciso que o aquecedor tenha alças, rodinhas, ou que exista alguma forma fácil de carregá-lo para qualquer lugar que você queira.

Modo economia de energia

Uma das formas de economizar a energia consumida por um aquecedor é através de diferentes modos de economia que o próprio aparelho por disponibilizar.

Essa é uma opção bem interessante para se verificar quando estiver buscando por um aquecedor, por permite que você não tenha um susto com a conta de energia elétrica no final do mês.

Conforme já falamos anteriormente, os equipamentos que possuem esses diferentes modos para economia de energia acabam saindo um pouco mais caros, mas acabam compensando posteriormente.

Controle remoto

Um controle remoto permite que você mude as configurações do seu aquecedor de onde você estiver.

Digamos que você esteja deitado no sofá, e que esteja com um pouco de frio, basta mudar a configuração através do controle remoto e pronto. Tudo é feito de forma simples e rápida, sem que você precise se levantar para isso.

Design

Antigamente os aquecedores costumavam ser todos iguais, e não agregavam nenhuma beleza ao ambiente, somente serviam para que o equipamento cumprisse a sua funcionalidade de aquecer.

Atualmente as coisas mudaram muito, pois as pessoas querem cada vez mais ter peças com um design atrativo em suas casas. Isso é fruto de um mercado que tem tornado essas peças cada vez mais acessíveis.

Os aquecedores têm ganhado novos ares nos últimos anos, e têm sido cada vez mais utilizados também como peça decorativa. Veja dois exemplos em uma só imagem:

Potência

A potência de um aquecedor normalmente é medida em watts, e, quanto maior é a quantidade de watts que ele consegue produzir, maior é a quantidade de calor que gera.

No entanto, isso não significa necessariamente que o calor seja bem distribuído, por isso existem aparelhos com menos watts e menores que tem uma performance melhor do que equipamentos mais potentes.

Normalmente os aquecedores que melhor distribuem o calor são os termoventiladores, pois a ventoinha faz com que ele tenha um bom alcance.

Segurança

A maioria dos aquecedores está equipada para proporcionar segurança aos consumidores contra riscos de incêndio e superaquecimento.

Normalmente eles são certificados pelo INMETRO ou outras agências, e vale a pena verificar isso nas especificações do produto.

Busque verificar se a superfície do aquecedor fica muito quente quando ele está utilizando a máxima potência e oferece risco de queimaduras. Isso pode ser um problema muito sério, especialmente para quem tem crianças em casa.

Além disso, certifique-se de não deixar nenhum objeto em contato com o aquecedor, principalmente os inflamáveis.

Nível de ruído

Uma das coisas mais desagradáveis com relação aos aquecedores são os modelos muito barulhentos, e que causam desconforto na sua casa. Pior ainda é quando você adquire o equipamento para colocar no quarto, mas percebe que não consegue dormir com ele por causa do barulho.

Uma das regras que normalmente funcionam para saber se um aquecedor é barulhento ou não é a existência de uma ventoinha nele, pois normalmente os termoventiladores fazem barulhos parecidos a um ventilador.

Obviamente que os modelos mais atuais de termoventiladores estão ficando mais silenciosos, pois as marcas têm trabalhado para melhorar isso, se comprar um produto mais antigo você perceberá claramente a diferença entre eles.

Normalmente as marcas possuem a quantidade de decibéis que o equipamento produz especificada na descrição dele, então vale a pena dar uma olhada nisso.

(Fonte da imagem destacada: Arcaion / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
34 Voto(s), Média: 4,03 de 5
Loading...
REVIEWBOX

Postado por REVIEWBOX