Arandelas de formatos diferentes.
Ultima atualização: 12 de março de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

45Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um tipo de luminária que confere um ar aconchegante em qualquer ambiente: a arandela.

Fixada na parede, ela cria diferentes efeitos de iluminação e, por isso, está sempre presente nos projetos de decoração. Hoje em dia, existem modelos diversos, dos clássicos, rústicos aos mais modernos.

Em meio a tantas opções, vamos mostrar neste artigo o que você deve levar em conta antes de comprar a arandela que irá atender às suas expectativas.




Primeiro, o mais importante

  • A arandela é um tipo de luminária que é presa na parede e, em geral, produz uma iluminação indireta e suave.
  • Esse tipo de luminária pode ser colocado em diferentes cômodos, inclusive em áreas externas.
  • Por isso, é importante saber como combinar a arandela com a sua decoração, onde instalar a peça e como escolher a ideal.

Você também pode gostar:

Melhores modelos de arandela: Nossas favoritas

Se você procura por uma arandela, certamente busca por uma peça diferenciada. Sabendo disso, os fabricantes investem cada vez mais em modelos para todos os gostos e objetivos. Por isso, a seguir nós vamos apresentar para você os melhores modelos de arandela disponíveis hoje em dia no mercado.



Arandela Colonial Kazaloka

A arandela da Kazaloka tem um design colonial, no formato de lanterna vintage. Esse modelo mede 41cm de altura, 19cm de largura e 20cm de profundidade.

Fabricada em metal e vidro, essa arandela pode ser usada tanto interna quanto externamente. Além disso, possui soquete da lâmpada E-27.

Arandela Startec

A arandela da Startec tem um design mais contemporâneo, com cúpula pequena na cor branca e traços geométricos vazados, que criam um efeito moderno na iluminação.

Além disso, esse tipo de luminária é fabricado em metal, mede 17,5cm de altura e possui soquete de lâmpada tradicional E-27.

Arandela NetLumens

Moderna e sóbria, a arandela da NetLumens combina com todo tipo de decoração. Indicado para uso interno e externo, esse modelo é feito de alumínio, aço e vidro.

Com soquete E-27, essa arandela tem 30cm de altura, 10 cm de largura e 11,5 cm de profundidade. Além disso, são necessárias duas lâmpadas, que podem ser A-60 Led Bulbo ou A-60 Filamento de Led.

Arandela Gota Volare

A Arandela Gota da Volare é um modelo rústico, fabricado em alumínio. Em formato de gota, com grades de aço que deixam a lâmpada à vista, esse modelo é indicado para uso interno.

Medindo 33cm de altura e 8,3cm de profundidade, essa arandela tem soquete E27 e suporta uma potência máxima de 60W.

Guia de Compra

Não é fácil escolher uma peça que vai influenciar tanto na sua decoração, como a arandela. Por isso, antes de comprar essa luminária é preciso analisar uma série de fatores, desde os técnicos aos relacionados à decoração.

Por isso, neste Guia de Compra que preparamos para você, vamos mostrar quais são tipos de arandela, suas vantagens e os cuidados que deve ter antes de instalar na parede.

Mulher em sala com arandela.

A arandela cria uma iluminação intimista e decorativa.
(Fonte: PaylessImages / 123rf)

O que é uma arandela?

A arandela é um dos vários tipos diferentes de luminárias que existem. Mas a sua característica principal é ser uma luminária que fica presa na parede.

Muito tradicional em ambientes internos e externos, a arandela costuma criar uma iluminação indireta. Com isso, o ambiente se torna mais aconchegante e intimista.

Além disso, por ser instalada na parede, geralmente em duplas, a arandela faz as vezes de uma peça de decoração.

É muito comum, inclusive, observar arandelas em salas de estar de filmes e novelas tanto de época quanto os mais contemporâneos.

Quarto de casal, com cama e duas arandelas acima do criado mudo.

Arandelas são luminárias fixas na parede que, em geral, tem iluminação indireta, ideal para ser usada no quarto de dormir.
(Fonte: Bru-nO / Pixabay)

Apesar de ser uma peça antiga, que remete aos tempos coloniais, ao longo dos anos esse tipo de luminária foi evoluindo e se adaptando às tendências de cada época.

Hoje em dia, por exemplo, é possível encontrar uma variedade enorme de arandelas, com modelos que se diferenciam pelo material de fabricação, design e tipo de lâmpada.

O que também evoluiu nesse tipo de luminária, é que a peça passou a contar com opções diferentes de iluminação que, como consequência, criam ambientes com características variadas.

Existem modelos atuais em que a luz pode ser direcionada para várias posições, tornando a arandela ainda mais versátil.

Ou seja, independentemente do seu objetivo ou do tipo de decoração, é possível encontrar a arandela ideal.

Qual a diferença entre a arandela e outros tipos de luminária?

A iluminação é uma parte muito importante de uma casa, escritório, varanda e até jardim. E, é claro, ela depende muito do tipo de ambiente que você deseja criar.

Por isso, dependendo do tipo de iluminação que você quer criar, é preciso escolher uma luminária diferente.

Por exemplo, se você quer montar um cantinho da leitura, deve considerar uma luminária que tenha uma luz forte e direta.

A luminária de chão pode ser uma boa escolha. Até porque, essa peça é móvel e pode complementar a decoração seja na sala de estar, de TV, no escritório ou no cantinho de estudos.

Já um lustre, por outro lado, é um tipo de luminária que se diferencia principalmente por ser instalado no teto.

Arandela acesa na parede, em foto preta e branca.

A arandela se diferencia de outras luminárias pelo tipo de iluminação e por ser uma luminária fixa e presa na parede.
(Fonte: takenbytablo / Pexels)

O lustre pode servir para a iluminação principal ou simplesmente para compor a decoração de um ambiente. E, apesar de atuar como destaque, o lustre pode tanto oferecer uma iluminação direta quanto indireta.

Já o abajur é uma luminária de mesa, que também tem variações na iluminação que produz. Dependendo do material e do formato, o abajur pode ter luz direta ou indireta. Além disso, é versátil e móvel, podendo ser colocado em diversos ambientes.

Na categoria de luminárias de parede você vai encontrar, como vimos, a arandela, que tem em geral uma iluminação mais difusa e decorativa.

Mas, dependendo do seu objetivo, você também poderá optar por outro tipo de luminária de parede, o balizador. Essa peça é fixada próxima ao rodapé.

Confira abaixo as principais características desses tipos de luminárias:

Arandela Luminária de chão Lustre Abajur Balizador
Tipo Fixo Móvel Fixo Móvel Fixo
Iluminação Indireta Direta Indireta/Direta Indireta/Direta Indireta
Espaço ideal Interno/Externo Interno/Externo Interno Interno Interno/Externo

Onde você deve instalar a arandela?

Apesar de precisar ser fixada na parede, a arandela é uma luminária bem versátil. Você pode colocar a arandela em diversos ambientes e com diferentes propósitos, a depender da iluminação que você deseja.

Como a luz da arandela é, em geral, indireta, evite colocá-la em locais que precisam de muita iluminação, como escritórios e cozinhas, a não ser se for como uma peça decorativa.

Para os decoradores, o ideal é que você coloque a arandela em ambientes que demandem uma iluminação mais suave.

Bons ambientes para receber uma ou mais arandelas são:

  • Quartos
  • Salas de estar
  • Corredores
  • Banheiros
  • Fachadas
  • Varandas

Em corredores, as arandelas podem servir para guiar o caminho. Isso porque, a arandela usa a própria parede (o teto ou o chão, em alguns casos) como rebatedor de luz. Com isso, é criado uma sensação de que o ambiente tem um comprimento maior.

Já em ambientes mais amplos, como na sala de estar, por exemplo, esse tipo de luminária pode funcionar como ponto de luz adicional.

Na sala de televisão, a arandela também pode ser funcional se instalada nas laterais do painel de TV.

Nos quartos, a iluminação indireta da arandela é ideal para criar um clima intimista e tranquilo. Sem contar que ainda pode economizar espaço na sua mesinha de cabeceira.

Varanda de apartamento iluminada por uma arandela.

A arandela também é muito usada em áreas externas, como é o caso da varanda em apartamentos.
(Fonte: qimono / Pixabay)

Vale lembrar que em áreas externas é preciso atenção redobrada quando você for escolher o material de fabricação da arandela.

Você precisa levar em conta que a arandela vai ficar exposta à chuva, sol e poluição. Falaremos sobre os materiais de fabricação da arandela em detalhes em Critérios de Compra.

Como você deve instalar a arandela?

O local de instalação da arandela é um fator que merece atenção. Lembre-se de que você precisará fixar a peça em uma parede.

Isso, portanto, requer que você identifique pontos de energia elétrica ao longo da parede para que a aplicação da peça seja feita.

Mas não se preocupe porque o processo é parecido ao da instalação de um lustre.

A altura recomendada para a instalação da arandela é proporcional ao pé direito do ambiente.

Para cômodos com pé direito medindo entre 2,5m e 2,7m, você deve instalar a arandela entre 2m e 2,20m de altura.

No entanto, se você preferir fixar a arandela na cabeceira da cama, a peça deve ser colocada a 1m ou 1,10m de altura, acima dos criados-mudos.

Quais os cuidados você deve ter com a arandela?

O primeiro cuidado que você deve ter é justamente com a instalação. Se certifique que a parede que você escolheu para colocar a arandela é segura para suportar o peso da peça.

Também é fundamental garantir que nenhuma tubulação ou fios passem no local de instalação.

Instalação segura e tamanho adequado da arandela são fundamentais para garantir o funcionamento da peça.

Os especialistas recomendam que você dê preferência por uma arandela confeccionada e fixada com materiais de qualidade para que elas não corram o risco de soltar da parede.

Além disso, tome cuidado com o ambiente que você for instalar a arandela. Em alguns lugares como nos corredores, por exemplo, o tamanho da arandela não pode interferir na passagem das pessoas.

Quais as vantagens e desvantagens da arandela?

A arandela é um tipo de luminária que conta com várias vantagens. A principal delas é que a arandela ao mesmo tempo em que cria uma iluminação difusa e aconchegante também contribui para a decoração.

Versátil, esse tipo de luminária é fixado na parede e, por isso, pode ser utilizada em vários cômodos como, por exemplo, quartos e corredores.

Além disso, a arandela tem a vantagem de poder ser instalada também em áreas externas como varandas e jardins.

Arandela acesa acima do espelho em um banheiro clássico, com a janela aberta.

Uma das vantagens da arandela é que essa peça pode ser instalada em qualquer ambiente, como nos banheiros por exemplo.
(Fonte: Elena Saulich / 123rf)

Outra vantagem é que a arandela é uma peça de fácil instalação e, por ficarem na parede, não ocupam espaço. Além disso, as arandelas estão disponíveis em diversos formatos, cores e materiais.

No entanto, esse tipo de luminária também possui desvantagens. Apesar de funcional e decorativa, a arandela não é indicada como iluminação de leitura.

A seguir, você confere as principais vantagens e desvantagens da arandela:

Vantagens
  • Iluminação aconchegante
  • Peça decorativa
  • Fácil instalação
  • Não ocupa espaço
  • Para ambientes internos e externos
Desvantagens
  • Nem todas servem para leitura

Quanto custa?

O preço da arandela varia bastante em função do material de fabricação, das dimensões e quantidade de peças.

Em geral, você vai encontrar a arandela custando entre R$ 15 e R$ 1 mil. As de materiais mais nobres, porém, podem chegar a custar até R$6 mil.

É claro que você não precisa comprar a mais cara de todas. Hoje em dia existem opções para todos os gostos e bolsos.

Onde comprar?

Você vai encontrar a arandela à venda em lojas de luminárias, decoração, de departamento e hipermercados como Lojas Americanas, Ponto Frio e Extra.

Ainda assim, nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil.

Ao fazer isso, você não apenas garante mais opções de modelos para escolher, por preços mais competitivos, como ainda adquire a arandela do conforto da sua casa.

Critérios de compra: O que você deve considerar antes de escolher a arandela

Antes de comprar a arandela você deverá ter um projeto que vai indicar a quantidade de luminárias necessárias, o tamanho e o tipo de lâmpada que você quer para o ambiente.

Com essas informações em mãos, você precisará saber quais são as características que diferenciam um tipo de arandela de outra. Por isso, listamos para você os principais fatores que devem ser levados em conta antes de comprar a arandela:

  • Material de fabricação
  • Decoração
  • Iluminação
  • Design
  • Tamanho

A seguir, nós vamos explicar cada um desses fatores para que você tome a melhor decisão e adquira a arandela ideal.

Material de fabricação

O primeiro fator que você deve levar em consideração antes de comprar a sua arandela é o tipo de material com que a peça foi fabricada. Isso porque o que diferencia a arandela de uso externo para a de uso interno, por exemplo, é justamente o material de fabricação.

As arandelas externas precisam ser mais resistentes à variação do clima. Já as arandelas internas são mais decorativas e podem ousar mais no material de fabricação.

Mas, de forma geral, você poderá escolher a arandela fabricada com os seguintes materiais:

  • Madeira
  • Vidro
  • Ferro
  • Cristal
  • Acrílico
  • Alumínio
  • Cerâmica
  • Metal

Decoração

Além de escolher o material de fabricação de acordo com o local que a arandela será instalada, recomendamos que você também leve em conta a decoração do local.

Como a arandela ajuda a decorar as paredes, assim como os quadros decorativos, você pode ousar nas combinações.

Os decoradores concordam que nada é mais estiloso do que escolher arandelas de ferro para complementar a decoração de um ambiente que conta com móveis clássicos, por exemplo.

Ou ainda, combinar uma arandela de madeira, instalada em um cômodo cuja decoração seja mais contemporânea e minimalista.

Aqui é possível que você use a criatividade para misturar diferentes materiais e criar uma decoração exclusiva e que seja a sua cara.

Iluminação

Após escolher o melhor material de fabricação, recomendamos que você observe o tipo de iluminação que a arandela se propõe a fornecer.

O tipo de iluminação varia bastante e vai depender tanto da lâmpada que será utilizada quanto do formato da cúpula que envolve a lâmpada da arandela.

Na embalagem da peça você vai encontrar o tipo de lâmpada e o número do soquete que devem ser usados na arandela. É preciso respeitar a recomendação para evitar que a sua arandela estrague.

Você vai encontrar opções de arandelas que usam lâmpadas fluorescentes, de LED, com cor branca ou amarela.

A sua escolha vai depender do ambiente que você quer criar, se mais claro, para leitura, por exemplo, ou mais intimista com luz suave e amarelada.

Quarto de casal, com janela, cama e arandelas acesas acima do criado mudo.

O tipo de iluminação da arandela vai depender da lâmpada e da cúpula que a envolve.
(Fonte:Digital Buggu / Pexels)

Lembrando que a lâmpada LED ainda é o tipo que permite que você tenha uma maior economia no final do mês.

Além disso, saiba que, em alguns modelos, é preciso usar duas lâmpadas em cada arandela. Coloque isso na balança e veja se vale a pena o gasto.

Já com relação ao tipo de iluminação que produzem, você vai encontrar os seguintes tipos de arandela:

  • De luz direta: A arandela do tipo tartaruga, por exemplo, é muito usada em áreas externas, como jardins.
  • Com cúpula: A arandela com cúpula é parecida com um abajur e oferece uma iluminação indireta, mas forte.
  • Uplight: A arandela uplight direciona a luz para o alto, ideal para iluminar fachadas ou criar iluminação com uma luz difusa.
  • Downlight: essa arandela joga a luz para baixo e, por isso, é indicada para iluminação intimista e decorativa.
  • Duplo efeito: A arandela com duplo efeito direciona a luz para cima e para baixo, criando efeitos cênicos de iluminação, ideal para decorar uma parede grande de uma sala.

Design

O próximo fator que você deve verificar é o design da arandela. A ideia aqui é que a arandela componha a decoração do ambiente.

Por exemplo se a sua sala de estar tem um estilo moderno, opte por uma arandela com design contemporâneo, com formas geométricas, como as que têm a cúpula quadradas ou vazada, com aros.

Arandela acesa em parede com o escrito: “Emancipate yourself from mental slavery.”

O designer da arandela é fator essencial se você quiser unir iluminação com decoração.
Fonte: Muffin / Pexels)

Mas, se o seu estilo for o clássico, as arandelas com design vintage e colonial são as mais indicadas. Mas a diversidade é enorme.

Por exemplo, você também poderá optar por arandelas luxuosas, em formatos de vela, cilindro, redondas e com formas diferenciadas e exclusivas de cada marca.

Sem contar nas arandelas com design de cone, verticais, com cúpula e até com imagens grafados.

Tamanho

Observe também as dimensões da arandela. Essa informação é especialmente importante se você for, por exemplo, colocar a peça em um corredor.

Como vimos, a peça não pode ser grande a ponto de atrapalhar a passagem de pessoas. Por outro lado, uma arandela muito pequena em uma parede grande também não será adequada.

Para evitar problemas como esse, confira as medidas da parede e da peça antes de comprar.

Para você ter uma ideia, a altura da arandela pode varia entre 13cm e 50cm; já a profundidade varia de 8cm a 20cm.

(Fonte da imagem destacada: Ekachai Sathittaweechai / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.