Cozinha em estilo clássico com armários em madeira na cor branca.

Olá! Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. O artigo de hoje é especial para quem está montando ou redecorando um dos cômodos mais amados de qualquer residência: a cozinha. Traremos dicas e sugestões que ajudarão você a escolher seu armário de cozinha ideal.

Um bom armário além de prático e funcional, pode trazer mais charme, conforto e organização para qualquer ambiente, deixando-o mais aconchegante e sofisticado. E a regra também vale para a cozinha. Por isso o armário de cozinha tem a cada dia mais deixado de ser uma simples necessidade para armazenamento para se tornar também um importante elemento de decoração.

Neste artigo vamos apresentar a você as melhores opções do mercado, além das características para as quais você deve atentar para fazer a escolha mais adequada de armário de cozinha para compor a decoração deste cômodo.

Primeiro, o mais importante

  • O mercado oferece milhares de opções de armário de cozinha. Para escolher o ideal, alguns fatores devem ser considerados antes da compra. Defina qual será o local de instalação, e escolha de acordo com o estilo da cozinha e o tamanho do cômodo.
  • Tamanho, material, modelo, tipo, forma de instalação e facilidade de limpeza são algumas das características principais a serem avaliadas no momento da compra do armário de cozinha.
  • Os preços são bem variados. As flutuações ocorrem de acordo com o material e a marca escolhida, além de outros fatores como detalhes, puxadores, luzes e acessórios embutidos. É possível encontrar armários mais simples a partir de R$ 300. As versões mais completas e trabalhadas ou planejadas podem custar alguns milhares de reais.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores armários de cozinha

Quer armazenar utensílios, eletroportáteis e mantimentos, deixá-los organizados, sempre à mão e protegidos da gordura e da poeira e de quebra dar um charme a mais para a sua cozinha? Para isso não é preciso grandes reformas ou quebra-quebra.

Um bom armário de cozinha pode te dar todas essas vantagens e ainda tornar sua cozinha muito mais bonita e organizada. Selecionamos os modelos mais charmosos disponíveis no mercado para te inspirar. Confira a lista:

1º – Armário para Cozinha Compacta Ipê – Petra

Com 11 portas, adega para 5 garrafas, 5 nichos e 2 gavetas, o armário para cozinha compacta Petra é a escolha perfeita para garantir um cômodo organizado e com mais praticidade no dia a dia.

Confeccionado com materiais de qualidade, possui design moderno e é espaçoso o suficiente para acomodar pratos, talheres, panelas e eletroportáteis.

2º – Armário de Cozinha 7 Portas 2 Gavetas Master – Nesher Móveis

Com acabamento em pintura e impressão, esse modelo é fabricado em MDP e MDF de alta qualidade, com puxadores em ABS, corrediças das gavetas metálicas telescópicas e dobradiças metálicas.

De estilo moderno, tem boas divisões para acomodar todos os seus utensílios. Com sapatas niveladoras, tem sistema de montagem simples, com parafusos, cavilhas e minifix. Suporta até 145 kg.

3º – Armário de Cozinha Compacta 3 Portas – Fellicci

O armário de cozinha Sarah é uma excelente escolha para deixar sua cozinha linda, sendo a opção perfeita para se adaptar ao ambiente proporcionando beleza e bem-estar.

Nas cores carvalho e branco, é feita em MDP 12 MM com acabamento finish foil fosco. Dimensões aproximadas do produto: 190 x 138 x 52 cm.

4º – Armário De Cozinha 3 Portas 1 Gaveta Jaspe – Sallêto

O armário de cozinha 3 portas Jaspe 1 gaveta Sallêto é a opção ideal para compor ambientes pequenos e tornar seu dia a dia mais prático. É fabricada em MDP, para garantir maior resistência e durabilidade.

Os puxadores cromados dão um toque elegante ao design do móvel, além de proporcionar maior firmeza para abrir e fechar as portas e gaveta. Ainda, a combinação de espaços pode ser destinada para guardar todos os seus utensílios culinários.

Conta com pés com regulagem de altura, pistão a gás, corrediça metálica, a porta grande com 3 dobradiças, tampo usinado em MDF. Acabamento em pintura UV.

5º – Armário de Cozinha 8 Portas 1 Gaveta Luisa – Movemax

Com acabamento em pintura fosca nas gavetas, portas, e prateleiras, tem pés cromados, que conferem charme e requinte ao produto. Em estilo moderno e contemporâneo, conta com gavetas, prateleiras e portas em MDP de alta qualidade, puxadores em poliestireno e pés em polipropileno.

Sistema de montagem por cavilhas, parafusos, pregos, sache de cola, etiqueta e tapa furo.

Guia de Compra

Depois de conferir o Ranking com os armários de cozinha mais bacanas do mercado, vamos adiante com o Guia de Compra. Nesta seção apresentaremos a você as informações mais importantes os armários de cozinha, como modelos e indicações de uso, vantagens e desvantagens, valores, onde comprar, etc.

Casal usa bancada do armário de cozinha como apoio para preparo de refeição.

Além de servir para organizar e armazenar mantimentos e utensílios, armários de cozinha também podem ter bancadas de apoio. (Fonte: 089photoshootinngs / Pixabay)

O que é o armário de cozinha?

O armário de cozinha é a versão especialmente adaptada para este cômodo do móvel que objetiva armazenar e organizar utensílios, panelas, louças, mantimentos e demais itens de cozinha de forma que eles sejam facilmente localizados e acessados.

Normalmente são feitos em materiais resistentes, como madeira ou aço, e equipados com portas e gavetas, que servem para organizar os utensílios e ocultar o conteúdo do armário da visão externa, os protegendo também do acúmulo de poeira e gordura.

Pode contar, ainda, com nichos para acomodar eletrodomésticos ou eletroportáteis como forno elétrico, micro-ondas, geladeira, lava-louças, purificador de água, etc. São uma excelente solução para otimizar o espaço da cozinha, uma vez que suas divisões e prateleiras interiores permitem o melhor aproveitamento do espaço interno.

Quais as vantagens do armário de cozinha?

O armário de cozinha é a solução ideal para quem busca organização e praticidade para este cômodo que é o coração da casa. Como um dos itens principais de destaque em uma cozinha, os armários estabelecem o estilo e o padrão do cômodo.

Cozinha rústica, moderna, contemporânea ou clássica. Grande parte dessa definição se dará pelo tipo de armário e demais móveis escolhidos. Mas a questão decorativa é apenas uma das facetas dos armários de cozinha.

Além de possibilitar a organização e o armazenamento de todos os aparatos de cozinha, os armários ainda podem ser importantes pontos de apoio para cozinhar, lavar ou escorrer louças. São, ainda, os responsáveis por proteger louças, mantimentos, panelas e utensílios do acúmulo de gordura e sujeira.

Apesar das muitas vantagens, a escolha do armário de cozinha inspira cuidados. Alguns materiais são sensíveis à água, umidade e calor: tudo o que mais temos na cozinha. Por isso o ideal é investir um pouco a mais em materiais de qualidade, que serão mais resistentes e poderão durar por muitos anos.

Vantagens
  • Armazena e organiza utensílios e mantimentos
  • Existem opções para todos os bolsos
  • Além de funcional é decorativo
  • Modelos são variados, indo do clássico ao moderno
Desvantagens
  • Alguns materiais podem ser sensíveis à água, umidade e calor
  • Materiais mais resistentes são mais caros

Quais os diferentes tipos de armário de cozinha?

Como o armário de cozinha é um produto que ficará em bastante evidência no cômodo, ele deve ser avaliado em todos os seus aspectos com muito cuidado antes da compra. Essa avaliação poderá fazer toda a diferença para garantir a sua satisfação e segurança.

Existem alguns tipos de armários de cozinha, cada um pensado e desenvolvido para um perfil de casa e de usuário. Começar conhecendo os diferentes tipos, é uma forma de já decidir aquele que mais atende suas expectativas e necessidades.

Imagem de cozinha com móveis e paredes brancos.

Escolha um armário de cozinha de acordo com as suas necessidades. (Fonte: Mark McCammon / Pexels)

  • Planejados: Armários projetados e criados sob medida para se adaptar e preencher espaços de um cômodo em específico. Um bom projeto otimiza em até 100% o uso do espaço. No entanto, esse tipo de armário costuma ser fixo e quando há possibilidade de retirá-lo, dificilmente ele se adaptará perfeitamente ao novo ambiente. É ideal para quem não deseja mobilidade e não pretende ou precisa desinstalar o móvel no futuro.
  • Modulados: Feitos em módulos com medidas padrão que se encaixam entre si formando o conjunto nas configurações desejadas pelo cliente. Esse tipo de armário é ideal para quem tem pouco espaço e quer otimizar o uso do cômodo investindo pouco e sem precisar aguardar os longos prazos de fabricação dos móveis sob medida.
  • Compactos: Feito em apenas um bloco ou com separação entre bancada e armários aéreos, esse tipo de armário também é pensado para quem tem pouco espaço e quer praticidade. Por ser um móvel único não oferece muitas possibilidades de configuração e nem a alteração de posições de nichos, gavetas, etc.

Está em dúvida entre um armário de cozinha modulado, compacto ou planejado? Confira nossa tabela abaixo:

Modulares Compactos Planejados
Investimento Existem opções de diversas faixas de preço Existem opções de diversas faixas de preço Costumam ter custo mais elevado
Mobilidade Podem facilmente se adaptar em outros lugares, pois módulos permitem diversas configurações Podem ser facilmente desmontados e remontados em outro lugar Feitos sob medida, dificilmente podem ser aproveitados em outro lugar ou cômodo
Diferenciais Peças podem ser compradas e montadas separadamente de acordo com a necessidade Por ser um móvel único não oferece muita flexibilidade de disposição Por ser feito sob medida aproveita melhor os espaços

Como instalar o armário de cozinha?

Já comentamos que o armário de cozinha ideal deve ser funcional para organização e armazenagem e decorativo. Mas outro aspecto muito importante para um bom armário é a praticidade e acessibilidade. O armário deve deixar espaço livre em sua cozinha para que você possa se movimentar sem dificuldades ou acidentes.

Para a sua segurança, instale seu armário de forma que a distância entre a bancada e os módulos suspensos seja de pelo menos que 50 cm. A profundidade também merece atenção, e deve ser algo em torno de 37 cm.

Nessas proporções seus módulos suspensos serão altos o suficiente para que você não bata a cabeça nas quinas, e baixos o bastante para dispensar uso de bancos e escadas.

Armário de cozinha de canto branco de preto.

A distância entre a bancada e os módulos suspensos deve ser de pelo menos que 50 cm. (Fonte: PhotoMIX-Company / Pixabay)

Já os módulos de piso ou bancadas também devem ter altura confortável para trabalhar. A medida ideal para bancadas é de no mínimo 90 centímetros do chão ao tampo, podendo variar de acordo com a estatura dos moradores da casa. A profundidade de 60 cm é o suficiente para que se possa trabalhar confortavelmente sobre a bancada.

Onde comprar?

Você pode comprar seu armário de cozinha em lojas físicas que oferecem móveis, produtos de decoração e utilidades para casa, como Etna, Tok Stok, Magazine Luiza, dentre outras.

É possível, ainda, realizar a compra pela internet, aproveitando de toda a comodidade e variedade que os sites de e-commerce como a Amazon e o Mercado Livre oferecem.

Quanto custa?

Os valores dos armários de cozinha podem variar muito de acordo com modelo, material utilizado e design do produto. É possível encontrar versões mais simples a partir de R$ 300. Já modelos mais completos, em materiais mais resistente e designs diferenciados podem ter preços bem mais elevados.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de armário de cozinha

Nem sempre o melhor e mais caro armário de cozinha é o ideal para você, aquele que irá suprir completamente as suas expectativas e necessidades. Por isso, agora te apresentaremos tópicos sobre as características dos armários de cozinha para as quais você deve atentar para escolher o armário que mais se aproxime do perfeito para você e sua cozinha.

  • Material
  • Revestimentos e acabamentos
  • Tamanho
  • Montagem e instalação
  • Puxador
  • Cor

Confira abaixo o detalhamento de cada uma dessas características. Leve em consideração cada uma dessas particularidades no momento de escolher o seu armário de cozinha e garanta uma compra acertada.

Material

Os materiais mais usados na fabricação de armários de cozinha são o aço e a madeira e/ou suas variações como o laminado, o MDP (Chapa de fibra de média densidade), o MDF (Painel de Partículas de Média Densidade), etc.

Já as portas, gavetas, pés e puxadores podem vir em materiais diferentes da estrutura do armário, tais como vidro, plástico, metal, alumínio, dentre outras variantes.

Como o armário de cozinha é um item de muita utilização no dia a dia, é fundamental que o acabamento do material externo seja lavável e não poroso, para facilitar a limpeza e diminuir o acúmulo de gordura e sujeira.

Materiais como a madeira, MDF e MDP são mais suscetíveis à ação da água e umidade, que em contato prolongado podem causar estofamentos, deformações ou ondulações. O ideal é que armários nestes materiais tenham tratamento ou acabamento impermeabilizante para garantir a durabilidade do produto.

Armário de cozinha branco em estilo vintage.

Escolha um material resistente e fácil de limpar. (Fonte: Alexandre Zveiger / 123rf)

Os vidros simples, espelhados, jateados ou em outros padrões são excelentes opções para portas ou prateleiras. Além de conferir aspecto sofisticado ao armário, o vidro não absorve gordura e sujeira sendo mais fácil de limpar.

Confira o quadro com as principais características dos materiais mais populares:

Madeira natural MDF MDP Aço
Resistência Demanda maior manutenção e pode escurecer com o tempo Homogêneo, é hidrorrepelente e próprio para ambientes molhados como cozinha e banheiros Resistente umidade, não absorve água com facilidade Resistente a umidade, não enferruja
Limpeza Deve ser feita com pano úmido, evitando acúmulo de água e produtos de limpeza Depende do revestimento, mas costuma ser fácil, feita com pano úmido e desengordurantes Depende do revestimento, mas costuma ser fácil, feita com pano úmido e desengordurantes Fácil, mas deve-se evitar abrasivos – pode arranhar
Valores Material considerado nobre, o que encarece o produto Mais caro que o MDP e mais barato que a madeira Mais barato que a madeira e o MDF Existem versões em todas as faixas de preço
Diferenciais Extremamente resistente pode ser reformado com pinturas, pátina, etc. Superfície homogênea permite cortes em todos os sentidos e aceita bem pintura e outros acabamentos Resistente a rachaduras, pode ser montado e desmontado sem danos Disponível em muitas opções de cores e modelos

Revestimentos e acabamentos

Quase tão importante quanto o material do armário em si são os revestimentos e acabamentos que este material recebe. Para os armários em aço, o revestimento mais comum é a pintura, sendo as mais populares a esmaltada e a pintura eletrostática a pó, que protegem o material da ferrugem e corrosão em geral.

Já nos armários em madeira natural é bem comum que o tratamento se limite a aplicação de resinas ou vernizes, deixando expostos os padrões e desenhos naturais da madeira.

Já para os armários em MDF ou MDP, os revestimentos mais usados são:

  • Laminado de alta pressão: Muito resistente, consiste em várias lâminas de papel decorativo impregnado com resina melamínica prensado à chapa de MDF ou MDP em altas temperaturas. O processo funde os materiais, resultando em uma superfície de maior resistência à umidade, abrasão e impactos.
  • Finish Foil: Também feito com papel produzido em rotogravura ou flexogravura, este revestimento consiste na prensa do papel com alta temperatura sobre o material e depois recebe acabamento para efeito brilhante, fosco ou semi-brilho. É menos resistente a riscos e manchas que o laminado de alta pressão.
  • Vidro: Fosco, transparente, espelhado ou com cor, o vidro é muito usado para compor ou como material único da parte frontal do armário de cozinha, em portas e gavetas. Fácil de limpar, confere ar moderno e contemporâneo ao móvel, além da opção de deixar ou não visível o interior dos armários.
  • Laca: Tipo de pintura tem processo parecido ao da pintura automotiva com várias etapas de pintura, secagem e polimento. De aparência sempre lisa e impecável, pode vir nas versões laca de alto brilho ou laca fosca. Esse revestimento é mais caro e exige maior cuidado, pois a pintura não é resistente a impactos e arranhões.
  • Tamponamento: Bordas extras de madeira ou outro material em espessura maior e já com acabamento são acrescentadas ao MDF ou MDP para deixá-lo mais robusto e com aspecto mais resistente.
  • Metacrilato: Um tipo de acrílico, tem efeito que lembra vidro ou laca de alto brilho. Fácil de limpar, difere do acrílico comum, pois pode ser polido sem manchar ou perder a cor.

Tamanho

Um armário de cozinha em tamanho inadequado pode mais atrapalhar do que simplificar a sua vida. Os modelos de armários compactos ou com módulos aéreos são ideais para cozinhas pequenas ou para preencher pequenos espaços do cômodo como corredores e despensas.

Já as versões maiores, com ilhas ou torres para eletroportáteis, são ideais para cômodos maiores, mas sempre respeitando a proporcionalidade.

O armário em tamanho ideal é o que se posiciona respeitando o posicionamento dos pontos de água, janelas e portas, gás, tubulações, eletrodomésticos e espaços de circulação.

Imagem de cozinha mobiliada bege e branca.

O armário de cozinha ideal deve ser proporcional ao tamanho da cozinha. (Fonte: Pixabay / Pexels)

Montagem e instalação

Os armários de cozinha geralmente têm montagem de dificuldade média a difícil. Ou seja, para a maioria dos armários, se faz necessária a ajuda de um profissional para a montagem e instalação.

Essa montagem pode se dar por meio de cavilhas, sapatas, parafusos, pregos, minifix, dentre outros mecanismos.

Alguns modelos são fixados na parede, enquanto outros são de piso. Os modelos fixos são ideais para quem não precisa ou pretende retirar o móvel do lugar. Já os de piso são bons para quem mora de aluguel ou gosta de mudar a posição dos móveis com frequência, pois ele permite essa mobilidade.

Verifique se o local pretendido para receber o armário permite as perfurações necessárias para instalação o sem o risco de atingir tubulações. O armário deve ter medidas que permitam o posicionamento em alturas adequadas para evitar acidentes como topadas e batidas de cabeça, além de proporcionar fácil acesso a seus interior.

Puxador

O puxador do armário de cozinha pode vir em diferentes formatos e materiais. É um item que precisa ser fácil de usar e limpar e resistente, uma vez que será manuseado com muita frequência e por mãos que podem estar úmidas ou engorduradas.

Modelos de baixo custo costumam apresentar puxadores em plástico com pintura em alumínio. No entanto, esse tipo de puxador tende a desgastar e manchar com o uso. Dê preferência a puxadores feitos totalmente de alumínio ou outro tipo de metal.

Os modelos mais adequados de puxador de armário de cozinha são os com formas retas, sem frisos ou muitos detalhes para evitar acúmulo de sujeira, e que tenham boas dimensões e formato para facilitar a abertura das portas e gavetas.

Cor

Os armários de cozinha estão disponíveis nas mais variadas cores e padrões, sendo os mais populares o branco e amadeirados. Aqui a escolha pode ser puramente estética, ou de acordo com o efeito pretendido no cômodo.

Armários brancos dão aspecto de limpeza e amplitude ao cômodo. Já os amadeirados deixam a cozinha com ar mais sofisticado e aconchegante. Por sua vez as cores vibrantes dão mais vida ao ambiente, com ar alegre e descontraído.

Em caso de cozinhas do tipo americana ou com ligação com outros cômodos, uma boa dica é combinar as cores entre os espaços para integrar os ambientes.

(Fonte da imagem destacada: Shadowfirearts / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Paula Diniz Jornalista
Brasiliense, é redatora, social media e inventora de moda nas horas vagas. Apaixonada por projetos DIY de moda e artesanato, é leitora voraz, fã de séries, atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro. Expert em compras online, não fica de fora dos lançamentos e tendências de decoração, cuidados estéticos e com a casa.