Na foto está uma árvore de Natal no meio de uma sala com presentes.
Ultima atualização: 26 de outubro de 2019

Como escolhemos

13Produtos analisados

20Horas investidas

5Estudos avaliados

65Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! O Natal é a época preferida de muitas pessoas. É um dos momentos em que as cidades ficam mais iluminadas, a magia toma conta de tudo e onde se olha tem uma árvore de Natal diferente. Esse símbolo tão forte é conhecido e apreciado por muitos.

Antigamente eram os pinheiros naturais que se transformavam em árvores de Natal e, mesmo presentes até hoje, as opções artificiais tomaram conta e se tornaram uma forma mais em conta e duradoura de ter esse símbolo por vários anos.

Caso você seja da turma que ama o Natal e esteja à procura de uma árvore para chamar de sua veio ao lugar certo. Nesse review falaremos tudo sobre esse produto e te ajudaremos a escolher o melhor modelo para você, vamos lá?




Primeiro, o mais importante

  • Existem árvores de Natal naturais e sintéticas nos mais diversos modelos e tamanhos.
  • As árvores de Natal existem há mais de 500 anos e montá-las é uma tradição que perdura até hoje.
  • É possível gastar de R$ 10 a mais de R$ 3.000 em uma árvore de Natal, então não se assuste porque existem opções para todos os bolsos.

Você também pode gostar:

As melhores árvores de Natal: Nossas favoritas

Quando se aproxima do fim do ano, todas as lojas já começam a receber árvores e enfeites para o Natal. Em meio a tantas opções é até difícil escolher apenas uma para levar para a casa.

E é para te ajudar nessa tarefa que selecionamos abaixo os modelos de árvore de Natal mais apreciados, confira quais são eles:

Para quem tem pouco espaço

Essa mini árvore de Natal é ideal para quem quer colocar o clima natalino em diversos lugares sem ocupar muito espaço. Ela possui apenas 12 centímetros de altura, é produzida em acrílico e possui LED em seu interior, podendo ganhar variadas cores de acordo com a luz.

Para quem gosta de praticidade

Os que não querem muito trabalho para escolher a árvore e seus enfeites podem optar por esse tipo de produto. O kit contém uma árvore de Natal de 150 centímetros e 350 hastes na cor verde, laços estampados, ponteira em estrela, bolas vermelhas e douradas e enfeites com glitter na cor bronze. É um produto completo pronto para montar.

Para quem quer fugir do tradicional

Com 90 centímetros de comprimento e 100 hastes, essa árvore de Natal na cor branca tem base de plástico e cerdas com 5,8 centímetros de comprimento e 0,07 milímetros de espessura. Sua circunferência total é de 55 centímetros. Uma árvore pequena, mas que pode caber em algum cantinho e deixar sua casa no clima e magia dessa época do ano.

Um modelo clássico

Esse é um modelo clássico de árvore de Natal na cor verde. Ela possui 210 centímetros de altura e 900 hastes. Essa é uma altura de destaque que poderá deixar sua casa prontinha para o Natal. Sua estrutura é feita em metal, as cerdas possuem 5,8 centímetros de comprimento e a circunferência total é de 115 centímetros.

Uma árvore de natal completa

Essa é uma opção de tamanho médio que já contém todos os itens necessários para decorar a árvore, 51 enfeites acompanham o produto! O kit é composto por uma árvore de Natal de 180 centímetros com 645 hastes na cor verde, laços estampados e bolas nas cores vermelho e dourado, flor artificial com glitter e uma ponteira em formato de estrela. Basta abrir e montar.

Guia de Compra

A tradição de montar árvores de Natal existe há muitos anos se mantém forte até hoje. Esse é um ritual, que mesmo que possua um viés comercial, ainda une muitas famílias e marca a chegada dessa data tão tradicional.

E não é à toa que as lojas se enchem desse item, é muito comum todos os anos pessoas comprando esse produto. Se você está nesse grupo, mas tem dúvidas sobre qual árvore comprar, continue lendo esse guia de compra que te daremos todas as respostas.

Na foto está um menino de costas com a mão na árvore de Natal.

As crianças são as que mais se divertem com a montagem da árvore de Natal. (Fonte: Chris Benson / Unsplash)

Como surgiu a árvore de Natal?

As tradicionais árvores de Natal eram montadas antigamente utilizando pinheiros naturais e por mais que esse hábito ainda exista, hoje em dia são mais comuns os modelos feitos em plástico.

Basicamente uma árvore de Natal possui uma estrutura no meio, que simula o tronco, por onde saem as hastes, que funcionam como galhos. Essas hastes se ramificam formando pequenos galhinhos. Cada uma dessas partes se liga aos pés que fazem com que o produto fique em pé.

Como você deve imaginar essa é uma tradição muito antiga e que tem um surgimento por volta de 500 anos atrás.

Há diversas histórias que permeiam o início do uso das árvores de Natal, porém acredita-se que o ato de fazer isso na época do Natal teve início no século XVI na Europa.

Nesse período o antigo calendário cristão dedicava o dia 24 de dezembro a Adão e Eva e era comum que a história de ambos fosse encenada nas igrejas. Como cenário para as apresentações representavam o paraíso com uma árvore cheia de frutos, que era colocada no meio do palco.

O que antes era cenário passou a decorar as casas de algumas pessoas que costumavam colocar velas, estrelas, rosas e até hóstias ao redor da árvore.

Velas e enfeites de natal em frente a uma frente a uma árvore de Natal.

Não se sabe ao certo a origem, mas hoje a árvore de Natal está muito presente nos lares brasileiros. (Fonte: guvo59 / Pixabay)

Outra história também muito conhecida conta que o monge Martinho Lutero foi o primeiro a levar uma árvore para dentro de casa como fazemos hoje em dia.

Diz-se que uma noite antes do Natal enquanto caminhava pela floresta ele olhou para cima e viu as estrelas brilhando entre os galhos das árvores. Ao achar aquilo muito bonito ele cortou uma árvore e a levou para a casa dizendo aos seus filhos que a cena que viu lembrava Jesus que deixou as estrelas do céu para vir a Terra no Natal.

Foi então que ele decorou a sua árvore com velas tentando reproduzir a cena.

Porém, esse hábito só se popularizou em meados do século XVII quando a Rainha Victoria, o príncipe Albert e seus filhos foram ilustrados no jornal de Londres em torno de uma árvore de Natal.

foco

Você sabe o que significam os tradicionais símbolos decorativos das árvores de Natal?

As velas simbolizam a luz de Cristo e as estrelas fazem alusão à estrela de Belém.

Quais as vantagens e desvantagens das árvores de Natal?

Para muitos não existe Natal sem árvore e esse apelo emocional talvez seja a principal característica das árvores de Natal. Elas são uma forma de preparar a casa para a época que está chegando e agregam ao local cor, beleza e alegria.

Os pinheiros sintéticos, se bem guardados, podem durar muitos anos.

Além disso, o ato de montar a árvore é uma forma de unir a família em uma atividade divertida, sendo capaz de propiciar bons momentos.

Os pinheiros naturais têm durabilidade pequena, visto que só durarão um determinado período, porém os modelos sintéticos possuem uma excelente durabilidade e se bem guardados podem durar anos.

Como desvantagens podemos citar que para montar uma árvore de Natal é possível gastar um valor considerável, já que os modelos maiores têm um preço que pode ser alto e os enfeites agregam ainda mais gastos.

Também vale destacar que quem possui animais filhotes ou crianças precisa tomar um cuidado redobrado. É comum que pequenas partes das hastes da árvore soltem alguns pedaços que podem ser engolidos, sem falar nos enfeites que também podem ir para a boca e causar acidentes.

Vantagens
  • Dão ao local o clima de Natal
  • Decoram o ambiente
  • Podem durar anos
Desvantagens
  • Podem ser perigosas para crianças pequenas e filhotes
  • A naturais duram pouco
  • Valor pode ser alto

Quais são os tipos de árvore de Natal?

Existem basicamente dois tipos de árvore de natal, as sintéticas e as naturais.

Os modelos sintéticos são produzidos em plástico, podendo ou não ter estrutura metálica. No que diz respeito ao modelo eles lembram muito os tradicionais pinheiros. Seus pés normalmente são em plástico num total de três que irão segurar o produto.

Com relação as árvores de Natal naturais existem variadas espécies que são utilizadas para isso, sendo que as mais comuns são as tuias holandesas, as kaizucas e os ciprestes. A mais comercializada é a tuia que possui formato muito parecido com o tradicional.

Na foto uma menina segurando um presente ao lado de uma árvore de Natal branca.

Árvores brancas são a escolha de quem quer deixar de usar a clássica verde. (Fonte: Gilmanshin / Pixabay)

As opções menos comuns são feitas com garrafas PET, pedaços de madeira, livros e muito mais, porém essas são mais artesanais e pouco encontradas em lojas.

Pensando em cores, é possível encontrar opções brancas, somente no caso das sintéticas, e verdes. Já os tamanhos são muito variados, assim como o número de hastes e é possível escolher tanto opções pequenas quanto grandes.

Como montar uma árvore de Natal?

Para conseguir uma bela árvore de Natal existem alguns passos simples que devem ser seguidos, são eles:

  • Caso a sua árvore seja artificial e tenha ficado guardada o ano todo o primeiro passo é abrir todas as hastes.
  • Coloque nos pés da árvore saiotes ou caixas de presente para decorar.
  • Em seguida acenda os pisca-piscas e comece a distribuí-los de baixo para cima, sempre os enrolando nos galhos para destacar os outros enfeites.
  • Separe os enfeites maiores e comece por eles.
  • Se você escolher decorar a sua árvore com laços esse é o momento de colocá-los. O ideal é arruma-los sempre de maneira triangular, com distâncias iguais entre eles.
  • O próximo passo inclui as bolas. Elas devem ser colocadas abaixo dos laços e com cordões que fiquem bem firmes nos galhos. Dessa forma, elas não sairão do lugar toda hora.
  • Os outros enfeites devem ser distribuídos de forma que preencham os espaços vazios que sobraram.
  • Conforme for montando a sua árvore vá se afastando dela para ver se algo está destoando ou se existem espaços que podem ser preenchidos ainda. Caso existam áreas pequenas vazias uma boa opção é colocar enfeites pequenos.
  • Se a sua árvore tiver grandes distâncias entre as hastes é possível comprar festões, que são como ramos, e colocá-los no meio.
  • Por último acrescente a ponteira no galho mais alto e pronto, sua árvore estará pronta!
Na foto vê-se a mão de uma mulher colocando uma bola de Natal dourada no topo de uma árvore de Natal.

Existem diversas opções de enfeites para a árvore, sendo que os mais tradicionais são bolas, estrelas, laços e Papais Noéis. (Fonte: Element5 Digital / Pexels)

Quais cuidados eu devo ter com a minha árvore de Natal?

Existem alguns cuidados que devem ter tomados tanto para garantir a durabilidade das árvores de Natal sintéticas quanto para manter as naturais bonitas durante todo o período.

Com relação aos modelos naturais é importante garantir que elas não murchem e nem morram. Para isso é recomendado deixa-las em um local que bate bastante luz durante o dia e girá-la uma vez por semana para que todas as partes recebem iluminação.

A tradição diz que deve-se montar a árvore de Natal no primeiro domingo do Tempo do Advento, que acontece quatro domingos antes do Natal, e desmontá-la no Dia de Reis, que é sempre 06 de janeiro.

Também é essencial colocá-las em um vaso bem grande e regá-las com cerca de meio litro de água duas vezes por semana. Porém, cheque sempre se a terra está seca, caso esteja é preciso regar.

Mas, mesmo com os cuidados certos tem um fator que é crucial para a durabilidade da árvore. Verifique na hora de comprar se ela possui raiz, caso sim, ela ficará bonita por bastante tempo.

Os que arrancam elas sem a raiz acabam prejudicando-as e com isso diminuindo sua durabilidade. Já nos modelos sintéticos, é importante guardá-los em local seco, longe de poeira e com as hastes fechadas e esticadas, sem dobrar.

Colocando enfeite em árvore natural.

Os pinheiros naturais requerem mais cuidados. (Fonte: Dmytro Zinkevych / 123RF)

Quanto custa uma árvore de natal?

O preço da árvore de Natal varia de acordo com o seu tamanho, número de hastes e material.

As opções sintéticas têm um preço que pode começar em R$ 10 e chegar até R$ 3.800 em média. Os modelos naturais têm ainda outra característica que altera o seu preço, a localidade.

Existem cidades em que eles são mais baratos e outras que são mais caros, porém, podemos estabelecer que eles custam por volta de R$ 60 no mínimo, alcançando até R$ 450 no máximo.

Onde comprar uma árvore de natal?

Nas lojas físicas, normalmente por volta do início de novembro você já começa a encontrar árvores de Natal para venda em hipermercados, lojas de produtos domésticos e de decoração.

Já na internet é possível adquirir esse produto o ano todo e até economizar fazendo a compra fora de época. Alguns sites que podemos citar são: Amazon, Americanas ou Mercado Livre.

Se você se interessou por alguma opção que está no nosso ranking saiba que é possível comprá-la. Basta clicar no produto que você será direcionado para adquiri-lo.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de árvore de Natal

Quem busca por uma árvore de Natal quer que o dinheiro seja bem investido e procura ter um produto que deixe a casa bonita.

Mas em meio a tantas opções pode ser difícil definir qual é o melhor. Por isso, separamos abaixo uma lista de fatores que você deve levar em consideração ao comparar os modelos existentes no mercado.

  • Tipo de árvore
  • Tamanho e local onde será colocada
  • Tipo de enfeites
  • Altura

Agora, veja como escolher a árvore perfeita para sua casa considerando todos os pontos mencionados.

Tipo de árvore

Você já sabe que existem basicamente dois tipos de árvore de Natal, as naturais e as sintéticas, e é importante definir isso com muita cautela para não se arrepender depois.

Se falarmos nas opções sintéticas é bom saber que a sua principal vantagem é a durabilidade, visto que quando são bem cuidadas duram por muitos anos. Além disso, elas são de um material que não fica feio com o tempo.

Outro ponto positivo é que a árvore de plástico existe em milhares de opções, inclusive em outras cores além do verde tradicional, isso dá a você a possibilidade de montar árvores diferentes. Porém, elas são menos sofisticadas que as naturais e muito modelos possuem poucas hastes.

Falando em árvores naturais, vale lembrar que normalmente elas não têm uma durabilidade muito boa e costumam ficar bonitas por cerca de 20 dias. Elas também precisam de cuidados como luminosidade, rega e afins.

Outra questão que deve ser considerada é que adquirindo um pinheiro natural basicamente você estará em tese desperdiçando uma árvore por ano caso não a replante ou ela morra.

Mas por outro lado, esse modelo é mais elegante e sofisticado, dando um toque diferente à decoração natalina.

Árvore natural Árvore sintética
Durabilidade Cerca de 20 dias Vários anos
Tamanho Diversos Diversos
Cor Verde Principalmente verde e branca
Preço Por volta de R$ 60 até mais de R$ 400 De R$ 10 a mais de R$ 3.000

Tamanho e local onde será colocada

Após decidir qual o tipo de árvore que você irá comprar é preciso pensar no local que possui para colocá-la.

Leve em conta sempre as medidas do ambiente. Se você possui uma sala com pé direito grande pode abusar das árvores maiores que possuem uma altura parecida com a distância que existe entre o piso e o teto e galhos compridos e cheios.

No caso de quem têm espaços menores, as opções de 1,50 metro até cerca de 2 metros são uma boa opção. Opte pelos modelos com circunferência mais fina, pois dessa maneira ele tomará menos espaço.

Na foto está uma moça lendo um livro na janela com uma árvore de Natal do lado.

Falta de espaço não é desculpa para não ter árvore de Natal, existem opções até para os menores lugares. (Fonte: Sibusky / Pixabay)

Há ainda a opção de comprar aquelas bem menores para colocar em cima de móveis, dessa maneira você poderá ter o clima natalino que deseja sem ter nenhum problema.

Além de analisar o espaço você deve pensar também se a árvore combina com aquele ambiente e se ele será bom para ela.

É muito comum colocar árvores de Natal em salas e escritórios. No caso de empresas e consultórios elas são alocadas na recepção.

Principalmente se você optar por um modelo natural lembre-se da luz. É importante que ela receba luz natural o dia todo e caso você não tenha um espaço com essa característica vale optar pelas sintéticas.

Tipo de enfeites

Existem enfeites de Natal de todos os materiais e isso altera principalmente o seu peso. É muito comum adquirir produtos que são muito pesados para o tipo de árvore que você escolheu e os galhos entortarem.

Para as bolas e ponteiras é essencial prestar atenção nisso. Sem falar nos enfeites de pano que juntam poeira e precisam ser lavados.

Além disso, para as árvores naturais não se deve utilizar pisca-piscas que não são de LED porque eles irão esquentar e queimar os galhos da árvore.

Vale prestar atenção porque muitas ofertas já incluem os enfeites e isso facilita, já que você não precisa sair procurando por bolas e laços para sua árvore. Se você gosta de praticidade, considere as ofertas que já incluem enfeites para sua árvore.

Altura

Por último, mas muito importante, é a altura da sua árvore de Natal, consequentemente o tamanho dela por inteiro.

Você pode encontrar pequenas árvores de 12 centímetros e até aquelas enormes que vão ocupar um grande espaço na sua sala.

Família montando árvore grande de natal.

É importante checar as medidas e verificar se árvore que você deseja cabe no espaço que você possui. (Fonte: ammentorp / 123RF)

Qual seu estilo? Uma decoração simples somente para entrar no clima ou aquela árvore que não passará despercebida e dará toda a magia dessa época?

Definido seu estilo, confira o espaço que você tem para colocar a sua árvore de Natal. Feito isso, confira a altura em centímetros e também a o espaço que ela ocupará em circunferência.

Seguindo essas dicas não tem erro, você encontrará a árvore de Natal perfeita para seu lar e sua família!

(Fonte da imagem destacada: Mariamichelle / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.