Banco de jardim em madeira próximo a flores, arbustos e pequena mesa de ferro.
Ultima atualização: 14 de julho de 2019

Como escolhemos

9Produtos analisados

16Horas investidas

2Estudos avaliados

41Comentários coletados

Olá! Seja muito bem-vindo à ReviewBox Brasil. No artigo de hoje vamos te ajudar a escolher um item indispensável para tornar seu jardim ou quintal mais charmoso e aconchegante: o banco de jardim.

Super convidativos, resistentes e duráveis, os bancos de jardim são a solução ideal para compor a decoração de áreas verdes agregando a função de assento para acomodar você, sua família e amigos em eventos e atividades ao ar livre.

As versões modernas têm designs inovadores e coloridos, sendo item Must Have em qualquer quintal. Siga conosco nessa leitura e confira as melhores opções do produto, além das características para as quais você deve atentar para fazer a melhor escolha de banco para seu jardim.




Primeiro, o mais importante

  • Para escolher o bando ideal, alguns fatores devem ser considerados. Defina qual será o local de instalação, e escolha de acordo com o estilo do jardim e o tamanho do adequado.
  • Tamanho, material, modelo, montagem e manutenção são algumas das características principais a serem avaliadas no momento da compra do banco de jardim.
  • Os preços são bem variados. As flutuações ocorrem de acordo com o material e a marca escolhida. É possível encontrar bancos simples a partir de R$ 100. As versões mais rebuscadas podem custar bem mais.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores bancos de jardim

Para muitos, o jardim é o ambiente da casa que mais transmite paz, tranquilidade, relaxamento e conexão com a natureza. E nada melhor que um belo banco para deixar seu jardim ainda mais bonito, confortável e convidativo.

Seja na versão clássica e romântica ou moderna, viva e colorida existem opções para todos os gostos. Se você também quer um banco de jardim para chamar de seu, vamos apresentar os modelos mais interessantes do produto para te inspirar. Confira:

1º - Banco de Jardim modelo Cavalo em verniz

Em modelo clássico, esse banco de jardim é feito com 8 réguas de em madeira jatobá envernizada e pés em ferro fundido preto. De montagem simples, é estável e confortável, sendo enviado desmontado para facilitar o transporte.

As medidas totais do banco são 77 cm de altura, 55 de largura e 1,6 metros de comprimento. As réguas medem 1,60 metros de comprimento, 5,5 cm de largura de 2,5 de espessura.

2º - Banco Para Jardim Tramandai Branco – Tramontina

O banco Tramandaí nasceu fazendo referência ao antigo banco de madeira de praça. O novo produto, por ser de plástico, torna-se compatível com ambientes residenciais ou empresariais.

Feito em polipropileno, resiste a uma carga estática de até 300 kg. Possui 1 (um) ano de garantia.

3º - Banco de Jardim Rústico de Madeira - Móveis Meneghetti

Ideal para decorar terraços e jardins com um toque de modernidade, o banco com encosto é a escolha perfeita para ambientes elegantes e sofisticados.

Sendo uma peça extremamente funcional, esse banco proporciona todo o descanso necessário sem abdicar do conforto e de um design contemporâneo.

Fabricado em madeira de eucalipto, sua pintura em cera envelhecida traz um estilo marcante para quem gosta do estilo rústico. Capacidade para até 220kg.

4º - Banco Jardim Colorido Suze Amarelo Estrada

Disponível em diversas cores, o banco de jardim Suze é ideal para levar vida e alegria ao seu jardim ou quintal. Feito em madeira maciça, tem pintura fosca, sendo resistente e durável.

Com 120 cm de altura e 55 cm de profundidade, é fácil de montar e ideal para acomodar duas pessoas com o máximo de conforto.

Guia de Compra

Convencido de que um belo banco de jardim deixará sua área externa ainda mais convidativa e aconchegante? Então vamos ao Guia de Compras, seção onde apresentaremos a você as informações mais importantes os bancos de jardim para te ajudar a escolher o melhor produto para suas necessidades.

Grupo de idosos se reúne em banco de jardim.

Presença de bancos torna jardins e áreas externas muito mais convidativas. (Fonte: 591360 / Pixabay)

O que é um banco de jardim?

O banco de jardim é um tipo de banco destinado a uso em áreas externas como quintais, varandas, jardins, etc. Pode ser de um, dois, três ou mais lugares.

Existem versões em materiais diversos como ferro, madeira, alumínio, plástico, bambu, dentre outros materiais resistentes, uma vez que o produto está constantemente exposto às ações desgastantes do sol, da chuva e do vento.

Quais suas vantagens e desvantagens do banco de jardim?

Uma ótima vantagem é que os modelos adequadamente preparados para uso externo demandam pouca manutenção.

Decorativo e funcional, ele ainda pode ser usado sozinho ou em conjunto com mesas e poltronas, ajuda a valorizar e compor a decoração das áreas externas, criando um ambiente convidativo e confortável, perfeito para os momentos de curtir a natureza e receber amigos.

Você vai encontrar diferentes modelos, para todos os estilos e que caiba dentro do seu orçamento. Porém, uma desvantagem é que os materiais mais resistentes podem ser os mais caros. E alguns modelos não são indicados para ficar ao ar livre.

Confira no quadro as vantagens e desvantagens de um banco de jardim:

Vantagens
  • Item é decorativo e funcional
  • Ajuda a compor a decoração do quintal ou jardim
  • Resistente e durável, demanda pouca manutenção
  • Existem versões para todos os gostos e bolsos
Desvantagens
  • Modelos em materiais mais resistentes podem ser caros
  • Algumas versões em plástico não são indicadas para uso direto ao ar livre

Como escolher o banco de jardim ideal?

Para definir o banco ideal para seu jardim, primeiro é preciso considerar o espaço e o que se espera do banco. Se o produto for ser usado em áreas cobertas você pode optar por qualquer modelo e material.

Caso ele vá ser usado em áreas descobertas, é fundamental que o material seja resistente e impermeável, a fim de resistir às ações climáticas.

Na sequência, pondere: decorar, ler, namorar, receber amigos, servir de apoio em eventos e churrascos, para relaxar ou meditar. Quais desses objetivos o levaram a querer um banco de jardim? Escolha o modelo que seja capaz de atender a maioria dessas expectativas.

Se você costuma receber bastante gente na área externa, considere usar mais de um banco, ou um conjunto de bancos com mesa no mesmo material, se for o caso. Se você prioriza conforto para relaxar ou meditar, prefira modelos ergonômicos ou com almofadas e foutons.

Considere, ainda, o estilo de seu jardim e da decoração da área que receberá o banco. Se a intenção for modernizar o quintal, aposte em modelos coloridos e irreverentes, em formatos e materiais que fujam do tradicional.

Modelos de ferro dão ar mais romântico, enquanto os de madeira e bambu tornam o ambiente mais aconchegante.

Como posicionar meu banco de jardim?

Vencido o desafio de escolher o banco ideal, é preciso saber posicioná-lo corretamente para que ele possa ser melhor aproveitado. Em seu quintal ou varanda, qualquer área rodeada por plantas, flores ou itens de decoração pode se tornar ideal para receber o banco.

Para tornar o espaço mais aconchegante, posicione o banco de forma que fique na sombra total ou parcial. Isso fará com que o uso do produto seja mais agradável em momentos de sol intenso.

Caso não seja possível posicioná-lo na sombra, coloque o banco em uma posição em que o sol bata em suas costas a maior parte do tempo.

Quanto custa?

Os valores dos bancos de jardim podem variar muito de acordo com modelo, material utilizado e design do produto. É possível encontrar versões mais simples a partir de R$ 200.

Já modelos mais completos, em materiais mais resistente e designs diferenciados podem ter preços bem mais elevados. Nesse Ranking você encontra bancos de R$ 300 a R$ 800.

Imagem de banco de madeira em jardim,

O banco de jardim dá um toque especial ao ambiente. Pode custar a partir de R$ 200. (Fonte: sharonang / Pixabay)

Onde comprar?

Você pode comprar bancos de jardim em lojas físicas que oferecem móveis, produtos de decoração e utilidades para casa, como Havan, Etna, Tok Stok, dentre outras.

No entanto, é comprando pela internet que você poderá desfrutar de maior variedade de marcas e modelos, aproveitando de toda a comodidade que os sites de e-commerce como a Amazon e o Mercado Livre oferecem.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de banco de jardim

Nem sempre o melhor e mais caro banco de jardim é o ideal para você, aquele que irá suprir completamente as suas expectativas e necessidades.

Por isso, agora te apresentaremos tópicos sobre as características do produto para as quais você deve atentar para escolher o banco que mais se aproxime do perfeito para você e sua casa:

  • Material
  • Acabamento
  • Cor
  • Tamanho
  • Manutenção

Para que não fiquem dúvidas, confira o detalhamento de cada uma dessas características:

Material

Os materiais mais usados na fabricação de bancos de jardim são o ferro fundido, alumínio ou aço inoxidável, a madeira e o plástico.

Como o banco ficará ao ar livre e terá muita exposição ao sol, chuva e vento, é fundamental que o material seja resistente e adequado para uso em áreas externas.

Confira o quadro com as principais características dos quatro materiais mais populares:

Madeira natural Ferro fundido Alumínio/ aço inoxidável Plástico
Resistência Demanda manutenção do verniz e pode escurecer com o tempo Resistente e sólido, pode durar anos apenas com retoques de pintura, se for o caso Resistente à umidade, não enferruja com facilidade Pode escurecer, manchar e apresentar ranhuras com o tempo
Valores Material considerado nobre, o que encarece o produto Material considerado nobre, o que encarece o produto Existem versões em todas as faixas de preço Existem versões em todas as faixas de preço
Diferenciais Pode ser reformado com pinturas, pátina, etc. Superfície aceita bem pintura e outros acabamentos É leve e fácil de transportar Disponível em muitas opções de cores e modelos

Acabamento

Os principais tipos de acabamento de bancos de jardim são a pintura ou verniz. Esses acabamentos são feitos com produtos específicos, a fim de que a superfície externa do material se torne mais resistente às ações do sol, chuva e tempo.

Além de tornar a superfície lavável e não porosa, o acabamento ideal deve ser liso e homogêneo, para facilitar a limpeza e diminuir o acúmulo de resíduos e sujeira.

Banco de jardim de madeira branca em meio a decorações e plantas.

O estilo e a cor do banco de jardim ajudam a definir o estilo da decoração do ambiente. (Fonte: Pasja1000 / Pixabay)

Cor

Embora seja apenas um detalhe estético, a cor do banco de jardim pode influenciar bastante no efeito que ele produz no ambiente e no quanto o produto irá demorar para aparentar sinais de desgaste.

  • Cores escuras: São menos suscetíveis a apresentar manchas e desgastes.
  • Branco: Dá um tom romântico ao banco, mas pode manchar com mais facilidade.
  • Cores fortes: Trazem alegria e vida ao ambiente, embora também possam demandar uma manutenção mais frequente.
  • Tons de bronze ou cobre: Também demoram a apresentar sinais de desgaste, e criam efeito rústico.

Manutenção

Se a escolha do material for adequada ao uso aplicado a seu banco de jardim, ele demandará manutenção mínima, dependendo do material e modelo do produto.

Imagem de banco grande de madeira em parque.

Os bancos de madeira exigem uma atenção especial. (Fonte: MichaelGaida / Pixabay)

Bancos de madeira exigem um pouco mais de atenção que os demais materiais. Enquanto ferro e o alumínio podem precisar apenas de limpeza rotineira e renovação da pintura a cada 5 ou mais anos, a madeira precisa ser hidratada ao menos quinzenalmente.

Além disso, deve ser limpa apenas com pano úmido, e envernizada sempre que necessário.

(Fonte da imagem destacada: Artemtation / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Paula Diniz Jornalista
Brasiliense, é redatora, social media e inventora de moda nas horas vagas. Apaixonada por projetos DIY de moda e artesanato, é leitora voraz, fã de séries, atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro. Expert em compras online, não fica de fora dos lançamentos e tendências de decoração, cuidados estéticos e com a casa.