Berço americano em quartinho de menina

Montar o quartinho do bebê é uma das tarefas preferidas dos papais e mamães nessa doce espera por um filho. E o lugarzinho onde ele dormirá é o mais importante a ser considerado, por isso montamos esse guia sobre o berço americano. Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil.

O berço é a peça chave do quarto, algo que os papais costumam escolher com bastante cuidado, afinal, ele abrigará o bebê durante suas noites de sono. É essencial que seja seguro. Siga conosco para saber escolher o berço americano ideal para o seu bebê.

Primeiro, o mais importante

  • O berço americano é o mais comumente escolhido pelos pais. Ele segue o padrão de 1,30 m de comprimento por 70 cm de largura, mas essa é a medida interna.
  • Existem diferentes modelos, alguns podem virar mini cama e acompanhar o crescimento da criança.
  • Um berço americano pode custar entre R$ 200 e mais de R$ 1.000, logo, há opções para todos os orçamentos.

Você também pode gostar:

Os melhores berços americanos: Para todos os orçamentos

O bercinho dá todo o toque para o quarto, ele geralmente segue o estilo dos móveis que dita a linha de decoração que os papais e mamães escolheram. Aqui, selecionamos opções bem diferenciadas em design e preço:

Berço americano com cômoda acoplada

Esse berço americano é um modelo super completo. Ele possui uma cômoda com três gavetas acoplada e vira cama. A madeira usada é ecologicamente correta e é bastante resistente para montagem e desmontagem. Esse modelo absorve menos umidade e ainda tem tratamento anti-insetos.

Berço americano que vira cama

Esse modelo de berço americano é feito de MDP e tem acabamento em pintura atóxica. Sua grade fixa e o estado possui altura regulável. Possui um suporte para mosquiteiro, e os pés possuem rodinhas, sendo que duas delas travam. Ele vira uma linda cama que acompanha a criança no seu crescimento.

Berço americano com design clássico

Esse berço americano também vira uma mini caminha para acompanhar o crescimento da criança. Seu diferencial está no design clássico das cabeceiras. Ele é de MDF e tem pintura tinta atóxica em branco brilho e carvalho. Ele tem um acabamento na cabeceira para trazer ainda mais charme e possui um suporte para mosquiteiro.

A opção mais clean e econômica

Esse berço americano tem um design bem simples. Ele possui uma grade ajustável e estrado com altura regulável. Ele tem suporte de mosquiteiro e, além do preço, seu diferencial está na montagem fácil. Ele é super clean, combinando com qualquer decoração.

Guia de Compra

O berço americano acaba sendo a escolha mais comum dos pais, e também o mais fácil de ser encontrado. Isso porque a maioria deles segue esse padrão de medidas.

Se você deseja aprender tudo sobre o berço americano, basta seguir nessa leitura conosco. Ao final você terá informações suficientes para fazer a melhor escolha para o seu bebê.

Mulheres grávidas escolhendo o berço em uma loja de enxoval

A montagem do quartinho e escolha do bercinho é uma das tarefas mais prazerosas para a mamãe nessa fase. (Fonte: Olesia Bilkei/ 123rf.com)

Quais as medidas de um berço americano?

O que caracteriza um berço americano na verdade são suas medidas. Um padrão americano que serve como referência e precisa seguir uma série de normas para que seja aprovado pelo Inmetro no Brasil.

O berço americano deve ter 1,30 m de comprimento por 70 cm de largura.

A primeira coisa que devemos esclarecer, é que esse padrão de medidas se refere ao interior do berço, que deve ter 1,30 m de comprimento por 70 cm de largura, obrigatoriamente.

As dimensões externas podem variar um pouco, mas a regra é que o interior siga esse padrão. É comum que no total, considerando seu exterior, o berço meça 1,50 m de comprimento por 80 cm de largura, mas pode ultrapassar essas medidas.

Quais as normas de segurança para um berço americano?

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, conhecido como Inmetro, é o órgão que determina e fiscaliza as normas para os berços vendidos no Brasil.

Mesmo que o padrão interno seja o americano, ele precisa seguir uma série de exigências.

  • Bordas: As bordas do berço devem ser arredondas ou chanfradas, não podem ter arestas ou rebarbas. Isso traz mais segurança para o bebê.
  • Pintura: Como os bebês costumam colocar a boca em algumas partes do berço, toda a pintura deve ser feita com tinta atóxica.
  • Rodinhas: Se o berço contar com rodinhas, duas delas precisam oferecer uma trava de segurança para que o berço fique firme em seu local.
  • Estrado: A distância entre as madeiras do estrado deve ser de no máximo 6 cm.
  • Grade: As madeiras da grade devem ter distância entre 4,5 e 6,5 cm.
  • Altura: O topo da grade e o estrado deve ter distância maior que 60 cm.
  • Lateral móvel: O Inmetro proibiu o uso de lateral móvel devido ao risco de sufocação ou estrangulamento.
InmetroInformação retirada do site

“A Portaria Inmetro nº 53/2016 proíbe as laterais móveis dos berços infantis e, a partir dos prazos de adequação dados por esta referida regulamentação, não poderá mais ser comercializado em território nacional produtos com este componente móvel.”

Qual o colchão indicado para o berço americano?

Como as medidas do berço americano são padronizadas e exatas, escolher o colchão que caiba é fácil. Ele precisa ter as mesmas medidas do berço para que não sobre nenhum espaço, o que poderia ser perigoso para o bebê.

O colchão para o berço americano também deve ter 1,30 m de comprimento por 70 cm de largura.

Mas esse não é o único critério de escolha para garantir o conforto do bebê. O colchão é o local onde o bebê passará mais horas, especialmente quando recém-nascido, fase que eles dormem até 20 horas por dia. Siga algumas dicas:

  • Qualidade: Primeiro certifique-se de que o colchão seja, de fato, uma opção de qualidade e segura. Exija certificação do Inmetro e siga as próximas dicas.
  • Tipo: Ele deve ser de espuma, não compre um colhão de mola para o seu bebê.
  • Densidade: Esse aspecto é muito importante e deve ser considerado de acordo com o peso da criança. Escolha um colchão D18 para os pequenos de até 35 kg.
  • Impermeável: Uma boa dica é que seja impermeável, isso protege o colchão dos vazamentos de xixi e prolonga sua vida útil, tornando também um local mais limpo e seguro, livre de bactérias. Você também pode contar com uma capa impermeável removível.
  • Antiácaro e antialérgico: E por falar nelas, sempre priorize um colchão que seja antialérgico e antiácaro. Essa é com certeza a melhor escolha para o seu bebê.

Tomando esses cuidados você estará fazendo a melhor escolha para seu filho.

foco

Vire o colchão ao menos uma vez por mês, revezando os lados para que ele tenha uma vida útil ainda mais longa.

Quais as vantagens e desvantagens do berço americano?

Como o berço americano é o mais comum entre os papais e mamães, as ofertas são muitas. Existem muitos modelos, dos mais variados estilos, para que você escolha o que melhor combina com o quarto do seu bebê e cabe no seu orçamento.

Um ponto de destaque para esse berço é em relação à segurança. Uma série de exigências são feitas para garantir o melhor ambiente para o bebê.

Além do mais, como é um berço muito usado no território nacional, a oferta de colchão e roupa de cama também é grande. Oferecendo muitas opções aos pais.

Como desvantagem, citamos apenas o fato de ele ser um pouco mais largo que o nacional, que possui 1,30 m de comprimento por 0,60 cm de largura. Para quem tem espaço mais limitado, 10 cm a mais pode fazer diferença no quarto.

Vantagens
  • Comumente o mais escolhido pelas mamães e papais
  • Muitos modelos, com diferentes configurações, acabamentos, estilos e preços
  • Altamente seguro
  • Muitas ofertas de colchão e roupa de cama
Desvantagens
  • Um pouco maior que o nacional, pode não ser melhor opção para quartos muitos pequenos

Quais os diferentes modelos de berço americano?

O berço americano, assim como o nacional, pode apresentar diferentes modelos. Entre os extras que os tornam diferentes, os mais comuns são: berço que vira cama, berço com cômoda e berço com bicama.

O berço que vira cama virou tendência nos últimos anos porque gera uma economia aos pais e acompanha o crescimento da criança. Passada a fase de usar o berço no seu modelo tradicional, é possível que algumas peças sejam remodeladas tornando-se uma cama.

Nessa configuração ao menos uma das grades são removidas, quando não as duas, e a criança pode subir e descer da sua caminha sozinho, já que fica na altura ideal para isso.

Mamãe agachada conversando com bebê que está no berço

Existem diversos modelos para você escolher o melhor para o seu bebê. (Fonte: lightfieldstudios/ 123rf.com)

O berço com cômoda geralmente tem um móvel acoplado com algumas gavetas. Não costuma ser uma extensão muito grande, mas suficiente para guardar alguns objetos do bebê.

Esse móvel extra, que é acoplado, é aproveitado para ser usado como trocador. E se o berço ainda contar com a possibilidade de virar uma cama, ele pode se tornar um móvel separado.

É comum que o berço bicama tenha todas essas funções já mencionadas, virar uma cama e possui a cômoda, mas ainda oferece uma cama embaixo. Essa cama extra pode ter as mesmas medidas do berço ou ser um pouco maior nos modelos com cômoda. Esse móvel é indicado para irmãos com pouco tempo de diferença.

Berço que vira cama Berço com cômoda Berço bicama
Diferencial Acompanha o crescimento da criança, trazendo economia Oferece mais espaço para armazenar pertences do bebê em pequenos ambientes e possui a função de trocador Possui cama extra, perfeita para irmão com pouco tempo de diferença
Preço médio A partir de R$ 200 A partir de R$ 400 A partir de R$ 600

Até que idade um bebê pode usar o berço americano?

Não existe um limite definido e consenso por parte de todos os pediatras, porém, uma pesquisa feita pela Sleep Medicine indicou que os bebês que ficaram no berço até os três anos de idade dormiram melhor do que os que foram mudados para uma cama antes desse tempo.

A pesquisa foi feita no Reino Unido, Austrália, Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia e mostrou que as crianças que ficaram no berço até os três anos têm um sono melhor, mais profundo e com menos interrupções. Isso também impacta em um sono de melhor qualidade os pais.

Após esse período os pais podem começar a transição da criança para a mini cama, muitas vezes aproveitando o próprio berço.

Quanto custa e onde comprar um berço americano?

Já foi dito aqui que esse berço é bastante comum no Brasil. Portanto, papais e mamães não terão dificuldades em encontrar um modelo ideal para seu bebê.

Seja em lojas físicas ou virtuais, a oferta é grande. Claro que comprando pela internet as opções de modelos é infinitamente maior. Indicamos os sites da Amazon Brasil, Lojas Americanas, Grão de Gente e Magazine Luiza.

O preço pode variar bastante. É possível encontrar modelos simples com pouco mais de R$ 200 e até ultrapassar os R$ 1.000.

Mãe acariciando bebê dormindo em seu berço

Existem berços americanos para todas as necessidades e orçamentos. (Fonte: Trendsetter Images/ 123rf.com)

Critérios de Compra: Escolha um berço americano de qualidade para seu bebê

Com certeza você já percebeu a importância do berço, e como escolher o melhor para o seu bebê requer um olhar atencioso. Para que você possa decidir pelo melhor ao fim desse guia, finalizamos esse artigo com os critérios para melhor seleção:

Agora leia cada um dos tópicos mencionados atentamente.

Inmetro

A primeira coisa que você deve procurar no berço americano do seu bebê é o selo do Inmetro. Esse órgão fiscaliza se o produto está de acordo com as regulamentações.

Escolher um berço americano aprovado pelo Inmetro é investir na segurança do seu bebê. Comece por aqui.

Bebê dormindo em seu berço com a luz apagada e uma luminária azul

O aspecto mais importante é conferir se o berço obedece às regulamentações do Inmetro. (Fonte: Marie Despeyroux/ Unsplash.com)

Modelo

O berço americano pode ser simples ou contar com extras que deixam os modelos mais versáteis. Pense na necessidade da sua casa e crianças. Se você tem um filho pequeno e mais um chegando, e ambos vão dividir o quarto, o berço americano bicama é uma opção inteligente para economizar espaço no ambiente.

É também muito comum encontrar o berço 3 em 1, que na verdade se trata de uma opção que vira uma mini cama ou ainda uma espécie de sofá para decorar o quartinho. Opções de modelos não faltam, apenas considere o custo-benefício para sua escolha ser a mais rentável possível.

Gavetas

O modelo com gavetas é com certeza uma excelente opção para melhor aproveitar espaços. Nesse critério queremos chamar sua atenção para a escolha dessa cômoda acoplada.

Certifique-se de que você possui espaço suficiente para abrir as gavetas com facilidade, para isso confira a profundidade delas. Veja também as medidas do tampo superior para reaproveita-lo como trocador. Em alguns casos ele já vem com almofada para maior conforto do bebê. Confira todos os detalhes desse modelo.

Rodinha

Pode ser importante para a mamãe um berço americano com rodinha, esse modelo de fato facilita a vida em dois aspectos.

Primeiro que você pode mudar o berço de local para ficar de olho no bebê. E se ele passar pela porta pode até leva-lo para outro cômodo. E também facilita a limpeza do quarto do bebê, deixando sempre o cantinho onde o berço costuma ficar livre de poeiras e limpinho.

O berço pode ter os quatro pés de rodinha, ou apenas dois. Lembre-se de conferir se possui travas de segurança.

Grade

A indicação do Inmetro é que a grade lateral seja fixa e tenha distância de até 6,5 cm entre uma madeira e outra. Leia a descrição para ter certeza que o fabricante do berço americano que você deseja respeita essa norma.

Bebê em pé no berço colocando a boca na grade

A grade deve ser fixa e ter 6,5cm de distância entre as madeiras. (Fonte:
Monika Pot/ Unsplash.com)

Ainda é muito comum encontrar berços com grades móveis no mercado. Elas facilitam que as mamães coloquem e peguem os bebês do berço, especialmente quando o colchão já está muito baixo.

Porém lembre-se de que a regulamentação do Inmetro é que essa grade seja fixa, e nem mesmo as grades com boa trava são mais indicadas. Isso traz mais segurança para o seu bebê.

Estrado

Contar com um berço que possui regulagem de altura de estrado é indispensável. Conforme o bebê cresce, vai se fazendo necessário abaixar o estrado para que – ao ficar sentado ou de pé – ele não caia do berço.

Veja como é essa regulagem e se ele chega bem ao fundo do berço, trazendo mais segurança para os bebês que já começam a ficar em pé no berço. Confira ainda se essa regulagem é fácil de ser feita, já que é comum que os próprios paus mexam nessas medidas.

Suporte para mosquiteiro

Se você deseja proteger seu bebê dos indesejáveis insetos, sem ter que prender o mosquiteiro no teto, opte por um berço americano que tenha o suporte para o mosquiteiro.

Os mosquitos costumam incomodar os bebês especialmente durante à noite.

Ele costuma ser uma fina haste de metal que encaixa nas cabeceiras do berço, portanto, alguns modelos mais modernos podem não ter esse suporte. Os mosquitos costumam incomodar os bebês especialmente durante à noite. Alguns bebês podem apresentar alergias e isso prejudica a noite se sono deles e dos papais.

Design e acabamento

Embora pareça apenas um detalhe, o design e acabamento devem ser observados de dois aspectos muito importantes: segurança e estilo.

Começando pela segurança, opte sempre por um design com bordas arredondas, sem pontas e pintura atóxica. Essa é a escolha certa para seu bebê e também recomendação do Inmetro.

Agora falando em estilo, o berço pode ser clássico, retrô, moderno, clean, ter a cabeceira lisa, almofadada…e ele é o móvel principal do quartinho do bebê, ditando toda a decoração.

(Fonte da imagem destacada: ErikaWittlieb/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Curiosa por natureza, escolheu jornalismo na graduação. Adora pesquisar sobre os mais diversos assuntos, especialmente aqueles relacionados a construção do lar, crianças e maternidade. Apaixonada pelos animais e cada vez mais interessada pela sustentabilidade, quer trazer mais sobre esses universos para o leitor.