Berço em quarto de bebê.
Ultima atualização: 13 de julho de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

70Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Quando é chegada a hora de montar o quartinho do bebê, o berço é um dos primeiros itens que todo papai e mamãe tem em mente. Se você busca por um estilo romântico e luxuoso a opção certa é o berço provençal.

Mas como existem diversos modelos de berço provençal à venda, nem sempre é fácil escolher o melhor. Para lhe ajudar nessa etapa, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre esse tipo de berço e mostrar os melhores do mercado.




Primeiro, o mais importante

  • O berço provençal ajuda a criar um quarto de bebê com um estilo romântico, aconchegante e sofisticado, que remete à realeza.
  • É possível optar pelo berço provençal tradicional ou o que se transforma em outros móveis que acompanham o crescimento da criança.
  • Para investir no melhor berço provençal é importante comparar as medidas e analisar o material de fabricação.

Você também pode gostar:

Melhores berços provençal: Nossas recomendações

O melhor berço provençal 2 em 1

O berço provençal da Planet Baby é do tipo mini cama com capitonê. Medindo 131 cm de altura e 133 cm de largura, esse modelo é fabricado em MDF. Além disso, esse berço acompanha suporte para o mosquiteiro e estrado com regulagem de altura.

O berço provençal mais clássico

Feito com madeira maciça e MDF, o berço provençal Majestic Carvalho com capitonê Facto da Quarter tem 117 cm de altura, 142,6 cm de largura e 83,6 cm de profundidade. Esse modelo conta com três regulagens de altura para o estrado e se transforma em uma mini-cama.

O melhor berço provençal 3 em 1

O berço americano 3 em 1 Julie Provençal da Grão de Gente possui cabeceiras fabricadas em MDF e estrado com altura regulável. Esse berço se transforma em sofá e em mini-cama e comporta colchão de 1,30m x 70cm x 10cm, não incluso.

Guia de Compra

Comprar um berço requer algum esforço, seja para encontrar o modelo certo, o tamanho ideal ou o preço que caiba no seu bolso. Com o berço provençal, o processo não é tão diferente.

Por isso, criamos esse Guia de Compra. Aqui você vai descobrir como identificar um berço provençal, quais os principais modelos, quanto custa e onde comprá-lo.

Pai, mãe, filha e bebê com berço.

O berço provençal traz romantismo e sofisticação ao quarto do bebê. (Fonte: famveldman/ 123rf.com)

O que é um berço provençal?

O berço provençal é um berço que tem design e características que remetem ao luxo e romantismo da realeza dos tempos antigos.

Normalmente, quem procura por uma decoração clássica no quartinho do bebê, acaba considerando o berço provençal. E o nome não é à toa.

A inspiração desse tipo de berço vem da região de Provença, no Sul da França, conhecida, entre outras coisas, pela luxuosa decoração dos castelos da realeza.

Mãe sentada na cadeira com bebê no colo.

O berço provençal é desejo de quem quer um quarto de bebê sofisticado e romântico.(Fonte: famveldman/ 123rf.com)

As cores são outra peculiaridade do berço provençal, que conta com tons pastéis de bege, azul e rosa.

Por conta dessas características o berço provençal acabou se tornando sonho de consumo de muitas pessoas. E, não raro, a decoração do quarto do bebê também acompanha o mesmo estilo clássico e sofisticado.

foco

Conhecida por seus belíssimos campos de lavanda, Provença também ficou conhecida pelos detalhes dos móveis da realeza dos anos de 1700, o que inspirou o estilo provençal de camas, armários e berços.

Qual a diferença entre o berço provençal e outros modelos?

Para diferenciar um berço provençal de um berço tradicional, basta olhar a riqueza de detalhes do móvel.

Enquanto um berço tradicional costuma ter linhas mais simples e um design clean, o berço provençal é mais robusto, com entalhes e detalhes, adornos, pinturas diferenciadas, além de costuras e estofamentos como o tradicional capitonê.

A seguir, nós selecionamos para você os mais populares tipos de berços disponíveis hoje em dia e suas principais características. Veja:

  • Berço tradicional: Possui linhas retas ou curvadas, com design simples, o que permite abusar da decoração do quarto infantil;
  • Berço Provençal: Clássico, robusto e com muitos detalhes, esse berço confere um estilo luxuoso ao quartinho do bebê;
  • Berço retrô: Inspirado nos anos de 1950 a 1970, o berço retrô acrescenta personalidade à decoração, com os pés palito;
  • Mini-berço: Ideal para os recém nascidos se sentirem protegidos e acolhidos;
  • Berços funcionais: Nessa categoria existem berços com comodas e trocador, com cama extra e ainda os que viram cama e/ou sofá;
  • Berços lúdicos: Aqui entram os modelos em forma de cabana e de casinha e os berços montessorianos.

Vale ressaltar, no entanto, que hoje em dia é possível encontrar o berço provençal com características de outros berços também.

Como veremos em Critérios de Compra, hoje existem berços de estilo provençal 3 em 1, com tamanho variados e lúdicos, por exemplo.

Berço provençal: Com ou sem capitonê?

Entre todos os modelos de berço provençal o mais tradicional é, certamente, o que possui o capitonê ou botonê.

Ambos são técnicas de confecção utilizada em móveis, como sofás, camas, cabeceiras e berços, criada no século XIX e que se caracterizam por unir o tecido que reveste o móvel ao enchimento por meio de botões, fios ou rebites de metal.

Os tecidos mais utilizados por essas técnicas são o couro, camurça, vinílicos e veludo. E com isso conferem ainda mais sofisticação ao berço provençal.

Berço provençal com capitonê em quarto de bebê decorado.

O berço provençal com capitonê confere um ar ainda mais luxuoso ao quartinho do bebê. (Fonte: Divulgação Quarter/ Amazon.com.be)

No berço, o capitonê é geralmente usado na cabeceira e nas laterais e, por conta do ar elegante, combina muito com o estilo provençal. Mas atenção, os especialistas alertam que o estilo provençal deve ser usado com moderação.

Isso porque, como conta com muitos detalhes, se usado em excesso na decoração do quartinho do bebê o resultado pode acabar sendo excessivo com uma poluição visual do ambiente.

Quais cuidados você deve ter com o berço provençal?

Assim como ocorre com todos os modelos de berço, também com o estilo provençal é preciso entender e respeitar as normas de segurança para a proteção do seu bebê.

Nesse quesito, a principal recomendação é seguir rigorosamente todas as regras de órgãos regulamentadores como o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, o INMETRO.

Berço com mosquiteiro em quarto de bebê.

Antes de comprar um berço, confira se ele segue as normas de segurança. (Fonte: Dmitry Koksharov/ 123rf.com)

Além disso, vale considerar as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas, a ABNT. Entre elas, se destaca a número 1586, que proíbe o uso de grades laterais móveis nos berços.

Observe também que a recomendação dos especialistas é que o berço do bebê seja o mais livre possível enquanto a criança estiver nele.

Ou seja, para evitar acidentes como o sufocamento, você não deve usar almofadas, protetores, lençóis e bichinhos junto com o bebê dentro do berço provençal.

Quais as vantagens e desvantagens do berço provençal?

Como vimos até aqui, o berço provençal é um modelo de berço que se diferencia pelo seu estilo clássico, romântico e que remete aos tempos da realeza.

Por isso, a grande vantagem de um berço provençal é que ele demanda pouco investimento no resto da decoração do quarto do bebê. Afinal, o berço provençal por si só já é uma peça de decoração.

Ainda assim, você pode complementar a decoração com kit berço, mosquiteiro e outros acessórios, mas sem pesar tanto nas cores nem nos detalhes.

Outra vantagem de um berço provençal é que, hoje em dia, já existem opções funcionais como os móveis que acompanham o crescimento do bebê e podem servir de cama no futuro. A variedade desse tipo de berço também é vista nos tipos de materiais de fabricação, tamanhos e cores.

Por outro lado, é importante que você também conheça os pontos negativos de um berço com estilo provençal que vai deixar o seu bebê parecendo um príncipe ou uma princesa.

O fato é que, como se trata de um móvel mais robusto e com muitos detalhes trabalhados em sua estrutura, não raro esse tipo de berço pode sair mais caro do que um berço comum.

Além disso, o berço provençal também costuma ocupar mais espaço no quartinho do bebê. Com isso em mente, confira a seguir as principais vantagens e desvantagens do berço provençal.

Vantagens
  • Estilo clássico e luxuoso
  • Dispensa grandes decorações no quarto
  • Variedade de design, tamanho, cores e material de fabricação
  • Existem modelos funcionais
Desvantagens
  • Costuma ser mais caro
  • Pode ocupar mais espaço no quarto do bebê

Qual o preço do berço provençal e onde comprá-lo?

Você vai encontrar o berço provençal custando a partir de R$ 400. Mas o fato é que esse tipo de berço, dependendo do material de fabricação e dos detalhes, pode chegar a custar mais de R$ 4 mil.

Os berços muito baratos não são tão duráveis e resistentes.

É claro que você não precisa investir no mais caro de todos. Mas, de modo geral, os berços muito baratos não são tão duráveis e resistentes.

Para comprar o melhor berço provençal as opções são muitas: Desde as lojas especializadas em enxoval e quartos infantis, passando pelas de departamento até alguns supermercados, como Ponto Frio e Extra.

No entanto, a maior variedade de opções e de preços promocionais você certamente encontrará em lojas da internet como a Amazon Brasil.

Critérios de Compra: Como escolher o melhor berço provençal

Antes de comprar um berço, é importante observar que existem muitos critérios que influenciam em um tipo e em outro.

Para não errar e saber o que analisar na hora da compra, sugerimos que você considere os seguintes itens:

Abaixo você vai entender melhor como levar em conta cada um desses fatores na hora de escolher e comprar o melhor berço provençal.

Tamanho

O primeiro passo na hora de escolher um berço provençal é analisar as dimensões do móvel, levando em conta o espaço disponível que existe no quarto do bebê.

A maioria dos berços de estilo provençal segue o padrão americano que possui espaço para um colchão de 1,30 m de comprimento por 70 cm de largura.

Berço com mosquiteiro em quarto de bebê decorado.

Na hora de escolher o berço provençal é preciso considerar o tamanho do móvel e o espaço disponível no quarto. (Fonte: Victoria_Borodinova/ Pixabay.com)

No entanto, também é preciso considerar a área externa do berço, que pode ser bem maior especialmente se o móvel tiver muito detalhes entalhados nas cabeceiras e laterais.

Por via das dúvidas, o melhor é medir bem o espaço disponível para o berço no quarto e sempre que possível deixar uma sobra para garantir que o berço vai caber sem aperto.

Material

Outro aspecto que se diferencia bastante entre um modelo de berço provençal e outro é o material de fabricação. Os mais clássicos, como vimos, são feitos de madeira e madeira maciça. Por isso, também acabam sendo mais caros.

Mas uma alternativa mais barata seria o MDF. Também é possível encontrar o berço provençal feito em ferro e até em palha.

Multifuncional

Como já vimos, também é importante considerar que existem berços de estilo provençal com funções extras. Nesse caso, você poderá optar pelo berço provençal 2 em 1 ou pelo berço 3 em 1.

O berço 2 em 1 é aquele que serve como berço e cama. Ou seja, quando a criança crescer, o berço pode ser transformado em um mini cama.

Com isso, o móvel é aproveitado por mais tempo e você ainda economiza. Já o berço 3 em 1 tem a vantagem de, além de poder ser usado como berço e cama, também pode virar um sofá.

Formato

Não deixe de levar em conta também o formato do berço provençal. Ainda que o mais comum seja o modelo retangular, é possível encontrar opções cujo formato sai do comum como, por exemplo, o quadrado, retângulo, oval ou redondo.

(Fonte da imagem destacada: andremergulhaum / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.