Imagem mostra uma betoneira em um local de construção.

Como escolhemos

Products

8Produtos analisados
Hours

16Horas investidas
Studies

3Estudos avaliados
Comments

47Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Na construção civil, é preciso misturar diversos materiais como cimento, areia e água para alcançar a consistência e a composição ideais para uso. O equipamento responsável por esse árduo trabalho, antes feito de maneira manual, é a betoneira.

No formato de um enorme tambor que gira na velocidade adequada, a betoneira é fundamental em qualquer construção e em muitas obras. Você sabe como escolher a melhor para resolver todas as suas necessidades? Preparamos um artigo que traz todas as informações sobre esse valioso equipamento!



Primeiro, o mais importante

  • O uso da betoneira é muito importante na construção civil. Ela mistura ingredientes como cimento, areia, pedras e água para gerar produtos finais como concreto e argamassa.
  • As betoneiras costumam ter capacidade que varia entre 150 e 600 litros. É preciso saber o tamanho da sua obra para comprar o modelo ideal.
  • Com a betoneira, a sua obra ganha em velocidade, o que impede atrasos e pode até mesmo reduzir custos.

Você também pode gostar:

As melhores betoneiras: A opinião da redação

Existem algumas betoneiras muito boas no mercado. Por isso, selecionamos algumas que são de confiança e capazes de executar um excepcional trabalho para te apresentar. Com elas, não há como você se decepcionar!

A melhor betoneira do Brasil

A betoneira Rental 400 da CSM foi eleita 12 vezes como a melhor do Brasil. A capacidade do tambor é de 400 L e a produção média é de 4,1 litros ou metros cúbicos por hora. O motor é monofásico e funciona de forma elétrica. O grande destaque é o formato, desenvolvido de forma exclusiva para gerar homogeneização da mistura.

A ideal para obras menores

Se você não precisa misturar tantos componentes e quer uma betoneira menor, a BM150 da Horbach é ideal. Ela tem capacidade para 150 litros, funciona via energia elétrica e é indicada para concreto e argamassa. Com rodas, é fácil de ser movida. Acompanha ainda um kit segurança que ajuda muito quem a manuseia.

O melhor custo-benefício

Outra betoneira da CSM é a Traço Super, que também tem excelente qualidade, normalmente acompanhada de um custo menor. Ela é muito resistente devido à pintura eletrostática e a solda robotizada, características que fazem com que os impactos do dia a dia não causem tanto efeito. A capacidade é de 400 L.

Guia de compra

Se você chegou a esse artigo, imaginamos que tenha muitas dúvidas sobre como escolher uma betoneira. Mas não se preocupe: O nosso guia de compra tem as respostas a todas as perguntas mais comuns sobre o equipamento!

Fique conosco e conheça tudo o que é necessário sobre betoneiras!

Imagem mostra um homem preenchendo uma betoneira com material para mistura.

O uso da betoneira é muito importante na construção civil. (Fonte: cuchina/ 123rf.com)

O que é uma betoneira e para que ela serve?

A betoneira é um equipamento usado em construção civil que tem o formato de um tambor. Ela conta com uma grande capacidade, sempre acima de 100 litros, e serve para fazer a mistura de componentes fundamentais para uma obra.

Durante uma obra, muitas vezes é preciso misturar cimento, água, areia, pedras e aditivos para alcançar a consistência e a composição ideais para o que será feito a seguir. Tudo isso é colocado na betoneira, que com a velocidade correta, faz todo o trabalho após um certo tempo.

É possível escolher entre betoneiras com motor elétrico ou a combustível, com variadas capacidades e giros. Recentemente, as empresas da área de construção civil têm investido no design desses equipamentos, visando tornar a mistura mais homogênea e veloz.

foco

Você sabia que durante quase toda a história da humanidade, o árduo trabalho de mixar componentes necessários para construção civil foi feito manualmente? Só em 1900, na cidade de Milwaukee, TL Smith criou a primeira betoneira.

Com o tempo, o equipamento teve grande evolução, chegando ao que é hoje. Muito disso foi responsabilidade do próprio TL Smith, que em 1920 criou a maior fábrica de betoneiras da época. Elas foram usadas em muitas das principais obras do século XX nos Estados Unidos.

Quais as vantagens de uma betoneira?

A betoneira é a principal opção quando é necessário misturar grandes quantidades de componentes para uma obra. Sem ela, é preciso fazer o processo manualmente, o que é um trabalho árduo e demorado, muito cansativo para os trabalhadores.

Ao proporcionar agilidade e velocidade na mistura de componentes e reduzir o cansaço dos trabalhadores, a betoneira faz com que as chances da obra terminar dentro do prazo sejam maiores, reduzindo ainda custos e riscos.

Existem betoneiras indicadas para obras grandes ou pequenas, com a variação de capacidade sendo o fator decisivo. Isso significa que você não precisa deixar de ter uma apenas por estar envolvido em construções de pequeno porte.

Outra boa possibilidade é comprar betoneiras para alugar. Como muitas pessoas embarcam em obras apenas ocasionalmente, não é vantajoso para elas comprar um equipamento tão grande e caro. Por isso, o mercado de aluguel funciona a todo vapor e você pode se aproveitar disso.

Um equipamento de nicho, a betoneira é fundamental dentro da construção civil, mas raramente será utilizada por pessoas que não vivenciam esse campo diariamente.

Vale ressaltar ainda que a betoneira é um equipamento muito grande e pesado, o que torna difícil a vida de quem não tem muito espaço para ela, nem meios eficientes de transporte.

Confira abaixo as vantagens e desvantagens da betoneira:

Vantagens
  • Equipamento perfeito para misturar componentes de uma obra
  • Reduz custos e ajuda a obra a terminar dentro do prazo
  • Há várias capacidades, o que ajuda mesmo quem trabalha com obras pequenas
  • Pode ser uma ótima ideia a compra para um negócio de aluguel de betoneiras
Desvantagens
  • O preço elevado impede a compra para quem faz apenas obras eventuais
  • É muito grande e pesada, o que dificulta armazenamento e transporte

Quais os tipos de motor das betoneiras?

O processo de mistura de componentes feito pela betoneira é obra do motor do equipamento, que funciona com muita eficiência.

Porém, existem betoneiras com vários tipos de motores disponíveis, e esse é um fator importante no momento da escolha. A principal dúvida é optar entre motor elétrico ou a combustível, mas também há diferentes nomenclaturas, como monofásico e trifásico. O que tudo isso significa?

Os motores a combustível são mais raros. Funcionam a gasolina ou a diesel, e são recomendados para uso em obras em locais afastados, sem acesso à rede elétrica. Eles não têm a mesma potência que os elétricos e trabalham com menos eficiência.

Quando falamos em motores elétricos, a possibilidade de escolha está entre os monofásicos e os trifásicos. Quase toda a alimentação de eletricidade feita no planeta é trifásica, uma vez que ela é bem mais eficiente e econômica. Como é possível imaginar, o preço também é maior.

Comparamos abaixo motores monofásicos e trifásicos para betoneiras:

Betonera com motor monofásico Betoneira com motor trifásico
Vantagens Preço mais em conta, maior facilidade para encontrar modelos Mais velocidade e eficiência, menor tamanho e peso
Desvantagens É mais pesado e não trabalha com a mesma eficiência que o motor trifásico O preço é bastante superior
Recomendações de uso Obras comuns do dia a dia que precisam do uso simples de uma betoneira Obras com grande capital e que tenham necessidade extra de velocidade

Quais as especificações mínimas para betoneiras?

Como saber exatamente qual a capacidade da betoneira que você precisa? Ao fazer um investimento em um equipamento como esse, você precisa ter a certeza de que ele vai dar conta do recado.

A conta a ser feita pede que você conheça a metragem total da obra. Uma betoneira de 400 litros de capacidade tem, em média, produtividade de 3,45 litros ou metros cúbicos por hora e pode funcionar durante 15 horas por dia.

Esses valores são suficientes para que você saiba em quanto tempo produziria todo o material necessário para a sua obra com um equipamento desse tamanho.

De forma geral, as recomendações são de betoneiras com capacidade entre 125 e 250 litros para obras pequenas, 250 litros e 400 litros para obras médias, e acima disso para grandes construções.

O que pode ser colocado em uma betoneira?

A betoneira deve ser usada apenas para a produção de materiais de construção. Não tente colocar produtos químicos ou de outras áreas para fazer misturas usando esse equipamento.

Quem deve decidir o que irá na betoneira e as proporções é o mestre de obra ou engenheiro.

Dentre os componentes mais comuns, estão cimento, areia, água, pedras e aditivos. Quem deve decidir a “receita” do que irá na betoneira é o mestre de obras ou engenheiro. Eles têm o estudo e a qualificação necessária para saber como fazer a produção ideal para cada situação.

Cada betoneira tem as especificações relacionadas a quais materiais são aceitos. Caso seja necessário colocar aditivos especiais ou adubos no equipamento, é preciso saber se ele é compatível com esses ingredientes extras.

Como usar uma betoneira?

Ao usar uma betoneira, é fundamental vestir equipamentos de proteção individual. Entre os mais importantes, estão óculos, luvas, capacete, botas, protetores auriculares e roupas de mangas longas.

Muitos acidentes envolvendo betoneiras acontecem por causa de descargas elétricas. Preste atenção se não há fios desencapados ou desprotegidos e se o equipamento está devidamente aterrado antes de ligá-lo.

É importante limpar totalmente o equipamento antes de um novo uso, não deixando nenhum pedaço de cimento grudado ou restos da mistura anterior. A recomendação para essa limpeza é o uso de uma máquina potente como uma lavadora de alta pressão.

Como mencionamos acima, quem deve decidir os materiais a serem usados e a proporção é o mestre de obras ou engenheiro. Normalmente, primeiro coloca-se água, seguida por areia e cimento. Mas não tente fazer isso sem supervisão.

Para que você tenha uma ideia inicial de como fazer concreto usando a betoneira, selecionamos um vídeo do canal Faça sua Obra que mostra todo o processo:

É seguro comprar uma betoneira pela internet?

Uma betoneira pesa, em média, 250 quilos. É um enorme tambor com fios e motor. Como saber, então, se é seguro comprar algo tão grande pela internet?

A compra online deve ser feita em lojas de confiança, como é o caso da Amazon.

Tudo depende da empresa escolhida para compra. Se for uma gigante das vendas online, como é o caso da Amazon, você terá a segurança garantida. A entrega é feita por especialistas e todos os possíveis cuidados são seguidos à risca. Outra opção é fazer a aquisição nos sites das próprias fabricantes.

Evite comprar online a betoneira de fornecedores desconhecidos ou em sites sem reputação garantida.

A responsabilidade pela entrega não para no fornecedor: Você precisa ter um lugar espaçoso e seguro para receber e armazenar a sua betoneira. Não adianta sugerir a entrega de um equipamento tão grande em um apartamento, não é mesmo?

Quanto custa e onde comprar uma betoneira?

O preço de uma betoneira varia com o tamanho, a capacidade e os materiais utilizados. Os modelos mais simples, ideais para obras pequenas, custam em torno de R$ 1.200. Equipamentos indicados para grandes construções giram entre R$ 3.000 e R$ 5.000.

Se você quiser comprar a betoneira pela internet, compre em um site seguro, como a Amazon brasileira, Amazon internacional, Mercado Livre ou sites das fabricantes. Para procurar em lojas físicas, locais especializados em materiais de construção são as melhores ideias.

Critérios de compra: O que levar em consideração ao escolher uma betoneira

Agora que você já sabe as vantagens, formas de uso e de funcionamento da betoneira, a aquisição está mais fácil. Porém, ainda existem alguns importantes critérios técnicos que precisamos discutir. Selecionamos quatro:

A seguir, entramos em maiores detalhes sobre cada um deles!

Capacidades

Ao ler as especificações de uma betoneira, você encontrará duas medidas de capacidade: Total e de mistura. A primeira é justamente o quanto pode ser colocado dentro dela e normalmente está até mesmo no nome do equipamento. Falamos sobre isso ao citarmos as características mínimas para cada trabalho.

A capacidade de mistura, por sua vez, indica o quanto a betoneira consegue produzir a partir dos componentes inicialmente colocados nela. Sempre haverá perdas, mas existem alguns modelos mais eficientes.

Nos casos de betoneiras com capacidade total de 400 litros, procure por capacidade de mistura que fique por volta dos 280 litros. Essa é uma excelente proporção que pode ser seguida também para modelos de outros tamanhos.

Imagem mostra uma betoneira de grande capacidade em uma obra.

Para grandes obras, é preciso escolher betoneiras de altíssima capacidade. (Fonte: Hans/ Pixabay.com)

Velocidade de mistura

O quão rápido a mistura dos ingredientes colocados na betoneira acontecerá? A velocidade de mistura se relaciona com a potência do motor e com o próprio design do equipamento. Ela é medida em metros cúbicos por hora, para sólidos, e litros por hora, para líquidos.

Quanto maior a betoneira, maior será o volume de produção e a velocidade de mistura.

É normal que betoneiras maiores funcionem em maior velocidade. Para modelos de 200 litros ou menos, 2,5 metros cúbicos por hora é uma excelente produção horária. Quando falamos em equipamentos de 400 litros ou mais, o ideal é que esse número passe de 4.

Se a sua obra precisa de agilidade, escolha uma betoneira com maior velocidade de mistura. A quantidade de ciclos também influencia no total da produção horária!

Design do tambor

Recentemente, as fabricantes de britadeiras tem trabalhado para melhorar a eficiência, a qualidade e a velocidade da produção através do design do tambor. A engenharia e a química descobrem formas modernas de depositar cada ingrediente em um ponto do equipamento que tornará mais fácil o processo de transforamação.

Verifique dentre os fabricantes dos seus modelos escolhidos quais são os que mais investem em tecnologia para tornar eficiente o uso das betoneiras. Dessa forma, você terá qualidade e velocidade sem precisar pagar mais caro por isso, além de comprar um produto de uma marca que se importa com o seu trabalho!

Robustez

Quando vazia, uma betoneira já é muito pesada. Ela ainda precisa ter estrutura suficiente para resistir a uma enorme quantidade de cimento, água e mistura dentro de si, o que pode gerar quase uma tonelada no total.

Por isso, é fundamental que ela seja feita com peças de qualidade, que confiram excepcional robustez a todas as partes. Esse é mais um fator que mostra a importância de escolher marcas de confiança e que são conhecidas por escolher materiais de qualidade na composição dos produtos.

Limpe com frequência todas as estruturas da betoneira, incluindo o exterior, para garantir que ela continue exercendo sua função sem oferecer problemas ou riscos!

Durabilidade

Além de precisar ser robusta para suportar todo o peso da mistura, a betoneira precisa ser durável o suficiente para lidar com as ações externas do sol, da chuva, da lama e de outros componentes que possam existir.

Verifique de que formas a fabricante do modelo escolhido tenta reduzir a força das atenções externas. Algumas das possíveis tecnologias aplicáveis são a pintura eletrostática, que diminui os impactos de radiação ultravioleta, colisões e corrosão por ferrugem, e o encravamento, importante contra vazamentos.

Assim, a sua betoneira irá durar muito mais tempo e estar presente em obras por muitos anos!

(Fonte da imagem destacada: Antranias / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.