Andar de bicicleta é algo irresistível para quem quer que seja. A sensação de deslizar no chão e o vento acariciando o rosto são indescritíveis. Para crianças, então, a bike vai além, sendo especialmente construtiva. Pensando nisso, a ReviewBox Brasil fala hoje sobre bicicleta aro 16. Seja muito bem-vindo!

Pedalar é uma atividade física que estimula o desenvolvimento motor e é um ótimo motivo para sair de casa, principalmente falando dessa geração que adora as telas de televisão e smartphones.

Abaixo, você irá encontrar os melhores modelos, as dicas e os cuidados que se deve ter na hora de escolher a bike mais segura e adequada para os seus pequenos. Vem com a gente!

Primeiro, o mais importante

  • A bicicleta infantil aro 16 foi pensada para crianças entre 1,10 m e 1,20 e no máximo 30 kg, ou a partir dos 6 anos de idade.
  • A escolha de bikes para crianças sempre tem de levar em conta o bem-estar, o crescimento e a segurança delas.
  • Os preços variam entre R$ 270 e R$ 500, de acordo com a qualidade do material, a presença ou não de marcas licenciadas e acessórios.

Você também pode gostar:

Ranking: As 3 melhores bicicletas aro 16

Como vimos, pedalar é essencial para o desenvolvimento infantil. A bicicleta aro 16 pode ajudar seus filhos pequenos nessa tarefa. Confira o ranking com os melhores modelos. Em seguida, continue lendo para aprender a comprar a bicicleta ideal para quem você quer presentear.

1º – Bicicleta Aro 16 Bike Boy Rainbow

Apesar do nome, o modelo da Bike Boy é recomendado à todos os gêneros – e todas as situações. Isso porque conta com rodas raiadas em alumínio, sendo adaptável à vários terrenos, além do freio fácil “Easy Break” e de para-lamas traseiro e dianteiro.

Seu diferencial, no entanto, está no selim, anatômico e com tamanho ajustável, garantindo mais conforto e aumentando a vida útil do produto. Outro ponto positivo é a pintura de alta resistência, ideais para as primeiras pedaladas.

2º – Bicicleta Infantil Aro 16 Verden Bikes Ocean Azul

O grande atrativo da bike aro 16 da Verden Bikes, além de uma pintura bonita, mas não chamativa, são os materiais dos componentes. Garfo, quadro e guidão são de aço-carbono, material resistente e mais leve (o modelo pesa 8,8 kg).

Dessa forma, o modelo é também um dos mais seguros, já que também traz freios “v-brake” nas duas rodas, fora o protetor de corrente e do parafuso inferior do guidão.

3º – Bicicleta Infantil Aro 16 Track Bikes Dino

O modelo Dino da Track Bikes é muito similar ao terceiro item da lista, do tamanho e peso do quadro ao material do freio. Nas rodas, de plástico, e no selim, “PVC Mini Toy”, fica um pouco atrás.

Por outro lado, conta com a pintura mais atraente da lista, um diferencial para as crianças, de quadro preto e as rodas amarelas, combinação que fica especialmente divertida com a bike em o movimento.

Guia de Compra

A bicicleta é memória marcante na vida de uma criança. Aprender a pedalar, viver momentos felizes com os familiares e ainda se divertir muito com os amigos são alguns exemplos de situações que ficam gravadas.

A bicicleta aro 16, um modelo infantil, é um presente que vai proporcionar muitos momentos incríveis para seus filhos. Continue com a gente para aprender a escolher o modelo perfeito.

Menina pedalando bicicleta branca.

A bicicleta aro 16 é ideal para crianças a partir dos 6 anos de idade. (Fonte: Pezibear / Pixabay)

Quais as vantagens e desvantagens da bicicleta aro 16?

São significativas as mudanças no corpo de uma criança durante sua infância, em especial entre os 3 e os 7 anos de idade. Postura, porte físico, altura, coordenação motora, tudo muda intensamente nesse intervalo.

Por isso, foi necessária uma divisão clara entre tamanhos de bicicleta, de modo a serem usadas de maneira mais natural e saudável pelos pequenos bikers.

A medida do diâmetro das rodas, ou o tamanho do aro, é o que mais se altera nessa divisão. A convenção, então, a adotou para identificá-las, entre 12, 14, 16 e 20 centímetros de diâmetro.

Cada uma dessas medidas corresponde a um tamanho e peso médio e, portanto, a um intervalo de idade do usuário. A de 16 cm, ou aro 16, são indicadas à crianças entre 1,10 m e 1,20 m e até 30 kg, ou a partir dos 6anos de idade.

Imagem mostra, do alto, mostra um menino sorrindo e olhando para cima, ao lado de uma bicicleta deitada no asfalto de um parque.

Com a divisão cada tamanho de aro corresponde a um tamanho, peso e uma idade. (Fonte: Lazy Artist Galery / Pexels)

Sempre bom lembrar que isso é uma convenção, então há especificidades entre as bicicletas. Há aros 16, por exemplo, que suportam até 50 kg de peso.

O que importa é que são pensadas para tamanhos específicos, cuidando, assim, do conforto e da postura da criança – seu bem-estar e sua saúde.

Há ainda a questão das rodas auxiliares, as “rodinhas”, que são essenciais nos aros menores e dão aquela última ajuda nos aros maiores, antes dos pequenos se virarem sozinhos.

Equilibradas e amigáveis ao desenvolvimento corporal das crianças, a bicicleta infantil aro 16 tem a desvantagem de uma vida útil curta, conforme o crescimento do ciclista pequenino.

Fabricantes, então, barateiam o custo dos modelos, pensando nos pais e mães que têm de trocar de bicicleta periodicamente.

Em geral, economizam nos materiais do quadro, guidão, garfo e até na pintura. Essa manobra, obviamente, tira boa parte da durabilidade das bikes.

Vantagens
  • Divisão clara de modelos
  • Amigáveis ao crescimento da criança
  • Modelos mais baratos
Desvantagens
  • Muitos modelos para comprar
  • Vida útil curta
  • Menor durabilidade

A bicicleta aro 16 deve ser segura ou divertida?

Nós da ReviewBox Brasil sabemos que as compras para crianças são diferenciadas. Sempre é preciso fazer uma conciliação, entre a vontade da criança, traduzida em produtos coloridos e estampados de seus personagens favoritos, e a responsabilidade dos pais, exercida através da escolha de modelos mais seguros e que respeitam o crescimento saudável dos pequenos bikers.

Essa lógica não é diferente para as marcas de bicicleta infantil. Pais, mães, tios e avós têm que saber negociar com a criança entre o modelo de pintura colorida, personalizado por desenhos e filmes, e o modelo mais seguro e confortável.

Imagem mostra em primeiro plano, uma bicicleta colorida, à esquerda, e uma preta, à direita. Ao fundo, a porta de uma igreja antiga.

A pintura é tão importante para a criança como a segurança, para os pais. (Fonte: Brendan Humphreys from Pexels / Canva)

O problema é que muitas dos fabricantes que fazem produtos licenciados têm de baratear o custo, elevado pelo preço da marca estampada, de modo a ter preços competitivos. Quem sofre, nesses casos, é a qualidade dos materiais.

Acabamentos em plástico, componentes de metais menos resistentes e selins sem acolchoamento costumam ser os problemas que vêm com esses cortes. Há, claro, bikes licenciadas e de qualidade, mas com um valor bastante acima do mercado.

Essa negociação não costuma ser fácil. Há o risco, veja, dos pequenos perderem um tanto do interesse na sua magrelinha, se desencorajando a dar suas primeiras pedaladas.

Felizmente, muitas marcas que pensam na segurança como prioridade têm caprichado em suas pinturas, chamativas e muitas vezes reforçadas contra as quedas constantes dos iniciantes.

Nesses casos, a bicicleta combina uma estética atraente com a segurança e conforto necessários: peças, quadro e guidão de aço ou aço carbono; aros de alumínio; protetores de corrente e de guidão; trava de guidão e selins acolchoados e ajustáveis.

Importante: Independente da prioridade do modelo, uma coisa é indispensável, o selo de qualidade INMETRO, que atesta as competências regulamentadas de segurança.

Bicicletas Licenciadas Bicicletas seguras
Segurança Mais frágeis por conta dos materiais usados Mais seguras
Destaque Fácil aceitação da criança e incentiva às pedaladas Respeitam o crescimento da criança

Bicicleta infantil aro 16 ou 20? Qual escolher?

A menor diferença entre as especificações de aros, apesar da maior distância entre os tamanhos, é entre o aro 16 e o 20. Ideal para crianças de 7 anos ou entre 1,20 m e 1,50 m e peso máximo de 70 kg, o aro 20 é uma boa opção para crianças maiores, mesmo as mais novas.

A questão é custo benefício: se o pequeno não completou sete anos mas já está próximo dos 1,20 m, a escolha pelo aro 20 impede uma troca muito rápida de modelos.

Portanto, não considere apenas a idade, perceba principalmente a altura e peso dos seus filhos. Até porque algumas crianças, mesmo novinhas, são mais altas. O contrário também pode acontecer.

Quanto custa?

Pela regulação a ser comprida pelos fabricantes e pelas especificidades dos produtos destinados à crianças, não há uma grande variedade de preços entre as marcas de bicicleta aro 16.

Eles ficam entre R$ 270, os mais baratos, e R$ 500, as mais caras. A diferenças ficam por conta da qualidade dos materiais, estampas de marcas licenciadas e acessórios, como cestas, buzinas e campainhas.

Onde comprar?

Grandes lojas de artigos esportivos, como Centauro e Decathlon, contam com vendedores especializados que podem te ajudar com a sua compra. Elas costumam a ter um grande estoque, ao qual é possível levar o seu pequeno e deixá-lo mostrar quais os modelos de sua preferência.

No entanto, para evitar grandes deslocamentos com a criança, ou até “blindá-la” dos apelos de uma bicicleta muito chamativa, lojas online como a Amazon, Americanas, Mercado Livre têm tanta variedade quanto as grandes, essas que também contam com versões online.

Comprando online você pode achar melhores ofertas e maior variedade de modelos. E ainda recebe o produto na porta de casa.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de bicicleta aro 16

Não é fácil escolher uma bicicleta infantil aro 16. É preciso pensar numa bike segura, divertida, que agrade os gostos complicados da criança ao mesmo que tempo que garante sua integridade.

Há elementos, porém, na hora da compra, que se bem ponderados, podem resolver essa questão. Listamos a seguir:

  • Material
  • Pintura
  • Selim
  • Peso
  • Rodinhas e acessórios

Confira, abaixo, cada item detalhado para que você possa fazer a melhor escolha na hora de comprar sua caixa de ferramentas.

Material

Dê prioridade à modelos com os melhores materiais. Eles garantem uma maior resistência a um produto que deve sofrer quedas constantes.

Dessa forma, garantem também a segurança do usuário, diminuindo a probabilidade de correntes arrebentadas, guidões virados e aros tortos.

Bicicletas com componentes de metal, como garfo em aço ou aço carbono, aro de alumínio e freios em nylon são ideais, nesse sentido.

Imagem mostra um menino saltando de uma rampa com uma bicicleta, com uma fileira de vans ao fundo.

Quadros de aço carbono são mais resistentes e mais ainda leves. (Fonte: Dietmar Janssen / Pexels)

Pintura

De nada adianta pensar na melhor bicicleta da criança sem pensar na sua vontade. Elas não iram olhar o material ou o tipo do freio, mas o quão legal é a pintura.

Quadros coloridos, que conversam com a pintura da roda ou estampados de personagens costumam ser os favoritos. Mas cuidado! A pintura deve atrair a criança, mas não roubar sua atenção durante a pedalada.

Evite, então, aquelas com muitas cores e elementos no raio de visão entre o selim e o guidão. Tintas resistentes à impactos e a altas temperaturas são um diferencial.

Imagem de criança andando de bicicleta com pé esticado.

A pintura é o que mais chama a atenção das crianças em uma bicicleta. (Fonte: Pezibear / Pixabay)

Selim

O selim é muito importante para o conforto e para o crescimento do pequeno biker. Nesse sentido, o melhor é ter um selim acolchoado e com tamanho ajustável, que deixe a criança numa postura ereta e não comprometa seu desenvolvimento.

Há 2 tipos de selins, basicamente: o chamado de pele integral, que é feito de poliuterano e usa a própria espuma do acolchoamento como uma capa, e o de courvin, que leva uma camada de PVC que protege a espuma e é personalizável. O ajuste incorreto do selim pode causar lesões no joelho e quadril.

Peso

O peso da bicicleta pode e deve ser um importante critério de escolha. Bikes mais leves são mais fáceis de ser carregadas pelas crianças, além de exigir um esforço menor na hora das pedaladas.

Mas não é tão simples: um modelo muito leve pode ter a qualidade dos componentes comprometida, e, portanto, menos segura. Tente equilibrar algo que a criança possa carregar com segurança e que ofereça qualidade de peças.

Rodinhas e acessórios

Apesar de ser difícil de encontrar a venda de bicicletas infantis aro 16 sem as rodinhas auxiliares, é sempre bom ficar atento. Aros 16 já são pensados para crianças um pouco maiores, mas não bikers profissionais.

Imagem de criança com capacete andando em bicicleta com rodinhas.

Acessórios deixam a bicicleta mais divertida aos pequenos. Rodinhas são essenciais. (Fonte: PublicDomainPictures / Pixabay)

Além disso, ter de comprar rodinhas auxiliares separadas pode ser uma tarefa ingrata, por elevar o preço e por encontrar as peças que se encaixem bicicleta dos pequenos.

Outros acessórios, como cestinha, lanterna, porta garrafas, buzinas e campainhas, também podem ser critérios de escolha na hora da compra. Não são tão essenciais quanto as rodinhas, mas agregam e muito na aceitação da criança pelo modelo.

(Fonte da imagem destacada: Jessica Lewis / Pexels)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
44 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...