Chegou a hora da ReviewBox Brasil lhe dar as boas-vindas e ajudar em uma tarefa muito importante: encontrar a melhor bicicleta aro 26 disponível no mercado brasileiro. A escolha da sua bicicleta é muito importante, pois ela fará parte de muitos momentos em sua vida.

Se o seu objetivo é combater o estresse, emagrecer, melhorar a saúde, contribuir com o trânsito e o meio ambiente, ou apenas pedalar e ser feliz, este é o seu lugar. Preparamos um material recheado de informações detalhadas e aquele empurrãozinho final que você precisava para tomar sua decisão.

Continue lendo e saiba tudo sobre os diferentes modelos de bicicleta aro 26, aprenda sobre as vantagens, comparações, preços, entre outros. Depois disso, pés no pedal, rodas na rua e cabelos ao vento.

Primeiro, o mais importante

  • Prepare-se para encontrar muitos, muitos modelos no mercado. Apesar do aspecto visual ser um fator a se observar, fique atento às características essenciais como peso, acessórios e conforto.
  • Entenda as diferenças de tamanho, modelos, materiais e defina onde, como e com que frequência a bike será usada.
  • Defina, principalmente, quanto você pretende investir. Os preços variam entre R$400 e R$5.000, sempre tendo as exceções que ultrapassam esta faixa de preço.

Você também pode gostar:

Ranking: As 5 melhores bicicletas aro 26

Decidir comprar uma bicicleta aro 26 é apenas o primeiro passo. Antes de efetivar a compra, é importante entender algumas características dessa bike. Confira os melhores modelos no ranking abaixo que fizemos para você:

1º – Bicicleta Aro 26 Vikingx Tuff25

Esta bicicleta aro 26 chega é ideal para ciclistas mais experientes ou esportistas, os do dia a dia, ou ainda dos passeios para explorar áreas urbanas ou rurais.

Por ter suspensão que segura melhor os impactos em terrenos com relevos e depressões, ela é uma gigante do Mountain Bike e agrada quem gosta de explorar trilhas em terrenos com irregulares e obstáculos.

Tem quadro em alumínio resistente e câmbio Shimano com 21 marchas. O freio à disco proporciona frenagem regular e consistente, sendo ideal para downhill.

2º – Bicicleta Aro 26 MTB Caloi

Encontre esse produto em Amazon.com.br

Esse modelo Aro 26 da Caloi merece estar em nossa lista por suas inúmeras qualidades. A suspensão é de 50Mm, os freios são a disco, o aro em alumínio – com Quick Release e, ainda por cima, a suspensão dianteira é de Aço 55Mm.

São 21 velocidades nessa bike preta, com detalhes verdes, para que você possa fazer suas pedaladas com todo conforto e segurança.

3º – Bicicleta Aro 26 Track & Bikes

A pegada dessa bicicleta aro 26 é aliar conforto e resistência. Com um sistema de dupla suspensão ela absorve os impactos causados tanto nas aventuras do Mountain Bike, quanto nas subidas, descidas e obstáculos das cidades.

Disponível em modelos Preto ou Branco, tem quadro e aros de alumínio, manopla em PVC e fabricação em aço carbono. Os freios são no sistema V-Brake e o câmbio tem 21 velocidades (marchas).

4º – Bicicleta Aro 26 Alumínio 400

Fabricada em alumínio, este modelo de bicicleta aro 26 da Caloi é um dos mais destacados da categoria. Sua proposta é conforto e estilo, tendo um design bastante moderno e único.

Tem selim confortável com molas e Quick Release, suspensão dianteira e amortecedores de 45mm. Freios V-Brake e câmbio Shimano de 21 velocidades.

5º – Bicicleta Aro 26 Classic Retrô

Não teríamos como fechar nossa lista de bicicletas aro 26 sem um modelo retrô. Sem marchas, feita em aço carbono, esta bicicleta é cheia de particularidades.

Inspirada em modelo de 1964, é toda fabricada em aço carbono, com freio tesoura em aço zincado, selim classic e pedal em aço com borracha. Seguindo a linha retrô, tem descanso lateral, proteção de corrente, e acompanha bomba, cadeado e buzina.

Guia de Compra

Com certeza você já sabe as vantagens de pedalar. A prática traz muita saúde para o ciclista e ajuda o meio ambiente. Nesse guia, queremos te ajudar a escolher uma bicicleta aro 26 para você, considerando todos os fatores essenciais para você ter satisfação total com sua magrela.

Homem pedalando em alta velocidade com fundo borrado.

A bicicleta aro 26 é o modelo mais popular no Brasil. (Fonte: SkitterPhoto / Pixabay)

O que são as bicicletas aro 26 e quais suas diferenças?

A bicicleta aro 26, por muitos anos, dominou uma faixa de público considerada a mais abrangente de todas. Considerada uma bike de transição, ela é o primeiro modelo da criança ou adolescente que começa a buscar bicicletas maiores.

Há dois fatores principais para medir e definir o tamanho de uma bicicleta: quadro e aro. Muitos consideram a medida do quadro como a mais importante, porque está diretamente ligada à altura da pessoa que vai usar a bicicleta.

Mas a verdade é que a medida mais observada e pesquisada na hora da compra é mesmo a do aro, que costuma apresentar o número em polegadas. Ela está relacionada com velocidade e distância percorrida a cada pedalada.

Dois ciclistas pedalando em uma paisagem com estrada de terra, rio e montanhas.

Bicicletas aro 26 servem tanto para as pedaladas urbanas, como trilhas e montanhas. (Fonte: fgmsp / Pixabay)

O público infantil costuma chegar até o aro 20, e em raros casos, aro 24. Os aros maiores são o 29, muito usado em bicicletas de Mountain Bike (MTB). Uma medida mais recente, também bastante usada para trilhas e montanhas, que é o aro 27,5.

Existe ainda a bicicleta aro 700 (28 polegadas), mais comum nos modelos antigos de bicicletas de corridas e também em bicicletas fixas. Mas no Brasil, o modelo mais popular é mesmo o aro 26. Usado para trilhas, corridas, aventuras, também é ideal para os mais variados tipos de passeios urbanos.

Muitos especialistas em ciclismo e bicicletas dizem que não há uma fórmula geral para saber qual tamanho de roda você deve usar. Uma série de fatores podem ser analisados, e cabe a cada ciclista observar isso para encontrar a opção que atende melhor às suas necessidades.

De uma forma geral, quanto maior a circunferência do aro, mais fácil será a adaptação por ciclistas mais altos. Outro detalhe está no tipo de suspensão e no tipo de terreno que você irá andar.

Detalhe de uma bicicleta destacando aro, câmbio e o material de produção.

Material de produção, acessorios, cambio e suspensão são alguns fatores essenciais para levar em conta na hora de comprar uma bicicleta aro 26. (Fonte: Stux / Pixabay)

Quais as vantagens em pedalar?

Pedalar ao ar livre, como meio de transporte, tem suas vantagens e também desvantagens.

Podemos destacar que a prática estimula uma vida mais saudável através da atividade física. Além disso, o ciclista pode usar a bike como meio de transporte e fugir do trânsito estressante das grandes cidades. Estar em contato com a natureza também é uma vantagem e tanto.

Mas como tudo na vida, também há algumas desvantagens. Riscos de queda e acidentes é o principal deles. Outra pedra no caminho dos ciclistas é a falta de estrutura e segurança das estradas brasileiras.

Aos poucos, as cidades estão percebendo a importância de existir uma ciclofaixa e as mudanças estão acontecendo. A ReviewBox Brasil explora prós e contras de manter a bicicleta na lista dos itens essenciais para uma vida mais prática, saudável e ativa.

Benefícios
  • Estimula atividade física
  • Contato com a natureza
  • Fuga do estresse do trânsito
  • Interação social
Desvantagens
  • Risco de quedas e acidentes
  • Sujeito à poluição e mudanças de clima
  • Ainda há obstáculos de mobilidade

Qual a diferença entre um bicicleta aro 26 e 29?

Recentemente, surgiu no meio ciclístico uma rivalidade entre os modelos de aro 26 e 29, tanto para uso em passeios em estrada ou trilhas de cicloturismo, como para prática de esportes, como Mountain Bike.

Não são raros casos de ciclistas adultos que usaram por anos o modelo 26 e migraram para o 29. Mas também não são poucos os que testam e não se adaptam, ou mesmo não aceitam mexer em time que está ganhando.

Aqui, iremos listar algumas características de cada tamanho para ajudá-lo a diferenciar e consolidar ou não a sua escolha pela bicicleta aro 26:

Aro 26 Aro 29
Peso Mais leves devidos à menor circunferência Mais pesadas e cada pedalada percorre uma distância maior
Destaque Maior agilidade em terrenos mais fechados Melhor desempenho ao passar obstáculos
Vantagem Mais comum, maior oferta e compatibilidade de componentes Mais conforto ao pedalar
Indicado para Tamanho ideal para média de altura do brasileiro (1,72m homem/ 1,61m mulheres) Ideal para pessoas mais altas

Quanto custa?

É possível encontrar boas opções de bicicleta aro 26 custando entre R$400 e R$1.100, e as variações estão nos fabricantes, alguns acessórios ou material aplicado. Você pode encontrar o mesmo modelo e marca com pequena variação de preço, mas nada muito absurdo.

Há também as mais caras, como o caso dos modelos retrô, e também os mais elaborados, com amortecimento e suspensões dianteiras e traseiras, por exemplo.

As bicicletas aro 26 para uso em competições profissionais de Mountain Bike, por exemplo, tendem a ter um valor um pouco mais alto também, assim como os modelos modernos com funções especiais.

Stephanie VozikisAdvogada

“Coletivo de carro é congestionamento, de bike é mobilidade inteligente.”

Onde comprar?

Lojas físicas destinadas a artigos esportivos são boas opções, senão para fechar sua compra, para tirar dúvidas práticas entre os modelos. Centauro e Decathlon são algumas delas.

Grandes supermercados e lojas de departamento também costumam oferecer uma boa variedade, com destaque para Americanas, Ponto Frio, Magazine Luiza e Walmart.

Mas a exemplo da maioria dos produtos, a variedade é ainda maior nas lojas pela internet. Sites como Amazon e Netshoes, bem como as versões online das lojas citadas acima, oferecem uma gama enorme de modelos de bicicleta aro 26.

Fique atento ao detalhe de que cada modelo ou marca tem uma forma de entrega do produto. Apesar da maioria costumar entregar as bicicletas montadas e revisadas, alguns modelos podem ter pequenas peças ou acessórios desmontáveis que podem exigir um pouco mais de habilidade.

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de bicicleta aro 26

Agora que você já sabe diferenciar bikes de passeio das usadas em competição, é hora de ver mais de perto alguns outros fatores. Vamos destacar e fornecer dicas e detalhes importantes observando principalmente:

  • Finalidade
  • Tipo de freio
  • Material de produção
  • Suspensão e amortecedor

Esses são alguns fatores muito importantes para você analisar antes de comprar a sua bicicleta aro 26. Abaixo, detalhamos cada um deles para que você possa encontrar a melhor opção para pedalar.

Finalidade

A finalidade diferencia modelos de bicicletas que à primeira vista podem ser bem parecidos. A bicicleta aro 26 possui muitas variações, e é sempre bom ter uma noção de qual modelo é melhor para suas necessidades.

Faça perguntas como “Será um meio de transporte ou diversão/aventura?”, “Vou pedalar por quanto tempo?”, “Onde vou pedalar? Trilha, estrada, montanha ou na cidade?”, e finalmente “Qual meu orçamento para isso? Quanto posso gastar com minha bicicleta aro 26?”.

Essas perguntas vão te ajudar a definir pontos importantes para sua escolha. Está acostumado a usar sua magrela para passear com a família? Dá uma olhada no que essa rapaziada radical do Moutain Bike é capaz de fazer sobre duas rodas.

Você não precisará de uma bicicleta assim se quiser apenas passear pelos parques da cidade, ou mesmo se deslocar até o trabalho. Por isso, definir em que tipo de terreno você usará sua bike, é a primeira coisa a se fazer.

Tipo de freio

Este pode parecer apenas um detalhe, mas com as diferenças que existem, é sempre bom detalhar um item tão importante para sua segurança.

Dentre os tipos de freio para bicicleta existentes, podemos destacar 4 tipos principais, 3 deles possuem o acionamento por cabo e o outro é acionado por óleo.

  • Cantilever: Menos comuns e mais antigos, os freios cantilever estão praticamente em extinção, mas iremos mencioná-lo para introduzir suas variações.
    Baratos e de funcionamento simples, não tinha tanto poder de frenagem, e por isso vem sendo drasticamente substituído por um novo sistema, o bastante tradicional V-Brake.
  • V-Brake: Esse é um dos mais encontrados entre os modelos oferecidos. Funciona basicamente da mesma forma, só que mais eficiente.
  • Freio à disco: Existem dois tipos desse freio: mecânico ou hidráulico. Como o nome sugere, este sistema não envolve o aro na hora da frenagem. Ao invés disso, usa discos (rotores) acoplados à roda. O acionamento do freio mecânico funciona por cabo, e o hidráulico por óleo.

Material de Produção

Quando falamos de material de produção, precisamos considerar que uma bicicleta é feita de diversos elementos e cada um deles pode ser produzido em um material específico. Os pneus são, em sua grande maioria, feitos em borracha.

Mas a bicicleta tem inúmeras divisões como quadro, garfo, guidões, pedais e aros. Na maioria dos casos, os materiais utilizados são aço, carbono, alumínio e outros metais leves e resistentes.

De nada adiantaria uma bicicleta que aguenta qualquer tranco, se você tiver dificuldade para pedalar ou para carregar ou transportar para qualquer lugar. A maioria das suspensões, por exemplo, são feitas de alumínio, com partes em aço em modelos mais pesados, ou em fibra de carbono nos modelos mais leves e caros.

Suspensão e Amortecedor

Não somente para a prática de Mountain Bike, o sistema de suspensão vem ganhando cada vez mais espaço entre as exigências na hora de comprar a sua bicicleta aro 26.

A suspensão dianteira já se tornou um item essencial, porque mesmo para passeios pelas cidades e estradas, ela traz uma dose de conforto que muda seu jeito de pedalar.

Em trilhas e montanhas, esse valor se multiplica. Isso porque ela proporciona um maior controle, menor cansaço do ciclista e possibilita uma pilotagem muito mais agressiva e em terrenos cada vez mais técnicos.

Mas um detalhe muitas vezes passa batido. Suspensão e amortecedor não significam a mesma coisa. Suspensão consiste no sistema todo, produzido para diminuir, absorver e amenizar as irregularidades do solo. Já o amortecedor é o conjunto de elementos que possibilitam isso.

Para o caso da suspensão dianteira, por exemplo, suspensão é o conjunto completo e amortecedor é o cartucho de ar / hidráulico, molas e elastômeros.

Só preste bem atenção pois alguns sistemas de suspensão têm o caráter meramente estético e ao invés de proporcionar mais maciez no impacto, acrescentam somente uma coisa à sua bicicleta: preço.

(Fonte da imagem destacada: Pexels / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
44 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...
REVIEWBOX

Postado por REVIEWBOX