Se você está querendo pedalar com qualidade, a ReviewBox Brasil lhe dá as boas-vindas e apresenta os melhores modelos de bicicleta elétrica disponíveis no mercado brasileiro.

Também conhecida como e-bike, a bicicleta elétrica é uma ótima alternativa de transporte para quem desejar preservar o meio ambiente. Vamos te ajudar a encontrar os melhores modelos para você que está buscando facilidade e sustentabilidade.

Se você quer comprar uma bike elétrica, mas ainda não sabe como e qual modelo escolher, continue lendo. Vamos lhe mostrar cada detalhe importante para fazer a melhor escolha na hora de comprar sua nova companheira.

Primeiro, o mais importante

  • Algumas bicicletas elétricas se parecem mais com motocicletas, outras com bicicletas tradicionais, porém todas têm o mesmo princípio, aliar pedaladas com impulso motor.
  • Existem opções de bicicletas elétricas que são ativadas sem necessidade de pedalar. Essas são ideais para pessoas com deficiência ou idosos que tenham alguma dificuldade motora.
  • Certifique-se que o modelo escolhido cumpre com as suas necessidades e ainda se a marca oferece peças para reposição, como a bateria, por exemplo.
  • Como com qualquer outro meio de transporte, você deve estar atento aos cuidados com o trânsito e utilizar os acessórios necessários como buzina e sinaleiras, além dos equipamentos de segurança, como capacete.

Você também pode gostar:

Ranking: As 3 melhores bicicletas elétricas

Querendo investir em uma bike que não exija que você faça tanto esforço? Abaixo, listamos 3 dos melhores modelos do mercado. Você verá que alguns deles têm a opção de funcionar manualmente, para quando você estiver querendo pedalar. Vamos lá!

1º – Bicicleta elétrica Confort FULL Duos

Essa é a bicicleta ideal para quem busca a opção duas em uma. Ela permite que você use a pedalada assistida com uso do motor ou que você desligue o motor e use como uma bicicleta comum.

Pode chegar a 30km por hora usando apenas o acelerador. Lembre-se que para usar uma dessas você precisa ter mais de 18 anos e possuir uma ACC (autorização para condução de ciclomotor).

Indicada para passeios dentro da cidade durante o dia ou à noite. Vem equipada com farol de LED e refletores, buzina, além de travas que bloqueiam as rodas traseiras e alarme. As baterias podem ser carregadas em qualquer tomada simples.

2º – Bicicleta elétrica Sport Duos

Este modelo da marca Duos é uma boa opção para quem segue o estilo mais esportivo. Desenvolvida em aço, ela possui características bem específicas em detalhes em alumínio. Com 48V de capacidade na bateria lítio recarregável, possui autonomia para cerca de 35km.

Essa bike tem aro 26 e pedal estilo sueco, ambos em alumínio. O motor de 800W, tem garantia de 6 meses pelo fabricante e quadro feito em aço rígido tem garantia de um ano. Ideal para o transporte do dia a dia, essa bicicleta é uma forma de condução saudável, não poluente e barata, se comparada com uma motocicleta, carro ou até o ônibus.

3º – Bicicleta elétrica Daytona Scooter

A próxima bike da nossa lista é a Daytona Scooter. Apesar da marca ter nome das famosas motonetas, o modelo não se parece em nada com uma moto. Pelo contrário, é uma bicicleta elétrica de passeio com aparência leve e confortável.

Permite que o ciclista utilize tanto o modo pedal assistido como acelerador. A potência do motor é de 800W, a capacidade das baterias chega a 48V e a autonomia é de até 35km.

Guia de Compra

Pronto! Chegou a hora de pegar sua bike e sair por aí pedalando… Ops, será? Com as bicicletas elétricas, você não precisa fazer todo aquele esforço de sempre para se locomover de um lado a outra da cidade.

Quer saber como escolher o modelo ideal de e-bike para você? Continue lendo nosso Guia de Compra!

O que são as bicicletas elétricas?

Escolher um meio de transporte seguro, econômico e prático para circular na cidade nos dias atuais não é tarefa fácil.

Quem dirige carros e motocicletas encara, além dos altos custos de seguros e emplacamentos, as despesas frequentes dos combustíveis e o trânsito caótico. Depender de ônibus todos os dias também não é nada barato e muito menos prático ou confortável.

Aos adeptos da prática de atividades físicas, pedalar ou patinar de casa até o trabalho ou à escola pode ser uma boa alternativa. Mas e nos dias que bate aquele cansaço? Mesmo quando você está super disposto no percurso de ida, a volta geralmente é desgastante e cansativa.

Uma opção que vem conquistando os brasileiros são as bicicletas elétricas que permitem que você escolha entre pedalar ou ativar o motor elétrico.

Detalhe do pedal da bicicleta com a palavra elétrica escrita em inglês.

Quando você escolhe a bicicleta elétrica como meio de transporte, contribui para a preservação do Meio Ambiente. (Fonte: Ikaika / Pixabay)

O melhor de tudo é que para usar estes veículos você não precisa de combustível e nem de carteira de habilitação. Basta providenciar junto ao DETRAN uma ACC, Autorização para Conduzir Ciclomotor.

O que eu preciso para emitir a ACC?

  • Ter mais de 18 anos
  • Saber ler e escrever
  • Possuir documento de identidade
  • Possuir Cadastro de Pessoa Física (CPF)

O processo para emissão do documento é bem parecido com o da Carteira Nacional de Habilitação, com curso e provas teórica e práticas. Você vai precisar de 20 horas/aula no curso teórico e 10 horas/aula para a parte prática. Consulte o DETRAN da sua cidade para saber o valor da taxa para emissão deste documento.

Bicicleta elétrica ou motorizada?

Vários fatores podem ter levado você a escolher uma bicicleta elétrica ou motorizada como meio de transporte: a praticidade, os baixos custos em relação aos outros veículos, ou simplesmente a sua paixão por bikes de todas as formas.

Mas se a sua opção é por um veículo não poluente que contribua com o meio ambiente, você com certeza, deve escolher uma bicicleta elétrica.

Ambas permitem que você tenha os mesmo benefícios, permitindo que você opte por pedalar ou contar com a ajuda do motor. Porém, somente a elétrica é movida por bateria e pode ser carregada na tomada, ou seja, sem emitir poluentes no ar.

Veja as diferenças básicas entre elas e faça a sua melhor opção:

Elétricas Motorizadas
Combustível Utiliza energia elétrica Utiliza uma mistura de gasolina e óleo como combustível
Poluição Não poluente Polui o Meio Ambiente
Impacto Absorve o impacto nas articulações Contato direto (impacto) com o chão
Velocidade Velocidade média de 25 km/h Velocidade média de 50 km/h

No que prestar atenção ao escolher sua bicicleta elétrica?

Escolher uma bicicleta nem sempre é tarefa fácil. Você deve avaliar cada detalhe que irá influenciar no seu bem-estar e no seu estilo de uso desse item. Muitas pessoas compram uma bike para atividades físicas, outros para passeios e outros ainda como meio de transporte do dia a dia.

Existem muitas variações de marcas, modelos, estilos e qualidade. Quando o assunto envolve ainda mais uma novidade, que no caso é a forma de funcionamento dela, as pesquisas ficam ainda mais intensas e as escolhas mais difíceis.

Definir uma boa alternativa de compra para a sua bicicleta elétrica vai envolver, entre outros fatores, qual a sua necessidade de uso. Isso, é claro, além de preço, modelo e benefícios a serem oferecidos.

Outro fator importante a se observar é a qualidade do produto e, principalmente, da assistência oferecida pelo fabricante. Assim como carros e motos, as bikes usadas no dia a dia exigem uma certa atenção e manutenção frequente.

Para garantir que a sua bicicleta elétrica tenha o desempenho ideal, você precisa seguir as orientações do fabricante e contar com o suporte necessário.

Imagem mostra bicicleta elétrica sendo carregada.

O uso que será dado à bicicleta elétrica será fundamental para a escolha do modelo. (Fonte: fujisl / 123RF)

Quais as vantagens da bicicleta elétrica?

Útil, agradável e necessário. Aliar esses três fatores é uma das possibilidade de uso de uma bike elétrica. Como elas podem ser usadas tanto no modo elétrico como no pedal, você vai ter a chance de aliar funcionalidade e atividade física.

Ao mesmo tempo que foge do trânsito das grandes cidades, você respira melhor e ainda pode optar por um caminho mais tranquilo e arborizado. Se tem pressa, aciona o motor, se tem tempo, pedala numa boa.

A experiência das pessoas de mais idade também deve ser levada em conta, afinal, os idosos estão entre os principais consumidores das bicicletas elétricas. Isso porque ela não exige tanto esforço para pedalar, mas ainda assim proporciona o prazer de suaves pedaladas.

Apenas para citar alguns “inconvenientes”, se você pretende utilizar apenas a função elétrica (e não precisar pedalar nada), é preciso ficar atento à autonomia da bike (falaremos da bateria abaixo). Além disso, também é preciso ter uma autorização para conduzir, como citamos acima.

Vantagens
  • Prática
  • Ajuda a fugir do trânsito
  • Não exige tanto esforço
Desvantagens
  • Depende da bateria
  • É necessário ter ACC

Bateria de chumbo ou de lítio?

Está na hora de recarregar as suas baterias? Talvez você precise de férias, um mês ou 15 dias curtindo um lugar longe de casa e do trabalho.

Mesmo assim, o tempo pode não ser suficiente para você retornar com carga total. Já para as baterias das bicicletas elétricas a realidade é bem diferente. Seja de chumbo, aquelas parecidas com as baterias de carro, ou de lítio, mais comuns em bicicletas elétricas, as baterias possuem carregamento fácil e eficiente.

Você precisa ficar atento às recomendações do fabricante, respeitar as regras de uso e o tempo de carregamento para garantir o prazo de vida útil da bateria.

Veja algumas características das modernas baterias de lítio e como elas podem facilitar o seu dia a dia com uma bicicleta elétrica:

  • As primeiras recargas não vão alcançar a autonomia total da bateria, portanto, são necessárias 3 a 4 recargas para que elas atinjam sua capacidade completa.
  • Essas 3 ou 4 primeiras recargas da bateria devem ter duração superior a 4 horas.
  • As baterias da bicicleta elétrica não viciam. Isso era bem comum de acontecer com baterias de aparelhos eletrônicos mais antigos como celulares e notebooks.
  • Nunca utilize a sua bicicleta elétrica até o descarregamento total da carga. Isso irá garantir o aumento da vida útil da bateria.

Mesmo que seja menos comum, existem bicicletas elétricas que funcionam com baterias de chumbo. A maioria dos requisitos que iremos avaliar devem fazer você optar pela bateria de lítio na hora da sua escolha.

Porém, cabe a nós apresentar a você as principais características de cada uma. Independente da sua escolha, tenha em mente que a qualidade da bateria não é o único fator a ser avaliado, porém talvez seja um dos mais importante no contexto geral da sua compra.

As baterias custam caro e se você puder aproveitá-las com qualidade por bastante tempo, mais vantajoso será o seu investimento.

Bateria de chumbo Bateria de Lítio
Peso Mais pesadas, média de 10kg Mais leves, média de 1kg a 3,5kg
Tempo de vida Vida útil de 400 ciclos de recarga Vida útil de 1000 ciclos de recarga
Preço Valores mais baixos Cerca de 40% mais caras
Recarga De 6 a 8 horas para recarregar De 2 a 4 horas para recarregar
Localização Geralmente são fixas na bicicleta Podem ser retiradas da bicicleta para guardar ou carregar

Por que devo ter uma bicicleta elétrica?

Pedalar é uma forma de contribuir com você mesmo, sua saúde física e mental, e também com o meio ambiente. Você já parou para pensar quantas horas são perdidas no trânsito diariamente? São horas de vida, muitas vezes desperdiçadas em filas intermináveis.

Stephen HawkingFísico Teórico

“A poluição, a ganância e a estupidez são as maiores ameaças ao planeta.”

Sair da rotina, pedalar, movimentar-se e ter uma vida mais leve e saudável é o desejo de milhares de brasileiros. O que muitos não percebem é que, às vezes, pequenas atitudes podem trazer esses benefícios, como a escolha do seu meio de transporte.

Se você não se considera apto a abrir mão do conforto do seu carro ou talvez a distância para o seu trabalho seja muito longa, tudo bem. Talvez então esteja na hora de você praticar uma atividade física no seu tempo livre, nos fins de semana ou nos finais de tarde.

Para alguns, pedalar é um sacrifício. Se você é daqueles que nem sai de casa, já pensando no cansaço do caminho de volta, as vantagens da bicicleta elétrica podem te animar.

Entenda, neste vídeo do Canal Mundo da Elétrica, como funciona uma bicicleta elétrica e porque ela pode trazer muitas vantagens para você:

Qual o papel do motor da bicicleta elétrica?

Se você está em busca de uma bicicleta elétrica, provavelmente gostaria de intercalar entre as pedaladas e a ação do motor da sua bike.

Salvo as exceções em que os ciclistas têm alguma dificuldade motora e não podem pedalar, o motor serve como um auxiliar para acelerar e facilitar a pedalada.

Com ajuda de um acelerador, o motor faz o papel de mover a bicicleta sem que você precise pedalar, ou ainda junto com você enquanto pedala. É ele quem define a velocidade da sua bicicleta e também te ajuda no caso de subidas que exigem mais esforço físico.

Existem dois tipos de motores comuns entre as bicicletas elétricas: o Brush, que é o motor com escovas, e o Brushless, que é o motor sem escovas, conhecido por ser mais eficiente e silencioso.

Quanto custa?

Os valores das bicicletas elétricas mais modernas e populares variam entre R$ 4.000 e R$ 6.000. Algumas bikes são vendidas sem a bateria e você vai precisar comprar este acessório indispensável.

Caso sua bicicleta venha sem bateria ou você deseje adquirir uma bateria extra, as baterias de lítio custam em média de R$ 800 a R$ 1500. Já as baterias de chumbo são mais baratas, e custam entre R$ 500 e R$ 600.

O valor da bateria varia muito conforme a amperagem, voltagem, qualidade e a marca. Lembre-se que você vai precisar trocar a bateria de tempos em tempos, conforme seu uso.

Onde comprar?

Existem algumas lojas específicas para venda de bicicletas elétricas na internet. As próprias fabricantes costumam comercializar seus itens por meio do comércio online.

Porém, este é um mercado muito novo e, portanto, é muito válido que você busque informações em blogs especializados e principalmente troque informações em fóruns sobre o assunto.

A internet é também o local onde você vai perceber os melhores preços e promoções. Na Amazon, principal loja no comércio virtual, você pode encontrar as principais marcas e modelos do Brasil, assim como na Netshoes.

Critérios de compra: Fatores que lhe permitem comparar os modelos de bicicleta elétrica

Indicadas para maiores de 18 anos, as bicicletas elétricas são realmente um meio de transporte. Antes de adquirir, avalie todas as possibilidades, funcionalidades e características como se você estivesse comprando um carro.

Pedalar é uma prática saudável e recomendada, praticamente sem contraindicações. Se a sua busca é por algo que tenha esforço físico médio e controlado, este é o caminho certo. Alguns fatores principais irão influenciar na sua decisão e serão praticamente decisivos para a sua compra:

  • Bateria
  • Motor
  • Aceleração

Vamos detalhar cada um deles para que você possa tomar a melhor decisão na hora de comprar sua bicicleta elétrica.

Bateria

Como detalhamos e comparamos acima, existem dois principais tipos de baterias disponíveis no mercado. A bateria de chumbo e a bateria de lítio. Ambas têm o seu tempo de vida útil com base na quantidade de recargas realizadas.

As principais diferenças entre elas são o peso, o preço, o tempo de recargar e a portabilidade. Baterias de chumbo são cada vez menos usadas atualmente, enquanto as de lítio ganham mais destaque no mercado pelas inúmeras vantagens que oferecem.

Imagem mostra bateria de lítio de 3V em close.

Baterias de lítio (bem maiores e mais potentes do que essa) são as mais indicadas para bicicletas elétricas. (Fonte: olafpictures / Pixabay)

Motor

Além da diferença entre os dois principais tipos de motor, Brush, com escovas e Brushless, sem escovas, existem outros fatores a serem considerados em termos de motor.

A potência dele é algo que irá influenciar no desempenho da sua bicicleta e isso depende também das suas necessidades. Com motores de até 250 watts você consegue uma boa velocidade e desempenho pedalando ao mesmo tempo em que o motor trabalha.

Para as pessoas que têm alguma deficiência ou dificuldade motora, é recomendado um motor com um pouco mais de potência. O mesmo serve para quem percorre caminhos com subidas mais íngremes.

Sabe aquelas subidas onde você já imagina que suas pernas não conseguiriam sozinhas? Então! Versões a partir de 350 watts são mais indicadas nesses casos. Já os motores com 600 watts são ideais para quem não pode pedalar ou para ciclistas mais pesados. O motor representa a força e a velocidade da sua bicicleta.

Aceleração

Já falamos que são os motores que determinam a velocidade, certo? Mas como ativar esse motor? Isso se chama aceleração e existem algumas formas de ativação.

Para quem deseja pedalar o tempo todo e ter o motor apenas como um auxiliar, as chamadas pedelecs são ideias. Neste sistema, também chamado de pedal assistido, a aceleração ocorre ao pedalar através de sensores de velocidade.

Já para os ciclistas que por algum motivos não podem ou não querem pedalar, existem as bicicletas com aceleradores manuais. Esses modelos são indicados principalmente para deficientes e idosos, já que a bicicleta funciona independente da pedalada. Basta acelerar!

A terceira e última opção são as bicicletas elétricas com aceleração mista. Você pode escolher entre pedalar com sensores ou acelerar manualmente através de um botão. Ideal para quem quer fazer longos trajetos e não pretende pedalar o tempo todo, seja num passeio ou a caminho do trabalho.

(Fonte da imagem destacada: schorschel1982 / Pixabay)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
27 Voto(s), Média: 4,07 de 5
Loading...
Avatar

Publicado por REVIEWBOX