Imagem mostra uma fileira de pessoas usando bicicletas ergométricas horizontais numa academia.
Ultima atualização: 26 de dezembro de 2019

Como escolhemos

13Produtos analisados

24Horas investidas

3Estudos avaliados

53Comentários coletados

Olá, tudo bom? Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar tudo sobre a bicicleta ergométrica horizontal, um dos aparelhos de musculação e exercícios aeróbicos mais usados nas casa e academias mundo afora.

Seja qual for o lugar, é necessário fazer uma escolha sensata do modelo de bicicleta ergométrica horizontal, para melhor exercitar o seu corpo e fazer valer o dinheiro investido. Mas não se preocupe, porque neste Guia vamos ajudar você a fazer exatamente isso, compartilhando as informações mais importantes, além, claro, dos melhores modelos.



Primeiro, o mais importante

  • Bicicletas ergométricas horizontais estão entre os aparelhos que menos causam impactos negativos para os usuários, como dores e lesões.
  • Por esse motivo, são muito indicados para grupos de mobilidade e esforço físico reduzido, como idosos e gestantes.
  • O investimento em uma bicicleta ergométrica horizontal é alto, mas dificilmente vai além da variação entre R$ 700 e R$ 3500.

Você também pode gostar:

As melhores bicicletas ergométricas horizontais: As favoritas da redação

Confira a seguir nossa lista com as melhores bicicletas ergométricas horizontais do mercado. Os modelos apresentados foram avaliados a partir de sua funcionalidade, qualidade de materiais, durabilidade e custo-benefício.

A bicicleta horizontal ideal para a terceira idade

O modelo RB802 da Evolution foi pensado para ser utilizado por pessoas da terceira idade. Sua principal característica é o conforto, já que o design protege a coluna. A distância do assento também favorece as pessoas mais baixas. Magnética, essa bicicleta tem uma pedalada suave e destaca-se por fazer pouco barulho. Suporta até 110kg.

O modelo ideal para academias

O H3 da Movement é a escolha certa para academias e salas de musculação. Robusto e prático, tem estrutura com estabilidade superior aos modelos da categoria, rodas para facilitar o transporte e sistema de ajuste simples da altura do banco. Os pedais contam com cinta firma-pé, o guidão tem design anatômico com acabamento macio ao toque e o painel de LCD de 3,5 polegadas possui extensão com porta-garrafa.

O modelo de bicicleta perfeito para sua casa

O H50 da PodiumFit é indicado para você que anseia por uma academia dentro de casa. Totalmente e facilmente personalizado, da regulagem da distância à regulagem do esforço, conta com um painel que escaneia tempo, velocidade, distância, caloria, hodômetro e pulso, fora o sensor magnético no hand grip. Tem um pedalar suave e silencioso, devido ao seu funcionamento magnético. É também um modelo bonito, com um design harmonioso em qualquer ambiente.

Guia de Compras

A bicicleta ergométrica horizontal é uma das máquinas de musculação que melhor soluciona os problemas cotidianos daqueles que buscam uma vida mais ativa. É um aparelho que proporciona grandes resultados com o mínimo de impacto e com muita praticidade.

Todo mundo, portanto, quer tirar uma casquinha dessa bicicleta, dos compradores aos fabricantes. Neste Guia de Compras, vamos mostrar as variedades, as tecnologias e outras das informações mais importantes à ela relacionadas, para facilitar a sua pesquisa pelo modelo ideal.

Imagem mostra duas amigas se cumprimentando enquanto sentadas em bicicletas ergométricas horizontais de uma academia.

Em casa ou na academia, a bicicleta ergométrica horizontal possibilita um exercício confortável e altamente eficaz. (Fonte: Ronnarong Thanuthattaphong/ 123rf.com)

Como funciona a bicicleta ergométrica horizontal?

A bicicleta ergométrica horizontal é, basicamente, uma bicicleta fixa, um aparelho de exercício aeróbico, que por sua vez é qualquer atividade que trabalhe um grande grupo de músculos e aumente a frequência cardíaca.

O uso é simples: você senta, pedala e se exercita.

Ela é chamada de “horizontal” porque, ao contrário das bicicletas – as normais mesmo, com rodas -, e das bicicletas de spinning, você pedala com as suas pernas esticadas horizontalmente, assim como bicicletas reclinadas e os famosos “pedalinhos” das lagoas de parques.

Imagem mostra o close de um pé no pedal de uma bicicleta ergométrica, focando nas estrutura da parte inferior da máquina.

Fixas e reclinadas, as bicicletas ergométricas horizontais funcionam como “pedalinhos fixos”. (Fonte: Pixabay/ Pexels.com)

Quais os benefícios bicicleta ergométrica horizontal?

A dinâmica do pedalar com as pernas na horizontal tem como resultado benefícios bastante específicos, além, é claro, dos tradicionais, comuns à qualquer atividade física regular, como bem-estar, queima de calorias e emagrecimento.

O primeiro é a estabilidade para as costas, um grande benefício para o nosso tempo, com muitas pessoas com problemas nas colunas, decorrentes das horas sentadas em frente ao computador à televisão.

Outro benefício é o menor cansaço nos exercícios.

Outro benefício é o menor cansaço, já que durante o exercício o usuário está, basicamente, parado, o que ótimo para quem precisa começar a se exercitar, e para quem precisa encarar o resto do dia com energia, depois da sessão na bicicleta.

Por último, mas não menos importante, o seu impacto quase zero nas articulações. Sentado e apoiado, o usuário não se apoia sobre seus tornozelos e joelhos, e diminui o impacto da  atividade sobre eles, assim como o risco de lesões e dores posteriores.

Porém, há algumas poucas desvantagens em seu uso, especialmente quando comparado à outros aparelhos de musculação. O primeiro é que seu foco é exclusivo nos membros inferiores, sendo necessário um complemento em outras máquinas.

Depois, o esforço necessário para queimar as calorias que, por exemplo, uma bicicleta ergométrica vertical queima, é muito maior.

Vantagens
  • Estabilidade
  • Menor cansaço
  • Sem impacto nas articulações
Desvantagens
  • Só trabalha membros inferiores
  • Maior esforço por menores calorias queimadas

Quantas calorias são queimadas na bicicleta ergométrica horizontal?

O cálculo de queima de calorias depende de diversos fatores, com a intensidade do exercício, o tempo pelo qual é feito, o peso da pessoa, fora as especificidades de cada corpo.

A média de calorias queimadas em uma hora de pedalada fica entre 200 e 330.

Considerando, assim, uma pessoa entre 75 e 90 kg, a média de calorias que podem ser queimadas em meia hora de uma pedalada, em velocidade regular, fica entre 200 e 330 kcal.

Um exercício leve, portanto, na bicicleta ergométrica horizontal, queima a quantidade mínima de calorias necessárias para se manter afastado do sedentarismo, outro problema que aflige boa parcela da população mundial.

Imagem foca na parte inferior de uma bicicleta ergométrica, mostrando apenas as pernas de uma pessoa em movimento, pedalando.

Meia horinha de pedalada na bicicleta ergométrica horizontal já ajudam você a se manter ativo. (Fonte: PaylessImages/ 123rf.com)

Quais músculos são trabalhados na bicicleta ergométrica?

A bicicleta ergométrica horizontal se destaca quando o assunto é o trabalho de músculos dos membros inferiores. Ao sentar-se e pedalar, o usuário trabalha, ao mesmo tempo, um grande grupo de músculos. São eles:

  • Quadríceps – localizado no fêmur, que fica na lateral da parte posterior da coxa;
  • Anterior da coxa – a parte inferior traseira da coxa;
  • Panturrilha – a parte atrás das canelas;
  • Isquiotibiais – outra porção anterior da coxa, mas superior;
  • Glúteos.

Quais as diferenças entre a bicicleta ergométrica horizontal e a vertical?

A diferença entre a bicicleta ergométrica horizontal e a vertical não é uma mera questão de nome. Claro que, em termos objetivos, a diferença é uma só, que é o posicionamento do assento, inferior e mais distante do painel na bicicleta ergométrica horizontal.

Isso, no entanto, acarreta diferenças vitais no exercício feito nos aparelhos. Com o assento mais alto e próximo do painel, a bicicleta ergométrica vertical faz o usuário pedalar praticamente em pé – por isso o nome “vertical” -, e num ritmo bem mais forte.

Assim, a bicicleta vertical queima mais mais calorias e tonifica um número maior de músculos. Da mesma maneira, deixa o usuário mais suscetível à dores, cãibras e, em casos raros, lesões.

Há ainda o capricho do assento, que na bicicleta horizontal é como de uma cadeira, largo e com apoio para as costas. Na bicicleta vertical, é igual ao selim de uma bicicleta normal, o que contribui para os usuários pedalarem mais em pé do que de fato sentados.

Horizontal Vertical
Exercício Sentado e apoiado Na vertical, apoiado nos braços do aparelho,
Intensidade Média Alta
Impacto físico negativo Pequeno Médio

Onde comprar uma bicicleta ergométrica horizontal?

Seja pelo alto valor, seja pelo alto porte do produto, você não encontra uma bicicleta ergométrica horizontal em qualquer loja. O melhor é você procurar em estabelecimentos especializados em aparelhos de musculação, como a Life Fitness e a Proaction Fitness.

Pela internet, suas opções aumentam, nas lojas virtuais das principais marcas, como a Movement ou a Athletic, e em sites como a Amazon e o Mercado Livre.

Imagem mostra uma fileira de bicicletas ergométricas em uma academia, todas sem ocupantes.

Em lojas físicas, busque pelas especializadas em aparelhos de musculação. (Fonte: Mark Bertulfo/ Unsplash.com)

Critérios de Compra: Escolhendo a sua bicicleta ergométrica horizontal

Como você pôde ver, a bicicleta ergométrica horizontal é muito mais complexa do que um simples banco com um pedal. Optar por um modelo, portanto, é igualmente complexo. Trazemos aqui, então, nossa lista de critérios de compra, para auxiliar a sua escolha do modelo ideal, jogando uma luz em pontos cruciais de seu funcionamento e do seu uso.

Local

Seja para montar uma academia, um pequeno salão de musculação ou só adicionar uma opção para exercitar-se na sala de casa, é necessário pensar exatamente no local onde você vai instalar sua bicicleta antes de comprá-la.

Usos mais coletivos pedem modelos mais robustos e versáteis, enquanto usos mais caseiros podem explorar melhor opções avançadas de personalização de medições, cargas e até de acomodações, além de fazer valer os modelos de pedaladas silenciosas.

Imagem mostra uma pequena sala de musculação, ocupada por três máquinas, sendo uma delas uma bicicleta ergométrica.

O local onde a bicicleta ergométrica horizontal será instalada vai definir o quanto e como suas funcionalidades são aproveitadas. (Fonte: DokaRyan/ Pixabay.com)

Tipo de usuário

Por conta da posição corporal durante o exercício, além dos poucos impactos negativos ao fim dele, este aparelho é comumente associado à idosos, obesos e outros grupos de mobilidade reduzida.

foco

Grávidas também têm muito o que aproveitar das bicicletas ergométricas horizontais.  Basta que fiquem confortáveis e monitorem sua frequência cardíaca, que não pode passar dos 104.

Essa associação, porém, não precisa ser limitante, até porque existem modelos de bicicletas ergométricas horizontais mais adequados à esses grupos, com assentos mais robustos e confortáveis e várias opções de carga.

Da mesma maneira, há modelos mais aventurosos, com opções mais avançadas de velocidades e intensidades do trabalho aeróbico. Busque, portanto, o modelo mais adequado ao tipo de usuário que você é.

Assento

Aventuroso ou não, busque sempre o modelo com o assento mais confortável possível. É um aparelho, afinal, em que você fica sentado por todo o decorrer do exercício.

Note o material  dos assentos, do revestimento ao estofado, e a regulagem de sua altura e distância para o painel. O ideal são assentos com espuma de poliuretano e a regulagem mais completa possível.

Painel

O painel de uma bicicleta ergométrica horizontal simplesmente define a experiência do usuário com o aparelho. Ele é responsável pela praticidade e funcionalidade do modelo.

Busque, então, as bicicletas com painéis intuitivos, de fácil acesso e comandos claros. Espaço para celular e outros acessórios, e proteção contra o suor de suas mãos são pontos extras.

Imagem mostra uma mulher, de costas para a câmera, usando uma bicicleta ergométrica, cujo painel, em segundo plano, é visível, mas desfocado.

O painel define a praticidade e toda a experiência de usuário do modelo. (Fonte: maridav/ 132rf.com)

Funções

Além de prático e intuitivo, o ideal é que o seu painel seja repleto de funções, para que seu modelo de bicicleta seja versáti e eficaz como aparelho para atividades aerórbicas.

Assim, volte sua atenção para o monitoramento de índices de desempenho, como frequência cardíaca , gasto de calorias, além da velocidade e a distância que poderiam ser atingidas e percorridas pelas pedaladas. Volte sua atenção também para programas que podem organizar seus exercícios, além de ajustar a carga deles.

(Fonte da imagem destacada: Trust “Tru” Katsande/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.