Chegou a hora de entrar em forma e para isso a ReviewBox Brasil lhe dá as boas-vindas e apresenta os melhores modelos de bicicleta ergométrica disponíveis no mercado. A atividade física é essencial na vida de qualquer pessoa e esse tipo de equipamento permite uma prática consistente, sem depender das condições climáticas.

Pedalar é uma atividade que garante melhor forma física e qualidade de vida em um só aparelho. E para que você possa praticar esse exercício sem sair de casa, vamos te ajudar a encontrar os melhores modelos de bicicleta ergométrica.

Para escolher a melhor, que atenda às suas expectativas, você vai precisar avaliar alguns aspectos. Se esta é a primeira vez que você está buscando por uma bicicleta ergométrica, fique tranquilo, porque nós vamos lhe mostrar cada detalhe importante na hora de escolher sua nova companheira.

Primeiro, o mais importante

  • Ter uma bicicleta ergométrica em casa vai te trazer alguns benefícios, entre eles a certeza que você terá um equipamento de qualidade para fazer seus exercícios.
  • Mantenha sua bicicleta em local visível e acessível, isso irá estimular você a praticar sua atividade mesmo nos dias quem bate aquela preguiça.
  • Busque a orientação de um profissionais de saúde e/ou educação física para ter certeza que você não irá provocar nenhuma lesão com seus exercícios diários.

Você também pode gostar:

Ranking: As 5 melhores bicicletas ergométricas

Aqui está a lista definitiva com os melhores modelos à sua escolha, para que você possa ter em casa, em breve, uma companheira fiel para seus exercícios diários. E aí: pronto para escolher sua bike?

1º – Bicicleta Ergométrica Vertical Dream

Essa bicicleta ergométrica vertical da Dream tem sistema de regulagem de esforço magnético e se destaca pela capacidade para 120 quilos. Os chassis são feitos de tubo de aço, e as carenagens de ABS.

O painel eletrônico deste modelo tem seis funções: velocidade, tempo, distância, calorias, batimentos cardíacos e RPM.

A regulagem de altura tem três níveis, e você vai contar ainda com hand grip, para a medição dos batimentos.

2º – Bicicleta Ergométrica Kikos KR9.1

A Kikos KR9.1 é uma bicicleta para o público exigente. Com uma estrutura de assento bem robusta que praticamente te abraça enquanto você faz seus exercícios, ela é indicada para quem quer conforto acima de tudo.

Além do investimento financeiro maior, você também vai precisar de mais espaço para acomodar a sua bicicleta ergométrica em casa ou na academia do seu condomínio, por exemplo.

Seu sistema de resistência é magnético, tornando a pedalada suave e bastante silencioso. Possui um display multifuncional em LCD para você acompanhar o seu exercício e informações extras sobre gasto calórico que o ajudam a estabelecer e cumprir suas metas.

3º – Bicicleta Ergométrica Spinning Life Time

Esse modelo da LifeTime é altamente indicado para profissionais. O nível de intensidade é praticamente infinito através da carga por sapatas, e a esteira tem capacidade para até 160 quilos.

É possível ajustar a altura e a distância, e o guidão é feito de material antiderrapante.

Esse modelo não tem painel, pesa 69 quilos e o fabricante garante 12 meses de garantia.

4º – Bicicleta Ergométrica Horizontal Kikos 3.8

Ideal para quem busca mais conforto ou possui alguma restrição para pedalar na bicicleta vertical, como por exemplo, dores nas costas.

Esse modelo se difere principalmente pela forma como se apresenta. Com encosto confortável, você ficará sentado com as pernas para frente, onde ficam os pedais, com tiras de segurança para firmar os seus pés.

É importante ter um bom espaço para acomodar sua bicicleta ergométrica horizontal, pois ela é um pouco maior do que as demais. Além disso, por ser magnética, esse modelo possui 8 níveis de velocidade para os seus exercícios.

5º – Bicicleta Ergométrica Portátil Acte Sports

Essa é opção perfeita para quem não tem tempo, nem espaço. Prática, leve e portátil, você pode levar sua bicicleta ergométrica Acte Sports para todos os lugares, como viagens por exemplo, e ainda guardar onde quiser, inclusive na garagem ou no carro.

O modelo tem apenas a parte dos pedais, por isso é tão prático. Você só vai precisar de uma cadeira ou sofá para se sentar e começar a pedalar.

Os pedais possuem alças de segurança e a bike vem com um visor que mostra informações básicas sobre a sua atividade. Uma excelente alternativa.

Guia de Compra

Uma bicicleta ergométrica pode ser uma parceira e tanto se o seu objetivo é entrar em forma e deixar o sedentarismo para trás. Para não correr o risco de utilizar o aparelho apenas durante alguns meses e depois deixá-lo jogado pela casa, é importante pesquisar e escolher o modelo que mais se adapte às suas necessidades.

Por isso, preparamos esse Guia de Compra. Siga lendo e saiba todos os detalhes a serem levado em conta na hora de comprar sua bike estática.

O que é uma bicicleta ergométrica e quais seus benefícios?

Se você é daquelas pessoas que já tentou muitas atividades, se matriculou várias vezes em academias, mas nada disso funcionou e você acaba desistindo de entrar em forma, a bicicleta ergométrica pode ser uma alternativa.

Ter uma dessas em casa pode ser o estímulo que faltava para você começar suas atividades regulares, criar um hábito e, por que não, uma paixão?

Pedalar é uma atividade prazerosa que proporciona muitos benefícios para a saúde e bem estar, isso sem contar as transformações no corpo. Músculos mais torneados e mais resistência física, são algumas das vantagens.

Para quem nunca praticou sempre fica aquela dúvida: Será que eu vou conseguir? Se você anda de bicicleta certamente você vai conseguir. Mas mesmo se não anda, tudo bem, porque a vantagem dessa é que você não precisa se equilibrar, basta movimentar as pernas para empurrar o pedal.

A dúvida sobre conseguir ou não está relacionada as velocidades, as simulações de subidas e descidas, aos esforço em geral. Mas lembre-se: é você quem controla tudo isso.

Imagem mostra fileira com 8 bicicletas ergométricas em uma academia. Ao fundo uma mulher pedala na última bicicleta da fila.

Em casa ou na academia, a bicicleta ergométrica é aliada na hora de manter a boa forma física. (Fonte: Holiho / Pixabay)

Mecânica ou Magnética: Qual a diferença?

Existem dois tipos de resistências diferentes para bicicletas ergométricas que você precisa conhecer.  As bicicletas ergométricas mecânicas possuem o ajuste de resistência por meio de uma cinta, que você mesmo manuseia durante o exercício, deixando o pedal mais pesado ou mais leve.

Já as bicicletas magnéticas, como o próprio nome já diz, possuem resistência através de força magnética, o que permite a alteração de velocidades de forma silenciosa, e variada, simulando inclusive subidas íngremes.

Veja as diferenças básicas entre elas e faça a sua melhor opção:

Mecânica Magnética
Ajuste feito por uma cinta Ajuste magnético
Faz mais barulho Silenciosa
Maior necessidade de manutenção Menos desgaste

Por que uma bicicleta ergométrica e não uma comum?

Quem gosta de sair por aí para passeios de bicicleta ou até mesmo usa uma bike como meio de transporte sabe os inúmeros benefícios de pedalar. Essa atividade movimenta ao mesmo tempo várias partes do seu corpo e ainda permite que você ative sensações cerebrais de prazer e satisfação.

E porque não comprar uma bicicleta comum ao invés de uma bicicleta ergométrica? O fato é que apesar dos benefícios serem semelhantes, as intenções são diferentes.

Nem sempre você tem as condições climáticas ideais para passeios de bicicleta externos, bem como as condições do trânsito e inclusive a falta de ciclovias nas estradas que nos impede de pedalar com mais segurança.

Imagem mostra rodas de bicicleta em close passando por um chão molhado.

Dias de chuva podem atrapalhar seu exercício diário na bicicleta. (Fonte: dewkort / Pixabay)

Pedalar sem sair de casa é uma alternativa de lazer e atividade física em um só equipamento. Vale ressaltar ainda que com as bicicletas de spinning você consegue simular trajetos difíceis que a maioria das pessoas não teriam coragem de percorrer se fosse com uma bicicleta comum.

Você pode inclusive baixar aplicativos de celular que lhe ajudam a criar trajetos emocionantes de bike com trilha sonora e um incentivo para você pedalar mais na velocidade certa.

Por que devo ter uma bicicleta ergométrica?

Quando você está comprometido a iniciar uma atividade física e a ter uma vida mais saudável, certamente vêm em mente uma série de acessórios úteis que podem contribuir com a sua nova fase.

Para alguns, talvez comprar uma nova roupa de academia já é suficiente, mas para outros o estímulo precisa ir além. Uma bicicleta ergométrica na sala da sua casa é algo que irá te fazer lembrar da sua mudança de vida, das práticas mais saudáveis e das vantagens de praticar uma atividade.

Além disso, não ter que enfrentar o trânsito até a academia, poder malhar assistindo na TV sua série favorita na hora que você desejar é uma das mais importantes vantagens de ter a sua bicicleta ergométrica em casa.

Não se engane, é preciso ter disciplina, algumas orientações básicas que você encontra na internet ou conversando profissionais de educação física, e só assim você vai obter os resultados desejados. A bicicleta é apenas uma ferramenta para tornar mais prazerosa e eficiente a sua atividade diária.

Onde comprar?

Apesar de serem itens de ginásticas, as bicicletas ergométricas podem ser facilmente encontradas em lojas de produtos para casa como móveis e eletro.

Para quem deseja experimentar e conhecer os modelos de perto, essa pode ser uma boa opção. Já na internet você vai encontrar uma maior variedade de marcas e modelos e também os melhores preços e promoções.

A Amazon, principal loja no comércio virtual, você pode encontrar as principais marcas e modelos do Brasil, bem como a Netshoes e Americanas.

Albert EinsteinFísico Alemão

“Viver é como andar de bicicleta: é preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio.”

Quanto custa?

As bicicletas ergométricas já foram objeto de luxo e somente pessoas de alto poder aquisitivo podiam ter uma dessas em casa.

Hoje em dia você consegue comprar uma boa bicicleta ergométrica por R$400. Mas se quiser investir nos modelos mais modernos e diferenciados, você vai encontrar modelos de até 10 a 15 mil reais.

Quais os três tipos de bicicleta ergométrica?

Existem três principais e diferentes modelos de bicicleta ergométrica que podem guiar a sua escolha:

  • Vertical
  • Horizontal
  • Spinning

O tipo de atividade que você pretende praticar ou que já prática, podem influenciar na escolha entre esses diferentes modelos.

Bicicleta ergométrica vertical

É aquela mais conhecida, que normalmente você encontra na maioria das academias de ginástica. Elas são práticas e ocupam pouco espaço. Ideais para treinos que básicos aeróbicos.

Para algumas pessoas este modelo causa certo desconforto, pois exige disciplina em relação a postura, mesmo quando bancos e guidões estão bem ajustados em relação ao tamanho da pessoa.

Bicicleta ergométrica horizontal

Pessoas com mais idade ou até mesmo com problemas frequentes de dores nas costas, buscam uma opção mais confortável e segura. As bicicletas ergométricas horizontais são as ideais.

Neste modelo a posição das pernas é diferente e além disso, os encostos desses modelos são normalmente mais reforçados e confortáveis.

Bicicleta para spinning

A última opção e nem por isso menos importante é a bicicleta ergométrica spinning, que possui um formato um pouco diferente das verticais, um pouco mais inclinada, semelhante a uma bicicleta de corrida.

Com ela você pode fazer simulações de trajetos pesados, que exigem bastante resistência e força.

Qual o diferencial do modelo Spinning?

O spinning é uma modalidade de ginástica bastante procurada nas academias. Em uma sala com bicicletas ergométricas apropriadas os alunos são desafiados a dar o máximo de esforço envolvendo carga, movimentos diferenciados, simulações de trajetos e até coreografias.

A aula de spinning é indicada para quem quer perder peso e tornear os músculos. É possível queimar até 600 calorias em uma aula de 45 minutos se você se esforçar o máximo possível.

Em casa, com uma bicicleta ergométrica do modelo spinning, você também consegue ter resultados parecidos ou até melhores. Para estimular você a conhecer mais sobre esse modelo de bicicleta e de atividade, encontramos uma aula super divertida que mais parece uma dança.

Lembre que em casa você pode seguir o seu ritmo e não precisa seguir os passos do professor.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de bicicleta ergométrica

Atendendo diferentes gostos, expectativas e condições financeiras, as bicicletas ergométricas podem facilitar a vida de quem não tem tempo de ir para academia ou pretendem criar seus próprios treinos em casa.

Mas para poder desfrutar ao máximo de sua bicicleta, alguns fatores principais irão influenciar na sua decisão e serão praticamente decisivos para a sua compra:

  • Modelo
  • Preço e qualidade
  • Ergonomia
  • Nível do atleta
  • Características extras

Vamos conferir cada um deles detalhadamente para que você possa fazer a melhor escolha.

Modelo

Este é um dos principais critérios a serem avaliados, pois ele é realmente decisivo. Caso você faça uma escolha equivocada em relação ao modelo, certamente ficará frustrado diante da sua compra.

Isso ocorre porque existe uma grande diferença entre eles. A vertical e a spinning, apesar de parecidas visualmente, não possuem as mesmas funções e capacidade de velocidade, estabilidade, peso, entre outros aspectos.

Já o modelo horizontal é diferente também visualmente. Além de ocupar mais espaço ela não dá a mesma sensação de pedalar uma bicicleta, começando pelo encosto que proporciona um conforto diferenciado.

Preço e qualidade

Nem sempre escolher um produto baseado apenas no melhor preço é a opção mais inteligente. Aquele velho ditado que diz que “o barato sai caro” realmente faz bastante sentido, principalmente na compra de um item como esse.

Os modelos mais em conta são verticais e mecânicos. São excelentes para iniciantes, porém com o passar do tempo você vai perceber que ela não permite tantas opções de cargas ou velocidades e aí a alternativa será comprar uma mais completa.

Em termos de qualidade recomendamos que você escolha as marcas mais conhecidas e referência na fabricação de aparelhos de ginástica. Outra avaliação a ser feita é a facilidade de conseguir peças de reposição e possíveis e necessárias manutenções para a sua bicicleta ergométrica.

Ergonomia

Vamos falar de conforto. E esta preocupação com o conforto vai além de se sentir bem, mas garantir que você não vai ter lesões a medida que utiliza a sua bicicleta.  Verifique entre outras coisas, se as regulagens de banco e guidão disponíveis estão suficientes para o seu peso e tamanho.

Certifique-se que o banco é confortável ou ainda se você pode se sentir melhor optando por uma versão horizontal para evitar dores na lombar.

Apesar de não ser uma atividade de grande impacto você também deve ficar bem atento aos joelhos. Caso a posição do pedal não esteja ideal você poderá sentir dores ou provocar lesões. Certifique-se que o modelo escolhido é ideal para você e atende as suas expectativas ergonômicas.

Nível do atleta

Quanto mais você pesquisa e investe em algo que realmente atenda as suas expectativas e necessidades, menor é o risco de você não usar tanto quanto gostaria a sua bicicleta ergométrica. Além do modelo escolhido, tamanho e peso e ergonomia da sua bike, outras características são fundamentais de serem analisadas.

Portanto, pergunte-se que nível de atleta você é. Iniciante, intermediário ou exigente?

Certamente, essa pergunta elimina algumas opções. Sendo você um atleta exigente, que treina para competições, precisará de uma bicicleta ergométrica mais completa. Agora, se você está começando uma prática apenas para sair do sedentarismo, não é necessário investir no modelo mais caro.

Busque esse equilíbrio entre sua necessidade de atividade e o desempenho que você busca, com os preços e modelos existentes. Analise o que realmente é necessário para que você pague exatamente por aquilo que vai usar.

Características extras

E finalmente, olhe para os detalhes de sua bicicleta ergométrica. De nada adianta você comprar um equipamento que não ofereça o mínimo de conforto.

O conforto é encontrado em diversos aspectos – e um fator que serve até mesmo como motivação para que você não desista da atividade depois de algumas semanas.

Então, observe se a bicicleta tem regulagem de bancos e guidão para que você possa fazer o ajuste de acordo com suas medidas. Perceba também se o banco é macio e qual o revestimento usado. Os pegadores são confortáveis?

São questionamentos simples que algumas pessoas não dão atenção e depois se arrependem da compra. Ainda, saiba que um painel de informações para você medir seus resultados é fundamental para manter-se em evolução. Embora encareça o produto, esse investimento pode valer a pena.

Por fim, confira como é a base da sua bicicleta ergométrica. Você consegue transportá-la para outros cômodos da casa? Essa mobilidade pode ser um diferencial.

(Fonte da imagem destacada: Wavebreak Media Ltd / 123RF)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
38 Voto(s), Média: 4,03 de 5
Loading...
Avatar

Publicado por REVIEWBOX