Imagem mostra um close de uma bicicleta com o foco seletivo. O selim está desfocado em primeiro plano, e o guidão, focado, está em segundo plano.
Ultima atualização: 27 de dezembro de 2019

Como escolhemos

13Produtos analisados

21Horas investidas

4Estudos avaliados

53Comentários coletados

Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você procura por um transporte versátil, econômico e, ainda assim, veloz, este artigo é para você: falaremos, ora, da bicicleta motorizada, a grande amiga dos ciclistas na hora da subida e do cansaço.

Então, para que você possa deixar os pedais de lado quando melhor lhe convir, montamos um Guia, que vai ajudar na sua pesquisa, na escolha, e, quem sabe, até na compra da sua próxima bicicleta motorizada. Informações importantes, modelos selecionados, dicas, enfim, conteúdo é que não falta nas páginas abaixo.




Primeiro, o mais importante

  • As cilindradas são um dos fatores que mais diferenciam modelos de bicicleta motorizada no mercado. Os valores mais comuns são 40, 50 e 80 cilindradas.
  • A bicicleta motorizada, nas condições ideais, pode chegar a 65 km/h, mas anda normalmente entre 30 km/h e 40 km/h.
  • As bicicletas motorizadas têm um preço que varia entre R$ 500, nos modelos mais básicos, e R$ 4000, nos modelos mais potentes e com design diferenciado, como as do tipo chopper.

Você também pode gostar:

Melhores bicicletas motorizadas: Os modelos favoritos dos ciclistas

A seguir, você pode conferir nossa seleção com os melhores modelos de bicicleta motorizada do mercado. Analisamos, para além de suas partes, como aro, quadro e motor, o seu desempenho e principalmente seu custo-benefício.

A  bicicleta motorizada para qualquer situação

O modelo de dois tempos da Bikelete topa qualquer situação. Com aro 17 e motor de 40 cilindradas, esta bicicleta motorizada pode chegar a mais de 50 km/h, dado seus 3 cavalos de potência de motor. Com o quadro revestido em aço carbono, tem um tanque de até dois litros, e mais 300 ml de capacidade reserva. Seu garfo tem suspensão dianteira, e os freios, tanto os traseiros como os traseiros, são à tambor.

O modelo mais robusto

O modelo da Sutton pode até assustar um pouco no começo, com seu aro vinte e seis e suas oitenta cilindradas, tamanha é sua capacidade, de potência real de 3 cavalos. Robusto, tem um tipo de motor de dois tempos e ignição eletrônica, além de V-Brake de alumínio, mesmo material do quadro, do tipo Mountain Bike. Seu tanque de gasolina tem capacidade para 1,5 litros, e mais 300ml na reserva.

O modelo de bicicleta motorizada mais econômico

O Caiçara Sport é um dos modelos mais vendidos do mercado devido sua alta economia. Além de um valor um pouco abaixo da média, faz até 65 km por litro de combustível, num tanque com capacidade para 2,5 litros. Seu motor de dois tempos, 3 cavalos e 49 cilindradas tem velocidade recomendada de 40 km/h, até onde seu quadro de aço carbono e seus freios - dianteiro e traseiro -  do tipo V-Brake, aguentam com eficácia.

Guia de Compras

Por mais saudável, ágil e prática que seja a bicicleta, tem vezes que ela não é suficiente. Não é preciso ir longe para buscar um exemplo: subidas, ruas sem ciclovias ou mesmo quando o cansaço é grande, tornam a facilidade da "magrela" numa bela cilada.

A bicicleta motorizada, assim, é uma ótima opção, um híbrido, da praticidade das pedaladas com a facilidade do motor - desde que você escolha o modelo certo. Sorte sua que neste Guia de Compras vamos dar todas as ferramentas que você precisa para encontrar a bicicleta motorizada ideal.

Imagem mostra um grupo de ciclistas pedalando bicicletas motorizadas por uma pista em meio à uma área altamente arborizada.

A bicicleta motorizada consegue combinar a praticidade das pedaladas com a facilidade de motor. (Fonte: MaBraS/ Pixabay.com)

O que eu preciso para ter uma bicicleta motorizada?

Antes de tudo, para que você possa comprar bicicleta motorizada, e andar nela, você precisa ter no mínimo 16 anos, e equipar seu veículo com buzina, retrovisores e sinalização noturna. No mais, Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) determinou regras adicionais como facultativas à cada município.

Informe-se, portanto, quanto às regras de trânsito de bicicletas motorizadas em sua cidade. De qualquer maneira, o mais comum, no caso de regras mais rígidas, seja a obrigatoriedade de CNH do tipo "A".

foco

Muitas cidades dividem as regras entre a condução motorizada e não motorizada, isto é, quando o motor está desligado, valem as regras para bicicleta, e quando o motor está ligado, valem as regras para moto.

Qual a velocidade da bicicleta motorizada?

A velocidade que a bicicleta motorizada pode atingir está, é claro, muito relacionada à capacidade do seu motor. Ainda assim, dificilmente você encontrará um modelo que tenha uma velocidade máxima menor do que 30 km/h, assim como um que atinja mais do que 65 km/h.

A média da velocidade de cruzeiro das bicicletas motorizadas, isto é, a velocidade que você andará normalmente, a velocidade que os modelos atingem sem forçar o motor, fica entre 35 km/h e 40 km/h.

Imagem mostra a silhueta de um homem numa bicicleta, que passa em alta velocidade por uma parede colorida e iluminada.

A bicicleta motorizada, com um motor potente, pode chegar a até 65 km/h. Sem forçar, entre 35 e 45 km/h. (Fonte: Flo Maderebner/ Pexels.com)

Quantos km por litro faz a bicicleta motorizada?

O consumo de gasolina de uma bicicleta motorizada é outro ponto que depende do modelo, mas também do motor, do peso do motorista e até do quilometragem da "motoneta".

Considerando um modelo novo em folha, e com um condutor com o peso médio mundial, entre 75 kg e 90 kg, uma bicicleta motorizada de 80 cilindradas, a mais potente, pode fazer até 65 quilômetros por litro.

foco

Independente do consumo do modelo, o ideal é que você possa fazer ligeiras paradas a cada trinta minutos de uso do motor, para que ele esfrie, e por consequência dure mais.

Quais as vantagens da bicicleta motorizada de 4 tempos?

A bicicleta motorizada de quatro tempos, é, junto de um motor oitenta cilindradas (do qual veremos mais em seguida) é o modelo mais potente comercializado. Focando, porém, nos quatro tempo, há uma série de vantagens e algumas desvantagens em seu uso.

A maior vantagem é a embreagem automática.

A vantagem que mais vai impactar no uso do modelo é a embreagem automática, isto é, basta acelerar que a bicicleta anda. Nos modelos de dois tempos, você precisa acionar a embreagem por uma maneta.

Outra vantagem é que, ainda que dependa das cilindradas, os modelos de quatro tempos atingem maior velocidade máxima, e um melhor consumo relativo. Por fim, contam com compartimentos próprio para o óleo, e de maior capacidade, sendo, portanto, menos trocas de óleo necessárias.

Vantagens
  • Embreagem automática
  • Maior velocidade
  • Menos troca de óleo
Desvantagens
  • Maior e mais pesada
  • Óleo específico

Porque a bicicleta motorizada 80cc é ideal para subidas?

Para poder andar apenas no motor, sem dar aquela "ajuda" com o pedal,  com a sua bicicleta motorizada em subidas, é necessário potência de arranque, e, principalmente, a capacidade de manutenção da velocidade.

O motor de oitenta cilindradas é a melhor opção neste caso, já que, junto de um modelo 4 tempos, tem um excelente arranque, além de poder chegar à altas velocidades, para este modal, é claro. Dependendo da situação, pode atingir até 65 km/h. Não que você precise de tudo isso para uma subida, mas pode ser útil em algumas situações.

Imagem mostra uma série de bicicletas motorizadas em uma loja, organizadas em plataformas.

Se você precisa subir ladeiras com sua bicicleta motorizada, nem pense num modelo que não seja 80 cc. (Fonte: SnapHappyUK/ Pixabay.com)

Qual a diferença entre bicicleta motorizada e bicicleta elétrica?

Antes de tudo, é importante que você saiba que ambos os modelos são bicicletas motorizadas. É que a motorizada tratada neste artigo usa combustível - uma mistura de gasolina e óleo -, enquanto a elétrica usa, ora, energia elétrica para alimentar seu motor.

Por conta da combustão em seu interior, a motorizada atinge maiores velocidades, numa média de 35 km/h à 45 km/h, enquanto a elétrica chega a um pouco mais de 25 km/h.

No dia a dia, a bicicleta motorizada precisa ser reabastecida à cada noventa ou cem quilômetros, aproximadamente. A bicicleta elétrica, por sua vez, vai sendo recarregada enquanto é pedalada. Ainda assim, é possível plugá-la à uma tomada, como qualquer aparelho eletrônico, para completar a carga.

Entre seus contrapontos, a motorizada precisa de maior reparos, por ter mais peças, enquanto a bicicleta elétrica é perigosa em dias chuvosos e vias alagadas.

Motorizada Elétrica
Motor Gasolina e óleo Energia elétrica
Economia Baixa Alta
Ponto negativo Reparos e poluição Velocidade e perigo em dias chuvosos e vias alagadas.

Qual o preço da bicicleta motorizada?

O preço da bicicleta motorizada varia bastante, já que são muitas partes, itens de materiais,  qualidades e capacidades , e até designs variáveis.

Você pode comprar modelos mais básicos a partir de R$ 500, com motores leves e pouco potentes, e pode levar também modelos robustos, com motores velozes e designs diferenciados, por até R$ 4000.

Onde encontrar uma bicicleta motorizada barata?

Considerando que o valor normal de uma bicicleta motorizada começa nos R$ 500, será difícil de encontrar modelos "baratos", isto é, abaixo disso.

Suas melhores chances são modelos usados, encontrados em lojas de revendas de bicicletas e outros ciclomotores, e os chamados "kits", no qual são vendidos os motores e outros acessórios a serem instalados nas bicicletas comuns.

O melhor lugar que você pode ir para buscar bicicletas motorizadas em conta é a boa e velha internet, principalmente no Mercado Livre, onde você pode negociar direto com o vendedor. Na Amazon você também encontra uma boa oferta de modelos, todos novos e de qualidade.

Imagem mostra uma velha bicicleta motorizada estacionada num chão de terra batida, em frente à um muro de concreto.

Além de modelos usados e o advento do kit, a sua melhor opção para  bicicletas motorizadas baratas é a internet. (Fonte: Instagram FOTOGRAFIN/ Pixabay.com)

Critérios de Compra: O que notar para comprar sua bicicleta motorizada

Escolher um produto que é um híbrido entre dois modais de transporte pode ser uma tarefa um tanto complicada. Por isso, montamos uma lista de critérios de compra, que são os elementos essenciais da bicicleta motorizada a serem notados antes de você decidir o seu modelo ideal.

Quadro

Assim como toda a bicicleta, o quadro é um ponto importante a ser examinado na sua bicicleta motorizada. Um quadro ideal deve ser tanto resistente, para maior segurança e estabilidade, como leve, para aerodinâmica e praticidade.

Busque por quadros de aço, carbono ou alumínio, os materiais que melhor combinam os requisitos citados acima, além de ser duráveis e acessíveis economicamente.

Imagem é um quadro no quadro de uma bicicleta motorizada, que está estacionada sobre um chão de azulejos.

O quadro da sua bicicleta motorizada deve ser igualmente resistente e leve. (Fonte: Madina Asileva/ 123rf.com)

Aro

Apesar de motorizada, o produto deste artigo continua sendo uma bicicleta. Assim, é totalmente válido comparar e selecionar modelos a partir de seu aro. Diferentemente das bicicletas comuns, com uma enorme variedade de aros, os mais comuns na bicicleta motorizada são os modelos aro 26.

De qualquer maneira, oriente sua pesquisa pelo tamanho do aro, isto é, pelo porte da sua bicicleta motorizada, e se é adequada para seu tamanho ao uso que você pretende dar a ela.

Motor

Nem é preciso explicar a importância do motor para a sua bicicleta motorizada, não é mesmo. Afinal, está no nome...de qualquer maneira, para não fazer um novo artigo só para o motor, seremos objetivos. São três elementos que você deve se atentar:

  • Cilindradas,  o desempenho do motor, medido em "CCs". Os mais comuns são 40cc, 50cc e 80cc.
  • Cavalos, a potência, medida em "HPs" que dificilmente vai além de 5HP.
  • Tempo, que fazem dos modelos mais ou menos velozes. Os mais comuns são os de dois ou quatro tempos.
Imagem mostra uma velha motocicleta estacionada numa via, em frente à um muro de tijolos.

Atente-se às cilindradas, aos cavalos e aos tempos do motor dos modelos. (Fonte: 4657743/ Pixabay.com)

Freio

Os freio também são de suma importância, para a escolha do seu modelo de bicicleta motorizada. Eles devem ser os mais seguros possíveis, e presentes tanto na roda traseira como na dianteira, e feitos de materiais de qualidade, como alumínio.

O mais provável é que você recaia na escolha entre freios a disco e "V-Brakes", estes últimos presentes na maioria dos modelos de bicicleta motorizada.

Velocidade

A velocidade da sua bicicleta motorizada também deve ser levada em conta na hora da compra, e o ideal é que esteja alinhada ao seu uso com o veículo, se para passeio, trabalho, transporte diário, enfim.

A dica aqui é notar, mais do que a velocidade média que tal modelo é capaz de atingir, é a velocidade recomendada para ele, normalmente variando entre 40 km/h e 60 km/h. Operando na velocidade sugerida pelo fabricante, você tem maior segurança na condução e maior durabilidade das peças e do motor do modelo.

Imagem mostra um rapaz fazendo uma curva em alta velocidade com sua bicicleta motorizada, numa estrada de terra

Mais do que a velocidade que o modelo é capaz de atingir, você deve se atentar à sua velocidade recomendada. (Fonte: avemario/ 123rf.com)

Uso

Não se esqueça de levar em consideração o uso que você pretende dar ao seu próximo modelo de bicicleta motorizada. Para simplificar o processo, dividimos em três principais usos: o profissional, o recreativo e o modal.

A bicicleta motorizada para profissionais deve privilegiar economia, desempenho e conforto. Deve ser um modelo que aguente ficar na rua o dia inteiro, e que ajude você a aguentar ficar nele também. A economia do modelo também é essencial, para que o gasto com combustível não atrapalhe no lucro do seu faturamento .

O recreativo, por sua vez, permite que você pense em modelos com motores mais potentes, rápidos e com designs mais elaborados. Afinal, é para passear.

O modal, que é a bicicleta motorizada usada com meio de transporte para chegar no trabalho e outros compromissos, deve ser, principalmente, resistente, isto é, que faça o trajeto diário sem problemas, tampouco tenha necessidade de uma manutenção muito recorrente.

(Fonte da imagem destacada: Huỳnh Đạt/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.