Na foto estão duas mulheres sentadas em cima de uma boia grande em formato de unicórnio no meio do mar.
Ultima atualização: 31 de julho de 2019

Como escolhemos

28Produtos analisados

20Horas investidas

2Estudos avaliados

78Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você está acostumado com aquele modelo de boia antigo circular ou utilizado nos braços das crianças deve ter se surpreendido em como esse produto passou por mudanças e ganhou novos formatos.

Hoje, além de servir para impedir que se afunde na água, a boia virou um item de decoração e de diversão. São variados tamanhos que vão do pequeno ao gigante e modelos dos mais inusitados como flamingos, unicórnios, fatias de pizza e muito mais.

Neste Review você ficará por dentro de todas as novidades desse produto e te ajudaremos a escolher a boia ideal para você, basta continuar lendo!




Primeiro, o mais importante

  • Antes de comprar qualquer boia é importante verificar o peso máximo que ela suporta e qual a idade indicada para ela ser utilizada, principalmente com crianças esses são pontos importantes para a segurança.
  • Esse é o momento para aproveitar e adquirir boias divertidas. Principalmente para adultos há uma infinidade de modelos, tamanhos e formatos.
  • O preço das boias vai desde o mais acessível até o mais caro. Inclusive, quanto maior ela for, mais cara irá custar.

Você também pode gostar:

Ranking: As 5 melhores boias

Se você já está sonhando em adquirir uma boia divertida para o verão, separamos abaixo os modelos mais bem avaliados pelos usuários para que você vá conhecendo um pouco das diversas opções que existem para compra.

1º - Boia Colchão Inflável Ice Cream Rosa - Intex

Essa boia colchão é a escolha certa para quem adora sorvetes. Com capacidade para até 100 kg, ela é ideal para relaxar, tomar um sol na piscina e ainda dar à área externa um toque de cor.

Fabricada em vinil com 30 milímetros de espessura, o que a torna resistente ao cloro da piscina e a água salgada, essa opção possui 107 cm de largura e 224 cm de comprimento, sendo recomendada a sua utilização por pessoas maiores de 14 anos.

Além disso, a boia possui duas câmaras de ar para melhorar a estabilidade e aumentar a segurança e conta com um kit de reparação para consertar danos como pequenos furos ou punções.

2º - Boia para Piscina Flamingo Inflável Gigante Rosa

Podendo suportar o peso de até 200 kg, essa boia em formato de flamingo gigante com certeza irá chamar atenção na sua piscina.

Essa opção pode ser utilizada por até duas pessoas. Ela possui duas câmaras de ar, é produzida em vinil de 35 milímetros e conta com duas asas de sustentação.

As medidas são 2,18 metros de comprimento, 2,11 metros de largura e 1,36 metro de altura. O produto acompanha ainda remendo para reparar pequenos furos.

3º - Boia Sereia Bigmouth Gigante

Seguindo a linha de boias divertidas, essa tem o formato de uma cauda de sereia. Essa opção possui mais de 1,80 de comprimento e pode ser utilizada tanto em água salgada quanto em água doce.

Muito colorida e diferente, ela conta com um anel com abertura central e seu uso não é recomendado para menores de 8 anos de idade.

4º - Boia Refrigerador / Bar Flutuante Intex

Esse modelo não é voltado para pessoas subirem na boia, mas pode ser muito útil para quem adora consumir bebidas dentro da piscina. Tendo uma capacidade de armazenar até 30 latas e uma base para 5 copos laterais, esse produto funciona como um bar flutuante.

Ele possui cerca de 89 centímetros de diâmetro, é produzido em PVC, conta com duas alças para o transporte e promete acabar com o problema de precisar sair da água para pegar produtos para beber.

5º - Boia Porta Copo e Lata Formato de Flamingo

Outra opção para segurar copos e latas é essa boia de piscina em formato de flamingo. Ela possui 18 centímetros de largura e comprimento e um espaço para apoio de copos de 8,5 centímetros.

Os flamingos são produzidos em plástico na cor rosa e além da função de segurar latas eles podem servir para a decoração em festas na piscina.

Guia de Compra

Engana-se quem pensa que boia é coisa de criança, foi-se o tempo em que isso era uma realidade. Atualmente os adultos também tem vez e podem aproveitar muito um dia na piscina utilizando esses produtos.

Seja para brincar, relaxar ou tomar sol, nesse Guia de Compra explicaremos quais são os tipos de boias existentes no mercado, suas variações e o que levar em conta antes de comprar a sua.

pernas de uma mulher sentada em uma boia de flamingo na piscina.

As boias são entretenimento para toda a família. (Fonte: Nikita Sursin / 123RF)

O que é uma boia e quais as suas vantagens?

As boias nada mais são do que acessórios para serem utilizados na água produzidos em plástico ou vinil e que quando se enchem de ar não afundam.

Elas podem ser usadas para a proteção contra afogamentos, mas também como item de relaxamento, diversão e decoração, além de auxiliarem nos esportes aquáticos.

Anos atrás, quando se pensava em boia surgia aquele modelo tradicional na mente. As famosas boias redondas ou então as que encaixam no braço.

Depois, surgiu no mercado as boias mais atrativas para bebês. Aquelas que você encaixa as perninhas dele dentro de uma boia que tem os mais variados formatos, como barco, jacaré, entre outros.

Hoje em dia é possível encontrar as boias mais divertidas para os adultos também. Seja em forma de pizza, flamingo ou unicórnio, o que não falta é opção para deixar seus momentos na piscina ainda mais divertidos.

Vantagens
  • São ótimos equipamentos de segurança para a água
  • Possuem variados tipos e modelos
Desvantagens
  • Não podem ficar próximas de objetos pontiagudos ou cortantes
  • Por serem feitas de plástico, podem estragar com facilidade

Quais os tipos de boia para crianças?

Há uma infinidade de modelos de boias para crianças e cada uma é adequada para uma fase, confira abaixo quais são elas.

Boias de pescoço

Voltadas para uso em bebês, esse tipo de boia é o menos recomendado porque pode causar acidentes com mais facilidade. Nelas a coluna cervical da criança fica fixa, enquanto que os braços e pernas estão livres.

Com isso, através da movimentação na água podem ocorrer machucados no nervo cervical e também, caso o pescoço não esteja bem esteja bem fixo, a cabeça pode passar pela abertura provocando afogamentos.

Boias de sentar

Essas podem ser utilizadas tanto por bebês quanto por crianças um pouco maiores. Elas possuem duas aberturas para as pernas e uma estrutura em volta para dar estabilidade.

As boias de sentar estão disponíveis nos mais diversos formatos e algumas inclusive possuem coberturas para proteger os pequenos do sol. Porém, é importante saber que esses modelos não são recomendados para a praia, pois as ondas podem facilmente virá-las.

Bebê sentada em uma boia amarela em um piscina de borda infinita.

A boia de sentar é segura, mas como todo modelo, precisa de supervisão. (Fonte: Ben_Kerckx / Pixabay)

Boia de braço

As boias de braço são as mais conhecidas e podem ser utilizadas para crianças com idade entre dois e dez anos. Mesmo limitando um pouco o movimento, elas dão liberdade para que as crianças possam sair do colo e brincar na água.

Mas é importante saber que esse tipo de boia merece atenção especial porque pode ser facilmente retirada pela criança, por isso, atenção redobrada!

Boia colete

Esse é um dos modelos de boia mais seguros e é recomendado pelo Conselho Científico de Segurança da Criança e Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria como a melhor para crianças com até quatro anos de idade.

Porém, é essencial verificar que ela esteja bem ajustada porque se estiver larga podem subir e machucar o usuário.

Menino usando boia colete tentando sair da piscina.

A boia colete é um dos modelos mais seguros. (Fonte: ldiem0810 / Pixabay)

Boia circular

Outro modelo muito tradicional é a boia circular. Ela não é recomendada para crianças com menos de três anos e também não é muito segura, porque é fácil se soltar delas. Porém, é uma das que mais possuem modelos e estampas no mercado.

Boia Puddle Jumper

A boia Puddle Jumper é uma união entre a boia de braços com a boia em círculo. Ela possui dois flutuadores para os braços unidos por uma boia de corpo. Esse modelo limita um pouco dos movimentos dos braços, porém deixa as pernas livres, sendo boas para quem está aprendendo a nadar.

foco

Mesmo que as boias sejam uma forma de manter a segurança dos pequenos na água, em hipótese alguma deve-se deixá-los brincar na água sem a supervisão de um adulto.

Quais as opções de boia para adultos?

Pensando nos modelos para adultos, há também uma grande variação. A mais simples é a boia circular, que é idêntica a utilizada pelas crianças, porém com tamanho e capacidade maior.

Para quem gosta de tomar sol existem as do tipo esteira, disponíveis nos mais diversos formatos, elas lembram um colchão de solteiro no qual a pessoa deita e curte a piscina.

Outra opção parecida é a cadeira flutuante. No formato de poltronas elas são boas para quem não se aventura nadando e gosta somente de relaxar na água.

A grande febre do mercado atualmente são as boias divertidas e essas existem em uma infinidade de modelos. As mais escolhidas são as de unicórnio e flamingo e algumas são tão grandes que podem abrigar diversas pessoas sentadas.

Para quem gosta de brincadeiras na água foram inventadas também as boias esportivas. Existem modelos de trave de vôlei e de gol para a diversão com bolas e em equipe.

Na foto está uma boia grande em formato de flamingo, um boia circular e duas boias do tipo esteira dentro de uma piscina.

Tanto para diversão quanto para relaxamento, facilmente você encontrará um modelo de boia que te agradará. (Fonte: Toni Cuenca / Pexels)

Os mais radicais podem utilizar as boias de reboque. Essas são acopladas na traseira de barcos e jet skis que irão puxá-las pelo mar enquanto a pessoa curte a brisa e se diverte.

Por fim, não voltada para as pessoas propriamente ditas, estão as boias cooler ou porta copos. Essas foram criadas para quem adora consumir bebidas na piscina.

Os modelos cooler possuem um espaço interno para armazenamento de latas e os porta-copos servem para condicionar apenas uma lata ou copo.

Quanto custa?

Existe uma grande variação no preço das boias dependendo do tipo escolhido. As boias de braço e em anel para crianças menores podem ser encontradas por cerca de R$ 7.

Já os coletes têm um preço médio de R$14 e as de sentar podem ser encontradas por R$ 22. Os modelos Puddle Jump são um pouco mais caros e custam a partir de R$ 140.

Os formatos em esteira para adultos possuem valores por volta R$ 30 e as boias de reboque podem ser adquiridas por um preço médio de R$ 340.

As boias divertidas para adultos têm seu preço inicial em R$ 70, com seu valor aumentando de acordo com o tamanho. Os modelos gigantes, que podem caber até seis pessoas, podem custar cerca de R$ 2.000.

Já os porta-copos possuem valores por volta de R$ 8 cada um, enquanto que as que possuem um cooler podem ser compradas por cerca de R$ 103.

Onde comprar?

Antigamente comprar boia era uma tarefa um pouco mais complicada. Os modelos para crianças eram vendidos apenas em lojas de artigos infantis e de piscina e hipermercados.

Hoje em dia como elas viraram moda são mais facilmente encontradas. Na internet é possível adquiri-las nas lojas de departamento como Amazon, Lojas Americanas e Mercado Livre, além das específicas para itens de piscina.

Em lojas físicas, elas estão à venda também nas lojas de departamento e de artigos para esporte na água ou de piscina, além dos hipermercados e lojas de utilidades.

Mas caso você tenha se interessado por algumas das que mostramos no Ranking, basta clicar no link que você será rapidamente direcionado para o site para compra-las.

foco

Você sabia que o enchimento ideal de uma boia não é aquele em que ela fica super rígida? O correto é que ela se molde ao corpo e que quando a aperte não esteja muito dura. Caso você perceba que encheu demais basta apertar as extremidades das válvulas.

Critérios de compra: O que levar em conta antes de adquirir a sua boia

Já te demos uma explicação geral para você conhecer mais sobre os modelos de boias disponíveis, seu preço e onde comprar.

Mas há ainda outros pontos a serem levados em consideração antes de escolher definitivamente qual será a sua escolha, abaixo você encontrará informações ainda mais completas para te ajudar, confira:

  • Tamanho
  • Capacidade
  • Material
  • Local de uso
  • Estabilidade

Agora você vai entender a importância de refletir e considerar cada um desses fatores.

Tamanho

Você já viu nesse Guia que existem diversos modelos de boias e com isso diversos tamanhos também.

Pensando mais especificamente nas maiores, elas podem ser lindas, saírem bem nas fotos e terem capacidade para abrigarem mais de uma pessoa, porém todos esses benefícios tem uma desvantagem: o tamanho.

Há alguns modelos que passam dos dois metros e não são funcionais para piscinas menores, nesses casos é melhor abrir mão da gigante e pegar uma boia um pouco menor.

Vale lembrar que alguns condomínios não permitem o uso de boias para adultos na piscina de uso comum, portanto se você pretende comprar uma para ser utilizada nesses locais é bom dar uma checada nas regras.

Capacidade

Quando pensamos em crianças essa questão é essencial. Existem boias para variados pesos e idades e respeitar essa especificação é importante para garantir a segurança dos pequenos na água.

Os modelos para adultos também possuem uma capacidade máxima e caso recebam um peso maior do que o recomendado podem estourar.

Bebê em boia circular na piscina sorrindo para a câmera.

Confira o peso que a boia suporta para oferecer segurança para seus fihos. (Fonte: maalbak / Pixabay)

Material

Os materiais mais recomendados para boias são o PVC e o vinil. Eles são resistentes e possuem boa durabilidade. O vinil conta ainda com variações de espessura, o que é positivo para se adequar ao peso que a boia irá suportar.

Porém, qualquer que seja o material da sua boia é importante ter alguns cuidados para garantir a boa conservação dela. Abaixo você encontra algumas dicas:

  • Após o uso deve-se enxaguar a boia com água limpa para tirar o cloro ou o sal.
  • Quando não tiver sendo utilizada, a boia deve ser guardada em local seco, longe do sol e de produtos químicos.
  • Evite arrastar a boia em pisos ásperos.
  • Quando for guardá-la não escolha espaços muito quentes, que podem amolecer o plástico e deixar a válvula e o pino frouxos, ou muito frios que podem ressecar e rachar.

Local de uso

Como citamos acima, tem boias que não são recomendadas para crianças no mar, pois são menos seguras quando em contato com as ondas e podem causar acidentes.

Para adultos há modelos específicos para esportes ao ar livre, que devem, portanto serem usadas em rios e mares. Para piscinas a grande maioria pode ser utilizada, já que elas possuem água com poucas ou nenhuma ondulação.

Na imagem uma bebê usando um chapéu rosa da Minnie dentro de uma boia de sentar com tema de sapo.

Boias de sentar não devem ser utilizadas no mar, pois possuem pouca estabilidade e podem virar facilmente. (Fonte: Terry Jaskiw / Unsplash)

Estabilidade

Essa questão também está ligada a segurança. As boias flutuam em cima da água e a possibilidade de virarem enquanto alguém estiver em cima delas é grande.

Por isso, principalmente ao comprar as boias grandes e gigantes analise quantas câmaras de ar elas possuem, o padrão para proporcionar boa estabilidade é duas.

(Fonte da imagem destacada: Djordje Petrovic / Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.