Bolsa de bebê sobre bancada em quarto do bebê.
Ultima atualização: 7 de junho de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

48Comentários coletados

Sair de casa com o bebê requer bastante atenção aos detalhes. São muitos itens necessários e contar com uma boa bolsa térmica para bebês é uma excelente saída para levar mamadeira e comidinhas. Hoje vamos conversar sobre essa grande companheira das mamães. Seja muito bem-vinda ao ReviewBox Brasil.

Além de fralda, lenço umedecido e mudas de roupa, se o bebê já está na fase de introdução alimentar ou se alimenta com fórmula, também é preciso carregar o alimento do bebê. Nesse caso, a bolsa térmica é uma facilitadora na rotina. Quer saber mais? Continue com a gente ao longo desse Guia de Compra para fazer a melhor escolha.




Primeiro, o mais importante

  • A bolsa térmica para bebê pode ser encontrada em diversos modelos, como frasqueira, mochila ou bolsa tradicional.
  • Ela pode ser toda térmica ou conter bolsos específicos, para escolher o modelo certo, depende do que você precisa conservar enquanto está passeando com seu bebê. Refletir as necessidades do seu filho é importante para a satisfação da compra.
  • Você pode gastar entre R$ 50 a mais de R$ 300 na compra de uma bolsa térmica para bebê. Existem modelos para todas as necessidades e orçamentos.

Você também pode gostar:

As melhores bolsas térmicas para bebê: Para todos os tipos de mamãe

Precisa sair com seu bebê e levar líquidos ou alimentos que requerem conservação de temperatura? Nesse caso, você precisa de uma bolsa térmica para bebês. Selecionamos os melhores modelos para você, confira:

Mochila maternidade unissex térmica completa

Essa mochila da Safety First é ideal tanto para papais quanto para mamães. Ela é espaçosa, possui muitas divisórias e tem bolso térmico, além de porta-mamadeira térmico. Ainda acompanha trocador, porta-chupeta com alça para transporte, porta-lenços e porta-chaves interno.

A nova queridinha das mamães

Por ser compacta, mas bem dividida, esse modelo de bolsa térmica para bebê se tornou a nova preferida das mamães. Ela tem um design bastante neutro, combinando com todos os looks da mulher. Ela é impermeável, tem bolso para fraldas e outro bolso com abertura para lenços. Na frente há uma divisória térmica onde é possível colocar três mamadeiras.

Bolsa térmica tradicional para bebês

Para quem prefere o modelo tradicional de bolsa, essa é uma excelente opção para o dia-a-dia. Essa bolsa é toda térmica, possui divisórias internas, bolsos laterais e um bolso frontal grande. Ela vem com um trocador e pode ser usada tanto no ombro como modelo de mão.

Bolsa maternidade moderna com térmica separada

Essa é uma opção bem completa, moderna e minimalista, para mamães que gostam de discrição. Ela é bem ampla e com fácil acesso aos compartimentos. Acompanha uma bolsa térmica para conservar alimentos e líquidos na temperatura ideal. Outro acessório é a bolsinha para guardar produtos de higiene do bebê que possui um gancho para pendurar. Vem ainda com trocador.

Frasqueira térmica para mamadeiras e papinhas

O modelo frasqueira é excelente para transportar exclusivamente itens que precisam de conservação de temperatura, como mamadeira e papinhas. Ela conserva os alimentos por até 3 horas. Não possui divisória interna e seu forro é impermeável, facilitando a limpeza. Na parte externa possui dois bolsos laterais e um frontal com zíper, facilitando o acesso aos pertences da mãe.

Guia de Compra

Contar com uma bolsa térmica para bebê é uma facilidade e tanto para crianças que se alimentam de fórmula ou estão na fase de introdução alimentar, já que conservar a temperatura de líquidos e alimentos é essencial.

Pensando em facilitar sua escolha, criamos esse Guia de Compra recheado de informações. Fique com a gente até o fim para saber fazer a melhor compra.

Close em mão de mãe organizando bolsa de be

A bolsa térmica para bebê é excelente para crianças que tomam fórmula ou estáo na fase de introdução alimentar. (Fonte: serezniy/ 123rf.com)

Por que investir em uma bolsa térmica para bebê?

A bolsa térmica para bebê só traz vantagens para as mamães. É com ela que é possível levar os alimentos do bebê quando for necessário sair de casa.

Não importa se a criança toma fórmula ou já está na fase de comer comidinha sólida, conservar a temperatura de certos alimentos e líquidos é essencial para não estragar. E claro, facilita muito a vida dos pais que não precisam ficar procurando meios de aquecer mamadeiras ou papinhas.

Mesmo para os bebês que ainda mamam no peito, investir nessa bolsa já é pensar na frente e poupar uma segunda compra no futuro, quando o bebê estiver na fase de introdução alimentar.

Os pais podem levar até mesmo alguns itens para seu próprio consumo.

Atenção, alimentos quentes e frios não devem ser colocados juntos.

A bolsa térmica conserva a temperatura quente ou fria, portanto, você pode levar desde frutinhas frescas até alimentos aquecidos. Mas atenção, alimentos quentes e frios não devem ser colocados juntos.

E comprar uma bolsa térmica não torna o investimento mais caro, existem modelos para todas as necessidades e orçamentos.

Porém, como desvantagem, alguns modelos conservam a temperatura por pouco tempo.

Vantagens
  • Conserva temperatura quente e fria
  • Praticidade para alimentar o bebê fora de casa
  • Ideal para todas as mamães, que amamentam no peito, dão fórmula ou estão na fase da introdução alimentar
  • Modelos variados para todos os orçamentos
Desvantagens
  • Podem conservar o alimento por pouco tempo

Bolsa térmica para bebê ou porta-mamadeira?

Além da bolsa térmica, que pode ter diferentes divisões e compartimentos, existe também o porta-mamadeira. Diferente da bolsa, ele costuma ter capacidade apenas para uma ou duas mamadeiras.

O porta-mamadeira pode ser térmico ou de isopor. Geralmente é um item extra, que complementa um jogo de bolsas. Sendo assim, é algo a mais para os pais carregarem no dia a dia.

Além disso, por ele ter um formato circular para o encaixe da mamadeira, você não consegue levar outros alimentos.

Por outro lado, eles costumam segurar melhor a temperatura do líquido.

É importante refletir sobre a necessidade do seu bebê. Se ele apenas mama fórmula e esse porta-mamadeira for um complemento de uma bolsa que também possua compartimento térmico para quando ele começar a comer comidinha sólida, pode compensar o investimento.

Bebê no bebê conforto dentro do carro tomando mamadeira.

Com uma porta-mamadeira, ela fica em fácil acesso para as mamães e está sempre quentinha para o bebê. (Fonte: Kirill Ryzhov/ 123rf.com)

Qual a melhor: mochila ou bolsa térmica?

A tradicional bolsa de maternidade você já conhece. Elas geralmente são temáticas e possuem design relacionado ao infantil, têm formato retangular e podem ter compartimentos térmicos. Costumam ser bem espaçosas, e algumas vezes, até mesmo grandes demais.

Porém, a mochila térmica tem caído no gosto de mamães e papais. Por ser levada nas costas, deixando os braços livres, um detalhe importante para quem precisa carregar um bebê. E por esse mesmo motivo é mais saudável, já que distribui o peso igualmente entre os dois ombros.

foco

Você sabia que a mais nova queridinha das mamães é a Lequeen? Por ser super prática e moderna, a bolsa maternidade mais vendida no mundo vem fazendo sucesso também no Brasil.

Além disso, a mochila traz um estilo mais neutro e moderno, combinando mais com a mãe do que com o bebê. Existem até mesmo modelos bem neutros, que podem ser usados pelos pais.

Outro ponto alto é que, assim como uma mochila tradicional, ela costuma ser melhor dividida.

Bolsa maternidade Mochila maternidade
Vantagem Bem espaçosa Equilibra peso entre ombros e é mais moderna
Desvantagem Deve ser carregada em um só ombro Algumas podem ser pequenas e mal divididas

O que levar na bolsa do bebê?

Para preparar a bolsa do bebê para um passeio três fatores principais devem ser levados em consideração: a estação, idade do bebê e o tempo que vocês passarão fora de casa. Esses fatores alteram o que levar e também a quantidade dos itens.

De qualquer modo, separamos algumas dicas para que você não esqueça nada, independentemente da idade do seu filho.

  • Higiene: trocador, fraldas, lenço umedecido, pomada para assadura, cueiro e álcool em gel;
  • Roupas: conjunto de body, macacão, calça e blusa, meia, sapatinho, manta e fraldinha de boca – tudo de acordo com a estação, sempre levando em conta variação de temperatura. Se estiver muito frio, considere levar um gorro e uma coberta mais quente;
  • Alimentos: papinhas, comidinha previamente preparada, frutinha, água, mamadeira com água e o leite do bebê, caso ele não mame no peito;
  • Extras: sacolinha para roupa suja, babador, colherzinha, mamadeira, chupeta, copo de transição, brinquedos, documento do bebê, termômetro e medicamentos.

Com esses itens na mala você tem tudo que precisa e o passeio está garantido. Lembre-se de levar a quantidade suficiente para o tempo em que você estará fora. Tente achar um bom equilíbrio entre não exagerar e sobrecarregar o peso e não deixar faltar fraldas por ser sucinta demais, por exemplo.

Quanto custa e onde comprar uma bolsa térmica para bebê?

O preço de uma bolsa térmica para bebê varia muito. Depende do modelo, tamanho e marca. Você pode encontrar opções a partir de R$ 50 ou pagasse mais de R$ 300.

Você pode comprar uma dessas em lojas de artigos para bebê, geralmente lojas de enxovais possuem diferentes modelos.

De qualquer forma, comprar pela internet traz ainda mais opções e boas ofertas. Confira nos sites da Amazon Brasil, Lojas Americanas e Grão de Gente.

Critérios de Compra: Fatores para comprar uma bolsa térmica para bebê

Estamos chegando ao fim desse guia, mas não podemos terminar sem te passar essas dicas finais. Anote os critérios de seleção e acerte na sua compra:

Confira os tópicos mencionados em detalhes.

Design

Vimos que a bolsa térmica para bebê pode ter um design tradicional, mais infantil e bem temático, ou ainda combinar mais com a mamãe ou papai, puxando para neutralidade e com tom mais moderno.

Muitas mães não gostam de bolsa de bichinho, então uma mochila neutra pode ser uma boa saída, que combinará com diversos looks. Outras mamães adoram ter uma bolsa cor de rosa cheia de detalhes para sua menina. É uma questão de estilo. Qual o seu?

Material

Considerando uma melhor qualidade, o material interno da bolsa deve ser impermeável. Além de ser mais fácil de limpar, caso vaze algum liquido não vai sujar a parte externa.

O revestimento externo pode ser composto por diferentes materiais. Procure modelos que sejam resistentes e fáceis de lavar.

Tamanho

O tamanho, ou seja, a capacidade da sua bolsa é muito importante. Nem sempre a maior bolsa é a melhor para sua realidade, portanto, antes de escolher, reflita quais os tipos de passeio você mais realiza.

Uma ida ao pediatra requer necessidades diferentes de um dia inteiro passeando na casa da vovó. Entender suas necessidades vai fazer com que você compre a bolsa certa.

Gestante sentada arrumando bolsa com checklist na mão.

Escolha uma bolsa que acomode tudo que precisa para seus passeios. (Fonte: comzeal / 123rf.com)

Compartimentos

Talvez esse seja o critério mais importante para sua seleção. Uma bolsa bem dividida é sinal de organização. Mas, além disso, se tratando de uma bolsa térmica, como é esse compartimento? Cabe alguma garrafa ou mamadeira? Quantas? Tem algum elástico para prender potinhos? Ou algum bolso interno?

Analise bem como é a configuração interna da bolsa para ter certeza de que todos os pertences – seus e do bebê – estarão bem organizados. Isso garante facilidade na hora do uso. Afinal, não encontrar o que procura pode atrapalhar bastante sua vida na rua com um bebê.

Acessórios

Por último, mas não menos importante, o que vem junto com a bolsa? Se tratando de uma bolsa térmica para bebê geralmente o trocador faz parte do pacote, mas existem modelos que possuem acessórios extras, como porta-mamadeira, protetor de chupeta, porta lenço umedecido, entre outros.

(Fonte da imagem destacada: belchonock/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Sofia Vargas Psicóloga Infantil
Estar em contato com crianças todos os dias em seu consultório não é o suficiente para Sofia. Ela também passa boa parte de seu tempo livre pesquisando sobre o comportamento infantil. Junte isso a sua paixão por moda infantil e temos a pessoa certa para dar dicas sobre os pequenos e seus looks preferidos.
Curiosa por natureza, escolheu jornalismo na graduação. Adora pesquisar sobre os mais diversos assuntos, especialmente aqueles relacionados a construção do lar, crianças e maternidade. Apaixonada pelos animais e cada vez mais interessada pela sustentabilidade, quer trazer mais sobre esses universos para o leitor.