Imagem de dois peixes pequenos em aquário.
Ultima atualização: 8 de junho de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

19Horas investidas

4Estudos avaliados

47Comentários coletados

Montar um aquário é um hobby que exige estudo e dedicação. Para viverem bem, os peixes precisam de algumas condições e a bombinha de aquário é uma delas. Hoje vamos falar sobre esse equipamento, seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil.

Não importa se você quer um aquário de água doce ou salgada, pequeno ou grande, com ou sem plantas, preparamos um guia para ajudar todo iniciante no aquarismo. Aqui você encontra os melhores produtos e dicas especiais para que você faça a melhor escolha para seus pets nadadores, siga com a gente.




Primeiro, o mais importante

  • A bombinha de aquário serve para circular a água e aumentar sua oxigenação, equipamento fundamental para criar um ambiente saudável para os peixes.
  • As bombas podem ser divididas em diversos tipos, mas podemos classificá-las entre externa e interna.
  • Um aquário pode ser de água doce ou salgada. Esse é um detalhe que deve ser considerado na hora da escolha, já que altera o nível de oxigenação da água. Outros pontos importantes serão abordados ao fim desde artigo nos Critérios de Compra.

Você também pode gostar:

As melhores bombinhas de aquário: Nossas recomendações

Está iniciando a montagem de um aquário? Saiba que entre os equipamentos fundamentais está a bombinha. Selecionamos alguns modelos para te ajuda nessa escolha:

Bombinha submersa para aquários médios

Essa bombinha de aquário é ideal para pequenos aquários, com vazão de água entre 60 e 170 litros por hora. Sua coluna d'água é de 55 cm. É uma bomba de circulação para aquários de água doce ou salgada, tendo aplicação em pequenas fontes e chafarizes. É silenciosa e produz intensa movimentação de água, com baixo consumo de energia.

Bombinha submersa para aquários grandes

Embora pequena, essa é uma bomba submersa bastante potente. Ideal para aplicações em climatizadores, recalques, filtros biológicos, pequenas fontes, chafarizes e para circulação em aquários de água doce e salgada. Sua vazão é 400 a 1.000 litros por hora e sua coluna d'água de 2 metros.

Bomba de ar externa para aquários de até dois litros

Esse viveiro é compacto, para quem tem pouco espaço em casa, mas ainda quer oferecer o melhor para seu papagaio. Sua dimensão é de 156 cm de altura, 67 cm de largura e 67 cm de comprimento. Ele tem pintura especial, rodinhas para transporte, conta com poleiros internos e externos e sua bandeja facilita a limpeza.

Guia de Compra

A bombinha de aquário é um equipamento indispensável para a montagem de um ambiente saudável para os peixes. No artigo de hoje queremos te ajudar a compreender melhor sobre os diferentes tipos.

Se você pretende iniciar esse hobby, se preparar previamente é fundamental para garantir um aquário adequado para seus novos pets. Afinal, é naquele espaço que eles viverão todo tempo, e por isso, deve ser o melhor possível.

Menino observando peixes em um pequeno aquário.

Envolver as crianças no cuidado de um aquário pode ensiná-las a ter senso de responsabilidade. (Fonte: Tatyana Tomsickova/ 123rf.com)

Para que serve a bombinha de aquário?

A bombinha de aquário é um equipamento usado para circular a água e oxigená-la. Assim, é possível criar um ambiente mais saudável para os peixes. Pense que em seu habitat natural, esses nadadores vivem em águas com constante fluxo. A bombinha recria esse movimento, tentando imitar essa renovação da água.

Mas suas serventias vão além dessa resumida definição, dependendo do tipo de bomba.

Em conjunto com os demais equipamentos, como o filtro, ela garante um aquário adequado para seus moradores. Ela também auxilia o funcionamento de outras peças, como chafarizes.

Ainda, através do movimento da água, nutrientes são distribuídos por todo o aquário, aspecto importante para melhorar a qualidade da água e prevenir doenças.

Além desses aspectos, a bomba também deixa o aquário mais “vivo”. A circulação da água movimenta suas plantas, deixando o espaço mais natural e dinâmico.

Vantagens
  • Circula oxigena a água
  • Oferece ambiente mais saudável para os peixes
  • Auxilia funcionamento do filtro e outros equipamentos
  • Distribui nutrientes pelo aquário
  • Contribui para um aquário mais dinâmico e vivo
Desvantagens
  • Ocupam espaço
  • Investimento extra

Quais os diferentes tipos de bombinha de aquário?

Basicamente as bombas podem ser divididas em submersas e externas. Dentro dessas categorias existem outras especificações. Cada modelo tem características específicas e vai servir para diferentes necessidades.

Obviamente, as bombinhas de aquário submersas devem ser instaladas dentro do aquário, abaixo da superfície de água. Elas são ótimas para levar a água até o filtro. São fáceis de instalar, mas podem deixar a água fria, o que pode exigir o uso de um aquecedor.

Já os externos, devem ser instalados fora do aquário ou dentro dele, sobre a superfície da água, o que facilita sua limpeza. Tubos de entrada e saída são responsáveis pela movimentação da água.

Peixes alaranjados nadando em um aquário.

Cada tipo de aquário exige um tipo específico de bomba. (Fonte: Dmitry Maslov/ 123rf.com)

Em ambos os casos é importante observar se são indicados para água doce e salgada, o fluxo de vazão de água e sua coluna d’água. Falaremos mais sobre isso nos Critérios de Compra.

Quando devo instalar uma bomba em um aquário?

A bombinha de aquário é quase sempre útil, embora algumas espécies de peixe dispensam o uso dela. Você deve se lembrar que um Betta vive sozinho em um pequeno aquário e não precisa da bombinha. Assim, como ele, outros peixes não precisam do equipamento.

A bombinha pode ser um grande aliado em situações de emergência.

Porém, se você é um iniciante na prática de aquarismo, a bombinha pode ser um grande aliado em situações de emergência. Isso porque, como vimos, ela ajuda a aumentar a quantidade de oxigênio, importante para os peixes. E você não deve querer correr o risco de não ter oxigênio suficiente no seu aquário.

Quando está muito quente a capacidade de absorver oxigênio é menor, então a bombinha de aquário também pode ser ainda mais essencial no verão ou locais mais quentes.

Além disso, se o aquário não possui plantas naturais, deve ter uma bomba.

A forma de instalação e o local da bomba no aquário vão depender do tipo de bomba usado. Ela costuma ser simples e as instruções, que geralmente vêm com o equipamento, devem ser seguidas para o sucesso da instalação.

Menino mexendo em aquário.

Quanto menor o aquário menor a necessidade de vazão e coluna d’água. (Fonte: famveldman/ 123rf.com)

Como limpar um aquário?

De nada adianta instalar uma bomba e deixar a água suja. A sujeira também interfere na oxigenação da água e dificulta a respiração dos animais.

A frequência dessa limpeza vai depender das características do aquário, como tamanho, tipo de água e peixe. De forma geral, a limpeza costuma ser semanal ou quinzenal. Confira algumas dicas para essa limpeza:

  1. Desligue os equipamentos elétricos, como filtro e bomba, em funcionamento. Faça a limpeza deles;
  2. Retire os enfeites do aquário e faça a limpeza deles com uma escovinha em água corrente, sem usar qualquer produto;
  3. Limpe a parte interna do vidro com produtos específicos para limpeza do aquário;
  4. Com uma peneira remova os resíduos maiores;
  5. Trate a água que será inserida no aquário. Você encontra produtos específicos para o tratamento da água em pet shops ou na internet;
  6. Remova até 30% da água do aquário com a ajuda de um sifão. Posicione o sifão no fundo para que ele remova essa sujeira acumulada;
  7. Coloque os enfeites limpos e os equipamentos de volta dentro do aquário;
  8. Insira a água tratada com o auxílio do sifão. Certifique-se de que a temperatura seja semelhante da água no interior do aquário para evitar o choque térmico, que pode matar os peixes.

foco

Você sabe um aquário exposto à luz do sol pode precisar de limpeza mais frequente? Isso porque o sol aumenta a proliferação de algas.

Quanto custa e onde comprar uma bombinha de aquário?

Você pode comprar uma bombinha de aquário em lojas específicas para quem pratica aquarismo, embora elas não sejam tão fáceis de serem encontradas fisicamente. Alguns pet shops ou agropecuárias também podem vender esses produtos.

Mas a internet acaba sendo o melhor local para achar a bomba certa para seu aquário. Confira na Amazon Brasil, Lojas Americanas e Submarino.

O preço varia muito de acordo com o tipo de bombinha. Você pode gastar apenas R$ 30 ou mais de R$ 1.000. Um detalhe importante é que no caso de bombas de aquário tamanho não é documento para determinar o preço. Bombas pequenas podem ser bastante potentes.

Critérios de Compra: Saiba como escolher uma bombinha para seu aquário

Agora você já sabe da importância de ter uma bombinha em seu aquário. Ela é um dos equipamentos que mantêm a água saudável. Antes de você escolher, confira dicas finais:

Leia cada tópico abaixo.

Sistema de filtragem

Sabendo que a bombinha de aquário trabalha em conjunto com os demais equipamentos, especialmente com o filtro, é importante que ambos sejam compatíveis.

O filtro é escolhido primeiro, de acordo com as necessidades do peixe. Após essa etapa, escolha uma bomba ideal para o filtro em questão.

Capacidade de vazão e coluna d’água

A capacidade de vazão de água é medida em litros por hora (l/h). Esse dado indica o quanto de água passa pela bomba dentro de uma hora. Essa escolha vai depender do tamanho do aquário e do tipo de bomba.

A bomba deve ter seis vezes a quantidade total de água do aquário. Se seu aquário possui 100 litros, escolha uma bomba de pelo menos 600 l/h. Um aquário de 200 litros, precisará de uma bomba de 1200 l/h. E assim sucessivamente.

Já a coluna d’água significa a altura máxima que a bomba consegue jogar água verticalmente.

Aquário com pequenos peixes.

Quanto menor o aquário menor a necessidade de vazão e coluna d’água. (Fonte: Frantisek/ 123rf.com)

Tipo de água

É comum que muitas bombinhas de aquário sejam compatíveis com água doce e salgada, porém, algumas acabam sendo mais indicadas do que outras. Antes de escolher, confira se o modelo que você escolheu é compatível com seu tipo de aquário.

Aquários de água salgada requerem equipamentos próprios para não enferrujarem. Nesse tipo de aquário, é essencial manter a água em movimento, pois a oxigenação é inferior.

Tamanho e fixação

Esse critério é especialmente importante se você escolher uma bomba interna. Cuidado para não comprar um modelo grande demais e ocupar muito espaço no interior do aquário.

O fato de a bomba ser pequena não interfere em nada sua capacidade. Bombas do mesmo tamanho podem ter capacidades bem diferentes.

Outro ponto importante é o modo de fixação dessa bombinha de aquário. Algumas funcionam por imã, outras por ventosa. Escolha aquela que lhe oferece mais firmeza e facilidade de manuseio para limpeza.

Potência e consumo energético

As bombas podem variar muito em potência, e isso interfere diretamente no consumo energético dela. Obviamente, quanto mais potente, maior será o consumo mensal.

De qualquer modo, elas não costumam consumir muita energia, mas como é algo que fica ligado direto, em conjunto com outros equipamentos do aquário, pode merecer sua atenção.

(Fonte da imagem destacada: Irina_kukuts/ pixabay.com)

Por que você pode confiar em nós?

Andreia Sales Presidente de ONG de Animais
Ter quatro cachorros e três gatos em casa ainda era pouco para Andreia. Por isso, há 6 anos, ela decidiu abrir uma ONG para resgatar e cuidar de bichinhos indefesos. Outra forma que encontra que cuidar dos animais é compartilhando, na internet, seu conhecimento e experiência sobre os produtos que facilitam a vida dos pets.
Curiosa por natureza, escolheu jornalismo na graduação. Adora pesquisar sobre os mais diversos assuntos, especialmente aqueles relacionados a construção do lar, crianças e maternidade. Apaixonada pelos animais e cada vez mais interessada pela sustentabilidade, quer trazer mais sobre esses universos para o leitor.