Um local de trabalho com uma mesa, computador, iluminária e cadeira giratória. Ao fundo, existe um armário com plantas, livros e pastas.
Ultima atualização: 31 de maio de 2021

Como escolhemos

15Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

85Comentários coletados

Cada vez mais as pessoas passam mais tempo sentadas no dia-a-dia. Porém nem sempre prestam atenção na sua postura ao realizarem as atividades rotineiras. Por isso, a cadeira ergonômica pode ser uma peça fundamental para o cotidiano.

Com ela, além de evitar problemas posturais, é possível aumentar a concentração e acelerar a produtividade nas tarefas a serem feitas. Não deixe de checar nossas dicas a seguir antes de escolher um modelo de cadeira ergonômica para comprar. Veja:




Primeiro, o mais importante

  • Cadeiras ergonômicas são importantes para garantir conforto e bem-estar a usuários que passam muitas horas sentados. Atualmente, o mercado oferece modelos específicos para a realização de diferentes atividades.
  • Ao invés de escolher um modelo de cadeira ergonômica pelo design do produto, prefira observar critérios como o acabamento das peças, os ajustes dos componentes ou o material de fabricação.
  • Produtividade, redução de problemas posturais, alívio de dores e concentração estão entre os benefícios alcançados por quem opta por utilizar cadeiras ergonômicas nas atividades diárias.

Melhores cadeiras ergonômicas: nossas recomendações

As cadeiras ergonômicas permitem que os usuários realizem atividades sentados em uma posição confortável e equilibrada, sem trazer prejuízos a sua saúde e bem-estar. Conheça alguns modelos existentes desse produto:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre cadeira ergonômica

Selecionar uma cadeira ergonômica com tantos modelos disponíveis no mercado não é fácil. Quer descobrir a ideal para você? Leia nosso Guia de Compra com as principais dúvidas sobre o assunto!

Uma mulher em uma sala de trabalho, sentada em uma cadeira de escritório. Ela observa o notebook em uma mesa com acessórios como papéis, caneca de café e luminária.

As cadeiras ergonômicas são usadas especialmente em ambientes de trabalho em que as pessoas passam longas jornadas de tempo sentadas. (Fonte: gpointstudio/Freepik)

O que define uma cadeira ergonômica?

As cadeiras ergonômicas são usadas para deixar as pessoas em uma posição confortável ao realizarem atividades sentadas. Para ser uma cadeira ergonômica, o equipamento precisa possuir determinadas características.

No Brasil, esses parâmetros são definidos pela Norma Regulamentadora 17 (NR17) do Ministério do Trabalho e Emprego. Nas orientações existem dimensões físicas e dimensionais exigidas aos produtos.

Entre as principais definições da NR17 está a necessidade de que a cadeira tenha inclinação e adaptação à curvatura da coluna, que os braços da cadeira estejam no nível da mesa e que o descanso dos braços fique na altura dos cotovelos.

A palavra ergonomia é derivada dos termos gregos "ergon" (trabalho) e "nomos" (normas). Hoje ela é conhecida por orientar as medidas para reduzir riscos à saúde humana relacionados, principalmente, às condições no trabalho.

Existem modelos diferentes de cadeiras ergonômicas?

Cada vez mais novos modelos de cadeiras ergonômicas são criadas para se adaptarem a diferentes finalidades. Saber os tipos disponíveis no mercado é o primeiro passo para escolher o aparelho ideal.

Na tabela a seguir, colocamos os modelos mais populares de cadeira ergonômica com suas especificidades para você conhecer. Confira:

Cadeira presidente Cadeira diretor Cadeira executiva Cadeira secretária Cadeira gamer
Características Possue encosto para cabeça reclinável com controle de todos os componentes Semelhantes às de presidente, têm assentos largos e encostos reguláveis Alguns ajustes para adaptação dos usuários e mobilidade por meio de rodinhas Quase sempre de formato fixo com menos ajustes É a que mais pode ser ajustada, têm assentos estofados e design moderno
Utilidade Para uso prolongado de até 12 horas Muito utilizada por membros de diretoria executiva em empresas Colocadas em "áreas de staff" das organizações para uso da equipe administrativa Ideais para usuários que não passam o dia todo sentados Feitas para jogadores (amadores ou profissionais) que passam dia e noite sentados

Quais os benefícios de usar uma cadeira ergonômicas?

Mais do que gerar conforto, as cadeiras ergonômicas são importantes pelas vantagens à saúde física e mental. Veja algumas:

  • Redução de problemas posturais: É o principal benefício deste equipamento. Dores na coluna, punhos ou ombros são menores graças aos ajustes do aparelho.
  • Aumento na produtividade: Sem o desconforto na postura, você pode ficar mais tempo em uma sessão de trabalho sem dor ou exaustão.
  • Adaptação a cada indivíduo: Nem todos os mobiliários são feitos para os diversos padrões físicos. Ter uma cadeira ergonômica permitirá o ajuste do aparelho para os contornos do seu corpo.
  • Flexibilidade: Com a cadeira giratória, é possível fazer movimentos ágeis sem levantar. São adaptáveis e usadas para vários tipos de atividades.

Em quais atividades normalmente as cadeiras ergonômicas são usadas?

É recomendado que as pessoas tenham uma cadeira ergonômica para realizar qualquer atividade em que fiquem muito tempo sentadas. Entretanto, cada tarefa exigirá funcionalidades específicas.

Para quem passa muito tempo sentado, trabalhando ou estudando, pode optar por modelos com apoio de braços e ajustes inteligentes. Em salas de reuniões, formatos fixos com menos controles são ideais. Para hobbies em casa já existem padrões personalizados como as cadeiras gamer.

Quais problemas de saúde podem ser amenizados com o uso da cadeira ergonômica?

A falta de ergonomia nos ambientes gera principalmente doenças ocupacionais. Entre as principais consequências estão as lesões por esforço repetitivo (LER) ou distúrbios osteomusculares de trabalho (ORT).

Também é perceptível que a ausência de aparelhos ergonômicos afeta o bem-estar, trazendo problemas como stress, ansiedade ou fadiga. Visão, coluna e respiração são outros itens que podem ser atingidos.

Um homem em um escritório. Ele está de costas, sentado numa cadeira giratória, em frente ao computador. A cadeira ergonômica

Ter uma cadeira ergonômica traz benefícios à saúde física e mental dos usuários. (Fonte: StartupStockPhotos/ Pixabay)

A cadeira ergonômica pode ser combinada com outros equipamentos?

O mercado oferece outros acessórios, que junto com a cadeira ergonômica, gerarão conforto e segurança aos usuários. Um deles é o descanso de pés, que mantém a coluna alinhada e aumenta a circulação sanguínea.

Outro exemplo é o suporte para notebook para deixar a altura da tela compatível à linha dos olhos, mantendo a postura e os ombros endireitados. Também existem apoios para punhos e antebraços para serem acoplados à mesa.

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar os modelos de cadeira ergonômica

A eficiência da cadeira ergonômica só fará sentido se o modelo for adequado à finalidade pretendida. Então, não deixe de analisar as características citadas abaixo antes de escolher um exemplar:

Encosto

Para selecionar o melhor encosto, você deve verificar se oferece apoio total para sua coluna. Além disso, ele deve ser ajustável de modo que acompanhe a curvatura da região lombar.

Também é preciso que tenha braços reguláveis que fiquem à altura de 20 a 25 centímetros do assento. A recomendação é de que sejam fabricados em materiais como espuma para garantir maior conforto.

Assento

Assentos com controle de altura, por amortecedor e pistão, são preferíveis, mantendo a pessoa sentada a 90º com pés totalmente apoiados no chão. Enquanto as bordas devem ser arredondadas, proporcionando bem-estar.

Segundo a NR17, o valor do ajuste entre o piso e o assento deve ficar entre 37 a 50 centímetros.

Qualidade do Acabamento

Olhar somente o design não garantirá a segurança indicada. Por isso, critérios como o material da fabricação, o revestimento das peças ou a espessura do preenchimento merecem atenção no momento da compra.

Esses itens serão responsáveis por mostrar a durabilidade do produto e proporcionar o conforto na hora do uso.

Componentes Reguláveis

Outra dica é perceber os componentes de ajustes do produto para se adaptar as necessidades dos usuários. Cada modelo possuirá tipos de regulagens diferentes.

Opte por versões com a possibilidade de inclinação do assento e do encosto de modo independente. Ainda é interessante considerar a finalidade da cadeira para escolher o modelo ideal.

Um escritório onde um homem está trabalhando. Ele está sentado numa cadeira giratória e, ao redor, estão vários computadores. Na parede existem quadros. O ambiente também tem outras mesas de trabalho, porém sem pessoas.

A principal característica das cadeiras ergonômicas é a possibilidade de ajuste dos componentes de acordo com o usuário. (Fonte: tookapic/ Pixabay)

Alt Text: Um escritório onde um homem está trabalhando. Ele está sentado numa cadeira giratória e, ao redor, estão vários computadores. Na parede existem quadros. O ambiente também tem outras mesas de trabalho, porém sem pessoas.

Espaço Disponível

De nada adianta uma cadeira de um design decorativo se ela não se encaixa ao ambiente. Antes de optar por um modelo, pense no local em que ele será inserido.

Verificar o espaço disponível para a cadeira pode evitar futuros problemas de adaptação. Além disso, para modelos giratórios, observe se as rodinhas combinam com o assoalho, evitando danos ao piso.

Resumo

É preciso enxergar as cadeiras ergonômicas além do que meros elementos decorativos de um ambiente. Mais que design bonito, elas são peças fundamentais para a saúde de qualquer indivíduo que passa muito tempo sentado.

As especificidades de cada modelo - como ajustes de regulagem nos encostos, assentos e braços - afastam problemas posturais e permitem mais conforto e bem-estar na realização de atividades.

Assim, escolher uma cadeira que realmente atenda aos critérios das normas ergonômicas pode ser o primeiro passo para garantir bons resultados em suas tarefas.

(Fonte da imagem destacada: freepik/ Freepik)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas