Xícara de café vermelha com grãos espalhados.

Se você é uma daquelas pessoas que não vive sem café e está à procura de uma cafeteira para facilitar sua vida e ainda assim saborear um café delicioso, chegou ao lugar certo. Seja bem-vindo ao site da ReviewBox Brasil.

Com a ajuda da tecnologia – ou até mesmo sem uso dela – as empresas vêm tentando facilitar a vida das pessoas desde o despertar. Por esse motivo surgiram muitas opções de cafeteira.

Nesse guia de compras completo vamos te apresentar 6 diferentes tipos de cafeteira e o melhor modelo de cada processo de preparo do café. Considerando sabor, praticidade, valor, entre outros. Fique conosco até o fim para uma escolha acertada.

Primeiro, o mais importante

  • O café está presente no lar de 98% dos brasileiros. Isso explica a importância da cafeteira na nossa rotina. A cafeteira é uma grande aliada nesse preparo.
  • Existem diferentes processos para o preparo de café e nós vamos de apresentar 6 deles e os melhores modelos de cada tipo de cafeteira.
  • Defina o modelo ideal para você através dos critérios de compra ao fim desse guia. Local de uso, tipo de café, praticidade e limpeza são fatores importantes na compra da sua máquina de café.

Você também pode gostar:

As melhores cafeteiras: Nossas escolhas

Tomar um café quentinho ao acordar é um ritual para maior parte da população. O que difere esse acontecimento nas residências do país, é o modo de preparo da bebida. Nesse ranking você conhecerá a melhor cafeteira de cada tipo para escolher qual o modelo ideal para sua casa. Confira:

Para preparar um delicioso expresso

Essa cafeteira da marca Oster é um modelo de cafeteira expresso compacta que permite o uso de café em pó, cápsula ou sachê. Ela prepara dois cafés de uma só vez. E tem um vaporizado para um cappuccino ou latte cremoso.

O reservatório de água tem capacidade para 1,2 litros, já no de leite cabe até 600 ml, suficiente para o preparo de 10 cappuccinos. Ela possui uma bomba profissional com 19 bares de pressão, fabricada na Itália. Isso garante um expresso mais encorpado e saboroso.

Review em Vídeo

Veja como usar nesse vídeo demonstrativo da própria marca:

Para preparar um café fresquinho

Essa cafeteira de sifão da KitchenAid permite preparar pouco mais de 1 litro de café de corpo médio. O mesmo que 8 xícaras grandes ou 24 pequenas. Esse tipo de cafeteira garante café com sabor limpo e complexo.

É feita de vidro de alta qualidade e possui detalhes em aço inox. Acompanha um filtro reutilizável em aço inox, 2 filtros de pano, e um acessório de duas pontas – sendo uma escova de limpeza e outra colher medidora.

Review em Vídeo

A KitchenAid tem um vídeo para explicar o produto:

Uma opção para café em cápsula

A Lattissima One da Nespresso é uma cafeteira em cápsula. Ela aquece em apenas 25 segundos e também desliga 9 minutos automaticamente após inatividade, mas ainda possui um sistema de standby automático após 30 minutos de utilização.

Possui ainda modo de economia de energia programável, apoio de xícara dobrável, reservatório para um litro de água e duas opções de medidas para as bebidas: 40ml ou 110ml. Tem um compartimento de descarte para 10 cápsulas usadas. Ela funciona com 19 bar de pressão para extração de um café perfeito.

Uma clássica cafeteira italiana

Como estamos preocupados em trazer as melhores cafeteiras do mercado para você, a cafeteira italiana da Bialetti não poderia ficar de fora. Esse modelo prepara até 18 xícaras pequenas de 50 ml de café, ou seja, 900 ml no total.

Perfeita para quem gosta de receber familiares e amigos para um delicioso cafézinho expresso em casa. Essa cafeteira italiana possui 31,5 centímetros de altura e é feita de alumínio e nylon. Ela é compatível com fogões a gás, elétrico e de indução.

A cafeteira mais usada pelos brasileiros

Essa cafeteira elétrica da Hamilton Beach segue o modelo tradicional que talvez seja a forma de preparo mais utilizada pelos brasileiros. A grande diferença dessa cafeteira é que possui 2 modos de preparo, podendo servir um único copo ou uma jarra completa.

Ela tem capacidade para até 35 xícaras pequenas de café. A jarra é de vidro e mantém o café aquecido. Você pode escolher entre usar café moído ou sachê. Possui também um filtro permanente. Ela pausa automaticamente para servir o café, tem cronômetro programável e desliga sozinha em até 2 horas após o preparo.

Uma opção de prensa francesa

A cafeteira French Press da Bialetti, também conhecida como cafeteira francesa ou êmbolo, tem o corpo de aço inoxidável. A sua alça é de náilon e resistente ao calor. É compacta e leve. A capacidade dela é de 350 ml.

Com esse tipo de cafeteira é possível extrair um café muito saboroso e aromático de forma simples e rápida. Basta colocar o pó no recipiente de vidro, adicionar água quente e impulsionar o êmbolo para baixo. Só colocar na xícara e beber. É um produto 4 estrelas, avaliado por mais de 50 clientes satisfeitos no site da Amazon.

Review em Vídeo
Veja como funciona nesse vídeo do canal Tudo com Café:

Guia de Compra

Para muitas pessoas o dia não começa sem uma xícara de café. Mas a correria do dia a dia muitas vezes não permite que todos tenham o café da manhã ideal. Um despertar com calma, podendo preparar um café sem pressa e sentar a mesa com tranquilidade para a refeição. Muito bonito na teoria, porém pouco real no dia a dia.

Pensando nessa realidade, queremos facilitar sua vida. E ao longo desse guia vamos apresentar diferentes tipos de cafeteira e forma de preparo, assim você escolhe aquela que mais se adapta a sua realidade.

Imagem mostra barista preparando café em cafeteira.

No dia a dia, as vezes fica difícil preparar um café com calma, por isso é muito bom ter uma cafeteira. (Fonte: Quang Nguyen Vinh / Pexels)

Quais os tipos de cafeteira e as vantagens de cada uma delas?

Com certeza você pode preparar seu café antes mesmo de sair para trabalhar, ou seguir sua rotina sem muito trabalho. Existem muitos modelos de cafeteira que pensam no usuário e trazem praticidade para uma vida corrida.

As empresas vêm, ao longo dos últimos anos, entendendo e se adaptando as reais necessidades do cliente. As pessoas estão imediatistas, não possuem mais tempo para perder com o que não seja de fato relevante.

Poder preparar um café delicioso sem muito esforço, pode parecer uma solução simples aos nossos olhos, mas transformou os hábitos e vida de muita gente que vem buscando otimizar o tempo.

Ferver a água, coar o pó, armazenar o café em garrafas não parece mais ser uma opção.

Seja elétrica, italiana, em cápsula, expresso, de sifão ou francesa, você vai encontrar a máquina de café ideal que se adapte a sua rotina e necessidades nesse guia de compras. Confira como funcionam, as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Cafeteira elétrica

A maioria de nós sabe como funciona uma cafeteira elétrica. Basta colocar o filtro – geralmente de papel – na parte superior, adicionar o pó, completar o reservatório com água e apertar o botão. Pronto, o preparo começa e agora é só esperar.

Essa talvez seja a forma mais comum de preparar café no Brasil e também uma das mais baratas entre as citadas nesse guia.

A cafeteira elétrica convencional é muito prática. Você pode ir até a cozinha assim que acordar, fazer os processos iniciais da cafeteira e enquanto ela passa o café você pode se arrumar e fazer tudo que precisa preparar sair de casa. Quando estiver pronto, bebe o café e sai.

View this post on Instagram

O inverno deste ano promete, então é melhor já garantir um aparelho que inspire dias muito mais quentinhos. Que tal a Cafeteira Multi Chá e Café? O bacana é que com ela você tem duas funções em um único aparelho. Você programa seu café e ainda tem à disposição um dispenser de água quente para chás, cappuccinos e outras bebidas prontas. E os dois lados ainda podem ser programados com até 24h de antecedência. Exatamente! Ela é programável para se adequar à sua agenda, e flexível para atender às suas necessidades. Você ganha tempo com soluções práticas e aproveita melhor seus momentos. E do jeito mais quentinho possível. #cafeteira #chaleira #cozinha #culinaria #inverno #café #horadochá #hamiltonbeach #cappuccino #praticidade #eletroportateis #eletrodomesticos

A post shared by Hamilton Beach Brasil (@hamiltonbeachbr) on

Além disso, outra grande vantagem desse equipamento é que é possível fazer café para a família inteira devido a capacidade das jarras. Agora se você mora sozinho ou até mesmo com mais alguém, não vale a pena usar essa cafeteira. Outros modelos que vamos falar mais a seguir são ideias para casas com poucas pessoas.

Vale ressaltar também que se você quer um cafézinho mais encorpado, cremoso, essa não é a cafeteira certa para você. Continue lendo para saber mais sobre outros modelos.

Cafeteira italiana

Trata-se uma cafeteira a vapor, que produz um café mais saboroso e encorpado, muito semelhante ao café expresso.

A cafeteira italiana tradicional é composta de uma base, um funil com filtro perfurado e borrachas de vedação e uma parte superior que se encaixa na base com o funil no meio. Todas as peças são de metal.

Basicamente você coloca água na base (sempre abaixo da válvula de segurança), encaixa o filtro, coloca o pó nesse filtro e rosqueia a parte superior. Após montada, você vai levar sua cafeteira italiana ao fogo baixo. É importante supervisionar o preparo do café.

Ao aquecer, o vapor que surgiu dentro da sua cafeteira vai fazer com que a água suba e passe pelo funil onde está o café. Dessa forma o café ficará na parte superior da cafeteira Moka.

Quando o café começar a subir, feche a tampa e retire do fogo para não correr o risco de queimar a bebida. Como essas cafeteiras costumam ser pequenas, se você demorar muito seu café pode ficar com gosto de queimado.

Confira como fazer um delicioso café em casa com esse vídeo do canal Mexido de Ideias:

Café expresso forte é uma das vantagens. Só exige que você fique fiscalizando do início ao fim e isso pode ser uma desvantagem para alguns. De qualquer modo, o processo ocorre de uma forma muito rápida. É possível ter seu café prontinho em apenas 5 minutos.

Você também terá um café quentinho a cada xícara. Por conta do vapor, o café sai muito quente. Essa é ainda a forma mais semelhante ao café expresso de máquinas profissionais feito do conforto da sua casa.

Embora seja um investimento um pouco alto, você acaba economizando com filtros em longo prazo. E ainda preserva o sabor do café sem que ele passe por muitos materiais diferentes, sendo que o contato dele é apenas com o metal.

Outra desvantagem é que até você pegar o jeito, você corre o risco de queimar o café. Se essa é a que mais te agrada, para saber mais sobre esse tipo de cafeteira e conferir os melhores modelos clique aqui.

Cafeteira em cápsula

Praticidade é o ponto alto dessa cafeteira. Basta que você escolha o que gostaria de beber naquele dia, insira a cápsula na máquina, preencha o reservatório de água e aperte um botão. E pronto, seu café fica prontinho em menos de 1 minuto.

Sem contar que essas máquinas garantem um café fresquinho a cada xícara. As cápsulas já possuem a porção exata para a produção de uma xícara de café. Dessa forma você pode variar entre café expresso, café com leite, cappuccinos, chocolatto, chococcino e chás.

Outra grande facilidade dessas cafeteiras, é a forma de limpeza. A maioria delas possui um sistema simples de retrolavagem. E esse é um detalhe importante para não acumular fungos e bactérias no seu aparelho.

É uma solução de médio investimento se comparado com as cafeteiras tradicionais. Porém, se pensado em longo prazo, a cafeteira em cápsula pode gerar uma economia, não havendo mais desperdício de café, que é muito comum no processo tradicional.

Além disso, a cafeteira em cápsula funciona com mais pressão, garantindo a qualidade do café. Em relação a preservação do aroma e sabor da bebida ainda no seu processo de armazenamento, por serem porções individuais, as cápsulas fazem melhor esse trabalho. Uma desvantagem é o fato de as cápsulas gerarem mais lixo plástico.

Cafeteira expresso

Uma cafeteira expresso pode fazer um saboroso café expresso, encorpado e tradicional no conforto da sua casa. A máquina de espresso é uma solução para quem gosta do café mais forte, que preserve o máximo do potencial de cada tipo de café.

Por conta da pressão bar utilizada nessas máquinas, o café fica muito diferente do passado em cafeteiras tradicionais ou ainda em coador de pano. E essa é justamente uma das grandes vantagens em ter uma dessas em casa: o sabor do café.

É também uma solução para o desperdício. Com uma cafeteira expresso em casa, você prepara seu café a cada xícara, não tendo mais necessidade do uso de garrafas térmicas. Eliminando a garrafa térmica, você elimina outro problema e ganha outra vantagem.

Como você prepara uma ou duas porções por vez e sempre utiliza a máquina na hora em que vai beber o café, a garantia de que ele estará muito quente é total. A pressão desse tipo de máquina expresso faz com o que café saia super quente.

É muito simples usar uma máquina dessas. Basta adicionar uma medida de pó no compartimento específico, apertar um botão e deu, em poucos minutos você tem sua xícara pronta.

Mais uma excelente vantagem de ter uma dessas é poder convidar seus amigos coffee lovers para uma conversa apreciando um excelente café no aconchego do lar. A grande questão é que o investimento costuma ser um pouco alto e talvez isso seja uma desvantagem se você não tiver consciência disso previamente.

Pensando ainda nas desvantagens, quem investe em uma dessas máquinas, geralmente investe também em um grão ou pó de café de melhor qualidade. E isso pode elevar seu custo mensal se você toma muito café no dia a dia.

Cafeteira de sifão

Talvez você nunca tenha ouvido falar nesse método de fazer café embora seja muito antigo, desde 1830. É também conhecida como cafeteira Globinho, sua ideia inicial consiste em dois modos de preparo, sendo imersão total e filtragem.

Tem um design muito diferenciado, elas lembram experimentos científicos. O preparo é um verdadeiro processo artístico.

Você deve colocar o pó no recipiente superior e preencher o inferior com água. Quando a base aquece e a água começa a esquentar, ela vai passar para o recipiente superior se misturando com o pó despejado lá anteriormente.

Depois desse processo, o café vai começar a descer novamente e o filtro impedirá que o pó desça junto com o líquido, deixando o café puro, pronto para o consumo.

Essa é uma das formas mais puras de fazer o café porque o pó só entra em contato com o vidro e a água, preservando todos os óleos naturais do grão. É uma técnica para grandes apreciadores do café.

O sabor é sem amargor, possui baixa acidez e uma doçura particular desse preparo. E essa é uma grande vantagem desse modelo.

Uma desvantagem é que o investimento é mais alto. Então é uma opção para os apaixonados por café, que procuram um café simples, porém extremamente natural e saboroso.

Cafeteira francesa

Também conhecida como French Press, ou cafeteira êmbolo, a Cafeteira francesa é uma das formas mais tradicionais na Europa. Ela prepara o café rapidamente, trazendo agilidade para o café da manhã. Ela é composta de um recipiente cilíndrico – que costuma ser de vidro – e pistão.

Você deve colocar o pó nesse recipiente, adicionar a água já quente e pressionar o êmbolo que possui uma pequena tela de metal. Esse processo vai separar o pó do café e deixá-lo prontinho para consumo em pouco mais de 1 minuto.

Quanto mais tempo você deixar, mais cafeína terá e mais amargo será. Você pode controlar o tempo que deseja. É necessário usar uma moagem média a grossa, se o pó for muito fino pode entupir o filtro e deixar o café turvo, podendo sentir o pó na boca. E para algumas pessoas isso pode ser considerado uma desvantagem.

View this post on Instagram

Preparar um café de qualidade e com um método de preparo adequado traz inúmeros benefícios para a nossa saúde. O café possuí efeito energético, melhora nosso desempenho cerebral, eleva nossa taxa metabólica, queima gordura, eleva a adrenalina na corrente sanguínea e nos dá uma dose extra de animação para praticar atividades físicas. O método French Press Bialetti, é um dos métodos mais eficazes na extração da bebida, proporcionando uma experiência sensorial de amora, sabor, doçura, acidez e corpo que são inigualáveis. Agora que você já sabe todos esses benefícios "bora" preparar um bom Café? ☕❤️ Bom dia e ótima terça-feira para os Coffee Lovers e Bialetti Lovers de plantão!

A post shared by Bialetti Brasil (@bialettibrasil) on

Não tem necessidade de ir ao fogo e não consome energia elétrica. São vantagens que geram economia nos dois sentidos. Além disso, esse processo deixa o café com um sabor natural e é muito rápido.

Você pode encontrar uma French Press em diferentes tamanhos, podendo servir apenas uma pessoa ou mais integrantes da família. E ainda é extremamente fácil de lavar por ter poucos componentes, saiba mais sobre este tipo de cafeteira clicando aqui.

Abaixo, você pode comparar essas diferenças e características de cada uma através dessa tabela. Assim fica mais fácil entender qual modelo ideal para você.

Cafeteira Tipo de café/moagem Ideal para Investimento Funcionamento
Cafeteira elétrica Café coado, moagem fina Consumo em família Baixo investimento Funciona ligada na tomada
Cafeteira italiana Café a vapor encorpado, moagem média/ grossa Apreciadores do expresso Médio investimento e economia a longo prazo Necessário levar ao fogo
Cafeteira em cápsula Quem gosta de café cremoso Apreciadores de um bom café Médio investimento Funciona ligada na tomada
Cafeteira expresso Café expresso, moagem fina Apreciadores do expresso Alto investimento Funciona ligada na tomada
Cafeteira de sifão automática Café a vapor, moagem média/ grossa Apreciadores de um bom café Alto investimento O modelo trazido aqui funciona ligado na tomada
Cafeteira francesa Café prensado, moagem média/ grossa Quem busca preparo rápido que o sabor do café Baixo investimento Não vai ao fogo e nem precisa ser ligada na tomada

Você sabia que o café é a segunda bebida mais consumida no país?

Nem mesmo a cerveja desbanca o famoso cafézinho, que ocupa a segunda posição no ranking de bebidas mais consumidas no Brasil. Água é a primeira colocada.

Uma pesquisa patrocinada pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) concluiu que cada brasileiro bebe 81 litros de café no ano, o que equivale a 220 ml por dia, ou seja, uma xícara grande.

O café está presente em 98% dos lares brasileiros.

Ele está presente nos lares de 98% dos brasileiros. Logo, uma máquina de café é essencial em praticamente todas as casas do Brasil.

Ainda de acordo com a Abic, o Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Em 2017 nosso país consumiu 1,7 milhão de toneladas de café.

Com tantas opções de cafeteira no mercado, com certeza esse consumo deve crescer cada vez mais.

foco

Você sabia? Além de ser a segunda bebida mais consumida no país, o café é o segundo produto mais comercializado do mundo, ficando atrás apenas do petróleo!

Quanto custa uma cafeteira?

Trouxemos modelos diferentes para você conhecer e escolher aquele que mais se encaixa ao seu gosto e também ao seu bolso. Então não há um preço médio, tendo em vista que cada tipo de cafeteira apresenta diferentes funções e vantagens.

Os modelos mencionados são os melhores produtos de cada categoria e variam entre R$ 100 e R$ 1.400. Uma margem muito grande de preço.

Um preço médio seria o da melhor cafeteira em cápsula, por exemplo, que pode ser comprada por R$ 699 na promoção no site da Amazon. Já uma French Press custa R$ 144,90, sendo a mais barata da lista. A mais cara é a cafeteira de sifão automática, R$ 1.399.

Onde comprar uma cafeteira?

Para comprar sua cafeteira em uma loja física, primeiro você precisa definir qual gostaria de ter na sua casa, pois nem todas as lojas vendem todos esses modelos. E nós vamos te dar dicas para essa decisão logo abaixo nos Critérios de Compra.

Mas para facilitar sua compra, as lojas online são uma excelente alternativa, por terem todos os modelos e também os preços mais baixos.

No site da Amazon, por exemplo, você encontra todas as cafeteiras mencionadas nesse guia. Lojas como Americanas, Ponto Frio e Magazine Luiza também vendem alguns desses produtos.

Foto de café expresso em xícara branca.

Há vários modelos de cafeteiras, como apresentado neste artigo, e você pode comprá-las online. (Fonte: Chevanon Photography / Pexels)

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes tipos de cafeteira

Depois de conhecer tantos tipos de cafeteira é normal que você fique pensando qual o modelo ideal para você. E por isso os critérios de compra podem ajudar nessa etapa, para que você realmente decida qual delas quer ter na sua casa.

E para que você decida por conta própria, levando em conta sua rotina e suas necessidades, vamos fazer algumas perguntas sobre a sua realidade que podem ser determinantes para essa escolha.

  • Tipo de café
  • Praticidade
  • Uso doméstico ou empresarial
  • Limpeza

Tipo de café

Você gosta do café coado simples? Prefere um café mais encorpado, como o expresso? Ou quem sabe ainda um cremoso? Gosta de variar entre chá e outras bebidas?

Essas são as perguntas mais importantes. Você precisa saber qual tipo de café prefere e aprecia para a sua escolha. De nada adianta comprar uma máquina em cápsula se gosta de um café expresso encorpado.

Assim como alguém que goste de variar entre diferentes tipos de café, como é possível através da máquina em cápsulas, ficaria descontente com uma french press ou cafeteira italiana, por exemplo. Essas diferenças você pode conferir na nossa tabela comparativa.

Imagem de café em cafeteira sendo despejado em xícara com grãos de café na frente.

O tipo do café vai depender muito do seu gosto, se prefere um café mais encorpado ou mais fraco. (Fonte: Georgi Petrov / Pexels)

Praticidade

Todas de certa forma são bem práticas. Porém, umas são mais que outras. Praticidade tem a ver com a facilidade do processo de preparo, a agilidade e claro a limpeza do produto.

Então se você tem pressa, considere esses três fatores para escolher a mais prática, se isso for mais importante do que o sabor do café.

As cafeteiras em cápsula acabam sendo as melhores opções para esse público. Basta colocar a cápsula e apertar um botão. Tem botão de retrolavagem e suja apenas uma xícara.

Outros modelos acabam tendo mais processos – como aquecer a água para a french press, ou levar a cafeteira ao fogo como a italiana – e levam um pouco mais de tempo.

Foto de pessoa segurando jarra de café preto e despejando em xícara.

A cafeteira ajuda muito na correria do dia a dia. (Fonte: rawpixel.com / Pexels)

Uso doméstico ou empresarial?

Essa pergunta elimina algumas hipóteses. Se é para sua casa, uma cafeteira compacta pode ser suficiente. As cafeteiras francesa, italiana e de sifão são modelos indicados apenas para uso doméstico.

As duas primeiras, especialmente para uma casa com poucas pessoas. Numa empresa, elas não seriam nada usuais por causa dos processos e da capacidade. Pense se cada funcionário precisasse usar o fogão para fazer um café expresso italiano.

Por outro lado, os modelos em cápsula, máquina de expresso ou até mesmo a cafeteira elétrica tradicional podem ser ótima opções para pequenas empresas, especialmente as duas primeiras que produzem apenas uma xícara.

Considere também as medidas da máquina de café e também em que lugar você colocaria o modelo escolhido.

Imagem de duas xícaras de café preto sendo seguradas.

Alguns tipos de cafeteira são ideais para uso doméstico, verifique antes de comprar caso seu objetivo seja utilizar no escritório. (Fonte: Pixabay / Pexels)

Limpeza

Se a agilidade é importante na hora de fazer o café, imagina na hora de limpar a máquina. Considerar se o aparelho é de fácil limpeza é essencial para otimizar tempo.

Verifique se há um processo de retrolavagem, se você consegue desencaixar algumas peças com facilidade para higienização, se o design facilita a limpeza da máquina de café por fora.

(Fonte da imagem destacada: Christoph / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Phamela Hinhel
Phamela Hinhel
Redatora
Curiosa por natureza, escolheu jornalismo na graduação. Adora pesquisar sobre os mais diversos assuntos, especialmente aqueles relacionados a construção do lar, crianças e maternidade. Apaixonada pelos animais e cada vez mais interessada pela sustentabilidade, quer trazer mais sobre esses universos para o leitor.