Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre um equipamento que permite eternizar um momento: a câmera fotográfica. Nos últimos anos, o mundo da fotografia tem sofrido uma revolução, pois as câmeras dos celulares estão se aproximado das profissionais no quesito qualidade da imagem.

A tendência é que os celulares tenham cada vez mais espaço, mas eles provavelmente nunca vão tomar o espaço das câmeras profissionais e semiprofissionais.

Este artigo da ReviewBox Brasil serve de guia para que você tenha as melhores dicas e consiga escolher a câmera fotográfica mais adequada às suas necessidades. Abaixo, você também poderá conferir uma listagem dos melhores equipamentos disponíveis na internet.

Primeiro, o mais importante

  • Se você está em dúvida se deve escolher entre uma câmera profissional ou uma câmera semiprofissional, o artigo vai esclarecer as suas questões.
  • Dentre as características que deve buscar em uma câmera antes de adquiri-la, estão: Modo manual; ISO; Megapixels; Tamanho e peso; Sensor e se ela salva em Jpeg ou Raw.
  • Câmeras profissionais podem variar muito de preço, e isso depende do nível de profissionalismo que ela representa. Os preços apresentados na listagem feita neste artigo variam entre R$ 1.000 e R$ 14.000.

Você também pode gostar:

Ranking: As 7 melhores câmeras fotográficas

Pense em como a fotografia mudou ao longo dos últimos anos. Se antes você precisava esperar pela revelação de uma foto, hoje é possível vê-la instantaneamente através do visor da câmera. E melhor, você ainda pode repetir a foto sem precisar se preocupar com quantas poses têm o filme.

As câmeras fotográficas mais modernas surgiram para facilitar nossas vidas, oferecer fotos de alta qualidade e, talvez, fazer surgir um novo hobby. Confira os 7 melhores modelos do mercado abaixo:

1° – Câmera Canon EOS 6D Mark II

Esta câmera fotográfica possui um preço mais alto que reflete a qualidade de suas fotografias, pois a performance dela realmente impressiona.

O touchscreen dela permite que o seu manuseio seja rápido e fácil, contrariamente as câmeras fotográficas profissionais existentes no mercado, que possuem displays pouco intuitivos.

Ela costuma impressionar fotógrafos que apreciam fazer fotos noturnas, pois o nível de ruído é baixo mesmo com o ISO alto.

2° – Câmera digital Canon PowerShot

Esta câmera possui um sensor de alta sensibilidade conhecidos como CMOS, e ele proporciona ótimas imagens tanto diurnas, quanto noturnas.

O tamanho dela é considerado ideal para pessoas que gostam de viajar, pois ela é compacta. Ela também é excelente para viagens por conta do zoom de 25 x, que capta imagens bem detalhadas.

E ainda possui um jeito simples de se conectar a outros dispositivos sem necessitar de fio, de forma que os usuários podem transferir as suas fotos imediatamente.

3° – Câmera Profissional Canon 80d

Esta câmera fotográfica possui um sensor APS-C, que é capaz de proporcionar uma excelente qualidade às imagens, além de possibilitar também que elas sejam feitas em locais com baixa claridade.

O ISO dela pode ir de 100 a 16000, podendo ser expandido a 25600, o que proporciona as características ideais para que ela trabalhe em baixa luz.

Além de tudo isso, ela possui Wi-Fi, que permite que dispositivos sejam emparelhados e que as fotos possam ser transferidas de imediato para outros locais.

4° – Câmera Canon DSLR EOS Rebel T7i

Para quem nunca usou câmeras profissionais, a Canon T7i pode parecer grande, mas quando comparada a outros equipamentos DSLR, você perceberá que ela é leve.

Os botões dela são visíveis e fáceis de encontrar, e ela é ótima para fotógrafos iniciantes e intermediários.

O recurso Wi-Fi/Bluetooth dela é um dos pontos altos dessa câmera, já que permite que suas fotos sejam enviadas imediatamente para o celular para que seja possível compartilhá-las.

5° – Câmera Canon EOS Rebel T6i EF-S

Esta câmera possui um sensor CMOS de 24.2 Megapixels, e as fotos ficam detalhadas e com aspecto muito natural.

Ela também é excelente para a produção de vídeos Full HD, pois possui um sistema de autofoco rápido e é muito precisa para capturar cenas em movimento.

Um sistema de análise de cena da Canon presente nesta câmera fotográfica, chamado A+, consegue ajustar automaticamente as configurações dela, o que é ótimo para iniciantes.

6° – Câmera Canon Powershot SX540HS

Ótima câmera fotográfica para quem deseja um modelo para tirar fotos ocasionais. O zoom dela, que pode chegar a 50x com ângulo de 24mm, permite tirar fotos detalhadas.

O sensor CMOS presente nela possibilita tirar fotos noturnas de modo que fiquem claras e nítidas. Também permite gravar vídeos em Full HD e obter boas imagens inclusive de cenas em movimento, graças ao Advanced Dynamic Image Stabilizer.

7° – Câmera Nikon b500 16mp/40x

Esta câmera fotográfica permite tirar ótimas fotos e fazer excelentes vídeos mesmo em baixa luminosidade.

Ela possui um sensor de 16 megapixels e pode se conectar a um smartphone através da tecnologia Bluetooth Low Energy.

Além disso, o LCD dela pode ser inclinado, o que permite tirar fotos em diversos ângulos diferentes, e deixar suas fotos ainda mais criativas.

Guia de Compra

Nunca foi tão fácil tirar uma foto como hoje. Basta perceber quantas fotos você tem da sua infância, e quantas possui dos mais variados momentos na galeria do seu celular. Vem crescendo também o interesse pela foto de melhor qualidade, e consequentemente a busca por uma câmera fotográfica melhor.

Nesse guia, você encontrará tudo que precisa saber para comprar o modelo perfeito para suas necessidades e bolso.

Homem e mulher vendo uma foto através do visor de uma câmera fotográfica.

A câmera fotográfica permite que você eternize os melhores momentos da sua vida. (Fonte: Hans / Pixabay)

O que é uma câmera fotográfica?

As câmeras fotográficas estão por todos os lados atualmente, pois vivemos na chamada “era da informação”.

Muitas pessoas, que até então não tinham equipamento para tirar foto, agora possuem um celular para registrar todos os momentos. Isso gera um maior interesse das pessoas pelo ramo da fotografia, o que é interessante para movimentar o mercado.

Basta um clique e é possível eternizar aquele segundo, e de certa forma, reviver aquela cena sempre que a sua memória for remexida pela fotografia. É isso que uma câmera fotográfica proporciona: recordações.

E mesmo com a facilidade das câmeras acopladas aos smartphones, muitos ainda preferem as câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, que são o foco principal deste artigo.

Provavelmente os celulares nunca vão substituir esses tipos de câmera – que se destacam nos trabalhos fotográficos profissionais -, mas eles já estão substituindo as compactas.

Você lembra daquelas câmeras pequenas que viraram sucesso em 2005? É possível perceber que o número de pessoas que possuem câmeras compactas tem diminuído muito.

Embora essas mudanças aconteçam devido a tecnologia, uma coisa é fato, as câmeras profissionais e semiprofissionais, vieram pra ficar.

Quais são as suas vantagens e desvantagens?

Dentre as vantagens das câmeras fotográficas atuais, a qualidade é uma delas. As câmeras estão cada vez mais inovadoras, e a tecnologia tem se refletido em fotografias cada vez mais detalhadas.

Estes equipamentos são uma forma de exercitar a criatividade, pois, através do modo manual de uma câmera fotográfica é possível “brincar” com a luz e criar efeitos incríveis.

Apesar de continuarem mais caras do que a maioria dos brasileiros pode pagar, as câmeras profissionais e semiprofissionais têm sido fabricadas por uma diversidade maior de empresas, e isso se reflete no preço, que tem baixado nos últimos anos.

O que torna a fotografia um hobby considerado caro, é o preço dos acessórios como flash, tripé, lentes, que podem elevar muito o valor do equipamento. Além disso, outra desvantagem das câmeras, principalmente as semiprofissionais e profissionais, é que as pessoas precisam de tempo para aprender a configurá-las.

Muitas acabam optando por fazer um curso de fotografia. Mas com paciência e dedicação, é possível aprender até mesmo através do YouTube.

Algumas pessoas também têm dificuldades em lidar com o peso das câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais. Se esse for o seu caso, comece por um equipamento menor e mais leve.

Vantagens
  • Qualidade da fotografia
  • Preços têm se tornado mais acessíveis
  • Efeitos diversificados
Desvantagens
  • Acessórios caros
  • Configuração pode ser complicada
  • Peso

Câmera fotográfica profissional ou semiprofissional?

Quando a fotografia passa a ser uma paixão, chega o momento de saber se você vai optar por uma câmera profissional ou por uma câmera semiprofissional. As câmeras profissionais, também conhecidas como DSLR, são mais robustas e, consequentemente, mais pesadas.

Elas também possuem mais botões, o que pode ser incômodo para iniciantes, que têm que se acostumar com os diversos modos da câmera.

A câmera semiprofissional é considerada um meio termo entre uma câmera fotográfica compacta e uma câmera profissional, e por isso é indicada para quem está começando a gostar de fotografia ou alguém que se encontra no nível intermediário.

Confira abaixo algumas diferenças entre as câmeras profissionais e as semiprofissionais:

Câmera Profissional Câmera semiprofissional
Peso Mais pesada Normalmente menor e mais leve
Funções Oferece maior controle sobre a foto Foco pode ser automático
Acessórios extras Troca de lentes Pode não ter troca de lentes
Preço Mais cara Mais barata

Quanto custa?

É possível encontrar câmeras fotográficas pelos mais diversos preços, tudo depende do uso que quer fazer do equipamento.

Profissionais podem encontrar equipamentos que custam quase o preço de um carro. Isso sem contar o preço dos outros acessórios que devem adquirir como lentes, tripé, flash, etc.

Fotógrafos amadores e profissionais podem comprar equipamentos usados e em bom estado, e esse é um dos modos mais eficazes de economizar neste ramo.

As câmeras profissionais terão um preço superior às semiprofissionais, e assim sucessivamente. Neste artigo, listamos equipamentos que custam entre R$1.000 e R$14.000, visando proporcionar mais opções para você.

Imagem mostra uma pessoa segurando uma câmera fotográfica.

O valor de uma câmera incluirá também lentes, tripé, flash, dentre outros. (Fonte: Free-Photos / Pixabay)

Onde comprar?

Você pode encontrar câmeras fotográficas em lojas como Ponto Frio, Casas Bahia, Magazine Luiza, Ricardo Eletro, dentre outras.

Além destas, lojas especializadas em equipamentos fotográficos também são uma excelente opção. Elas ainda proporcionam a vantagem de ter atendentes que realmente entendem do assunto, e podem te ajudar em suas dúvidas.

Afinal, comprar um equipamento fotográfico sem testá-lo é bastante arriscado, pois você pode vir a se incomodar com certos aspectos como peso e tamanho posteriormente.

Caso comprar equipamentos usados seja uma opção para você, busque em sites como Mercado Livre e OLX, que poderá encontrar bons produtos a preços econômicos. A recomendação é que verifique as avaliações do vendedor antes de efetuar a compra, e também o estado da câmera.

Obviamente que a Internet também é uma das opções mais viáveis para encontrar uma câmera fotográfica, especialmente pela variedade de modelos e melhores ofertas. Sites como Amazon, Americanas, e Submarino são locais em que pode encontrar o que deseja.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de câmera fotográfica

Agora você já muita coisa sobre uma câmera fotográfica. Mas antes de você tomar sua decisão e finalizar sua compra, queremos trazer informações muito importantes para que você fique totalmente satisfeito com o modelo que escolher.

Para avaliar uma câmera fotográfica, existem alguns fatores que são determinantes, como os seguintes:

  • Modo manual
  • ISO
  • Megapixels
  • Tamanho e peso
  • Sensor
  • Raw ou Jpeg

Abaixo, iremos descrever cada um deles para que você consiga fazer uma escolha que esteja de acordo com o que você espera de uma câmera fotográfica:

Modo manual

Quanto mais as pessoas aprendem sobre fotografia, maior é a tendência que elas queiram utilizar o modo manual em suas fotos, já que ele permite maior criatividade nos controles de exposição à luz da imagem.

Enquanto no modo automático, a câmera decidirá por você qual será a abertura, o ISO e a velocidade do obturador, no modo manual você possui muito mais controle, pois é você quem decide sobre estes 3 aspectos.

Obviamente que os modos automático e semiautomático são excelentes para pessoas que estão começando na fotografia, mas depois que você se acostumar a ajustar os controles manualmente, perceberá grande diferença nas suas imagens.

Por isso é muito importante verificar se a câmera que você quer comprar possui o modo manual. A maioria das câmeras profissionais e câmeras semiprofissionais possuem este modo, mas isso deve ser verificado de acordo com cada modelo.

ISO

Outro fator muito importante em uma câmera é o ISO, que determina a sensibilidade dela à luz. Ao aumentar o ISO é possível tirar fotos em situações de pouca luz sem flash.

O ideal é buscar por câmeras que possuam um ISO de 1600 ou mais. Algumas profissionais conseguem chegar ao ISO 102.000. Mas, como nem tudo é perfeito, o ISO pode causar problemas na imagem como granulações e ruídos.

Este é um efeito indesejável, e, com o avanço da tecnologia, as câmeras têm melhorado cada vez mais neste aspecto. Isso quer dizer que, atualmente, nas câmeras mais avançadas, mesmo utilizando um ISO alto, você conseguirá uma boa imagem.

Uma dica para quem está buscando por uma câmera fotográfica, é buscar imagens na Internet tiradas com o modelo de câmera que deseja. Veja os diferentes ISOs utilizados e o nível de granulação da imagem.

Megapixels

Os Megapixels são um famoso parâmetro que as pessoas normalmente utilizam para comprar uma câmera fotográfica, mas é um engano pensar que a quantidade de Megapixels define a qualidade de sua imagem.

Não é necessário ter uma câmera fotográfica que possua um grande número de Megapixels, pois isso somente é necessário se o que você deseja é imprimir as imagens em tamanhos grandes.

Para imprimir fotos dos tamanhos 10x15cm ou 13x18cm com qualidade, você precisará de apenas 4 MegaPixels. Uma foto 20x25cm, utilizará cerca de 8 Megapixels para ficar boa.

Portanto, ao considerar os Megapixels, avalie se quer mesmo imprimir imagens em tamanhos grandes. Caso não seja o seu caso, não se distraia prestando muita atenção nisso.

Tamanho e peso

Estas características são muito importantes, e o ideal é que você faça um teste no equipamento antes de utilizá-lo. Por isso comprar câmeras online acaba sendo complicado, pois é difícil saber se você vai realmente se adaptar ao peso e ao tamanho do equipamento.

Nas lojas físicas é possível testar a câmera no seu rosto, por exemplo, para saber se o tamanho dela está bom pra você. Sentir o equipamento nas suas mãos também é importante, para saber se você se sente confortável com ele.

Com relação ao peso, o ideal é que, caso seja iniciante, você opte por uma câmera mais leve, para carregá-la para todos os lugares e treinar as suas habilidades fotográficas ao máximo.

Pessoas que estão em níveis mais avançados de fotografia têm mais costume de carregar equipamentos mais robustos e pesados. Você pode testar o modelo que deseja em uma loja física e depois buscar por ele online.

Imagem mostra uma pessoa segurando uma câmera fotográfica.

Saber o peso e o tamanho da câmera é importante antes de comprar o equipamento. (Fonte: Free-Photos / Pixabay)

Sensor

Uma das características que mais causam dúvidas em relação às câmeras fotográficas são os sensores. Muitas pessoas não entendem para que eles servem e quais são os melhores.

Você deve pensar no sensor da seguinte forma: quanto maior ele for, mais cara e sofisticada deverá ser a câmera.

Um sensor Full Frame, por exemplo, possui um tamanho de 36x24mm, e oferece as imagens com melhor qualidade e profundidade de campo, mesmo em lugares com pouca iluminação.

O sensor APS-C, que possui 23,5×15,6mm na maioria dos modelos, é um pouco inferior ao Full Frame, mas mesmo assim consegue garantir boas fotos. Você irá conseguir uma qualidade parecida, com níveis de ISO altos para fotografias noturnas e uma resolução de imagem alta.

Raw ou Jpeg

O formato no qual a câmera salva os arquivos pode ser Raw ou Jpeg. As que oferecem a possibilidade de salvar arquivos nos dois formatos oferecem mais flexibilidade na utilização dos arquivos.

O formato Raw permite que sejam gravadas nele todas as informações que foram capturadas pelo sensor, e isso pode ser útil para editar a foto posteriormente.

Quase todas as câmeras profissionais e semiprofissionais utilizam tanto o formato Raw, quanto o Jpeg. Já as compactas, em sua maioria, somente utilizam o Jpeg. Não se esqueça de conferir esse detalhe importante.

(Fonte da imagem destacada: SplitShire / Pixabay)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
36 Voto(s), Média: 4,00 de 5
Loading...
Avatar

Publicado por REVIEWBOX