Imagem mostra um cantil sobre uma toalha branca.
Ultima atualização: 15 de janeiro de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

15Horas investidas

2Estudos avaliados

63Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Você tem o costume de acampar, fazer trilhas ou entrar em locais com possível escassez de água? Gosta de ir a festas em lugares abertos e acha que ter suas próprias bebidas com você é uma boa ideia? Então ter um cantil pode ser muito útil!

Armazenar e transportar líquidos em cantis é algo muito antigo: Vemos relatos no cinema e literatura desses objetos sendo usados nas mais diversas situações. Nesse artigo, vamos te ajudar a comprar um trazendo muitas informações valiosas, além de te deixar por dentro de tipos, materiais e outras questões importantes!




Primeiro, o mais importante

  • Ter um cantil é uma forma muito eficiente de transportar água e outros líquidos. Ele é usado desde os tempos mais remotos da humanidade e ainda hoje tem grande utilidade.
  • Você pode usar um cantil em muitas situações: Desde para garantir o estoque de água em uma longa trilha, até para ter a sua bebida favorita sempre próxima a você em um bloco de carnaval.
  • Existem muitos tipos e formatos de cantis e cada um deles se adequa a uma situação diferente. É importante saber fazer a escolha correta.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de cantil: Nossa opinião

Com a grande quantidade de tipos e modelos de cantis, escolher o melhor para você pode ser difícil. Por isso, selecionamos alguns que têm qualidade acima da média e que com certeza podem te deixar satisfeito!

O cantil perfeito para os boêmios

Se você procura um cantil para armazenar e transportar bebidas alcoólicas, esse modelo é espetacular. O objeto é fabricado em aço inox, garantindo a ele durabilidade e uma beleza única. Melhor ainda, vem em uma lindíssima maleta junto com jogo de xadrez, saca-rolhas e copos de metal.

O modelo ideal para uma trilha

Cantis também são muito usados para armazenar e transportar água em atividades como trilhas e acampamentos. A Nautika produz um modelo excepcional para isso: Com capacidade de 900 ml, é fabricado em alumínio atóxico e mantém a temperatura da água. Conta com passante para cinto, tornando possível pendurá-lo na roupa.

Um cantil de grande capacidade

Eventualmente, será necessário andar por muito tempo sem ter como reabastecer o seu estoque de água ou outros líquidos. Esse cantil da Nautika, além de ter um belíssimo design, tem capacidade de 2 L, o que permite mais tranquilidade em longas caminhadas. É fabricado em plástico atóxico e tem uma alça para pescoço.

Guia de compra

Quer entender melhor em quais situações pode usar um cantil? Quais os líquidos que pode transportar nele? E, mais ainda, saber se essa é uma aquisição que faz sentido para você?

Leia atentamente nosso guia de compra e aprenda tudo o que é necessário sobre esse objeto!

Imagem mostra uma mulher com roupas militares bebendo de um cantil.

Cantis são muito usados por militares em missão. (Fonte: Philippe Renaud/ 123rf.com)

O que é um cantil e para que ele serve?

Um cantil é um pequeno objeto que serve para armazenar ou transportar água ou outros líquidos. Ele pode ter diversos formatos e ser feito de variados materiais. É importante que apresente uma boa vedação e, eventualmente, capacidade de manutenção térmica.

Existem dois principais usos que podem ser dados a cantis: Para pessoas que gostam de festas ou reuniões com álcool e querem transportar sua própria bebida fora de garrafas, e para quem faz trilhas, acampamentos e atividades ao ar livre em lugares nos quais pode ser difícil encontrar fontes de água.

De uma forma ou de outra, o armazenamento de líquidos é importante. Cantis costumam ser muito usados pelo exército, em missões em locais afastados, e foram eternizado pelo cinema em filmes com personagens boêmios e que tinham sempre esse objeto à mão para tomar um gole de suas bebidas preferidas.

Sempre que for preciso transportar água ou outros líquidos, o cantil é a solução perfeita!

foco

Você sabia que os cantis são artefatos muito antigos da humanidade? Mesmo em épocas primitivas, o transporte de água já era necessário. E sem manufaturar objetos, às vezes até carcaças de frutas eram usadas.

O porongo era uma dessas frutas: Seu formato lembra muito um cantil atual. Natural da África e da Índia, ele acompanhou os primeiros estágios do desenvolvimento humano.

Quais as vantagens de um cantil?

Existem outras formas de armazenar ou transportar líquidos. Ter uma garrafa com você e enchê-la sempre que possível é uma delas. Então, por que ter um cantil?

O cantil pode te acompanhar em todas as suas viagens e aventuras, evitando que seja necessário sempre adquirir novos recipientes. Ele é muito durável, normalmente feito em materiais que resistem às ações do tempo e da natureza.

Além disso, é um objeto muito mais higiênico do que garrafas, com muitos exemplares oferecendo isolamento térmico e mantendo o líquido em temperatura agradável. E existem facilitações de transporte, como alças para pescoço ou passadores para cinto.

A única desvantagem de um cantil é a capacidade limitada. Ainda assim, sempre é possível escolher um modelo que atenda às suas expectativas quanto a esse quesito.

Veja na tabela abaixo as principais vantagens e desvantagens de um cantil:

Vantagens
  • Ideal para o transporte de líquidos
  • Muitos modelos permitem manutenção térmica
  • Alguns tipos são bonitos e estilosos
  • Conta com facilitações como alças de transporte
  • É higiênico e benéfico ao meio-ambiente
Desvantagens
  • Tem capacidade bastante limitada

Quais são os tipos de cantil?

Falamos em cantis para bebidas alcoólicas que são usados em festas e eventos urbanos, falamos em cantis para água que são levados a trilhas e acampamentos. Afinal, quantos tipos desse objeto existem?

Cantis fabricados para bebidas alcoólicas são pequenos, normalmente feitos em metal e devem ser armazenados nos próprios bolsos das roupas. Eles são os que costumam ter designs mais estilosos, uma vez que seu uso está mais associado ao lazer do que à necessidade.

O mercado de cantis para trilhas e acampamentos é bem mais amplo. Existem quatro tipos básicos: Espanhol, camelo, flexível e redondo. Claro que todos eles também podem ser usados para bebidas alcoólicas, caso essa seja a sua vontade.

Preparamos uma tabela comparando esses quatro tipos de cantis:

Cantil espanhol Cantil camelo Cantil flexível Cantil redondo
Capacidade 1 litro 900 ml 2 litros 1,9 litros
Material Couro Polietileno PVC Polipropileno
Transporte Alça para pescoço Nenhuma maneira específica Mangueira que se conecta à boca da pessoa Alça para pescoço
Vantagens Ótimo sistema de refrigeração, facilidade de transporte Grande resistência e durabilidade Possui a maior capacidade de todos os tipos de cantil sem ocupar tanto espaço Tem grande capacidade e é fácil de transportar
Desvantagens Seu material fica impregnado com cheiros e sabores: pode ser usado para apenas um tipo de líquido Possui capacidade baixa e alguns modelos são difíceis de serem transportados É preciso ter uma mochila para levá-lo É o maior cantil fisicamente e ocupa grande espaço

Como higienizar o seu cantil?

Manter o seu cantil higienizado é fundamental. Sempre que o usamos, é normal que resíduos sobrem. Com umidade, calor e outras ações da natureza, é possível que bactérias se proliferem e causem problemas de saúde na próxima vez que ele for necessário!

Sempre lave bem o cantil com água corrente após o uso.

Por isso, o primeiro ponto importante é nunca guardar o cantil com restos de líquidos. Lave-o bem, usando água corrente. Em seguida, insira uma escova ou um pequeno tecido liso e tente secar bem toda a parte interna.

Eventualmente, será preciso fazer uma higienização mais complexa. Para isso, você deve usar algum produto como água sanitária diluída em água. Dessa forma, as bactérias serão eliminadas e você poderá continuar usando seu cantil com segurança: É claro, depois de secá-lo bem.

Armazene o cantil em um local limpo e tenha a certeza de que ele está em bom estado sempre que for usá-lo. Por entrar em constante contato com a sua boca, ele não pode ser alvo fácil para bactérias!

Quanto custa e onde comprar um cantil?

O preço de um cantil pode variar de acordo com o material, a capacidade e o tipo. Os modelos mais simples são encontrados por volta de R$ 15, enquanto alguns especiais têm preços acima de R$ 100. Você consegue comprar um exemplar de muita qualidade desembolsando cerca de R$ 40.

Cantis para trilha e acampamentos podem ser encontrados em comércios especializados nesses atividades, enquanto os para uso urbano com bebidas alcoólicas são vendidos em estabelecimentos como tabacarias, adegas e lojas de presentes.

Você ainda pode comprar o seu cantil pela internet: A Amazon brasileira é uma excelente opção. Não deixe de visitar também Amazon internacional e Mercado Livre.

Critérios de compra: O que levar em consideração ao escolher um cantil

Decidido a comprar um cantil? Já sabe qual é o tipo necessário? Antes de bater o martelo em um modelo, você ainda precisa conhecer alguns critérios importantes! Selecionamos quatro para uma maior discussão.

Abaixo, falaremos com mais detalhes sobre cada um deles:

Capacidade

Os cantis que pertencem aos tipos específicos que listamos têm capacidades definidas, mas fora eles, pode existir uma grande variação. Desde modelos mais simples feitos para o consumo de álcool, com no máximo 200 ou 300 ml, até o máximo de 2 L.

Se você pretende ter um cantil para ir em festas ou usar na vida urbana, capacidades pequenas são ideais. Para acampamentos ou trilhas longas, é preciso pensar com quanta frequência você terá acesso a água. Se ela não estiver disponível no percurso, escolha o maior modelo possível.

Imagem mostra em destaque um cantil. Material

Para o consumo de álcool, um cantil pequeno é ideal. (Fonte: analogicus/ Pixabay.com)

Material

Cantis são feitos em uma enorme variedade de materiais. Couro, plásticos e metais estão entre eles. Todos são capazes de te ajudar na missão de transportar líquidos: A decisão deve ser feita pelo seu estilo e por algumas características específicas de cada um.

Cantis de couro ficam impregnados com cheiros e sabores dos líquidos.

O couro tem a desvantagem de guardar cheiros e sabores dos líquidos, o metal pode enferrujar e o plástico não apresenta a mesma resistência a impactos ou quedas. Você pode escolher o material a partir de qual dessas características é mais negativa para as suas necessidades.

Tanto couro, como metal podem ser muito estilosos, seja para uso em trilhas e acampamentos, seja para o consumo de bebidas alcoólicas com amigos.

Facilidade de uso

Se você está em um bloco de carnaval, não terá uma mochila. Provavelmente, o cantil ficará na sua mão o tempo todo, facilitando o consumo constante. Em uma trilha, porém, o ideal é não carregá-lo o tempo todo, mas ter fácil acesso a ele: Por exemplo, se estiver preso ao cinto de sua calça.

Existem várias formas de usar um cantil e cada uma se adapta a situações diferentes. Cabe a você reconhecer o quanto precisa de praticidade e qual característica é ideal.

Prefere ficar com o objeto sempre na mão? Preso ao seu pescoço por uma alça? Dentro da mochila, com uma mangueira na boca? Tudo é válido. O mais indicado muda de acordo com a ocasião.

Vedação

Pode ser um desastre se o seu cantil vazar dentro de uma mochila ou bolso. Até mesmo ao ar livre, causando desperdício de líquido. Por isso, é importante que ele seja muito bem vedado, principalmente na região da boca.

Ao escolher o seu cantil, confira se ele tem proteções especiais contra vazamentos e se o fechamento é realmente seguro. Só assim, perdas indesejadas de líquidos podem ser evitadas.

(Fonte da imagem destacada: Daveesons/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.