Imagem mostra uma mulher caminhando numa ponte. No braço direito, ela segura um skate, no esquerdo, um capacete.
Ultima atualização: 6 de abril de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

20Horas investidas

4Estudos avaliados

76Comentários coletados

Tudo na vida deve ser feito com responsabilidade, inclusive aquilo que diverte. Se você concorda com essa frase e se diverte sobre quatro rodinhas, esse texto é para você. Vamos falar, afinal, sobre o capacete de skate, o equipamento básico de segurança para skatistas.

Ainda que seja para a sua proteção, o capacete para skate continua sendo um acessório. Além da segurança, ele precisa ser confortável, ser do tamanho certo e, por que não, precisa combinar com você. E para encontrar esse capacete ideal não é preciso muito: basta acompanhar com atenção o guia que preparamos a seguir.




Primeiro, o mais importante

  • O capacete de skate é a primeira e única proteção da cabeça contra os prováveis tombos e os possíveis impactos do skateboarding.
  • O tamanho do capacete de skate é medido pela circunferência da cabeça, na altura das têmporas.
  • O preço do capacete de skate varia entre R$ 90, nos mais simples, e R$ 900, nos profissionais.

Você também pode gostar:

Melhores capacetes para skate: Os ideais para cada rolê

Abaixo, listamos os melhores capacetes de skate do mercado, para que você possa usar como referência, ou mesmo que possa resolver a sua busca pelo seu modelo. Cada item foi avaliado a partir das características mais importantes do produto, como segurança, conforto e custo-benefício.

O capacete de skate semi profissional

Este capacete da Mor é de altíssima qualidade. Não à toa, é um modelo semi-profissional, um capacete que é, ao mesmo tempo, leve, confortável e resistente. Seu casco é feito de uma resina termoplástica de alta resistência, tem revestimento em poliestireno expandido, além da espuma no interior. O ajuste é bastante prático, com tiras laterais reguláveis e engate rápido no fechamento da fivela. O modelo tem ainda entradas de ar na parte superior.

O modelo de capacete mais seguro

O Step Up, da Kryptonics Skateboards, é um dos capacetes para skate mais seguros do mercado, com reforços do casco ao ajuste. O primeiro é duplamente amparado: na parte externa, resina termoplástica ABS de alta qualidade, além de acabamento fosco; na parte interna, poliestireno expandido, que tem ótima absorção de impacto. No ajuste, o destaque fica por conta das fivelas de Nylon, também com resistência a altos impactos.

O capacete mais versátil

Se as quatro rodinhas do skate não são suficientes para você, vale a pena ir atrás do capacete da Vollo Sports. Leve e com um design dinâmico, dá a segurança necessária também para o uso de bicicletas e patinetes. Sua estrutura é feita em EPS branco, e seu casco é composto por plástico de alta resistência. São quatro espumas na parte interna, que, juntamente com a prática regulagem de tamanho, deixam o capacete bastante confortável.

Guia de Compras

O skatista de verdade sabe que o capacete não é só útil, mas é necessário. É o que separa um tombo feio de um caso de hospital. Mais do que proteção, o equipamento dá ao skatista a tranquilidade para fazer suas manobras e aprender com as suas quedas.

O capacete para skate também pode ser um item de moda, a ser ornamentado, adesivado, desenhado, assim como o próprio skate. Neste Guia de Compras, vamos passar as informações mais úteis sobre o equipamento, da segurança à personalização, além de dicas e tudo mais que possa ajudar você a escolher o seu capacete.

Imagem mostra um skatista descendo uma das paredes de uma grande pista do tipo bowl.

O capacete para skate é garantia de segurança e de tranquilidade. (Fonte: Jennifer Bedoya/ Unsplash.com)

Por que usar um capacete para skate?

O capacete para skate é, simplesmente, a única proteção para a sua cabeça contra todas as ameaças e possíveis danos existentes quando se anda de skate. Não que o skateboarding seja essa atividade mortal, mas qualquer dano à cabeça é infinitamente maior quando ela está desprotegida.

O risco maior ao se andar de skate é a queda, até porque, e todo skatista sabe disso, ela sempre vai acontecer. Mas, como o esporte coloca o usuário em ambientes urbanos, em alta velocidade e até em grandes alturas, qualquer outro impacto pode ser perigoso.

Com um capacete, todo esse risco é minimizado, quando não eliminado. Os tombos são só tombos. Doem, envergonham, mas só isso. Ainda bem, não é mesmo?

Imagem mostra um skatista, equipado com capacete, joelheira e cotoveleira, fazendo uma manobra na borda de uma pista de skate, com o pôr do sol ao fundo.

O capacete minimiza os danos de tombos e outros impactos à cabeça do skatista. (Fonte: Willian Was -VISIT-/ Pexels.com)

Qual a diferença entre capacete de skate e de bicicleta?

Existe uma polarização clássica entre skate e bicicleta. Afinal, são as duas maiores modalidades esportivas sobre rodas, as mais populares, as mais praticadas. Assim, é natural surgir uma dúvida entre a diferença entre capacetes de skate e capacetes de bicicleta.

São dois capacetes bem diferentes, até porque eles têm intuitos e oferecem proteções diferentes. O capacete para skate, que é redondo e tem uma superfície lisa, foca sua proteção na parte de trás da cabeça, local mais comum de impacto nas quedas, e é desenvolvido para suportar diversas pequenas quedas, o que também é o mais comum na modalidade.

foco

Você sabia? Mais recentemente, ambos os capacetes de skate e de bicicleta usam a resina termoplástica ABS em seu casco, a mesma usada em capacetes de moto.

Os capacetes de bicicleta, ou pelo menos os mais comuns, têm um formato diferente dos de skate, quase fusiforme - alongado, estreito nas pontas e espesso no centro - e com camadas na superfície. A ideia desses capacetes é ter um material que resista à um grande impacto, normalmente quebrando ou rachando no processo.

Skate Bicicleta
Design Redondo e liso Fusiforme e com camadas pretuberante
Intuito Resistência a várias pequenas quedas Proteção contra um grande impacto
Material interno ABS, EPS macio ABS, plástico, EPS duro

Como é o capacete de skate infantil?

O capacete infantil para skate não tem nenhuma diferença estrutural em relação aos capacetes para adultos. Afinal, as cabeças são as mesmas - na verdade, as das crianças são até mais delicadas.

São usados os mesmos materiais no casco e na parte interna, como a resina ABS e a espuma EPS, e os ajustes seguem a mesma lógica.

As maiores mudanças possíveis estão no visual, com modelos mais coloridos e/ou estampados com figuras do universo infantil, e nos modelos com materiais mais simples, voltados para os skatistas bem novinhos, que mal têm como se expor à maiores impactos.

Imagem mostra uma criança com capacete e o equipamento de segurança completo, fazendo uma manobra num estacionamento vazio.

O capacete infantil precisa da mesma proteção que o capacete adulto. As cabeças são as mesmas! (Fonte: Isaiah Bekkers/ Unsplash.com)

Onde encontrar um capacete de skate personalizado?

Ainda que seja importantíssimo o uso do capacete de skate, convenhamos que ele não é exatamente agradável. A fivela no queixo, o suor acumulado, o peso, enfim, seu uso conta com partes desagradáveis.

Mas há uma maneira criativa de tornar o uso do capacete mais agradável, a personalização. Se você já viu um torneio de skate, deve ter notado que a maioria dos competidores têm capacetes todos ornamentados com desenhos e adesivos.

Ainda que muitos desses adereços estejam lá por publicidade, outros estão lá por expressão própria, por arte. E você pode fazer isso também. E quem sabe? Vai que sobra algum patrô para você...

A maioria dos capacetes de skate são propícios para a personalização. Basta que sejam lisos. Melhor ainda que sejam de cores claras, para você possa desenhar também, e que os buracos para "respiro" sejam menores.

Você encontra este tipo de capacete na maioria das lojas, mas encontra maior variedade de preços e modelos em sites  de compra, como a Amazon e o Mercado Livre.

Imagem mostra um capacete sobre um skate, que por sua vez está sobre a parte mais baixa de uma pista de skate vazia.

A personalização torna o uso do capacete mais divertido. (Fonte: andreas291/ Pixabay.com)

Quanto custa um capacete para skate?

É grande a variação de preços dos modelos de capacete para skate. São diversos os níveis de proteção, os materiais, os designs, tudo isso contribui para essa maior faixa de preço.

Você encontra modelos mais básicos, muitos deles para crianças, mas de qualidade, ainda assim, a partir de R$ 50. Os modelos profissionais e para skatistas mais avançados, saem por até R$ 900.

Critérios de Compra: Como escolher o seu capacete para skate

Nossa última lista vai dar aquela força na hora da compra, seja ela numa loja física, num site ou via aplicativo. Cada item abaixo fala sobre uma característica importante do capacete para skate, que, se notada com atenção, serve como ótimo critério para auxiliar a sua escolha.

Modalidade

Um dos primeiros pontos a se pensar antes de escolher o seu capacete é a modalidade de skate que você pratica/pretende praticar. Algumas modalidades exigem maior proteção do que outras, e algumas têm até capacetes específicos.

Todas as modalidades requerem capacete, mas um rolê de street, por exemplo, exige uma menor proteção do capacete do que as manobras de pistas, por exemplo. Já na esfera do skate radical, como o Downhill, o capacete precisa não somente ser mais resistente, mas também precisa de visor, como capacetes de moto.

Imagem mostra duas pessoas descendo uma ladeira de skate, com a postura e todo o equipamento do <em>Downhill.</em>

Diferentes modalidades exigem diferentes níveis de proteção do capacete de skate. (Fonte: brayan garcia/ Unsplash.com)

Queixeira

Nem é preciso dizer que o seu capacete precisa de uma boa queixeira, né? Um capacete solto é tão útil quanto um skate sem rodas.

A questão é a qualidade da queixeira.

A questão, na verdade, é a qualidade da queixeira, aqui tratada como todo o sistema de ajuste e fixação do capacete. Ou seja: é necessário verificar se os materiais da fita e da fivela são resistentes.

Fitas de nylon são uma boa pedida; as fivelas de plástico resistente, também. Para o ajuste, o ideal é experimentar o modelo numa loja, mas uma boa solução para compras online é observar a quantidade e a largura da fita.

Tamanho

O tamanho do capacete é outro ponto essencial, tanto para o seu conforto quanto para a sua segurança. Somente um capacete no tamanho certo pode ser bem ajustado; e somente um capacete bem ajustado pode proteger verdadeiramente.

São três os tamanhos dos capacetes de skate, e correspondem à circunferência da cabeça do usuário, medida com uma fita métrica flexível a mais ou menos 1,5 cm acima das sombrancelhas e orelhas:

  • Pequeno - Entre 52 cm e 56 cm;
  • Médio - Entre 56 cm e 60 cm;
  • Grande - Entre 60 cm e 64 cm

Se a sua medida ficar entre duas categorias de tamanho, o mais seguro é escolher o maior tamanho, até para você ter um maior conforto.

Imagem mostra um menino, usando capacete, sentado sobre seu skate e com os pés apoiados num degrau de uma escadaria, usando seu celular.

O tamanho da capacete é medido pela circunferência da região das têmporas. (Fonte: Dinis Tolipov/ 123rf.com)

Material

Um capacete de skate só pode ser seguro se seus materiais de fato garantirem segurança. Assim, seja bastante criterioso em relação aos materiais que compõem o seu próximo capacete.

O ideal é que o modelo tenha uma proteção tripla, com materiais resistentes na parte exeterna, na interna e ainda com espumas como anteparo entre a estrutura e a sua cabeça.

Uma boa pedida para a parte externa é o ABS, que não é o freio, mas sim uma resina termoplástica de alta resistência. Na parte interna, o EPS (poliestireno expandido), que protege de impactos e isola termicamente é tabém uma ótima opção.

(Fonte da imagem destacada: imagesource/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Andrey Duarte Educador Físico
O sonho de ser jogador profissional de futebol foi abandonado aos 21 anos, mas isso não fez com que Andrey se afastasse do esporte. Professor de educação física, hoje ele passa seu tempo livre pesquisando e compartilhando conhecimento sobre as mais diferentes modalidades esportivas.