Capacitor em cima de uma planilha.
Ultima atualização: 25 de março de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

59Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você trabalha com elétrica, seja de maneira amadora seja profissional, você certamente já se deparou com a necessidade de usar um capacímetro, aparelho que mede a capacitância.

Mas como existem vários tipos de capacímetros, com especificações técnicas diferentes, é preciso saber como escolher o melhor. Por isso, no artigo de hoje, vamos mostrar para você quais são as principais características de um capacímetro e quais os fatores você deve analisar para comprar o ideal.




Primeiro, o mais importante

  • O capacímetro é um instrumento de medição que indica os valores da capacitância de um capacitor, componente presente em produtos eletrônicos e eletrodomésticos.
  • Esse instrumento de medição pode ter diversas utilizações, sendo muito útil inclusive no conserto de aparelhos de ar condicionado, TV e geladeiras.
  • Mas para investir em um capacímetro de alta precisão é preciso levar em conta alguns aspectos que diferenciam um modelo de outro, como presença de multímetro, indutímetro e escala.

Você também pode gostar:

Melhores capacímetros: Nossas recomendações

Nunca é tão simples escolher o melhor capacímetro. Afinal, os fabricantes investiram em modelos variados, com especificações e funcionalidades para agradar a todas as necessidades e objetivos. Para facilitar a sua escolha na hora de comprar o capacímetro ideal, listamos abaixo os melhores à venda no mercado. Confira:

O melhor capacímetro como um todo

O capacímetro da Hikari HCP-100 é um instrumento de medição digital, e que é alimentado por uma bateria de 9V. Além disso, esse aparelho conta com um display de LCD de 3 1/2 dígitos e possui faixas de medição com nove posições, que podem variar de 0.1pF até 20000uF.

O melhor capacímetro com multímetro

O multímetro digital com capacímetro 9KF da Eda utiliza bateria de 9V e ponta de prova incluídas. Além disso, esse modelo conta com mudança de escala manual e desligamento automático. Nesse modelo, as escalas de capacitância variam de 20nF - 200µF .

A opção mais moderna de todas

O capacímetro digital MC-154A da Minipa conta com as seguintes faixas de medida de capacitância: 200p/2n/20n/200n/2µ/20µ/200µ/ 2000µ/20mF. Com display de LCD e contagem de 3 1/2 dígitos, esse instrumento de medir capacitância também possui a função de autodesligamento.

Guia de Compra

Quem trabalha com a crianção ou o conserto de eletrodomésticos e produtos eletrônicos, em algum momento precisará medir os valores de capacitância do capacitor desses aparelhos. Para tanto será necessário ter o capacímetro, ou algum aparelho de medição que tenha essa função.

Para você entender melhor a necessidade e funcionalidade do capacímetro, nós criamos esse Guia de Compra. A seguir, você vai poder aumentar seu conhecimento sobre esse instrumento de medição para, então, comprar o melhor capacímetro do mercado.

O capacímetro é um instrumento de medição importante para quem trabalha com eletrônica. (Fonte: Maverik_sl/ Pixabay.com)

O que é o capacímetro?

O capacímetro é um instrumento muito utilizado por quem faz reparação em aparelhos de eletrônica e informática.

E, como o próprio nome diz, o capacímetro é um instrumento usado para medir a capacitância, que é grandeza referente à quantidade de carga de um capacitor.

foco

Capacitor é um dispositivo capaz de acumular cargas elétricas quando uma diferença de potencial é estabelecida entre seus terminais.

Esse dispositivo pode ser usado em circuitos alimentados por correntes elétricas alternadas, quando se deseja a formação de uma corrente elétrica contínua.

Alguns exemplos de aparelhos que dependem dos capacitores são os eletrodomésticos, como geladeiras, liquidificadores, máquinas de lavar, além de eletrônicos como os computadores e até carregadores de celular. (1)

O capacímetro funciona por meio do princípio da reatância capacitiva. Ou seja, ele mede uma corrente que passa pelo capacitor, depois de ser aplicada uma tensão alternada sem seus terminais.

Dessa forma, quanto maior for a capacitância, menor a reatância e maior a corrente que circula.

O mercado oferece muitas opções de capacímetros. Por exemplo, é possível encontrar capacímetros digitais, por medição de tempo e por medição em reatância.

A capacidade de armazenamento de um capacitor ou sua capacitância é medida em Farads (F). Seus submúltiplos, microfarad (uF), nanofarad (nF) e picofarad (pF) também podem ser usados.

Mas, cuidado: Muitos aparelhos de procedência duvidosa podem oferecer leituras erradas ou com baixa acuracidade.

Com isso, a qualidade e segurança do seu trabalho serão prejudicadas. Por isso, é importante saber como escolher um capacímetro de boa qualidade.

Para que serve o capacímetro?

O fato é que os capacitores costumam ser os componentes que mais trazem problemas aos circuitos eletrônicos. Isso porque os capacitores abrem, entram em curto e apresentam defeitos.

Quando algum desses problemas ocorrem, os aparelhos eletrônicos podem parar de funcionar ou funcionar de maneira errada. E para chegar a essa conclusão é necessário ter um capacímetro.

Por exemplo, o capacitor da sua geladeira é o responsável por fazer o aparelho funcionar corretamente. Se o capacitor não estiver funcionando bem, a geladeira pode deixar de resfriar adequadamente, o que pode acabar estragando os alimentos armazenados nela.

Vários capacitores.

O capacímetro vai medir os valores de capacitância de um capacitor, peça responsável pelo funcionamento de eletrodomésticos e eletrônicos. (Fonte: Mizter_X94/ Pixabay.com)

Outro exemplo é no caso do ar condicionado que não esteja funcionando de forma eficiente. Nesse caso, é importante testar o capacitor, antes mesmo de testar o compressor.

Em ambos os casos, o instrumento mais indicado para determinar a capacitância do capacitor com mais precisão é, de fato, o capacímetro.

Por isso, seja você um profissional que faz manutenção em circuitos e aparelhos eletrônicos, ou mesmo um amador que gosta de trabalhar com isso, o capacímetro é um aparelho essencial.

Como usar um capacímetro?

Ainda que possam haver algumas diferenças entre o uso de um capacímetro para outro, é possível que você tenha uma noção geral sobre a sua forma de funcionamento.

Por exemplo, sempre que você for usar um capacímetro é imprescindível que o capacitor esteja descarregado antes de ser testado. Caso contrário, você corre o risco de queimar o instrumento de medição.

Além disso, confira a seguir, um passo a passo simples sobre como usar a maioria dos modelos de capacímetros:

  • Passo 1: Certifique-se de que o capacitor está desenergizado;
  • Passo 2: Verifique os dados que indicam a capacidade do capacitor. Em geral, essas informações estão localizadas em um etiqueta colada no capacitor;
  • Passo 3: Faça o ajuste manual de zero no capacímetro. Isso serve para reduzir a capacitância das pontas de prova que serão encaixadas no capacímetro;
  • Passo 4: Selecione a escala de medição no capacímetro por meio do seletor. A escala selecionada no capacímetro deve ser igual ou superior à capacidade do capacitor em questão;
  • Passo 5: Conecte os terminais jacarés do capacímetro nos pólos do capacitor;
  • Passo 6: Analise se o resultado aferido pelo capacímetro corresponde à capacidade indicada na etiqueta do capacitor.

Quais as vantagens e desvantagens de um capacímetro?

Como vimos até aqui, existem muitas vantagens a serem consideradas quando tratamos da utilidade de um capacímetro.

Com esse instrumento é possível medir com precisão a capacitância de um capacitor. O capacitor é um aparelho presente em inúmeros produtos eletrônicos e é um dos responsáveis pelo seu correto funcionamento.

E, justamente por isso, o capacitor acaba apresentando inúmeros problemas e falhas ao longo de sua vida útil. Para detectar esses problemas, e saber em que circunstância o capacitor está ou não funcionando é preciso usar um capacímetro.

Afinal, o capacímetro é de fato o instrumento de medição que agiliza a descoberta de defeitos em capacitores.

Multímetro com capacímetro.

O capacímetro ajuda a descobrir defeitos que podem estar ocorrendo em capacitores. (Fonte: MaFree/ Pixabay.com)

Outra vantagem de se ter um capacímetro é que esse instrumento de medição possui uma ampla faixa de opções em sua escala de medição.

Por outro lado, também é possível apontar algumas desvantagens quando tratamos do capacímetro.

Entre elas, está o fato de que o capacímetro digital pode ser danificado caso você cometa algum erro de operação como, por exemplo, ao tentar medir um capacitor carregado ou que esteja em circuito energizado.

Além disso, um capacímetro acaba limitando a sua utilidade. Tanto que, não raro, os profissionais podem optar por ter, por exemplo, um multímetro que, além da função do capacímetro engloba outras medições.

Para resumir, confira a seguir a tabela que criamos com as principais vantagens e desvantagens de um capacímetro:

Vantagens
  • Mede a capacitância com precisão
  • Identifica problemas no capacitor de eletrodomésticos e eletrônicos
  • Possui ampla faixa de opções de escalas
  • É fácil de usar
Desvantagens
  • Requer cuidados no uso
  • Pode ser danificado se você cometer um erro
  • Não tem outras funções como ocorre com outros instrumentos de medição

Onde comprar e quanto custa um capacímetro?

O preço de um capacímetro costuma ser bem acessível. De modo geral, o valor desse instrumento de medição vai variar de acordo com a marca fabricante e as especificações técnicas.

O capacímetro em si custa entre R$ 100 e R$ 1 mil.

Os modelos mais baratos são na verdade os multímetros, que vêm com função de capacímetro, entre outras. Esses podem custar a partir de R$ 35. No entanto, o capacímetro em si custa entre R$ 100 e R$ 1 mil.

Para comprar esse instrumento de medição você poderá optar por lojas especializadas em produtos de eletrônica ou ainda lojas de departamento como, por exemplo, Ponto Frio e Casas Bahia, e até mesmo hipermercados como o Extra.

Ainda assim, se você quer ter um catálogo maior para escolher entre diversos modelos e marcas de capacímetros, recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil. Com isso, você ainda adquire seu capacímetro sem sair de casa.

Critérios de Compra: Como comparar os tipos de capacímetros

Agora é chegada a hora de partir para a ação e comprar o melhor capacímetro. Mas como saber qual é o modelo ideal em meio a tantas opções à venda?

Para isso, é preciso que você saiba identificar os fatores que diferenciam um modelo de outro. Para lhe ajudar, nós listamos os principais. São eles:

A partir daqui, você vai descobrir como analisar e levar em conta cada um desses critérios na hora de comprar o seu capacímetro.

Digital ou analógico

O primeiro fator que você deve levar em conta na hora de comprar o melhor capacímetro é com relação ao seu modo de funcionamento. Nesse quesito, você poderá escolher entre o capacímetro analógico e o digital.

O capacímetro analógico funciona com um visor que demonstra os dados coletados por meio de um ponteiro.

Já o capacímetro digital é mais moderno e oferece os resultados de medição por meio de um visor de cristal líquido.

Com ou sem Multímetro

Outro critério que deve ser levado em conta na hora de comprar o capacímetro é que esse instrumento de medição, como vimos, pode ser uma das funções de outros aparelhos como, por exemplo, o multímetro.

O multímetro é um equipamento eletrônico que serve para medir grandezas elétricas e incorpora diversos instrumentos de medição como, por exemplo: Voltímetro, Amperímetro, Ohmímetro e, em configurações mais avançadas, também pode contar com a função do capacímetro, frequencímetro, termômetro, entre outros.

Com ou sem Indutímetro

Outra opção que você também vai encontrar à venda no mercado é o capacímetro que conta com o indutímetro também.

Nesse caso, o aparelho terá na escala os valores medidos para a capacitância em F (Faraday) e a mediação para a Indutância em H (Henry).

Essa pode ser uma boa opção já que o indutímetro mede a indutância, ou o valor de um indutor, e é muito utilizado nas áreas de Física e Engenharia.

Escala

Por último, não deixe de analisar também as escalas e os valores de mediação do capacímetro.

Observe que os modelos de capacímetro podem conter a partir de três escalas. Mas, de maneira geral, os capacímetros permitem fazer medições em escalas que variam de 1pf a 100uF, no caso dos instrumento mais simples.

Já se considerarmos os modelos de capacímetros mais avançados e completos, eles podem contar com uma faixa de escala que varia entre 200pf até 2000uf.

(Fonte da imagem destacada: Fotocitizen/ Pixabay.com)

Referências (1)

1. Brasil Escola - O que é capacitor?
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Samuel Chagas Profissional em Consertos
A vivência de Samuel com consertos em casas e estabelecimentos comerciais vem de décadas, desde quando ajudava seu pai, pedreiro, há mais de 30 anos. Seu gosto pelo assunto fez dele um profissional em consertos, e é assim que Samuel ganha a vida há 15 anos. Na internet, ele compartilha seu conhecimento sobre ferramentas e itens de segurança para casas e prédios.
Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.
Artigo
Brasil Escola - O que é capacitor?
Ir para a fonte