carrinho de controle remoto voando, após passagem por uma elevação.
Ultima atualização: 5 de agosto de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

18Horas investidas

3Estudos avaliados

65Comentários coletados

Olá para você, que está nos visitando mais uma (ou pela primeira) vez. Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Agora aperte os cintos, onde quer que esteja, pois vamos falar do carro de controle remoto.

Se tem uma coisa que as crianças - e adultos - adoram, é poder controlar um brinquedo com controle remoto. E os carrinhos são atemporais neste quesito, basta ir até uma loja de brinquedos e ver a quantidade deles nas prateleiras. Eles surgiram no Brasil lá pelos anos 80, mas o sucesso dura até hoje.

Experimente dizer que comprará um e verá olhos de uma criança brilhando. E para que você faça uma boa escolha, continue com a gente. Aqui, vamos falar sobre os melhores modelos, preço, onde comprar e o que avaliar em um carrinho de controle remoto.




Primeiro, o mais importante

  • Existem muitos tipos de carro de controle remoto, desde pequenos até grandes modelos. Hoje você aprenderá tudo sobre motor, tração, tipos de carrinho e outros fatores importantes.
  • Embora faça parte de categoria de brinquedo, esses carrinhos podem ser bem caros e complexos, e até mesmo um hobby para diferentes níveis. Você pode participar de eventos oficiais, ou mesmo correr num terreno baldio com amigos.
  • Não existe faixa de preço quando falamos em carrinho de controle remoto. E você vai entender porque o custo pode variar de R$100 a mais deR$1.000 ao longo desse guia.

Melhores carros de controle remoto: Nossas recomendações

Diferentes em modelos, estilos e tamanhos, existe uma infinidade deles. Mas, você verá adiante, que um divisor de águas em complexidade do veículo é o tipo de motor. Na lista abaixo você encontra os melhores modelos das categorias elétrico e nitro.

Guia de compra

Se você passou os olhos por nossas sugestões na lista acima, deve ter notado algumas diferenças bem gritantes nos modelos apresentados. Carrinhos de controle remoto, também conhecidos como carrinho RC, são assim mesmo.

Mas não se preocupe, vamos fazer um raio x deles para você e te ajudar nessa escolha!

 criança brincando com carrinhos no chão

Conheça as diferenças entre os tipos de carro de controle remoto. (Fonte: George Bakos/ Unsplash)

O que é um carro de controle remoto?

Vamos direto ao assunto, sem voltas na pista.

Diferente de muitos brinquedos que são lançados e meses depois desaparecem, os carrinhos de controle remoto foram criados algumas décadas atrás e continuam existindo.

Crianças e adultos acabam compartilhando a experiência em ter um desses, com entusiasmo semelhante. Seja por diversão, hobby ou coisa mais séria.

Conforme a tecnologia se desenvolve, os próprios veículos vão se atualizando e adaptando. Surgem projetos cada vez mais ousados, e brinquedos cada vez mais complexos, inclusive com peças de reposição.

Para frente e para trás, esquerda e direita, já são comandos comuns. Os carrinhos podem reproduzir praticamente tudo que um carro faz: manobras, giros, derrapagens, etc.

Cada carrinho virá com seus prós e contras, e também exigirá um estilo de direção. Antes de começar a falar para valer dos veículos, precisamos falar sobre nomenclatura.

No Brasil, nós chamamos de carrinho de controle remoto. Mas não é incomum também serem chamados de carrinho de RC, que significa radio controle.

Afinal, os comandos são emitidos por ondas de rádio. Por isso algumas vezes, quando se brinca com eles, parece que um perde potência do lado de outro.

Qual a diferença entre carrinho de controle remoto RTR e KIT?

A primeira das muitas diferenças entre os pequenos veículos, é justamente a maneira como são construídos. Os termos, RTR e KIT, apesar de em inglês, são conhecidos no mundo do rádio controle. Abaixo, vamos entender mais sobre eles.

RTR

Carrinhos RTR, abreviação de Ready To Run, que em português significa pronto para correr, são aqueles que vemos nas propagandas de televisão, e na maioria das lojas. Já embalados e montados, necessitando apenas de bateria para rodar.

De modo geral, estes veículos se encaixam como melhor opção para qualquer iniciante. Seu tempo será dedicado a aprender como ele funciona, quais seus pontos fortes e fracos.

Conhecer o carrinho de controle remoto e seu funcionamento leva algum tempo. Sem falar que, com o veículo já pronto, não precisa se preocupar em ficar ajustando para tentar melhorar algo.

Carrinhos RTR vão te deixar com mais tempo para se divertir. Com o tempo, nada te impede de desmontar o carro, conhecer melhor ele, ver o desempenho de outros, evoluir como piloto. Isso vai te dar uma nova percepção daquilo que você quer com os carrinhos, e o que vai precisar para isso.

KIT

O termo vem da abreviação de “kit de montagem”. Nestes veículos, portanto, você precisa despertar seu mecânico interior.

Logo, são mais adequados para quem já teve alguma experiência anterior com carros de controle remoto. Ou, se você gosta de construir coisas, e de aprender no processo, este é um bom caminho.

Este tipo difere bastante do RTR, principalmente nos materiais e equipamentos do kit. Não é incomum você comprar um kit apenas com chassi, corpo e jantes. Muitas vezes os pneus têm que ser comprados à parte.

Geralmente, acabam custando mais caro que os RTR, pela quantidade de componentes necessários. Fora o trabalho em você montar tudo, e calibrar.

Claro, são carros em que você define o desempenho. Geralmente mais voltados para corridas oficiais e motoristas experientes. Um kit permite a escolha de peças e adaptação para diferentes terrenos e necessidades.

Abaixo, compare as principais diferenças entre eles:

RTR KIT
Montagem Pronto para uso Necessita de montagem, possibilitando melhorias
Manutenção Menor necessidade de manutenção Maior necessidade de manutenção
Custo Mais baratos Mais caros
Vantagem Dispensa horas de calibragem Veículo único, você monta e configura
Desvantagem Dificuldade em realizar qualquer ajuste Componentes compatíveis podem ser difíceis de encontrar

Quais os tipos de carrinho de controle remoto?

Os carrinhos de controle remoto não seguem qualquer padrão. Dinâmicos em acompanhar novas tecnologias e seus usos, você encontrará os mais diferentes tipos para escolher.

Existem criações voltadas para torque, velocidade e truques. Todas são possibilidades reais com estes carrinhos, que são divididos em 5 grandes grupos, conforme suas características.

Carrinho

É o padrão que vemos nas lojas, disponível em RTR e KIT. Podem ser tanto carros que se assemelham visualmente a veículos existentes em tamanho natural, quanto com características off-road.

Os carros de passeio ficaram muito populares entre os apreciadores dos modelos, a partir da quantidade de torneios e campeonatos. Corridas em pistas pavimentadas cheias de veículos, chamados também de on-road.

Já os de característica off-road, terão pneus altos e largos e suspensão híbrida. A vantagem destes pequenos é poderem ser utilizados não apenas em asfaltos, mas também em terrenos pouco acidentados.

As versões KIT permitem diversas personalizações, para melhor desempenho em qualquer superfície.

Caminhão

São maiores que os carrinhos, e costumam dominar quando o assunto é off-road, sendo mais pesados e com mais torque. Acabam se assemelhando bastante aos da vida real.

São ótimos também para acrobacias e saltos, devido a suspensão diferenciada. Porém, tem baixa velocidade, o que prejudica sua participação em competições deste estilo.

Buggies e Truggies

Esse é um dos modelos mais populares. Foi a partir dele que a mania dos carrinhos de controle remoto começou. Podem viajar para quase todo canto, e quanto mais ápero o terreno, melhor.

É um estilo híbrido entre os carrinhos e os caminhões. Um chassi geralmente menor com elevado torque, além de uma suspensão alta, garantindo manobras e movimentos espetaculares.

Uma vantagem do buggy é o formato em gaiola, que acaba facilitando bastante no uso. Ele costuma se recuperar sozinho nos tombos e manobras falhas. A melhor opção para quem quer algo tipo caminho, porém mais rápido.

Caminhões monstro

São os xodós da torcida. Ver um caminhão monstro na pista é agitação certa, devido às características diferenciadas do carrinho. Com rodas gigantescas e uma suspensão altamente elevada, é uma sensação à parte.

Ele passa por obstáculos, empurra objetos, faz competições de cabo de guerra. Passeie com ele pela estrada, por pedras, degraus, ou mesmo outros carrinhos. Mas, não espere velocidade destes monstros.

Rock Crawlers

A quinta e última categoria também é uma atração à parte. São veículos diferenciados e capazes de incríveis feitos, através de força bruta e desenho.

Parecidos com caminhões monstro, são menores em tamanho, mas guardam a força bruta e a suspensão dos mentores.

Podem passar por lama, neve, areia, gelo, praticamente todo tipo de terreno. Mas é preciso se dedicar a eles para garantir que continuem funcionando depois de um dia de desafios.

Veja como ele funciona nesse vídeo publicado pelo canal RC Toys 4 Kids:

Apesar de principais, não basta conhecer apenas as categorias dos carrinhos de controle remoto. O modo de montar e os diferentes objetivos do veículo vão constantemente abrindo horizontes de uso.

Entrar neste universo é entrar numa rodovia com muitos quilômetros a percorrer, com surpresas em quase todas as curvas.

Para facilitar, vamos montar uma tabela com algumas características e os tipos de carro para você conhecer melhor cada um deles.

Torque Velocidade Terreno
Carrinho Padrão Padrão Menos acidentados
Caminhão Alto Baixa Menos acidentados
Buggies e Truggies Alto Padrão Quase todo tipo
Caminhões monstro Alto Baixa Quase todo tipo
Rock Crawlers Alto Padrão Todo tipo

Como funciona o motor de um carrinho de controle remoto?

Seguindo pela pista dos carrinhos de controle remoto, falaremos agora daquilo que os move.

Existem muitos termos e jargões utilizados neste mundo de miniaturas e modelos em escala. Quando falamos em motor, existem os de nitro e elétrico.

Compreender esta diferença é necessário para que seu hobby seja prazeroso. Conhecer a motorização lhe ajudará a conhecer o veículo e seu tempo de uso contínuo, bem como manutenção.

Vamos entender agora todos os detalhes de cada um deles.

Elétrico

Carrinhos com motores elétricos são os mais comuns atualmente. Geralmente são mais acessíveis em termos de custo, e mais silenciosos, facilitando seu uso em qualquer lugar.

São movidos á pilha ou bateria, sendo a segunda opção a mais interessante. Costumam rodar apenas entre 9 a 12 minutos, motivo este que recomenda ao utilizador ter mais de uma bateria consigo.

Então, digamos que você decida por um modelo elétrico, ainda precisamos entender que existem as opções de motor escovado ou não escovado.

  • Escovado (Brushed): Motores escovados são aqueles que possuem pequenas escovas de contato, permitindo o girar do motor. É geralmente o único tipo encontrado nos carrinhos para iniciantes.Eles podem ser fixos ou não, algo que pode mudar totalmente sua experiência com o veículo. Os motores não fixos permitem modificações e ajustes, configurando o carrinho, também são mais fáceis se limpar.
  • Não escovado (Brushless): São motores que não usam estas escovas. O sistema de transmissão de energia é feito por ímãs, o que elimina praticamente toda a resistência do material e pode gerar uma quantidade imensa de energia.A ausência das escovas torna os motores mais poderosos e com menos atrito, sendo capazes de gerar uma grande voltagem, que proporciona vantagem já de largada.Estes motores detêm o recorde de velocidade dos carrinhos de controle remoto. Eles podem levar corridas iniciantes a velocidades alucinantes.

Compare os dois funcionamentos de carrinho de controle remoto elétrico através dessa tabela:

Escovado Não Escovado
Eficiência Baixa eficiência Mais eficientes
Manutenção Componentes desgastam rápido com o uso, gerando maior necessidade de manutenção Baixa necessidade de manutenção
Velocidade Menos velozes Recordistas em velocidade
Preço Mais baratos Mais caros
Fiação Fiação simples Fiação e sistema complexos

Nitro

Ao contrário dos motores elétricos, estes dependem de combustível para funcionar. São motores com carburador, filtro de ar, volante, embreagem, pistão. Nitro é uma combinação de nitrometano, metanol e óleo.

Se assemelham muito aos carros e caminhões movidos a gasolina em tamanho real. Sua peça mais importante é o dissipador de calor, para evitar o superaquecimento.

Existem maneiras de regular a temperatura num carrinho movido a nitro.

No geral, este modelo é ideal para usuários intermediários e avançados, que gostam de revisar e ajustar.

A complexidade em iniciar o motor e o som alto provocado pela combustão faz o piloto sentir como se tivesse acelerando o carro na pista.

Com a autonomia diretamente ligada ao uso da potência, carrinhos de controle remoto movidos a nitro podem funcionar em torno de 45 minutos antes de reabastecer. E não há espera pelo recarregamento, como na bateria.

Gasolina

Existe ainda os motores a gasolina, que já foram sensação, mas perderam seu espaço para os motores a nitro.

Mas eles ainda existem e há quem os prefira. São motores de dois tempos, muito parecidos com os de motosserras. Manutenção e cuidados acabam sendo menores que os motores a nitro.

O motor a gasolina é uma ótima alternativa se você deseja longos tempos de operação com o carrinho de controle remoto, já que pode ser usado por 50 minutos contínuos.

Tração 2WD ou 4WD?

A escolha do tipo de tração pode ser estressante até mesmo para os profissionais. A opção pelo maior número acaba sendo comum, afinal são mais rodas com a força do motor.

Carrinhos 4WD, ou tração nas quatro rodas, costumam ser mais velozes nas pistas que os 2WD.

Porém, a dificuldade em dominar um 2WD nas pistas provavelmente te fará um piloto melhor. Compare os dois:

2WD 4WD
Custo Mais barato Preço mais elevado
Velocidade Mais lento Mais veloz
Destaques Mais resistente e fácil para montar e manter Maior estabilidade e aderência e mais direto e agressivo na direção

Quanto custa um carro de controle remoto?

Está na hora de transformar o produto em valor. E você já viu do que estes carrinhos são capazes.

Quando falamos em RTR, existem opções de produtos divertidos a menos de R$100 com motores elétricos. São opções de menor potência, mais para diversão mesmo.

Para entrar realmente no universo dos carrinhos de controle remoto, você precisa estar preparado para desembolsar pelo menos uns R$400. A partir daí, tipo de motor e veículo, pneus, sistema de rádio controle, todas estas coisas passarão a fazer parte do seu dia a dia.

E não para por aí, se você pretende atingir níveis de competição e torneios, prepare-se para um desembolso superior a R$1.000. Além de gastos com manutenção.

Onde comprar carros de controle remoto?

Antes de mais nada, carrinhos de controle remoto são brinquedos. Portanto, lojas de brinquedo vão fornecer uma boa base destes produtos, para diferentes faixas de preço e tipos de carrinho.
Vão fornecer basicamente o estilo RTR que pode, ou não, ser a sua escolha.

Se deseja a compra de um KIT em uma loja física, terá de procurar por lojas especializadas e fabricantes dos pequenos veículos.

Porém, independentemente de qualquer modelo que você escolher, na internet você encontra opções incríveis. Defina sua necessidade, escolha os componentes e receba na porta.

Lojas como a Amazon possuem uma infinidade de carrinhos, com excelentes opções para qualquer escolha.

Foto de um carrinho de controle remoto andando sobre areia, bem próximo à água.

a tração pode definir muito o estilo de pilotagem, facilitando ou dificultando o processo. (Fonte: Moron Villar/ 123rf)

Critérios de compra: Como comparar os modelos de carro de controle remoto

Pensou que nossa corrida tinha terminado? É verdade que você já recebeu o aviso de última volta, mas ainda temos alguns assuntos finais. E é muito importante que preste atenção.

Deixamos para este momento as grandes dicas para que você escolha seu carrinho. Antes de comprar, preste bem atenção nestas instruções. Defina:

Terreno

A evolução contínua dos carrinhos, aliada às tecnologias disponíveis, vêm criando veículos bastante dinâmicos. Tipos off-road e all-terrain vêm caindo no gosto do público todo momento, pela robustez e design.

Porém, se você não tem um orçamento maior, identifique quais os principais terrenos onde você pretende levar o veículo e escolha o modelo a partir daí.

Se você já quer entrar de cabeça no hobby, tudo bem também. Uma opção all-terrain vai lhe ajudar bastante. Sem dor de cabeça de onde poder ou não poder usar o veículo.

imagem de um carrinho de controle remoto numa trilha, sobre barro seco

Escolher o carrinho conforme terrenos que você têm à disposição vai ajudar bastante na diversão. (Fonte: vicasso/ pixabay)

Uso em corridas

Estamos falando aqui do uso em corridas de verdade, competições. Não pense que carrinhos de controle remoto são os mesmos para correr e para se divertir.

Decidir se pretende entrar no mundo profissional é algo a se levar em conta antes da compra.
Claro que o uso mais comum dos carrinhos é para diversão, com corridas entre amigos.

arrinhos deste estilo são geralmente mais duráveis, para sobreviver às manobras, batidas e quedas.

Carrinhos para corrida, do tipo profissional, já são outra narrativa. Neste caso, não é uma corrida entre amigos, e sim competidores. Os veículos aqui são geralmente leves e frágeis, se abre mão de resistência para ganho de potência.

Confira o vídeo de uma corrida profissional:

Motorização

Já dedicamos uma parte do artigo para falar sobre isso, e vamos relembrar novamente aqui. Simplesmente porque o motor é a parte mais importante do carrinho.

Quando escolher, defina bem o que pretende com o veículo, e avalie até mesmo os locais onde pretende utilizá-lo. Carrinhos a combustão vão gerar um som alto e o cheiro característico do combustível queimado.

Talvez a vizinhança não goste muito.

Da mesma forma, comprar um motor elétrico sem escova vai te levar a limite nunca antes imaginados. Mas e se você só tiver a garagem do carro não adianta comprar um veículo que pode correr mais de 100 km/h.

Leve em consideração o que você pode ter de espaço antes de escolher o motor.

Tração

A última questão importante que vamos falar hoje é a tração. Você já sabe que existe a de 2 ou 4 rodas, agora você precisa decidir qual vai atender melhor suas necessidades.

As trações em 4 rodas vão dar mais controle e velocidade, mas dobram a quantidade de itens para cuidar e fazer manutenção.

Já as de 2 rodas são recomendadas para iniciantes, pois ensinam o caminho das pedras. E depois de domadas, partir para as 4WD só te tornará um piloto ainda mais incrível.

Mudar a tração depois do veículo comprado é praticamente impossível, então escolha com sabedoria.

(Fonte da imagem destacada: chrisbeez/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

César Ferreira Formado em Engenharia Industrial
César é apaixonado por carros. Talvez tenha sido essa paixão que o levou a, desde pequeno, querer entender como as coisas funcionam. Essa curiosidade, por sua vez, lhe fez cursar Engenharia Industrial. Hoje, ele presta consultoria para pequenas e médias empresas e, nas horas vagas, deixa seu carro - e o de seus amigos - cada vez mais tecnológicos e especiais.