Carteira com cartões de crédito.
Ultima atualização: 25 de março de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

65Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Para iniciar o seu empreendimento ou expandir os negócios como um microempreendedor individual, você tem algumas facilidades como, por exemplo, o direito a ter um cartão de crédito para MEI.

No artigo de hoje vamos mostrar como funciona esse tipo de cartão, quem tem direito a ele e quais os fatores que você deve considerar para escolher o cartão de crédito para MEI com as melhores taxas de juros.




Primeiro, o mais importante

  • Se você é MEI ou pretende se regularizar como Microempreendedor Individual, ter um cartão de crédito específico para o seu tipo de negócio é essencial.
  • O cartão para MEI pode se usado para comprar equipamentos, investir em produção ou até para pagar dívidas no crédito.
  • Mas, dependendo da instituição bancária, o cartão para MEI varia em termos de condições de acesso, limite de crédito, tarifas e juros.

Você também pode gostar:

Melhores cartões de crédito para MEI: Nossas recomendações

O cartão de crédito para MEI mais versátil

O BNDES permite que você tenha um cartão de crédito MEI vinculado a um banco de sua escolha, entre os listados pela entidade. Para tanto, é preciso que você abra uma conta no banco escolhido. A taxa de juros varia de acordo com o mês e a documentação deve ser entregue diretamente no banco.

O cartão MEI com isenções de tarifas

Para requisitar um cartão de crédito para MEI na Caixa Econômica Federal é preciso abrir uma conta no banco e ter renda bruta de, no máximo, R$ 60 mil por ano. A Caixa oferece isenções de tarifas, a primeira anuidade do cartão de crédito e encargos cadastrais e de manutenção da conta corrente por 12 meses.

O cartão de crédito com mais vantagens

O Santander oferece um cartão múltiplo, com funções de débito e crédito para movimentar a conta MEI e realizar compras na função crédito com prazo de até 40 dias para pagamento da fatura. Quanto mais você usar o cartão no crédito, menos anuidade pagará.

Guia de Solicitação: Tudo sobre cartão de crédito para MEI

Quando você se torna um Microempreendedor Individual não raro é preciso recorrer algum tipo de recurso financeiro para investir em seu negócio, seja por meio de empréstimo ou de cartão de crédito.

Neste Guia de Contratação, nós vamos mostrar como funciona e como solicitar um cartão de crédito para MEI, que permite que você ganhe tempo até realizar o pagamento de algum bem ou serviço.

Mulher tirando um cartão de crédito da carteira.

O cartão de crédito para MEI traz ainda mais facilidades para alavancar o seu negócio. (Fonte: JESHOOTS-com/ Pixabay.com)

Quem pode ter um cartão de crédito para MEI?

O cartão de crédito para MEI é destinado para o Microempreendedor Individual (MEI), que é o trabalhador autônomo com CNPJ MEI já ativo e que atua como pequeno empresário.

Para ser considerado um MEI, além de precisar ser cadastrado como tal, é necessário possuir um faturamento de até R$ 81 mil por ano, não ser sócio em outra empresa e ter no máximo um empregado.

Além disso, você deverá estar em dia com certidões negativas de débitos relativos a créditos como: Certificado de Regularidade do FGTS, Comprovação de Regularidade de entrega da RAIS, no caso do seu MEI ter um funcionário registrado em carteira, e etc.

Notebook aberto, com celular e cartões de crédito ao lado.

O MEI tem direito a algumas facilidades, entre elas um cartão de crédito com condições especiais. (Fonte: mohamed_hassan/ Pixabay.com)

Também é necessário que você tenha uma conta aberta no banco emissor do cartão de crédito MEI, já que as faturas serão cobradas por débito em conta corrente.

Por conta dessas especificidades, o cartão de crédito para MEI tem suas próprias características. Além de taxas de juros menores, as exigências para aprovar empréstimos se adaptam ao tipo de empreendimento.

É possível ter cartão de crédito para MEI negativado?

Se você está com o nome sujo na praça terá dificuldades para conseguir qualquer tipo de empréstimo, incluindo aí o cartão de crédito para MEI.

Isso porque as instituições bancárias entendem que, se você está negativado não é um bom pagador e, portanto, não irá arcar com o pagamento da fatura do cartão de crédito. A solução é tentar renegociar e sanar a dívida para limpar o seu nome.

Como solicitar o cartão de crédito para MEI?

A forma de requisitar um cartão de crédito para microempreendedor vai variar de acordo com o banco. Mas o primeiro passo é ter uma conta bancária aberta.

Além disso, algumas instituições financeiras permitem que a parte inicial do processo seja realizada pela internet, enquanto que a etapa na qual é preciso entregar a documentação precisa ser feita pessoalmente. Mas isso não é uma regra.

Para você ter uma noção geral de como funciona o processo para solicitar o cartão de crédito para MEI confira um passo a passo a seguir:

  • Acesse o site do banco de sua escolha;
  • Se você não for correntista, abra uma conta MEI;
  • Informe o CNPJ do seu empreendimento e sua Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE);
  • Preencha a proposta de solicitação do cartão.

Após essas etapas é preciso que você envie ou entregue alguns documentos, entre eles o RG, CPF, comprovante de renda e de residência.

E, ainda que a relação dessa documentação também possa variar de acordo com o banco, existem alguns que costumam ser comuns à maioria. São eles:

  • Balanço patrimonial;
  • Contrato Social da empresa;
  • Atas de eleição dos administradores;
  • Certidão Negativa de Débito (CND);
  • Certidão de regularidade do FGTS.

Em quanto tempo receberei o cartão de crédito para MEI?

Assim como ocorre com a solicitação de qualquer tipo de cartão de crédito, o cartão para MEI também passa pela etapa de análise de crédito.

Por isso, caso a sua documentação não caia em exigência, a instituição bancária costuma levar até no máximo 30 dias para enviar o cartão de crédito para você.

foco

Você sabia que os recursos oferecidos pelos bancos para MEIs são chamados de linhas de microcrédito?

O valor desses empréstimos é menor quando comparado aos de empresas maiores e, por isso, é possível cobrar juros menores.

Como posso utilizar o cartão de crédito para MEI?

O cartão de crédito para Microempreendedor Individual permite que você tenha capital de giro para investir em seu negócio.

O cartão para MEI também será útil caso você precise pedir um empréstimo.

O cartão para MEI também será útil caso você precise pedir um empréstimo para o seu pequeno negócio.

Além disso, com cartão para MEI você terá mais recursos para saldar dívidas. Sem contar que você também poderá usar o cartão de crédito para comprar e financiar bens para o seu negócio.

Um bom exemplo, é no caso de você precisar de um veículo para utilizar no seu empreendimento, ou equipamentos e materiais que também serão utilizados na empresa.

Quais as vantagens e desvantagens do cartão de crédito para MEI?

Assim como ocorre com qualquer tipo de crédito, se você tiver planejamento e bom senso na hora de usar o cartão de crédito para MEI ele trará mais vantagens do que desvantagens.

Com um cartão de crédito para MEI, o Microempreendedor Individual tem acesso a tarifas e taxas de juros mais baixas para poder comprar produtos, equipamentos e ainda investir no crescimento do pequeno negócio.

O cartão de crédito para MEI pode, inclusive, ser utilizado para realizar financiamentos e solicitar empréstimos bancários.

Pessoa passando cartão de crédito em maquininha de pagamento.

O cartão de crédito MEI pode ser usado para comprar e investir no seu negócio. (Fonte: AhmadArdity/ Pixabay.com)

Por outro lado, é preciso ficar atento aos pontos negativos do cartão de crédito. Isso porque, ainda que ajude com acesso a um crédito, esse tipo de cartão, se mal utilizado, pode fazer você se endividar.

É preciso lembrar que, caso você atrase o pagamento das faturas terá que arcar com juros. Para resumir, criamos a tabela abaixo que mostra as principais vantagens e desvantagens do cartão de crédito MEI. Confira:

Vantagens
  • Taxas de juros menores
  • Condições de acesso de acordo com o MEI
  • Serve para comprar, pagar, financiar, investir e pedir empréstimo
Desvantagens
  • Se mal utilizado pode gerar dívida alta
  • Tem cobrança de juros

Critérios de solicitação: Como comparar os cartões de crédito MEI

Na hora de solicitar o melhor cartão de crédito para MEI é preciso que você realize uma pesquisa entre as instituições bancárias.

Somente assim, você poderá comparar as condições, taxas e exigências e escolher a que melhor se adequa à situação do seu negócio.

Para tanto, recomendamos que você leve em consideração os seguintes critérios:

A seguir, explicaremos em detalhes como você pode analisar cada um desses aspectos.

Instituição financeira

O primeiro fator que você deve considerar é a instituição financeira que você vai escolher para solicitar o cartão de crédito MEI.

Em linhas gerais, você pode solicitar o cartão em bancos tradicionais, bancos digitais e até mesmo no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que é uma empresa pública federal.

No caso do BNDES, ele atua como fonte dos recursos do financiamento. Ou seja, ele não interfere na análise do crédito nem na emissão do cartão de crédito MEI, que são de responsabilidade do banco.

No site do BNDES você encontra a lista de bancos emissores dos cartões para MEI e escolhe o melhor para você.

Mas, se você já tem uma conta corrente em alguma instituição bancária, vale pesquisar as condições do cratão de crédito MEI do seu banco.

Ainda assim, é importante levar em conta outras instituições também. Isso porque, como vimos, cada uma tem regras e condições diferentes.

Alguns bancos, por exemplo, apenas concedem o cartão de crédito para MEIs que faturam entre R$ 90 mil e R$ 350 mil ao ano. Outros exigem que para você ter acesso ao cartão MEI o seu pequeno negócio tenha, pelo menos, seis meses de vida.

Além disso, a instituição também pode requisitar que você apresente alguma garantia por terceiro para conceder o cartão de crédito.

Taxas de juros

Outro fator que você deve considerar na hora de escolher o melhor cartão de crédito para MEI é a taxa de juros cobrada.

Como vimos, a taxas de juros desse tipo de cartão costuma ser bem atrativa mas, ainda assim, pode variar bastante dependendo da instituição bancária.

Anuidade

Além da taxa de juros, os bancos podem cobrar outras taxas e tarifas para que você utilize o cartão de crédito para MEI.

Entre elas está a anuidade, uma taxa cobrada para a manutenção e administração do cartão. Fica atento, porque existem bancos que oferecem anuidade zero para cartões de crédito MEI.

Cartão múltiplo

Se você quer ter ainda mais vantagens como MEI observe que existem alguns bancos que oferecem o cartão múltiplo.

Nesse caso, o seu cartão funcionará tanto como cartão de crédito para MEI como cartão de débito. Nesse caso, confira as tarifas cobras na operação de ambas as modalidades.

Limite de crédito

O limite do cartão de crédito para MEI também varia de acordo com a instituição bancária e com o seu perfil de MEI.

A maioria dos bancos possuem limite de crédito para MEI que varia entre R$ 400 e R$ 14,5 mil. Por isso, escolha bem de acordo com sua necessidade e também com sua condição para não correr o risco de aumentar sua dívida.

Resumo

A grande vantagem do cartão de crédito para MEI é que ele oferece condições e tarifas mais baratas e de acordo com o pequeno negócio.

Com isso, o Microempreendedor Individual pode comprar, investir, financiar e até mesmo pegar empréstimos no banco de forma mais simples.

Mas, para escolher o melhor cartão de crédito MEI é preciso fazer uma pesquisa entre as condições exigidas, os juros cobrados e o limite de crédito oferecido, que pode variar bastante de uma instituição financeira para outra.

(Fonte da imagem destacada: lcb / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em nós?

Victor Oliveira Consultor em Investimentos
A graduação em economia foi um caminho natural para Victor, que desde pequeno era apaixonado por números e cálculos. A explosão das corretoras de investimentos no Brasil é recente, mas para ele, o assunto é muito antigo - e importante. Trader profissional, Victor auxiliar amigos, parentes e clientes a investir o dinheiro nas melhores oportunidades, economizando sempre que possível.
Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.