Muito bem-vindo a ReviewBox Brasil! Fique à vontade para aproveitar o material que preparamos para você hoje, e armazene muito bem estas informações, pois falaremos sobre cartão SD.

Imagine você, adquirindo aquele equipamento fantástico para tirar fotos e montar os mais incríveis vídeos. Você começa muito empolgado, até ler a seguinte mensagem no dispositivo: “espaço de armazenamento insuficiente”.

Se identificou? Saiba que na maioria dos casos, isso tem a ver com os cartões SD. Praticamente toda a armazenagem considerada externa, em aparelhos portáteis (incluindo o seu smartphone), os utiliza. Interessado em saber mais? Siga lendo, e lhe diremos tudo que precisa sobre eles!

Primeiro, o mais importante

  • É uma tecnologia de gravação mais resistente a impactos e mais veloz na transferência de dados, utilizando “memória flash”. Isso os faz mais duráveis também.
  • Praticamente todo o aparelho memória de armazenamento expansível, vai contar com alguma versão (existem várias, você vai ver) deste tipo de armazenamento.
  • Se você já possui este tipo de mídia, entenda que precisará de um aparelho para ler estes cartões. Nos notebooks e similares, é comum a vinda do leitor, mas, se não existir, sem problemas, adaptadores são fáceis de achar.
  • É muito comum, quando você procurar um cartão SD, ler o nome micro SD e ver dois deles na imagem do produto. Hoje em dia estes pequeninos são mais vendidos e acompanhados de adaptador. Isso faz muita diferença na variedade do uso.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores cartões SD

Chega de sofrer com falta de espaço interno no seu smartphone, ou qualquer outro dispositivo móvel. O cartão SD é uma solução simples – e barata – para esse problema. Selecionamos os 3 melhores modelos do mercado para você, confira:

1º – Cartão SD 32GB – SanDisk

Cartão de memória de média velocidade, permite a gravação de vídeos em HD (720p), tipo SDHC. Com 32GB de memória, é compatível com a maioria dos equipamentos devido ao seu adaptador. Resistente a água, temperaturas elevadas e descargas elétricas.

2º – Cartão SD 32GB – SanDisk

Cartão tipo SDHC com ultra velocidade, acompanha adaptador para formato cartão SD, compatível com a maioria das câmeras digitais (para leitura em notebooks e computadores de mesa).

Grava e transmite vídeos em Full HD, com velocidade de até 80 mb/s. Tem 32GB e é compatível com smartphones e tablets. Resistente a água, temperaturas elevadas e descargas elétricas.

3º – Cartão SD 16GB – Multilaser

Cartão SD com taxa de transferência mínima de 10 mb/s. Possui trava de segurança e acompanha leitor de cartão compatível com USB 2.0. Tem capacidade de 16GB.

Permite a gravação e transmissão de vídeos em Full HD, compatível com a maioria dos smartphones e tablets.

Guia de Compra

O cartão SD funciona como um expansor da memória de algum dispositivo móvel. Muito procurado para deixar o celular com mais espaço para fotografar e baixar apps, é um produto essencial na vida de todo mundo que está conectado.

Siga lendo para aprender mais sobre esse pequeno componente que tem capacidade gigante.

Duas mulheres fazendo selfie com um celular preto.

O cartão SD expande a memória do seu celular gerando mais espaço para registrar momentos e armazenar suas fotos. (Fonte: wilkernet / Pixabay)

O que é um cartão SD e para que serve?

Um cartão SD é o responsável por aumentar, ou até mesmo oferecer em alguns casos, a memória de um dispositivo móvel. Eles são bem compactos, mas sua capacidade pode variar entre 8 e 512Gb.

Estes pequenos dispositivos estão por toda parte: vídeo games, drones, tablets, smartphones, máquinas fotográficas, filmadoras, a lista é longa. Realmente são ótimas opções para armazenamento.

Mas, que tipo de armazenamento? Dependendo do produto em questão, o uso de um cartão SD pode ser bastante específico.

Em um videogame, ele vai salvar o progresso dos jogos e, até mesmo armazenar jogos conforme, seu tamanho. Nas máquinas fotográficas e filmadoras, ele terá a função de armazenar as imagens a partir de fotografias e filmes.

E nos smartphones ele vai guardar suas mídias (fotos, filmes, músicas), documentos e até mesmo aplicativos em alguns casos.

Esses são alguns usos dos cartões em equipamentos mais conhecidos. E tão específicos quanto os aparelhos que atendem, podem ser estes pequenos pedacinhos de plástico e metal.

Quais as vantagens e desvantagens de um cartão SD?

Com tantas formas de armazenar disponíveis (nuvem, pen drive, HD externo, discos), por que adquirir uma tecnologia existente no mercado há mais de duas décadas?

Simples. Por se tratar de algo confiável – este tempo de mercado nos diz isso -, com melhorias contínuas por seus produtores, e por ser uma memória flash de uso comum em qualquer aparelho de bolso.

Diferente de memórias como a RAM (de computador), a memória flash armazena dados por longos períodos sem precisar de energia, além de gravarem a informação por um sistema mais resistente que outros tipos.

Foto com as diferentes formas de armazenagem existentes.

As formas de armazenagem evoluíram muito nos últimos anos, mas o cartão SD continua sendo um dos preferidos por ser pequeno e confiável. (Fonte: tookapic / Pixabay)

Sabemos que existem diversas formas de armazenamento hoje em dia: cartão SD, pendrive, HD externo e nuvem. Isso sem falar nas já ultrapassadas, como o disquete ou CD.

Agora vamos imaginar um smartphone ou uma máquina fotográfica. Você consegue imaginar um pendrive conectado a eles o tempo todo? Como ficaria no estojo, ou no bolso?

Neste mundo de compactos, imagine o tamanho necessário do aparelho para que um CD-R pudesse ficar armazenando informações. Quantas fotografias de 1 Mb (boa resolução) caberiam num disquete de 3,5 Mb?

Essas perguntas nos fazem refletir e perceber o valor que um cartão SD tem atualmente. É uma forma de armazenamento ainda mais portátil que os aparelhos aos quais atende, onde nem mesmo um pendrive seria a melhor opção.

Ainda não está convencido? Então, confira a tabela de vantagens e desvantagens abaixo:

Vantagens
  • Pequenos, fáceis de guardar e proteger
  • Duram mais de 100 mil gravações
  • Programas podem ser executados direto do dispositivo
  • Tem proteção contra gravação por acionamento de trava física
  • São mais resistentes a choques e impactos
Desvantagens
  • Também por serem pequenos, são mais fáceis de perder

Cartão SD, mini SD ou micro SD?

Naturalmente, a transformação dos cartões SD foi ocorrendo pela exigência do próprio mercado, demandando sempre dispositivos menores e mais práticos.

Isso fez com que existam, pelo menos, três modelos de cartão de memória: cartão SD, mini SD e micro SD.

  • Cartão SD (SD Card): É o tipo mais comum em filmadoras e câmeras digitais, se adaptam a maioria dos leitores disponíveis.
  • Mini SD: Uma versão menor que a primeira, ocupou durante algum tempo os aparelhos celulares, mas hoje tem pouquíssimo uso.
  • Micro SD: Super comum em smartphones e tablets, com uso também em câmeras digitais, tem o tamanho de uma unha feminina.

Na essência, estes modelos se diferem a partir do tamanho, mas tem uma característica única de possuírem adaptadores sequenciais.

Com adaptadores (muitas vezes vendidos junto com os próprios cartões), é possível fazer com que um cartão de memória menor – e mais atual – possa ser utilizado em equipamentos com entradas mais antigas.

Quanto custa?

Cartões de memória tem grande variação de preço, principalmente em função da tecnologia empregada, o que vai impactar diretamente no modelo e classe.

Esteja preparado para investir entre R$30 e mais de R$200 neste produto, conforme o que planeja realizar com ele. E, acredite, nesta situação, você paga exatamente pelo que o produto é capaz de lhe entregar. Falaremos disso mais à frente.

View this post on Instagram

This rental is for the HOTTEST camera of the year and includes the following: 1 x #Blackmagic Design Pocket Cinema Camera 4K Body 1 x #Metabones SpeedBooster EF for Micro43 adapter 0.7x 5 x #Canon LP-E6 batteries 1 x #Cheeseplate Riser (for mounting it #Manfrotto Tripod plates etc) 1 x custom Dummy battery to DC #power adapter 1 x 128GB ADATA V90 290MB/s fast SD card (Record 50fps Prores 422) 1 x 64GB ADATA V90 290MB/s fast SD card (Record 50fps Prores 422) 1 x Dual Battery Charger 1 x SD card case 1 x factory power supply 1x carrying bag Follow link in Biog and look at other items available 🙂 #forhire #tv #filming #indiefilm #musicvideo #4k #documentary #videoshoot #hireacamera #hirecamera #fatlama #borrowlens #SDCard #ProRes #edit #BRAW #CinemaDNG

A post shared by IndieVideoGearHireLondon 📽 (@indievideogearhirelondon) on

Onde comprar?

São produtos muito utilizados em eletroeletrônicos, de forma a estarem disponíveis para venda na maioria das lojas com produtos deste tipo à venda. Não é difícil encontrar um cartão SD. Até mesmo em supermercados ou lojas de departamentos você consegue comprar um.

Mas sempre é uma boa opção a pesquisa pela internet. Além de encontrar mais variedade, você tem chances de pagar menos pelo produto. Lojas como Amazon e Mercado Livre são boas alternativas.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de cartão SD

Você já tem uma boa noção do que reparar em um cartão SD, mas agora vamos nos aprofundar um pouco mais sobre as características mais importantes!

Isso fará toda a diferença quando for realizar sua aquisição. Então, saiba que os principais critérios para adquirir seu cartão SD são:

  • Tamanho
  • Modelo
  • Capacidade
  • Classe

Pronto para uma última transferência de informações?

Tamanho

Certamente a aquisição de um cartão SD tem por objetivo o armazenamento de dados de algum equipamento seu, seja por backup ou simplesmente ampliar capacidade. Já lhe mostramos existirem 3 tamanhos distintos de cartão SD: o SD, propriamente, o mini SD e o micro SD.

Cada aparelho exige um cartão diferente, portanto, defina onde você vai utilizar seu cartão SD e verifique no equipamento qual a forma de conexão para não errar no tamanho.

Modelo

Além do tamanho, propriamente, mesmo em um cartão tão minúsculo, as fabricantes são capazes de encher a frente deles com números e siglas, e isso é importante para a leitura dos dados do produto.

Imagem em close de um cartão SD, para mostrar a quantidade de informações disponíveis na frente do produto.

Além da marca, diversas informações ficam disponíveis na frente do produto, por meio das siglas. (Fonte: InspiredImagens / pixabay)

Devido a popularização do produto, e das diferentes características dos modelos, uma associação internacional (SD Association) estabeleceu alguns critérios para facilitar aos usuários identificar determinadas características do produto.

Você pode encontrar dados como SD, SDHC ou SDXC. Todas essas letras encontradas na frente do cartão SD são muito importantes, determinando a principal característica de armazenagem do cartão: a capacidade, além de indicarem o nível tecnológico do produto.

O modelo é definido pelas siglas SD, SDHC, SDXC. Elas também indicam o máximo de capacidade que aquele cartão pode suportar. Funciona assim:

  • SD: capacidade de armazenamento até 2Gb
  • SDHC: capacidade de armazenamento até 32Gb
  • SDXC: capacidade de armazenamento até 2Tb

Capacidade

Obviamente a capacidade não é determinada pelo modelo, como vimos acima. Ele apenas indica o máximo que o tipo de cartão pode suportar. Então, para saber a real capacidade do produto você precisa ficar atento as letras Mg, GB ou Tb.

Cartões com capacidade em Mb são bem limitados e pouco úteis hoje em dia. Invista em um cartão que esteja identificado como Gb. Ainda assim é importante saber o uso que você dará ao seu aparelho, já que varia de 8 a 512Gb.

Normalmente, para o uso cotidiano, é comum escolher entre 16 e 64Gb. Cartões com 512Gb custam mais de R$1.000 e são usados para fins profissionais.

Classe

Talvez o mais importante deles. Quando falamos em classe, em um cartão SD, queremos dizer: velocidade de transferência. Ela é identificada pela letra C e varia de C2 a C10, podendo também ser identificada pelas letras UHS.

Na prática, a classe indica qual a velocidade mínima de transferência de dados aquele cartão permite entre as informações dentro dele e o aparelho a utilizá-lo, veja:

Classe Taxa mínima de transferência
Classe 2 2 Mb por segundo
Classe 4 4 Mb por segundo
Classe 6 6 Mb por segundo
Classe 10 10 Mb por segundo
Classe UHS Número x 10 Mb por segundo

Logo, quando for adquirir um cartão SD, compare-os com as informações acima, para identificar aquele capaz de atender à sua demanda. Vale lembrar que a recomendação para leitura de vídeos HD é o Classe 6.

(Fonte da imagem destacada: EsaRiutta / Pixabay)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
38 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...
Avatar

Publicado por REVIEWBOX