Imagem de um frasco de óleo de CBD.
Ultima atualização: 28 de abril de 2020

O Canabidiol é uma das substâncias encontradas na Cannabis Sativa. Também chamada de CBD, essa substância possui inúmeras propriedades terapêuticas, não produz efeito psicoativo e não causa dependência química.

No entanto, o uso de CBD para fins medicinais ainda gera muitas dúvidas entre os brasileiros, pois muitas pessoas associam o Canabidiol à maconha. Para se informar sobre as propriedades e benefícios dessa substância, continue a leitura!




Primeiro, o mais importante

  • O Canabidiol é uma substância terapêutica sem efeito psicoativo ou viciante. Utilizado somente para fins medicinais, essa substância é uma alternativa no tratamento de inúmeras doenças.
  • As propriedades terapêuticas do CBD são assimiladas pelo organismo pois esse canabinoide ativa receptores localizados nos sistemas nervoso e imunológico, proporcionando boa resposta em processos fisiológicos.
  • Você encontra inúmeros produtos a base de Canabidiol. Geralmente, esses produtos são comercializados nas seguintes apresentações: óleo concentrado, cápsulas líquidas, balas de goma, dermocosméticos, entre outros.
  • Você só pode comprar produtos à base de CBD com receita médica. Caso você queira comprar um produto com concentração inferior a 0,2% THC você precisa de receita tipo B1. Para comprar produtos com concentração superior a 0,2% THC você precisa de receita tipo A.

Você também pode gostar:

Os melhores produtos à base de CBD: Nossas recomendações

Encontrar suplementos, medicamentos e dermocosméticos à base de CBD nas farmácias brasileiras ainda é um desafio. Portanto, recomendamos que você compre produtos importados, como os listados abaixo:

CBD em cápsulas

O suplemento em cápsulas da Nordic Oil oferece uma concentração de 6,4mg de CBD por cápsula – a cápsula é gelatinosa, macia e pequena para facilitar a ingestão – ideal para controle de dosagem. Cada frasco contém 60 cápsulas livres de corante, conservante e glúten. O produto é testado em laboratório.

CBD em óleo

O óleo concentrado de CBD da Nordic Oil é extraído de cânhamo orgânico (Cannabis Sativa) e fornece 6mg de CBD por gota. O produto é vegano, sem glúten, livre de corante e conservante. Cada frasco contém 10ml e fornece cerca de 250 gotas. O produto é testado em laboratório.

Um dermocosmético a base de CBD

O sérum facial da Nordic Cosmetics reúne CBD e Ácido Hialurônico para proporcionar uma pele jovem e radiante através da hidratação e regeneração facial – a concentração do princípio ativo é de 60mg por frasco. O produto é indicado para todos os tipos de pele. O frasco vem com 30ml.

O melhor dermocosmético para hidratar a pele

O creme para as mãos da Nordic Cosmetics é perfeito para pele seca ou ressecada, pois a fórmula combina Aloe Vera e CBD, sendo 2mg de Canabidiol a cada ml da loção – o frasco possui 50ml. O produto é dermatologicamente testado e adequado a todos os tipos de pele.

Guia de Compra

Na Cannabis Sativa, encontramos uma substância chamada Canabidiol, que devido a inúmeras propriedades medicinais, passou a ser utilizada no tratamento de inúmeras doenças crônicas, autoimunes, mentais ou psíquicas.

Mas afinal o que é CBD e quais são seus benefícios para a saúde? O uso dessa substância causa dependência química? Posso comprar produtos à base de Canabidiol no Brasil? Preparamos um Guia de Compra com tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Imagem de um homem tomando gotas de óleo de CBD.

Utilizar CBD traz inúmeros benefícios para a saúde. (Fonte: R+R Medicinals/ Unsplash.com)

O que é Canabidiol?

Em primeiro lugar, você deve entender a diferença entre cânhamo e maconha. Ambas são plantas da espécie Cannabis Sativa, mas são variedades e devem ser compreendidas como plantas distintas.

Na prática, o cânhamo é cultivado pelas sementes, fibras e caules. Através do caule são obtidas as fibras, essa planta possui poucos galhos e as folhas são mais alongadas.

A maconha é cultivada principalmente para a obtenção de THC, o Tetrahidrocanabinol, substância conhecida por suas propriedades psicoativas. Enquanto a maconha apresenta cerca de 5% de THC, o cânhamo apresenta 0,3% de THC, no máximo.

Os efeitos dessas substâncias são completamente distintos. O Canabidiol não possui efeito psicoativo, portanto não afeta a atividade motora, memória, temperatura corporal ou apetite, enquanto o THC é responsável pelo “barato” da maconha. (6)

Imagem de cápsulas de óleo de CBD.

O óleo de Canabidiol possui excelentes propriedades terapêuticas. (Fonte: Stefan Rodriguez/ Unsplash.com)

Quais são as propriedades medicinais do Canabidiol?

O Canabidiol é um proeminente composto canabinoide com inúmeros benefícios terapêuticos. Listamos as principais propriedades medicinais dessa substância na lista abaixo:

  • Efeito Anticonvulsivo. É uma das propriedades mais populares do CBD. Inúmeros estudos científicos realizados nos últimos 20 anos, relataram que o Canabidiol reduz a frequência de convulsões em pacientes epiléticos.
  • Efeito Neuroprotetor. Faz com que medicamentos a base de Canabidiol seja eficiente no tratamento de doenças neurodegenerativas como Mal de Alzheimer, Parkinson, Esclerose Múltipla, Excitoxidade por Glutamato, Neurodegeneração provocada pelo abuso de bebidas alcóolicas e sequelas de Acidente Vascular Cerebral.
  • Efeito anti-inflamatório. É responsável pela redução de inflamações e dores causadas por doenças inflamatórias como artrite. Algumas pesquisas indicam que o CBD também protege as articulações.
  • Efeito Antitumoral. Além de o uso de Canabidiol estar associado à atenuação dos efeitos da quimioterapia como redução das náuseas, dores e fadiga e aumento do apetite, inúmeros estudos observaram viabilidade celular reduzida, morte de células cancerosas, crescimento tumoral reduzido e inibição da metástase. No entanto, esses estudos foram aplicados apenas em espécies animais.
  • Efeito ansiolítico. É observado em pacientes com diferentes doenças causadas pela ansiedade. A substância demonstra eficácia no tratamento de estresse pós-traumático, pois induz o esquecimento de lembranças traumáticas.

Outros estudos identificaram que o CBD também possui efeito analgésico, antidepressivo, antipsicótico, antiespasmódico e imunossupressor. (3) (5) (7)

Como as propriedades do CBD são assimiladas pelo organismo?

O CBD é um dos canabinoides que estimulam a atividade do Sistema Endocabinóide ou ECS. O Canabidiol interage com dois receptores: CB1 ou CB2. Os receptores CB1 estão localizados no cérebro e no sistema nervoso, enquanto os receptores CB2 são próprios do sistema imunológico.

Os efeitos variam de acordo com a interação entre esses receptores. O Sistema Endocabinóide influencia em alguns processos fisiológicos como memória, apetite, dor, temperatura corporal, reações alérgicas e imunológicas, entre outros. (1)

 Imagem de um homem segurando um frasco de óleo de CBD.

O Canabidiol estimula o Sistema Endocabinóide. (Fonte: R+R Medicinals/ Unsplash.com)

Quais doenças podem ser tratadas com CBD?

A molécula de CBD foi isolada pela primeira vez em 1940 pelo cientista israelense Raphael Mechoulam, considerado pai da medicina canabinoide, que identificou na molécula o potencial de tratar crises de epilepsia. Atualmente, o Canabidiol está associado ao tratamento de outras doenças:

  • Condições ligadas ao espectro autista
  • Doenças neuropáticas
  • Doenças relacionadas à ansiedade como Fobia Social
  • Transtorno de Estresse Pós-Traumático
  • Esclerose Múltipla
  • Mal de Alzheimer
  • Doença de Parkinson
  • Dependência química – principalmente vício em crack.
  • Esquizofrenia
  • Enxaqueca Crônica
  • Sequelas de Acidente Vascular Cerebral
  • Doenças nas articulações
  • Efeitos da quimioterapia

É importante mencionar que faltam estudos que comprovem a eficácia da substância no tratamento dessas doenças e complicações. Embora os estudos demonstrem benefícios, essas pesquisas foram conduzidas com amostragem pequena e demandam mais testes. (2)

Crianças podem consumir produtos à base de CBD?

Com uma dosagem adequada, as crianças também podem se beneficiar dos efeitos terapêuticos do CBD, principalmente em relação ao alívio de dores, inflamações, ansiedade, insônia ou estresse excessivo.

Considere o uso dessa substância no tratamento de epilepsia, autismo, asma, ansiedade, insônia, problemas na pele e transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

Mas fique atento e compre um suplemento a base de CBD e livre de THC – caso contrário seu filho apresentará reação psicoativa. Sugerimos a compra do suplemento em óleo concentrado ou balas de goma.

Imagem de um pacote de bala de goma de CBD.

Você pode comprar balas de goma à base de CBD para a criançada. (Fonte: Pharma Hemp Complex/ Unsplash.com)

Para o tratamento de crianças e adolescentes com epilepsia, o Conselho Federal de Medicina (CFM) libera o uso de medicamentos à base de CBD desde 2014. O fármaco consegue reduzir as convulsões em pacientes com epilepsia grave ou eliminar os episódios completamente. Desse modo, há a redução do uso de anticonvulsionantes tradicionais.

Para crianças que estão no Transtorno do Espectro Autista (TEA), o uso da substância ajuda a reduzir os quadros de ansiedade, irritabilidade, insônia e agressividade, aumentando a qualidade de vida das crianças.

Mas fique atento à dose diária recomendada de acordo com o peso da criança e a força do tratamento – para crianças, o tratamento deve ser de força baixa ou média, nunca alta. Conheça:

Peso Força Baixa Força Média
13Kg 2,6mg 7,8mg
18Kg 3,6mg 10,8mg
23Kg 4,6mg 13,8mg
34Kg 6,4mg 19mg
45Kg 7,5mg 22,5mg

O Canabidiol possui efeito psicoativo?

O Canabidiol é uma substância que gera muita controvérsia, afinal, é obtida através da Cannabis Sativa, conhecida como maconha. Esse fato leva muitas pessoas a se questionarem: O CBD possui efeitos entorpecentes?

Conforme mencionamos anteriormente, o Canabidiol é apenas uma das mais de 100 substâncias extraídas da erva, e essa substância não possui efeitos psicoativos, ou seja, não dá “barato”.

No entanto, se você comprar um medicamento ou suplemento com o composto cabinoide Delta-9-Tetrahidrocanabinol, conhecido como THC, fique atento à concentração, pois esse composto possui efeito psicoativo.

Claynton AragãoMédico

"A única forma de combater o preconceito é a informação. É impossível acompanhar e observar a melhora na qualidade de vida dos pacientes e não se questionar sobre o quanto a sociedade perde com a política atual sobre derivados da Cannabis. Ver a vida voltando a um paciente desenganado é incrível."

A venda de produtos à base de Canabidiol é liberada no Brasil?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, em dezembro de 2019, uma resolução que autorizou a produção e comercialização de medicamentos e suplementos à base se Cannabis Sativa a partir de março de 2020.

Esses produtos só podem ser vendidos com receita médica.

Essa medida, válida por três anos, é direcionada à comercialização de produtos de uso medicinal e cosmético, não recreativo. Os produtos só podem ser vendidos com receita médica e não podem ser manipulados.

Profissionais de qualquer especialidade médica podem prescrever produtos à base de Cannabis, pois a Anvisa não avalia o exercício profissional, basta que o médico possua CRM válido e a documentação esteja correta.

Esses produtos não entram na classe de medicamentos, são classificados como “produto à base de Cannabis”, pois ainda devem passar por testes técnicos-científicos que comprovem sua eficácia, segurança e possíveis efeitos colaterais.

Segundo as normas da Anvisa, o rótulo deve informar a concentração dos principais compostos da fórmula, as embalagens devem apresentar uma tarja preta e não devem citar termos como “medicamento”, “natural”, “suplemento” ou outros, nem conter símbolos ou figuras que possam indicar finalidade diferente da que possuem. (4)

 Imagem de um composto de Canabidiol.

Um produto a base de Cannabis deve seguir a uma série de exigências para ser comercializado no Brasil. (Fonte: Hanf Garten/ Unsplash.com)

Um produto a base de CBD pode gerar dependência química?

Não há indícios que o CBD possa causar dependência química. No entanto, o uso constante e produtos com maior concentração de THC podem gerar dependência química.

Por esse motivo, há um controle rigoroso de prescrição médica para que a pessoa consiga comprar um produto à base de Cannabis Sativa no Brasil.

Quais são os benefícios estéticos do CBD?

O óleo de Canabidiol é muito utilizado pela indústria cosmética na fabricação de cremes, loções e pomadas, pois a substância possuí propriedades benéficas para a pele como efeito antioxidante, anti-inflamatório, antibactericida e antiacne.

Além disso, o óleo de Canabidiol é rico em vitaminas A, B, C e E. Conheça todas os benefícios dessas vitaminas lendo os textos abaixo:

Dermocosméticos enriquecidos com CBD são utilizados no tratamento de acne, rosácea, combate às linhas de expressão e rugas.

Alguns estudos demostram a eficácia do CBD no tratamento de dermatites, psoríase e alopecia. Ao aliviar o prurido e desacelerar a inflamação, a substância diminui os desconfortos causados por essas doenças.

Ainda por atenuar o processo inflamatório, o ativo também inibe as hiperpigmentações pós-inflamatórias, ou seja, as manchas geradas pelo contato com o sol.

 Imagem de uma mulher com um creme nas mãos.

O CBD também é utilizado na composição de cosméticos. (Fonte: Pharma Hemp Complex/ Unsplash.com)

Quais são os efeitos colaterais associados ao Canabidiol?

Outro ponto positivo do CBD são os efeitos colaterais considerados poucos e leves. Listamos quais são os principais efeitos colaterais abaixo:

  • Queda de pressão: Altas doses de CBD podem reduzir a pressão arterial alguns minutos depois da administração do medicamento ou suplemento. Esse efeito colateral é a principal causa da tontura momentânea.
  • Sonolência: Embora seja considerada uma substância que induza a vigília, quando administrada em altas doses, pode causar o efeito contrário, induzindo a sonolência. Não recomendamos que você dirija ou opere máquinas após ingerir altas doses de CBD.
  • Boca seca: As glândula salivares são afetadas pelo uso do medicamento ou suplemento a base de Cannabis Sativa, o que causa queda na produção de saliva e sensação de boca seca.

Antes de iniciar o tratamento com um medicamento ou suplemento à base de Canabidiol, procure um médico. É fundamental informá-lo sobre qualquer medicamento que esteja tomando para evitar interação medicamentosa.

 Imagem de um suplemento a base de CBD.

Você só pode comprar um produto à base de Canabidiol com receita médica. (Fonte: R+R Medicinals/ Unsplash.com)

Como comprar produtos à base de CBD?

Para comprar produtos à base de CBD você precisa de receita ou laudo médico. Desde o início de 2020 é possível encontrar medicamentos e suplementos à base dessa substância em farmácias brasileiras, ainda que o produto não seja facilmente encontrado.

O processo ainda é muito burocrático no Brasil.

Caso queira, também é possível importar o CBD para uso medicinal. Mas fique sabendo que o processo é burocrático, pois você precisa entrar no site da Anvisa, fazer um cadastro de pessoa física e anexar uma série de documentos.

Um desses documentos é a receita médica que deve conter o nome do paciente, nome comercial do produto a ser importado, dosagem, quantidade necessária para o tratamento de um ano, data, assinatura, carimbo e número do registro médico.

Depois que o cadastro é aprovado pela Anvisa, a importação pode ser realizada por remessa expressa, registo de licenciamento de importação ou por bagagem acompanhada. É necessário apresentar o receituário e a autorização da Anvisa.

Critérios de compra: Como encontrar o melhor produto a base de Canabidiol

Uma das perguntas recorrentes entre aqueles que estão aprendendo sobre as propriedades e benefícios do Canabidiol é como escolher o melhor produto à base de CBD. Simples, basta seguir os critérios de compra listados abaixo:

Vamos detalhar cada um dos critérios ao longo desta seção. Com essas dicas, você vai encontrar um produto de alta qualidade que beneficiará seu organismo.

Matéria-prima

Ao comprar um produto à base de CBD, certifique-se que está comprando um produto orgânico e extraído da planta cânhamo. Lembre-se que a substância não possui quantidade significativa de THC, portanto o uso medicinal é mais seguro.

A matéria-prima deve ser extraída em um processo seguro e eficiente, para evitar a perda de substâncias importantes como Canabidiol, terpenos, flavonoides e fenóis.

Apresentação

Você encontra produtos à base de CBD em diversas apresentações, sendo as mais populares o óleo concentrado e as cápsulas.

Ao extrair Canabidiol da planta Cannabis Sativa, adquire-se um óleo rico em canabinoides com concentrações variadas – depende da origem da matéria-prima, processo de extração e armazenagem.

Geralmente, o óleo concentrado é infundido em um óleo comestível como óleo de coco, cereais ou semente de cânhamo. Você encontra três tipos de óleos de CBD:

  • Óleo CBD puro é produzido a partir de um isolado de Canabidiol infundido em óleo comestível.
  • Óleo de espectro completo é rico em CBD, mas contém outros canabinoides e compostos vegetais.
  • Óleo de amplo espectro é derivado de extrato de cânhamo rico em Canabidiol e outros canabinoides, mas livre de THC.

Independente do tipo, o óleo de CBD pode apresentar sabor suave ou um gosto forte. Quem não gosta do sabor natural do óleo, pode escolher uma variação saborizada ou adicionar algumas gotas do óleo a uma bebida da preferência.

Como vantagens dessa apresentação devemos mencionar o longo prazo de validade, possibilidade de ajustar a dose com precisão, economia, versatilidade de uso e possibilidade de misturar a outros ingredientes.

Imagem de uma pessoa adicionado óleo de CBD ao café.

O óleo de CBD pode ser adicionado a um bebida de sua preferência. (Fonte: Pharma Hemp Complex/ Unsplash.com)

Outra possibilidade é consumir as cápsulas de CBD com extrato em pó ou óleo. Essas cápsulas são veganas, livres de conservantes, corantes ou glúten.

Além de ser a melhor escolha para quem não gosta do sabor ou cheiro do óleo de cânhamo, o suplemento em cápsulas é prático de consumir. Mas fique atento, quando em cápsulas, esse suplemento possui dose pré-estabelecida que pode ser inferior ou superior à sua necessidade.

Você também encontra produtos à base de CBD em outros apresentações como creme de uso tópico, pomada, supositório, óleo para vaporizador, caneta vaporizadora, xarope ou bala de goma.

Concentração de CBD

A concentração de CBD em um produto à base de Cannabis Sativa é conhecido como potência e expresso por uma porcentagem de miligramas de Canabidiol por grama de Cannabis. Importante lembrar que a concentração de THC não deve ultrapassar 0,2%.

Por exemplo, 12% de CBD indica a concentração de 120mg a cada 1g de Cannabis. A concentração varia entre 2%, 5%, 10%, 12%, 15% ou 20%. Uma concentração maior não indica um produto melhor, pois a concentração deve ser proporcional ao peso da pessoa que está ingerindo o produto e força desejada, como demonstra a tabela abaixo:

Peso da pessoa Força Baixa Força Média Força Alta
45Kg 10mg 30mg 60mg
56Kg 13mg 38mg 75mg
68Kg 15mg 45mg 90mg
79Kg 17mg 52mg 105mg
90Kg 20mg 60mg 120mg
102Kg 22mg 67mg 135mg
113Kg 25mg 75mg 150mg

A concentração desses ativos deve ser informada no rótulo do produto. Um bom rótulo também precisa informar a quantidade de produto, data de fabricação e número de produção, informações que permitem controle de qualidade subsequente.

Preço

Pesquisamos os preços de produtos à base de CBD da importadora HempMeds Brasil para você ter uma noção do quanto deverá investir em um produto de qualidade.

A seringa contendo 10 a 15ml do óleo concentrado custa de US$139 a US$329. Um frasco com 120ml de óleo concentrado custa entre US$89 A US$119 enquanto um frasco com 240ml custa cerca US$259. A versão em cápsulas custa entre US$109 a US$129.

Este site em especial só disponibiliza a compra em dólar, outros oferecem o produto em euro. Os valores convertidos em real dependem das taxas de câmbio no momento da compra, por essa razão não mencionamos valores aproximados.

(Fonte da imagem destacada: Kimzy Nanney/ Unsplash.com)

Referências (7)

1. Matos, R. L. A., Spinola, L. A., Barboza, L. L., Garcia, D. R., França, T. C. C., Afonso, R.S. O uso do Canabidiol no tratamento da Epilepsia. 2017; 794-796.
Fonte

2. Gontijo, E. C., Castro, G. L., Petito, A. M. D. C., Petito, G. Canabidiol e suas aplicações terapêuticas. 2016; 4-7.
Fonte

3. Miranda, R. D. C. O CANABIDIOL: Seu uso no Brasil. 2016; 17-19
Fonte

4. Vieira, F. P. A legalização do Canabidiol. 2015; 2-5
Fonte

5. Flores, L. E. Efeito neuroprotetor, anit-inflamatório e antioxidante do Canabidiol: Contribuições para o estudo e o tratamento de doenças neurodegenerativas. 2016; 9-18
Fonte

6. Oliveira, K. L. B, Lima, T. P. S. Cannabis Sativa: Potencial terapêutico. 2016; 12-22
Fonte

7. Silva, D. O. F. D, Reis, M. C., Santos, B. E. D. M., Abreu, C. F. D., Santos, L. F. C., Dourado, M. S. C. I., Resende, V. V. D. L. O uso do Canabidiol no tratamento da ansiedade. 2017; 256-260
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Jaqueline Aguiar Esteticista
Cuidar das outras pessoas é o que Jaqueline mais ama fazer. E ela faz isso de duas maneiras: em sua clínica, através de procedimentos estéticos, e pela internet, aconselhando mulheres e homens sobre os melhores produtos do ramo. Com o tempo que sobra, ela também gosta de compartilhar conhecimento sobre seu outro hobby: o apimentado universo dos sex shops.
Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.
Estudo
Matos, R. L. A., Spinola, L. A., Barboza, L. L., Garcia, D. R., França, T. C. C., Afonso, R.S. O uso do Canabidiol no tratamento da Epilepsia. 2017; 794-796.
Ir para a fonte
Estudo
Gontijo, E. C., Castro, G. L., Petito, A. M. D. C., Petito, G. Canabidiol e suas aplicações terapêuticas. 2016; 4-7.
Ir para a fonte
Estudo
Miranda, R. D. C. O CANABIDIOL: Seu uso no Brasil. 2016; 17-19
Ir para a fonte
Estudo
Vieira, F. P. A legalização do Canabidiol. 2015; 2-5
Ir para a fonte
Estudo
Flores, L. E. Efeito neuroprotetor, anit-inflamatório e antioxidante do Canabidiol: Contribuições para o estudo e o tratamento de doenças neurodegenerativas. 2016; 9-18
Ir para a fonte
Estudo
Oliveira, K. L. B, Lima, T. P. S. Cannabis Sativa: Potencial terapêutico. 2016; 12-22
Ir para a fonte
Estudo
Silva, D. O. F. D, Reis, M. C., Santos, B. E. D. M., Abreu, C. F. D., Santos, L. F. C., Dourado, M. S. C. I., Resende, V. V. D. L. O uso do Canabidiol no tratamento da ansiedade. 2017; 256-260
Ir para a fonte