Pão na chapa, misto quente, bauru, essas são apenas algumas das delícias que podem ser feitas em uma chapa para lanche, produto que falaremos com detalhes hoje aqui no ReviewBox Brasil, seja muito bem-vindo!

Presente em lanchonetes, cantinas e restaurantes, a chapa para lanche é um dos itens mais importantes para quem trabalha com o preparo de diversos tipos de sanduíches, sendo eficiente e muito versátil.

Mas quais os modelos disponíveis de chapa para lanche? Como escolher a melhor? O que devo levar em consideração na hora da compra? Responderemos essas e outras perguntas durante esse artigo para que ao final da leitura você saiba exatamente como escolher a melhor para a sua necessidade. Para isso continue com a gente!

Primeiro, o mais importante

  • Existem chapas para lanche elétricas e a gás.
  • A temperatura que a chapa atinge é um dos pontos essenciais para a eficácia do produto, logo chapas mais quentes preparam os alimentos mais rápido.
  • É possível encontrar chapas para lanches com diferentes medidas que se adequam ao uso mais caseiro e também ao profissional.

Você também pode gostar:

As melhores opções de chapa para lanche: Nossas escolhas

Separamos nesse ranking as chapas para lanches consideradas as melhores do mercado e se você está buscando uma dessas para comprar saiba que todas podem ser uma ótima escolha. Confira:

Para produzir lanches e porções com alta eficiência

Tendo um baixo consumo de gás e sendo ideal para produzir porções e lanches com alta eficiência, esse modelo de chapa para lanche tem uma estrutura confeccionada em aço galvanizado, parte frontal em aço inox e chapa superior para frituras em aço carbono de alta resistência. Ela possui 30 centímetros de largura e 60 centímetros de comprimento, tendo uma capacidade para até 4 hambúrgueres.

Uma chapa para lanche segura

Com estrutura em aço inox escovado e chapa de fritura confeccionada em aço 1020, essa opção de chapa para lanche conta com pés emborrachados, niveladores e antiderrapantes, gaveta coletora de óleo e botões reguladores de chama. Ela conta ainda com três queimadores em alumínio, possui 40 centímetros de largura, 80 centímetros de comprimento e tem uma espessura de chapa de 6,35 milímetros.

Uma boa opção para seu negócio

Atingindo uma temperatura máxima de 300ºC, essa chapa para lanche é produzida em aço inox e conta com 4 acendedores, tendo 85 centímetros de comprimento e 52 centímetros de largura. Ela tem ainda uma bandeja para resíduos, pés com niveladores de altura, escorredor para óleo e funciona com acionamento a gás.

Guia de Compra

Podendo ser utilizada para o preparo de diversos tipos de alimentos, a chapa para lanche é um produto essencial para bares, lanchonetes e restaurantes. Graças a sua versatilidade se tornou um investimento com ótimo custo benefício.

E caso você esteja em busca de uma dessas preparamos esse guia de compra com todos os detalhes sobre o produto, desde as suas formas de utilização, preço, onde comprar e muito mais. Vamos lá?

Na foto um homem segurando um prato com hambúrguer.

As chapas para lanche são essenciais para produzir os mais diversos tipos de sanduíches e estão presentes em todas as lanchonetes. (Fonte: Edward Eyer / Pexels)

O que é uma chapa para lanche?

A chapa para lanche é composta por uma superfície plana, que pode ser fabricada em aço inox, aço carbono, ferro fundido e até vidro ou cerâmica, tendo o funcionamento parecido com o de uma frigideira.

Ela é encontrada em diversas medidas e conta com um número de queimadores que varia de acordo com o tamanho da chapa, podendo atingir temperaturas bem altas, sendo que há modelos com acionamento a gás e elétrico.

Esse produto serve para o preparo de lanches e porções com todos os tipos de ingredientes desde hambúrgueres, frios, ovos, até bacon, calabresa, frango e carnes, os fritando e cozinhando de maneira uniforme.

Quais as vantagens e desvantagens da chapa para lanche?

A chapa para lanche é um produto que facilita o dia a dia de lanchonetes e outros estabelecimentos que trabalham com o preparo de lanches e porções. Isso porque com ela é possível produzir um número grande de alimentos de uma vez só dependendo do tamanho da chapa.

Além disso, ela costuma ter um aquecimento rápido e atingir temperaturas altas, que permitem cozinhar e fritar os ingredientes da maneira correta e com muita agilidade e eficiência.

É importante fazer uma preparação correta do produto.

Outra vantagem é que a chapa é também encontrada em tamanhos menores, podendo assim ser utilizada até em residências por quem tem o costume de receber convidados para uma noite do hambúrguer, por exemplo.

Uma desvantagem é que a grande maioria não é antiaderente, precisando sempre ser untada durante a utilização.

Outro ponto de atenção e que pode ser negativo é que antes do primeiro uso da chapa para lanche é importante fazer uma preparação correta do produto. Caso isso não aconteça, produtos químicos utilizados na produção da chapa podem passar para os alimentos.

Há também chapas feitas de materiais que podem enferrujar e é, portanto, imprescindível tomar cuidado no momento da utilização e fazer uma adequada limpeza após o uso para que a sua durabilidade seja maior.

Vantagens
  • Permite o preparo de diversos alimentos de uma vez só
  • Atinge altas temperaturas de maneira uniforme
  • Existe em diferentes tamanhos
  • Tem alta eficiência
  • É fácil de limpar
Desvantagens
  • Caso não receba o preparo adequado produtos químicos podem passar para os alimentos
  • Alguns materiais podem enferrujar

Como utilizar corretamente uma chapa para lanche?

De nada adianta ter uma chapa para lanche de qualidade se não for feita a utilização correta dela para alcançar bons resultados.

Para isso o primeiro passo consiste em untar a chapa e pode ser utilizado óleo de cozinha ou manteiga, sempre tirando o excesso para não deixar os alimentos muito gordurosos.

Outro ponto importante é que só se deve colocar os ingredientes na chapa quando ela estiver quente, também buscando deixá-los sem excesso de óleo.

Após isso podem começar a ser colocados todos os produtos para fritar e nesse momento é bom manter uma distância entre eles para que não grudem um no outro. Ao terminar o preparo basta tirar tudo da chapa e limpá-la.

As espátulas são os melhores utensílios para a chapa, pois elas ajudam a virar os alimentos, cortá-los e também a levá-los para o pão ou prato. Outra ferramenta muito boa é o abafador, que pode ser utilizado em ingredientes que precisam de mais cozimento como os ovos.

Como fazer a limpeza da chapa para lanche?

Limpar a chapa para lanche após a sua utilização é a melhor forma de garantir uma boa durabilidade do produto. Antes de começar a higienização é importante se certificar de que a chapa está desligada.

O início desse processo é realizado com um raspador, que será responsável por retirar todos os restos de alimentos que possam ter ficados grudados na chapa.

Em seguida joga-se gelo ou água fria por toda a chapa, isso fará com que toda a sujeira que restou desgrude com mais facilidade.

Feito isso pode-se utilizar uma lã de aço ou uma esponja comum e basta passá-la por toda a superfície com um detergente neutro ou com um próprio limpador de chapas. Após retirar toda a sujeira enxagua-se a chapa com água e a seca com papel toalha.

Quanto custa uma chapa para lanche?

O valor de uma chapa para lanche depende do material em que ela é produzida, seu tamanho e também o número de queimadores.

Com isso é possível adquirir um produto desses por um preço inicial médio de R$ 100 até cerca de R$ 8.300 no caso de uma chapa grande de cerâmica, que é o que há de mais moderno nesse tipo de produto.

Na foto um food truck com um homem dentro.

As chapas menores para lanchonetes pequenas e food trucks são as que tem um preço mais em conta. (Fonte: lieblingsburger / Pixabay)

Onde comprar uma chapa para lanche?

Há pouca variedade de lojas físicas que comercializam a chapa para lanches, sendo que esse produto é mais facilmente encontrado nas que vendem produtos específicos para restaurantes e lanchonetes.

Já na internet há uma maior facilidade de encontrá-lo, inclusive com relação a materiais e tamanhos e alguns sites que têm chapa para lanche em grande quantidade, como a Amazon Brasileira.

Há também a possibilidade de adquirir os produtos que estão no nosso ranking e para isso basta clicar no seu preferido.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de chapa para lanche

Na hora de comprar uma chapa para lanche é importante levar em consideração alguns fatores que irão fazer com que a escolha seja a mais correta possível. Para te ajudar nisso separamos abaixo todos eles para que você analise e chegue ao melhor produto.

  • Medida da chapa
  • Número de queimadores
  • Espessura da placa da chapa
  • Acionamento a gás ou elétrico
  • Tempo de aquecimento

Agora você encontrará uma explicação detalhada de cada um deles.

Medida da chapa

O primeiro ponto crucial a analisar antes de comprar uma chapa é determinar o tamanho que ela deve ter. Isso deve ser escolhido de acordo com o nível de utilização.

Existem modelos que são pequenos e mais voltados para o uso doméstico, porque tem pouco capacidade.

Há também modelos de chapas que são médios, tendo por volta de 30×60 centímetros e nesses é possível, por exemplo, preparar quatro hambúrgueres por vez.

Já as chapas maiores são ideais para restaurantes, pois tem grande capacidade. Se a sua forma de utilização for essa não hesite em medir o espaço disponível e optar por produto com mais capacidade, que irá facilitar o dia a dia do chapeiro.

View this post on Instagram

#jm #costaefio #chapadelanche #jmequipamentos

A post shared by JM Equipamentos SC (@jmequipamentosoficial) on

Número de queimadores

O número de queimadores que uma chapa para lanche terá está diretamente relacionado ao seu tamanho e também a temperatura que ela conseguirá atingir.

Deve-se saber que a quantidade de calor gerada por uma chapa é medida em BTUs e quanto maior for esse número, mais quente a chapa será. Logo chapas mais potentes possuem mais queimadores e tem uma rapidez maior de cozimento.

Espessura da placa da chapa

Deve-se também levar em consideração a espessura da chapa. Comprar uma chapa para lanches muito fina diminui a durabilidade do produto e durante o uso também pode apresentar alguns problemas.

Já as chapas mais grossas são mais duráveis, têm menor probabilidade de dobrar devido às altas temperaturas, mostram menos sinal de desgaste e aquecem mais uniformemente.

Acionamento a gás ou elétrico

Com relação ao tipo de acionamento da chapa ambos possuem seus pontos negativos e positivos.

Uma chapa para lanches com acionamento elétrico acaba gerando um gasto de utilização mais baixo, já que a eletricidade é mais barata do que o gás. Ela também se torna mais segura, pois não encontra a possibilidade vazamentos.

Por outro lado, ela acaba tendo um aquecimento menor do que os modelos de acionamento a gás e também tem um preço mais alto.

Na foto um fogão a gás aceso.

Chapas para lanches a gás atingem temperaturas mais altas, porém causam mais custos. (Fonte: Piviso / Pixabay)

Tempo de aquecimento

O tempo de aquecimento da chapa é crucial para quem trabalha com esse produto. Existem chapas mais antigas que podem demorar até 30 minutos para aquecer, o que é um empecilho pensando em produção.

As mais modernas levam cerca de 3 minutos, possibilitando iniciar o preparo dos lanches com mais agilidade. Portanto, cheque essa informação com o fabricante da chapa escolhida.

(Fonte da imagem destacada: lieblingsburger / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
47 Voto(s), Média: 4,04 de 5
Loading...