Duas colheres, uma com comprimidos verdes e outra com pó de chlorella.
Ultima atualização: 11 de dezembro de 2019

Como escolhemos

16Produtos analisados

21Horas investidas

6Estudos avaliados

68Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um suplemento que traz benefícios para todo o nosso organismo: a chlorella. A chlorella é uma microalga verde que possui alto valor nutritivo, é rica em fibras, proteínas, vitaminas, minerais e em clorofila.

Não à toa, ela se tornou um dos suplementos alimentares mais consumidos em todo o mundo. Por isso, nesse artigo, você vai entender tudo sobre os benefícios dessa alga e descobrir como comprar o suplemento ideal para você.




Primeiro, o mais importante

  • O consumo da chlorella ajuda a regular o intestino, e a proteger e fortalecer o sistema imunológico, prevenindo doenças.
  • Além disso, a chlorella fortalece os ossos, atua no bom funcionamento do cérebro, previne a hipertensão e diminui o colesterol.
  • A suplementação de chlorella também pode ajudar no processo de emagrecimento.

Você também pode gostar:

Melhores suplementos de chlorella: O suplemento ideal para cada situação

Quando se trata de suplemento alimentar, sempre buscamos aquele que será mais eficiente e fácil de consumir de acordo com nossas necessidades e objetivos. Pensando nisso, separamos os melhores suplementos de chlorella disponíveis atualmente no mercado. Veja:

A favorita dos consumidores como um todo

A Chlorella Orgânica da Now Foods vem em uma embalagem com 200 tablets de 500mg. Cada cápsula contém 60% das necessidades diárias de vitamina A, 130% de vitamina C e 35% de ferro. A recomendação da fabricante é que sejam ingeridos três comprimidos por dia.

A melhor opção para quem quer Spirulina

No products found.

A Spirulina + Chlorella Superalgas da Ojio é um suplemento em forma de comprimidos. No total, o frasco vem com mil tablets de 250 mg. A Ojio recomenda a ingestão de 12 comprimidos ao dia (3g). Cada cápsula contém 2g de proteína, 60% do valor diário de vitamina K, 10% de vitamina A e 27% da D, além de vitaminas do complexo B, ferro, fósforo, magnésio, manganês e sódio.

A chlorella ideal para veganos

A Chlorella da Ocean Drop oferece 240 cápsulas de 530mg. Ao ingerir quatro comprimidos antes das principais refeições, você irá consumir 5g de proteína, 1,2g de fibras, além de vitaminas B3, C, E, fósforo, potássio, e 258mg de clorofila. Esse suplemento pode ser usado por veganos.

Guia de Compra

Iniciar a ingestão de um suplemento requer sempre alguns cuidados. Mas o principal dele é a informação. Antes de comprar a chlorella é preciso considerar o seu objetivo e a sua condição de saúde.

Para ajudar você a tirar todas as dúvidas sobre a chlorella, criamos esse Guia de Compra. Aqui você vai ter acesso à principais informações sobre esse suplemento alimentar.

 Mulher tomando comprimido.

A suplementação com chlorella é altamente benéfica. (Fonte: JESHOOTS.com/ Pexel.com)

O que é a chlorella?

A chlorella, ou clorela, é uma microalga de água doce. Diz a história que ela foi descoberta pelos japoneses, justamente por conta do costume tradicional de consumir algas em sua alimentação.

Por conta disso, a chlorella acabou ficando conhecida por promover a sensação de bem-estar a longo prazo. E isso de fato ocorre porque essa alga possui um elevado valor nutritivo, sendo rica em fibras, proteínas, ferro, iodo e vitaminas do complexo B e C.

Mas, além disso, a chlorella, como o seu próprio nome indica, conta com alta concentração de clorofila. Tanto é que essa é a alga com maior quantidade de clorofila conhecida atualmente.

foco

Além da chlorella, também o espinafre, couve, alface, brócolis, couve de Bruxelas, entre outros, possuem a clorofila em sua composição.

A clorofila atua controlando os níveis de açúcar no sangue, melhora o trânsito intestinal, fortalece o sistema imunológico, previne doenças, é antioxidante, protege o cérebro e o fígado, e ainda fortalece os ossos e músculos.

Mas, como todos os alimentos, em excesso pode provocar eliminação excessiva de toxinas, causando vômitos e diarreias.

Por conta de seu valor nutritivo, essa alga é indicada para melhorar e estimular o sistema imune e combater problemas gastrointestinais e doenças degenerativas. Além disso, a chlorella é altamente indicada para vegetarianos e veganos por ser altamente proteica.

Mas é importante frisar que os benefícios da chlorella só são obtidos quando ela é consumida na forma de suplemento, já que, segundo alguns especialistas, a alga in natura não é digerida pelo intestino.

Quais são as propriedades nutricionais da chlorella?

Como vimos, a chlorella é uma alga cujas propriedades nutricionais são riquíssimas e, portanto, benéficas à saúde do nosso organismo. Confira a seguir os principais nutrientes desse suplemento alimentar:

Proteína

Aproximadamente 60% da composição da chlorella é de proteínas. E o fato é que as proteínas, que são formadas por aminoácidos, são essenciais para a construção e a manutenção de nossos órgãos e tecidos.

E o melhor: a chlorella contém oito aminoácidos essenciais (isoleucina, lisina, fenilalanina, metionina, treonina, triptofano, valina, histidina).

Ferro e Vitamina C

A chlorella também é considerada uma boa fonte de ferro. Isso porque ela pode fornecer entre 6% e 40% da sua necessidade diária desse mineral. Além disso, essa alga é uma fonte de vitamina C, substância que ajuda o organismo a absorver o ferro.

Antioxidantes

Essa microalga também é capaz de fornecer ao nosso organismo uma grande variedade de antioxidantes.

Outras vitaminas e minerais

A chlorella fornece ainda magnésio, zinco, cobre, potássio, cálcio, ácido fólico e outras vitaminas do complexo B, que são vitais para a nossa saúde.

Ômega-3

Assim como ocorre com outros tipos de algas, a chlorella também conta com ômega-3 em sua composição. O ômega 3 é um poderoso anti-inflamatório e ajuda na diminuição dos riscos de artrite e do envelhecimento da pele.

Fibra

Como vimos, a chlorella é uma riquíssima fonte de fibras. As fibras auxiliam na boa digestão, e ainda favorecem as bactérias boas do intestino.

A chlorella é conhecida como a “pílula do astronauta”. Isso porque ela já é usada em testes da Nasa como um possível alimento para viagens espaciais (1).

Mas, apesar de contar com tantos benefícios nutricionais, o fato é que a composição nutricional da chlorella varia de um suplemento alimentar para outro.

Ainda assim, é possível ter uma noção geral dos seus valores nutricionais. Confira a tabela a seguir.

Componentes Quantidade em 100g de Chlorella
Carboidratos 17g
Lipídios 12g
Fibra 12g
Vitamina A 135mg
Vitamina D 600mg
Vitamina E 8,9mg
Vitamina K 22,1mg
Vitamina B2 3,1mg
Ácido Fólico 2300mg
Vitamina B12 50mg
Biotina 100mg
Potássio 670mg
Cálcio 48mg
Fósforo 1200mg
Magnésio 10mg
Ferro 100mg
Clorofila 2580mg

Quais são os benefícios da chlorella?

Com tantas vitaminas, minerais e nutrientes, o consumo de chlorella proporciona diversos benefícios para a saúde. De forma resumida, nós listamos a seguir as principais vantagens que o consumo da chlorella oferece ao nosso organismo. Veja:

  • Favorece o ganho de massa muscular;
  • Previne anemia e cãibras;
  • Melhora a saúde da pele e dos cabelos, estimulando a produção de colágeno e prevenindo as rugas;
  • Reduz inflamações;
  • Desintoxica o organismo;
  • Reduz o colesterol LDL;
  • Controla a pressão arterial alta;
  • Ajuda a controlar o açúcar no sangue;
  • Atua na cura de feridas, úlceras e hemorróidas.

Chlorella emagrece?

O fato é que nenhum suplemento alimentar sozinho é capaz de levar ao emagrecimento. Assim como ocorre com outros suplementos, é preciso que haja um conjunto de fatores para que você possa perder peso de forma efetiva e saudável.

A chlorella pode ter um papel importante no processo de emagrecimento.

O principal é aliar uma alimentação balanceada com a prática constante e adequada de exercícios físico.

Com isso, a chlorella pode ter um papel importante no processo de emagrecimento.

Como ela é rica em fibras, essa alga gera uma sensação de saciedade, o que leva a um consumo menor de alimentos, especialmente de guloseimas.

Comprimidos verdes.

A chlorella tem um alto valor nutricional. (Fonte: Ben_Kerckx/ Pixabay.com)

Como consumir a chlorella e qual a dose recomendada?

A forma mais comum de consumir a chlorella é como suplemento alimentar, que pode ser em comprimido ou em pó. Quando em forma de pó, por exemplo, você poderá adicionar a chlorella em sucos naturais, água ou vitaminas.

Recomenda-se iniciar o consumo de Chlorella gradualmente, após as refeições. E, ainda que não exista uma dose diária única, especialistas sugerem que consumo não deve ultrapassar 10 gramas por dia.

Ainda assim, sugerimos que você consulte um nutricionista ou médico antes de iniciar a suplementação com a chlorella. Apenas um especialista poderá indicar a dose adequada para você.

Quais são os efeitos colaterais e as contraindicações da chlorella?

Assim como todos os suplementos, também a chlorella deve ser consumida com equilíbrio. O fato é que o excesso da chlorella pode causar diarreia, náuseas, vômitos, coceira e até erupções na pele.

Nem todos devem consumir essa alga.

Além disso, apesar de ainda não existirem contraindicações severas quanto ao uso da chlorella, os profissionais de saúde alertam que nem todos devem consumir essa alga.

A atenção maior fica por conta de gestantes, lactantes, crianças e pessoas com sistema imunológico comprometido. Nesse caso, é necessário que se consulte um nutricionista antes de considerar a ingestão de chlorella.

Qual a diferença entre chlorella e espirulina?

Não raro quando você for comprar o suplemento de chlorella irá se deparar também com uma outra substância, a espirulina. Apesar de ambas serem parecidas, é importante que você entenda a diferença entre elas.

A primeira diferença é que apenas a chlorella é uma alga. A espirulina é categorizada como uma cianobactéria, ou seja, ela é um micro-organismo que se alimenta por meio da fotossíntese.

Sem contar que a chlorella possui a cor verde, enquanto que espirulina é azul. Mas, além disso, elas têm perfis nutricionais diferentes.
Ainda que ambas possuam um alto teor proteico em sua composição, o fato é que a espirulina conta com ainda mais vitamina B12.

A espirulina também é mais rica em ácidos graxos essenciais, tanto ômega 3 quanto ômega 6, se comparada com a chlorella. Por outro lado, a chlorella, como vimos, tem mais clorofila e altos níveis de betacaroteno.

De maneira resumida, a espirulina é mais conhecida por fornecer energia e força para o corpo, saúde para pele, cabelos e unhas, além de proteção contra o envelhecimento.

A chlorella tem como destaque o poder de eliminar impurezas do corpo e promove a renovação celular. Por isso, não raro se recomenda que o consumo desses dois suplementos ocorra de maneira conjunta.

Quanto custa a chlorella e onde comprar?

Dependendo da fórmula, dos ingredientes, da forma e da quantidade, o preço da chlorella pode variar bastante. Por isso, você vai encontrar esse suplemento alimentar custando entre R$15 e R$1 mil.

Além disso, é fácil encontrar a chlorella, seja em farmácias de manipulação, lojas de suplementos, de departamento e até em grandes redes de supermercados como Lojas Americanas e Carrefour.

Mas se você quiser conforto e praticidade, o ideal é comprar pela internet, em sites de confiança como a Amazon Brasil, por exemplo.

Critérios de Compra: O que você deve analisar na hora de comprar a chlorella

Se você chegou até aqui já sabe das maravilhas que a chlorella é capaz de realizar na sua saúde. Mas, na hora de comprar esse suplemento alimentar, várias dúvidas podem surgir.

Afinal, além de garantia de qualidade e eficiência, é preciso escolher a que de fato irá entregar os resultados esperados.

Por isso, o primeiro fator que você deve levar em conta antes de comprar a chlorella é certificar-se de que o suplemento é aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa.

Além disso, recomendamos que você analise outros critérios igualmente importantes. São eles:

A seguir, nós vamos explicar em detalhes como analisar cada um desses critérios.

Composição

Antes de bater o martelo e comprar a sua chlorella, verifique a composição do suplemento. Aqui você poderá optar por consumir a chlorella pura ou combinada com outra substância.

De acordo com os especialistas, o ideal é optar pela chlorella em sua forma pura. E, dessa forma, garanta que não há outras substâncias na fórmula do suplemento.

No entanto, como vimos, é possível que você prefira complementar os benefícios dessa alga como ocorre com o suplemento que mistura a chlorella e a espirulina, por exemplo.

Forma de consumo

Em seguida, leve em conta a forma como você irá consumir a chlorella. Nesse critério você poderá optar pelo suplemento em forma de cápsulas ou em pó.

A escolha aqui é bem pessoal. Mas observe qual seria a forma mais prática e confortável para o seu consumo.
Não raro algumas pessoas sentem incômodos ao ingerir comprimidos e, nesse caso, a opção em pó será a mais recomendada.

Chlorella em cápsulas, em pó e líquido verde no copo.

Você pode optar pela chlorella em pó ou em cápsulas. (Fonte: 5second/ 123rf.com)

Por outro lado, a chlorella em forma de comprimidos ou cápsulas garante mais praticidade na hora de consumir, já que você pode usá-la a qualquer momento e em qualquer local.

Dosagem

Leve em consideração também a dosagem, que vai variar bastante de acordo com a marcada fabricante.

Observe a quantidade recomendada de cápsulas e também a dose em miligramas. Para você ter uma ideia, em geral, você vai encontrar suplementos de chlorella cuja recomendação de ingestão pode variar entre 3 a 20 cápsulas por dia.

Como a chlorella não é um medicamento, a dosagem vai depender de fatores como peso, idade e condições clínicas. Para acertar, consulte um nutricionista.

Quantidade

Por fim, avalie o custo-benefício de acordo com o tempo que você pretende consumir o suplemento de chlorella. Dessa forma, é importante considerar a quantidade de cápsulas ou de pó que vem na embalagem.

(Fonte da imagem destacada: Lukas Gojda/ 123rf.com)

Referências (1)

1. NASA. (2019). Better Life Support Systems for Space Travel. [online][Accessed 5 Dec. 2019].
Fonte

Por que você pode confiar em nós?

Gustavo Conceição Nutricionista
Na escola, Gustavo participava de todas as modalidades. Ele acabou não se tornando atleta profissional, mas manteve-se próximo do universo esportivo cursando nutrição e, depois de graduado, prestando consultoria a atletas de várias modalidades e clubes de futsal e vôlei pelo país. Pós-graduado em suplementação, compartilha online seu conhecimento sobre o que há de melhor em complementos alimentares.
Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.
NASA web site
NASA. (2019). Better Life Support Systems for Space Travel. [online][Accessed 5 Dec. 2019].
Ir para a fonte