Imagem mostra uma chopeira elétrica em foco seletivo, enquanto um homem, representado apenas por seus braços, opera a torneira e serve um chopp numa caneca de vidro.
Ultima atualização: 18 de janeiro de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

64Comentários coletados

Olá, tudo bom? Nós, da ReviewBox Brasil, estamos em dúvida. O que é melhor? O primeiro gole daquele chope bem gelado ou o momento em que você tira a caneca da torneira e serve o chopp perfeito, com o colarinho ideal, na pressão certa. Tá perdido? A gente explica. É que os dois são possíveis com a chopeira elétrica, o foco deste artigo.

Com um chopeira elétrica, você pode fazer qualquer evento sem se preocupar com a bebida. Ela tem, afinal, resfriamento rápido e contínuo, comporta grandes volumes de líquido e é muito fácil de servir. No Guia a seguir, vamos falar tudo sobre este produto, e ajudar você a encontrar o modelo perfeito para a sua festa e para sua casa.




Primeiro, o mais importante

  • As chopeiras elétricas variam em suas fontes, que podem ser barris conectados internamente, barris conectados externamente e até a conexão direta em garrafas e latas.
  • A parte elétrica é basicamente responsável pelo resfriamento e manutenção da temperatura da bebida.
  • Não esqueça de verificar a voltagem do modelo de sua escolha!

Você também pode gostar:

Melhores chopeiras elétricas: As escolhas para cada situação

Para ajudar na sua busca pela chopeira elétrica ideal, montamos uma lista com os melhores modelos do mercado, avaliados a partir da qualidade dos seus componentes, a eficiência dos seus mecanismos, e a saída, enfim, do chopp gelado pela torneira.

O modelo perfeito para o seu evento

Para qualquer evento, a Chopeira Beertender, da Krups, é o seu modelo. Com design bonito e revestimento em inox, esta chopeira elétrica tem exclusividade para chopp Heineken, e comporta um barril de cinco litros de maneira muito elegante em seu reservatório interno. A torneira conta com alavanca que se inclina 90º, facilitando a saída do chopp na maneira que o usuário gosta, e na temperatura certa, graças ao seu indicador de LED.

A chopeira ideal para sua casa

A chopeira elétrica da Fizzics com certeza vai levar inovação para sua casa. Resistente, graças ao revestimento de zinco reforçado, mas com um design moderno, esta chopeira acomoda latas e garrafas de até 750ml em seu interior, garantindo a integridade da bebida, e permitindo que você altere com facilidade o tipo de cervejas a serem servidas. A energia deste modelo pode ser alimentada por duas pilhas AA ou via cabo USB. Esse produto é vendido pela Amazon Americana.

Guia de Compras

Além de todas as facilidades e praticidades, a chopeira elétrica também proporciona a você a possibilidade de beber no próprio ritmo, isto é, terminar o seu copo no seu tempo, sem se preocupar com a temperatura, a integridade ou mesmo a quantidade de bebida para o copo seguinte.

Para cada ritmo, evento ou tipo de bebida há uma chopeira elétrica ideal, que melhor vai atender cada necessidade. Neste Guia de Compras, vamos ajudar você a encontrar a sua, compartilhando informações, dicas, linhas, tecnologias e modelos.

Imagem mostra, em foco seletivo, dois copos de vidro cheios de cerveja, com marcas de gole, segurados por duas mulheres, em segundo plano no quadro.

A chopeira elétrica respeita a sua bebida, no seu tempo. (Fonte: Paloma A./ Unsplash.com)

Como funciona a chopeira elétrica?

Uma chopeira, por excelência, tira a cerveja de uma fonte, geralmente um barril, e leva até o seu copo via mangueiras, serpentinas e torneiras. As chopeiras elétricas tem fontes diferentes, isto é, de barris inseridos no compartimento interno à barris conectados externamente, ou mesmo a partir de latas e garrafas.

Nos modelos "internos", os barris já vem pressurizados; nos modelos "externos", essa pressão é regulada. Isso quer dizer que o caminho do barril ao copo não usa eletricidade.

A parte elétrica, então, é responsável pelo resfriamento e manutenção da temperatura da cerveja, com exceção dos modelos de latas e garrafas, em que é responsável pela regulagem do gás, que é convertido na espuma do famoso colarinho.

Nos modelos internos, o resfriamento se dá a partir de uma placa térmica, gelada por meio de uma pastilha termoelétrica. Nos modelos externos, o sistema é variado, geralmente combinando serpentinas com placas térmicas ou outros métodos de refrigeração.

Imagem mostra um copo de vidro sendo enchido por uma torneira de uma chopeira, com uma parede de azulejos ao fundo.

A parte elétrica da chopeira é responsável pela refrigeração e manunteção da temperatura do chopp. (Fonte: Jens Mahnke/ Pexels.com)

Vale a pena ter uma chopeira elétrica profissional?

As chopeiras elétricas profissionais são aquelas cuja a fonte da bebida é um barril, que é conectado externamente. Elas são perfeitas para eventos, por ter uma grande vazão por hora, sem perder a pressão, é claro, e mantém a cerveja gelada por muito mais tempo.

Seu consumo é necessariamente alto.

No entanto, por ter de se conectar à barris, seu consumo de cerveja "por vez' é necessariamente alto, já que a maioria dos barris externos têm volume igual ou superior a dez litros, pelo menos se você se importa com o desperdício da bebida.

Ao mesmo tempo, as chopeiras elétricas são modelos com um grau um pouco elevado de configuração, da regulagem do manômetro, que se conecta ao barril, à vazão da torneira. O ideal é que elas sejam usadas por pessoas com algum tipo de experiência.

O uso caseiro desse tipo de chopeira, portanto, é pouco recomendado. O uso em eventos, por sua vez, é melhor conforme aumenta o tamanho do evento, desde que com pessoas com experiência na regulagem da máquina.

Vantagens
  • Maior vazão
  • Resfriamento simples
  • Manutenção da temperatura
Desvantagens
  • Consumo alto
  • Regulagem

A chopeira elétrica residencial é boa para festas?

Chamamos aqui de "residencial" a chopeira elétrica com compartimento interno para barris, por serem compactas, fáceis de usar e terem uma vazão reduzida, ou seja, perfeita para ocasiões que pedem só uma cervejinha.

Dito isso, ela só será útil para uma festa em que o consumo for baixo. Em modelos compatíveis com barris de cinco litros, por exemplo, ela rende aproximadamente 14 ou 15 doses, considerando um copo de 350ml.

Se na sua festa houver dez pessoas que bebem, por exemplo, será necessária uma troca antes de completar duas rodadas, o que ilustra bem a capacidade destes modelos para festas e outros eventos.

Imagem mostra, em foco seletivo, um copo de vidro de boca larga sendo enchido por uma torneira de uma chopeira, com outras torneiras enfileiradas e desfocadas ao fundo.

A chopeira elétrica residencial só é recomendável para eventos de pequeno porte e baixo consumo. (Fonte: arinahabich/ 123rf.com)

Como é uma chopeira elétrica frigobar?

Existe um quarto tipo de chopeira elétrica, a chamada chopeira elétrica frigobar. Ela é, na verdade, uma variação do tipo que se conecta a barris externos, e, em alguns modelos, chega a ser uma chopeira a gás, que é outro segmento.

De qualquer maneira, são chopeiras que se conectam a barris externamente. A diferença é que esses barris ficam armazenados numa pequena geladeira - um frigobar - abaixo do mecanismo de saída

Ao invés, portanto, de gelar por meio de combinação de sistemas de refrigeração, a chopeira elétrica frigobar tem um sistema separado para gelar não só o chopp servido, mas o barril inteiro.

Imagem mostra uma chopeira elétrica, com revestimento metálico brilhante, enchendo uma caneca de vidro, esta inclinada por uma mão, que está desfocada ao fundo.

A chopeira elétrica frigobar gela não só o chopp que sai, mas o armazenado também. (Fonte: Bogdan Mircea Hoda/ 123rf.com)

Chopeira elétrica ou chopeira a gelo?

Uma dúvida que pode pairar sobre a sua busca pelo chopp perfeito é entre a escolha por uma chopeira elétrica ou uma chopeira a gelo. A diferença essencial é o método de resfriamento, que nos modelos a gelo é feito por um compartimento que combina gelo picado, isolamento térmico e serpentina.

Outra diferença importante é que os modelos a gelo podem variar entre a fonte, que podem ser barris ou o próprio compartimento, em que devem ser despejados os conteúdos e latas e garrafas. Isso torna o modelo mais prático nesse sentido, porém, com menor qualidade na saída, pela perda de gás.

A chopeira elétrica, por sua vez, tem uma maior capacidade de manutenção de temperatura, por ser via energia elétrica, e, por consequência, maior capacidade de manutenção de pressão por vazão.

Elétrica Gelo
Resfriamento Sistema de refrigeração combinado Gelo e serpentina
Fonte Barris e garrafas Barris e compartimento interno
Características Manutenção de temperatura e pressão Praticidade e economia

Qual o preço de uma chopeira elétrica?

Você encontra chopeiras elétricas residenciais, mais básicas, a partir de R$ 300. Conforme sobe o volume e a complexidade dos seus mecanismos, sobe também seu preço. Modelos profissionais, por exemplo, podem chegar a R$ 6000.

Critérios de Compra: O que notar ao escolher sua chopeira elétrica

Por fim, apresentamos mais uma lista exclusiva da ReviewBox Brasil, a de critérios de compra. Nos seus itens, elencamos os elementos, pontos, características e componentes da chopeira elétrica que valem a sua atenção, para que você possa selecionar o modelo certo.

Torneira

A torneira, especialmente numa chopeira elétrica, é um elemento importante. É a partir dela que você controlará a pressão da máquina e servirá, claro, o chopp do jeito que você gosta. Para isso, no entanto, é necessário que ela tenha alguns pontos.

Um deles é a opção de regulagem de vazão e pressão. A outra é a maior articulação possível, isto é, que a sua alavanca vire ao máximo, 90º se possível, e para as duas direções (para frente e para trás).

Procure também por modelos em que o bico não seja muito nem grande, nem muito pequeno, para que você possa fazer o movimento com a caneca na saída. Nesse sentido, as torneiras italianas e belgas são as melhores.

Imagem mostra foca em uma fileira de torneiras de chopeiras, todas metálicas, e todas desligadas.

A torneira certa é essencial para um bom modelo de chopeira elétrica. (Fonte: Charlie Solorzano/ Unsplash.com)

Volume

Outro aspecto pelo qual você deve se guiar é o quanto de volume de bebida comporta a chopeira elétrica de sua escolha. Existem modelos com capacidade para apenas uma garrafa, outros para um barril de cinco litros, e outros para barris de vinte litros ou mais.

Não existe um volume certo para uma chopeira elétrica, apenas aquele que melhor atende as suas necessidades. Um modelo para sua casa, por exemplo, não precisa de mais do que cinco litros por vez, enquanto para um modelo para eventos talvez precise de mais do que um pequeno barril

foco

Fique de olho também na vazão da chopeira, especialmente se for profissional, medida em litros/hora. Ela, mais do que o volume do barril, vai ditar o quanto o modelo será eficiente para o tamanho do seu evento.

Cerveja/Chopp favorito

Não esqueça de pensar na sua cerveja ou chopp favoritos! Existem modelos de chopeira elétrica com contrato de exclusividade com alguma marca, e funcionam somente com um barril específico, como a Heineken e Brahma.

Da mesma maneira, há modelos que indicam melhor desempenho com algum tipo de cerveja, como as encorpadas, de trigo, por exemplo, e outros que funcionam melhor com cervejas mais leves. A questão é escolher a chopeira elétrica em que você possa servir a sua cerveja favorita.

Imagem mostra dois chopps recém-tirados, repousando no balcão de um bar. Ao seu lado, uma pessoa, que sai do quadro, tem o cotovelo apoiado no mesmo balcão.

Leve em consideração a sua cerveja/chopp favoritos na hora da compra da sua chopeira. (Fonte: Peter Dawn/ Unsplash.com)

Voltagem

Lembre-se também de checar a voltagem da chopeira de sua escolha. Modelos de 220V podem não funcionar da melhor maneira em tomadas de 110V, e chopeiras de 110V podem até queimar em tomadas de 220V.

O ideal é que o modelo seja bivolt, especialmente se ele não for ficar parado na sua casa. Na dúvida, porém, opte pelo de 220V, que ao menos não queima na tomada errada.

(Fonte da imagem destacada: Julian Hochgesang/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.