Imagem mostra chuteiras botinha com e sem travas lado a lado.
Ultima atualização: 14 de junho de 2020

Como escolhemos

18Produtos analisados

19Horas investidas

4Estudos avaliados

71Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre a chuteira botinha, uma grande inovação das fabricantes de materiais esportivos. Ela é capaz de garantir não apenas mais conforto e segurança para seus pés, como também traz tecnologias que melhoram o seu jogo!

Recentemente lançada, uma chuteira botinha ajuda tanto os profissionais, como os peladeiros de final de semana. Mas, afinal, quais são as vantagens de seu uso? Por que procurar preferi-la no lugar dos modelos tradicionais? Fique conosco para ter um panorama completo sobre o acessório!




Primeiro, o mais importante

  • As chuteiras botinha permitem maior proteção e estabilidade aos jogadores. Não só reduzem o risco de lesão, como tornam alguns gestos técnicos mais fáceis.
  • É possível escolher entre chuteiras botinha com várias tecnologias e materiais diferentes, cada modelo indicado para um tipo de jogador.
  • Antes de fazer a sua compra, leve em consideração importantes questões como a superfície sobre a qual mais usará a chuteira e em qual posição você joga.

Você também pode gostar:

As melhores chuteiras botinha: Nossa opinião

Muitas das principais fabricantes de materiais esportivos oferecem boas chuteiras botinha. Começamos esse artigo te mostrando algumas das melhores, facilitando assim o momento da compra!

A chuteira botinha eficiente e discreta

Para quem não gosta de chamar a atenção pela estética durante uma partida, a Adidas oferece a Predator Tango 18.3 TF, uma chuteira toda preta, muito elegante e discreta. Indicada para uso em campos de grama sintética, ela é ótima para quem busca mais controle de bola e estabilidade ao correr e caminhar.

O modelo recomendado pelo Cristiano Ronaldo

Que tal usar uma chuteira que tem a chancela de vários craques como Neymar, Eden Hazard e, claro, Cristiano Ronaldo? A linha Mercurial da Nike protege o tornozelo e permite uma liberdade de movimentação muito maior, dando mais agilidade a cada jogada. Aqui, recomendamos o modelo Superfly 6, muito bonito.

Para quem quer qualidade sem gastar muito

A Penalty é uma marca brasileira muito tradicional no ramo de materiais esportivos e também oferece alta qualidade em suas chuteiras botinha. A Locker VII usa uma tecnologia especial que permite maior firmeza aos pés, reduzindo instabilidades e escorregões. Com seu design diferenciado, é uma ótima opção.

Guia de compra

Será que a chuteira botinha é realmente capaz de te fazer jogar melhor? Ou apenas te dará mais segurança e conforto durante suas partidas de futebol?

Chegamos ao guia de compra, setor do artigo que analisa cada uma das perguntas mais frequentes sobre o produto!

Imagem mostra uma pessoa amarrando uma chuteira botinha.

O seu desempenho pode melhorar muito com uma chuteira botinha! (Fonte: Retha Ferguson/ Pexels.com)

O que diferencia uma chuteira botinha de uma comum?

Como o nome diz, a chuteira botinha tem um aspecto diferente: Ela não cobre apenas o contorno dos pés, mas segue com um cano um pouco mais alto que também é capaz de proteger os tornozelos. Isso faz com que ela seja um pouco mais justa, com adequação própria.

Imagem mostra jogadores reunidos, em círculo, com destaque para as pernas dos atletas calçando chuteiras de diversas marcas, cores e modelos.

14 de fevereiro de 2020

A primeira diferença prática que aparece é a proteção: Por cobrir os tornozelos, a chuteira botinha deixa essa região menos exposta, que normalmente tão vulnerável passa a ser um pouco menos suscetível a lesões.

Mas o acessório também é capaz de te ajudar a melhorar o seu futebol! Ele possui várias características que auxiliam principalmente na estabilidade, tornando escorregões menos comuns e o equilíbrio maior. Isso é importante, por exemplo, no momento de dominar a bola.

Vale mencionar que cada marca tem modelos próprios de chuteira botinha, sempre aplicando suas tecnologias e apresentando melhorias pontuais únicas. Um modelo da Nike não é igual a um da Adidas, por exemplo.

Preparamos uma tabela comprando chuteiras botinha e chuteiras tradicionais:

Chuteira tradicional Chuteira botinha
Formato Segue apenas o formato dos pés Tem um pequeno cano que cobre também os tornozelos
Proteção Oferece proteção apenas para os pés Também protege bem os tornozelos
Estabilidade Estabilidade média: Às vezes leva a escorregões A estabilidade é maior, facilitando o domínio da bola
Preço Sempre na média para chuteiras de cada marca Acima da média das chuteiras de cada marca

Quais tecnologias são trazidas pelas chuteiras botinha?

Cada marca tem as suas próprias tecnologias aplicadas nas chuteiras botinha, porém, há aquelas que são sempre comuns. A principal delas é a mudança na textura da chuteira, fazendo com que a sensibilidade da bola seja muito maior. Isso interfere na qualidade dos gestos técnicos.

As fabricantes de material esportivo também tentam fazer com que chuteiras botinha sejam muito leves. A ideia é que o jogador quase não perceba que está usando um calçado. Isso segue na linha de aumento de sensibilidade da bola, que deve se tornar praticamente uma extensão dos pés.

Também há outras questões que variam de marca para marca como controle térmico, cadarços finos para melhorar o controle dos chutes, ajuste automático aos pés no momento de calçar a chuteira e costuras apenas em zonas que não entram em contato com a bola.

As fabricantes de materiais esportivos brigam pela supremacia desse mercado e cabe a você saber com os modelos de qual se sente mais confortável!

foco

Você sabia que as chuteiras botinha são as preferidas de muitos astros do futebol? Entre eles, podemos citar Cristiano Ronaldo, Neymar, Eden Hazard, Philippe Coutinho, Mesut Ozil, Kylian Mbappé e Alisson!

Quais as vantagens das chuteiras botinha para seu jogo?

Já mencionamos várias características das chuteiras botinha que fazem delas mais vantajosas, principalmente em relação à proteção do tornozelo e à melhoria da estabilidade dentro de campo. Mas será que elas também podem melhorar seu futebol?

O design das chuteiras botinha é pensado para que o jogador tenha mais conforto e menos aperto nos pés, mas consiga sentir a bola e sua textura com mais facilidade. Assim, as melhorias técnicas são naturais.

Após um rápido período de adaptação, você perceberá que seus chutes, passes e domínio de bola passam a ter maior qualidade. A bola seguirá o caminho desejado mais vezes, já que você sentirá com muito mais clareza que tipo de toque está dando nela.

É claro que só uma chuteira não te transformará de perna de pau em craque, mas ela pode, sim, ativar boas características técnicas que já estão em você!

Veja na tabela abaixo as vantagens e desvantagens das chuteiras botinha dentro de campo:

Vantagens
  • Protege os tornozelos, reduzindo a chance de lesões
  • Dá estabilidade na movimentação, facilitando a mobilidade
  • Permite que o domínio e o controle da bola sejam superiores
  • Ajuda na precisão dos chutes, passes e outros gestos técnicos
Desvantagens
  • Pode ser necessário um tempo de adaptação à nova chuteira

Quais os melhores materiais para chuteiras botinha?

Os materiais mais usados para chuteiras, sejam elas normais ou botinha, são o couro e as fibras sintéticas. Vamos aprender um pouco mais sobre cada uma dessas possibilidades?

  • Couro: É um material mais durável e com resistência a situações adversas como gramados ruins ou molhados. Demora mais tempo para se adaptar ao pé, podendo não proporcionar muito conforto nos primeiros usos.
  • Material sintético: Alternativa para quem não deseja usar couro legítimo, o sintético permite que características especiais sejam adicionadas na sua fabricação. Um exemplo é a resistência especial à água. Ele pode ser ainda mais eficiente, porém, mais caro.
  • EVA: O material sintético mais comum em chuteiras é o EVA, ou espuma vinílica acetinada. Ele proporciona um conforto inicial maior do que o couro e se adapta ao pé com facilidade, melhorando as características técnicas desde o primeiro momento. Não possui a mesma durabilidade.
  • Poliuretano termoplástico: Mesmo material presente nas capinhas de celular, é a grande novidade no mundo das chuteiras. Ele promete dar muito mais velocidade e controle aos atletas, o que se torna ainda mais claro nos modelos botinha.

Como calçar e tornar mais maleável a chuteira botinha?

A chuteira botinha tem como uma de suas principais características a facilidade para se moldar aos pés. Por isso, ela deve ser calçada de forma bastante natural, permitindo que seu material tome em seguida os formatos e proporções corretos.

As chuteiras sem cadarço são ainda mais maleáveis.

Há modelos com cadarços e sem cadarços. Os do segundo caso se adaptam ainda mais fácil aos pés: São, por exemplo, aqueles feitos de poliuretano termoplástico. Eles não precisam de regulagem nenhuma devido à maleabilidade do material.

Calce a sua chuteira com cuidado, prestando atenção no cano maior do que o comum. Recomendamos que, antes de começar a usá-la em treinos ou jogos, você a use em pequenos passeios ou caminhadas.

Chuteiras não adaptadas aos pés podem ser desconfortáveis e até causar bolhas, por isso, inaugure a sua para jogos apenas quando sentir que ela já está maleada o suficiente!

Quanto custa e onde comprar uma chuteira botinha?

O preço de uma chuteira botinha varia principalmente de acordo com a marca e as tecnologias empregadas. É possível encontrar modelos de ótima qualidade a partir de R$ 100. Porém, se você deseja o topo de linha ou os modelos usados por grandes craques, pode pagar mais de R$ 400.

Lojas especializadas em artigos esportivos ou próprias de grandes marcas, como Nike e Adidas, são ótimos lugares para comprar uma chuteira botinha. Você pode também fazer sua aquisição pela internet, especialmente na Amazon brasileira. Confira ainda Amazon internacional e Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de uma chuteira botinha

Agora que você já conhece as vantagens e especificações das chuteiras botinha, precisa escolher o modelo ideal! Selecionamos quatro critérios técnicos que podem te ajudar:

Abaixo, falaremos um pouco mais sobre cada um!

Tamanho

Para ter conforto e eficiência ao usar a sua chuteira, é óbvio que você precisa escolher o tamanho correto!

Por serem calçados, as chuteiras botinha têm numerações similares às de tênis e sapatos. Por isso, não há nenhum segredo: Você provavelmente já sabe o quanto calça e, a partir daí, pode optar pelo tamanho correto.

Fique atento apenas com as pequenas diferenças entre confecções que costumam acontecer!

Imagem mostra uma pessoa usando chuteira botinha azul em um campo.

As chuteiras botinha precisam ficar confortáveis nos pés. (Fonte: RoboMichalec/ Pixabay.com)

Travas

As travas da chuteira são importantes para permitir navegação confortável em diferentes tipos de superfície (grama natural ou sintética) e condições do gramado (seco, molhado, com buracos, etc).

Travas de alumínio têm maior aderência, ideal para grama alta ou molhada.

Em grama artificial seca, o mais recomendado é escolher travas de borracha. Mas para grama alta, natural ou molhada, deve-se optar pelos modelos de alumínio, que possuem maior aderência. Eles impedem os escorregões e permitem um desempenho muito superior.

Chuteiras para grama natural também possuem uma quantidade menor de travas do que aquelas para sintética. Portanto, sempre preste atenção em que tipo de superfície você mais joga antes de finalizar a sua compra!

Posição do jogador

Até mesmo as posições nas quais os jogadores atuam já levam a diferentes chuteiras!

Quem se movimenta muito, como laterais e volantes, deve optar por modelos mais leves, capazes de levarem a uma sensação de que nem estão nos pés. Os meio-campistas e jogadores mais técnicos buscam chuteiras tecnológicas e que oferecem controle de bola especial – as botinhas são ainda mais indicadas para eles!

Goleiros, zagueiros e atacantes procuram por modelos com travas mais duras, melhores para freadas e movimentos bruscos.

Design e cor

Você gosta de se destacar também pelo design da chuteira? As botinhas também podem vir em diversos designs e cores. São capazes de chamarem muito à atenção ou serem totalmente discretas!

Há modelos pretos ou brancos simples, nada chamativos, e outros de cores fortes e designs elaborados. É só observar as chuteiras mais indicadas para o seu seu jogo e, a partir daí, fazer a compra daquela que é a sua cara!

(Fonte da imagem destacada: Fachry Zella Devandra/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em nós?

Andrey Duarte Educador Físico
O sonho de ser jogador profissional de futebol foi abandonado aos 21 anos, mas isso não fez com que Andrey se afastasse do esporte. Professor de educação física, hoje ele passa seu tempo livre pesquisando e compartilhando conhecimento sobre as mais diferentes modalidades esportivas.
Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.