A imagem enquadra apenas as pernas de duas jogadoras de futebol, de times opostos. Uma adversária, em primeiro plano, domina a bola com o pé esquerdo, enquanto a outra a persegue, em segundo plano.
Ultima atualização: 21 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

20Horas investidas

3Estudos avaliados

75Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos conversar sobre a chuteira feminina, o equipamento vital para mulheres que praticam uma das modalidades esportivas que mais cresce no mundo.

Modernas, eficientes e absolutamente tecnológicas, as chuteiras femininas de hoje combinam estilo e desempenho num único equipamento, com visuais arrojados e inovações que visam melhorar, ou pelo menos facilitar, certos aspectos do jogo de suas usuárias.




Primeiro, o mais importante

  • As marcas que melhor trabalham chuteiras femininas são a Umbro e a Adidas, mas você encontra modelos de qualidade na Nike, Mizuno e Kappa também.
  • As chuteiras femininas têm um preço mais baixo do que as masculinas, quando comparados modelos da mesma linha ou da mesma categoria.
  • Não esqueça de verificar se a chuteira escolhida é própria para o terreno do jogo, entre salão, society e campo.

Você também pode gostar:

Melhores chuteiras femininas: Os pares favoritos das boleiras

Para facilitar a sua busca, selecionamos na lista abaixo os melhores modelos de chuteira feminina. Os itens foram cuidadosamente avaliados a partir de suas características mais importantes, do design aos materiais usados.

A melhor chuteira feminina profissional

A Diadora Maracana (isso mesmo, sem o "ã"), é a chuteira com todos os atributos necessários para um futebol de alto nível. O cabedal, por exemplo, é feito em couro macio e resistente à água, se mantendo resistente e eficiente mesmo nos campos mais encharcados. Sua parte superior em material têxtil só aumenta sua durabilidade. Conta também com pequenas inserções na sua ponta, que facilitam o controle de bola.

A melhor chuteira para society

Para a alta velocidade do futebol society, a Umbro oferece a Light Control. Esta chuteira conta com travas baixas aderentes feitas de borracha de alta resistência e com ponto de giro, gerando maior estabilidade na grama baixa e facilitando o domínio da bola. O cabedal sintético macio e resistente, por sua vez, conta com textura patenteada que contribui para uma maior aderência entre bola e chuteira, perfeito para quem está sempre conduzindo a redonda.

Chuteira de futsal com ótimo custo-benefício

Por um preço em conta, a OXN Dynamic entrega uma boa chuteira de futsal, ideal para um uso regular. Seu cabedal em material sintético aguenta aquela pelada semanal, e o solado de borracha conta com canaletas diagonais que, além de potencializar o controle de bola e a tração durante a corrida, são bastante resistentes. No interior do calçado, a palmilha em EVA é macia, confortável e de fácil higienização.

Guia de Compras

Por muitos anos, o futebol feminino brasileiro foi simplesmente ignorado. Felizmente, esse cenário melhora ano após ano, com maior espaço na mídia, maior aporte financeiro e organizacional das entidades responsáveis e apoio popular, enfim.

Isso fez subir, naturalmente, o nível de exigência da e para com a modalidade. Não bastam campos ruins, campeonatos malfeitos e muito menos chuteiras femininas velhas e inapropriadas. No Guia de Compras a segui vamos ajudar você a ficar a par dessas mudanças, e garantir, ora, o seu par.

 

Imagem mostra uma jogadora amarrando um pé de suas chuteiras. Ela está de pé, com a perna esquerda erguida.

As chuteiras femininas são do mais alto nível, aonde a modalidade em si está destinada a chegar. (Fonte: Jeffreu F Lin/ Unsplash.com)

Existe diferença entre chuteira feminina e masculina?

Bom, basicamente, não. Pelo menos onde realmente importa. As chuteiras femininas e masculinas de uma mesma linha têm os mesmos materiais, o mesmo formato. Não são mais leves, mais finas ou adaptadas especialmente para o jogo desenvolvido na modalidade.

Para ser justo, alguns modelos de uma mesma linha, como uma chuteira Adidas Predator feminina e outra masculina, apresentam tamanhos distintos de calcanhar, com os calçados femininos mais estreitos nessa região.

No mais, as mudanças são menos impactantes, como o visual. Os fabricantes apostam em designs exclusivos, nem sempre recaindo ao clichê do rosa, mas sempre diferentes dos modelos masculinos, para criar uma maior identidade ao produto.

Há ainda a questão do preço, que é muito menor para as chuteiras femininas, quando comparadas mesmas edições ou mesmas categorias, como chuteiras profissionais da Nike, por exemplo.

Imagem mostra duas jogadoras se alongando no gramado de um campo de futebol. Uma está sentada e alcançando as pontas dos pés com as mãos; a outra ajoelhada, mas com a perna direita esticada.

A chuteira feminina é muito mais um segmento do que necessariamente um produto diferente. (Fonte: Jeffrey F Lin/ .com)

Como é a chuteira da Marta?

Grandes craques não atraem os olhares somente dos seus adversários. Elas são marcadas de perto por fãs e torcedores, que querem mais do que a sua atenção ou o seu autógrafo.

Esse algo a mais geralmente é oferecido por marcas de chuteiras, que também marcam os craques de perto, para assinar patrocínios e linhas exclusivas de calçados.

Mas não caso da maior jogadora do mundo, a brasileira Marta. Na Copa do Mundo de 2019, a "Rainha" usou uma chuteira preta, simples, sem patrocínio, mas com uma estampa da campanha "Go Equal", que advoga pela equidade entre gênero no âmbito esportivo.

Chuteira feminina Umbro ou Adidas?

A Adidas e a Umbro são duas das grandes marcas com maior atuação no mercado de chuteiras femininas. São também, naturalmente, duas das que mais vendem produtos para o segmento, ainda que com duas estratégias distintas. Vamos falar um pouco de cada uma, para você poder compará-las e, quem sabe, escolher um modelo para você.

A Umbro aposta em linhas femininas exclusivas.

A Umbro aposta em linhas femininas exclusivas para o seu catálogo, como a Light Control e a Drako. A primeira é a mais completa, com edições para salão, society e campo, trabalha bastante o rosa no seu design e têm solados em PVC; a segunda só não não conta com modelos para campo, combina preto com amarelo e conta com solados 100% borracha.

A Adidas, por sua vez, prefere usar muitos dos mesmos modelos entre os segmentos masculino e feminino, com as diferenças que citamos na primeira seção. Isso faz, no entanto, que a variedade do seu catálogo seja muito maior.

Uma semelhança entre as marcas é que ambas contam contam com ações de marketing com jogadoras profissionais. A Adidas trabalhou junto com a atacante Cristiane, camisa 11 da seleção brasileira, enquanto a Umbro fechou contrato com Ashlyn Harris, goleira da seleção estadunidense.

Umbro Adidas
Variedade Baixa Alta
Linhas exclusivas Sim Não
Jogadoras Ashlyn Harris Cristiane

Qual o valor da chuteira feminina infantil?

Se são poucas as diferenças entre chuteiras masculinas e femininas, elas são menores aindas nas chuteiras infantis. Isso porque o preço, algo bastante díspar nos modelos adultos, é o mesmo entre os calçados para crianças.

Os valores se alteram muito pela marca, a edição e a época do lançamento dos modelos. Chuteiras mais antigas e de marcas menores custam a partir dos R$ 40, enquanto as mais novas e famosas podem ultrapassar os R$ 200.

Imagem retrata uma menina, que olha para a câmera com uma sombrancelha arqueada, enquanto segura uma bola de futebol com o braço direito e estica o cabelo com o braço esquerdo.

As chuteiras infantis femininas e masculinas têm a mesma lógica de preços. (Fonte: flaviopantera7/ Pixabay.com)

Onde comprar um chuteira feminina?

Infelizmente, não são todas as lojas que contam com uma boa variedade de chuteiras femininas, inclusive as virtuais. Ainda assim, a internet é o local mais aconselhado, não só pela oferta, mas também pelos preços.

Sites de compra como a Amazon e o Mercado Livre são ótimas pedidas. Os sites das marcas citadas, como a Umbro, Adidas e Nike, também são bons locais de pesquisa, para se inteirar dos modelos mais novos e os mais populares.

Critérios de Compra: O que notar nas chuteiras femininas

Aqui, mais uma ajuda nossa para a sua busca pela chuteira feminina ideal. Na lista abaixo, elencamos os pontos mais importantes a se notar, se informar e ponderar na hora de escolher o seu modelo, e sair da loja com o melhor par de chuteiras femininas em mãos.

Posicionamento

Uma maneira bastante útil de guiar a sua escolha é pensar no seu posicionamento dentro de campo, principalmente no futebol de campo e no society. Cada posição exerce certos tipos de ações e movimentos, que podem ser facilitados por características específicas das chuteiras.

Para ficar mais objetivo, porém, vamos dividir essa necessidades em setores e o que cada um precisa, de maneira mais generalista:

  • Defesa: As defensoras se beneficiam de chuteiras com maior estabilidade, isto é, maior aderência ao campo, para se manter na cola dos atacantes adversários;
  • Meio: Meio campistas também têm muito a ganhar com chuteiras estáveis. Melhor ainda se forem acompanhadas de modelos com texturas no cabedal que contribuem para um melhor controle de bola, para conduzi-la ao ataque com qualidade;
  • Ataque: Existem vários tipos de atacante, mas todos precisam de chuteiras leves, afinal, qualquer centésimo ganho na corrida é uma chance a mais de bater a defesa. Valem também modelos com tecnologias que favorecem a precisão, para chutes no gol e passes curtos para tabelas rápidas.
Imagem mostra o momento de um jogo de futebol, quando uma jogadora cruza a bola para dentro da área, mas a goleira adversária a intercepta com o pé direito.

Para a goleira não interceptar seus lances, a atacante precisa de uma chuteira para dar seus passes e chutes com precisão. (Fonte: Jeffrey F Lin/ Unsplash.com)

Nível de desempenho

É muito comum no universo do futebol feminino que jogadoras comecem seus chutes, passes e dribles tardiamente. Então, principalmente no espectro amador, é normal que o nível de desempenho entre as jogadoras seja muito diferente. Nada que um tempo de treino não acerte, porém.

Ainda assim, vale pensar no seu nível de jogo antes de gastar o seu dinheiro suado na sua chuteira. Para que, por exemplo, um modelo profissional, cujo valor pode bater nos R$ 500, se você ainda está iniciando no esporte? Algo a se atentar, convenhamos.

foco

Você sabia? O futebol feminino foi, por quarenta anos, proibido por lei no Brasil. Criado em 1941, na Era Vargas, o decreto dizia que o esporte era contrário à natureza feminina. Só foi revogado em 1983.

Número

São pouquíssimas as diferenças físicas entre homens e mulheres que de fato impactam no jogo. Menos ainda no mercado de chuteiras. Uma delas é o tamanho dos pés de cada um. Os homens têm pés maiores, e há portanto uma oferta maior de modelos no que diz respeito ao número do calçado.

As chuteiras femininas mais vendidas têm a numeração entre 34 e 37. A partir daí, se você quer escolher entre uma variedade maior, o melhor é ir atrás das chuteiras masculinas ou unissex - ainda que modelos 38 e 39 não sejam difíceis de encontrar no segmento feminino.

Imagem retrata uma jogadora de futebol, enquadrada a partir de suas pernas, prestes a dominar uma bola com seu pé esquerdo.

Dependendo da numeração dos seus calçados, talvez seja melhor pesquisar além das chuteiras femininas. (Fonte: planet_fox/ Pixabay.com)

Campo de jogo

Nunca é ruim lembrar ao comprador de uma chuteira, seja ela feminina ou masculina, de escolher o modelo próprio para o campo de jogo, isto é, entre campo, society e salão. Chuteiras "deslocadas" de seu terreno podem gerar lesões ao usuários ou pior: atrapalhar na hora do passe decisivo ou do chute fatal.

Não tem um lugar fixo para jogar e o orçamento não permite três chuteiras diferentes? A mais versátil é a de society, com travas que podem assegurar certa estabilidade na grama e baixas o bastante para se manter minimamente aderente às quadras do futsal.

(Fonte da imagem destacada: yobro10/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Andrey Duarte Educador Físico
O sonho de ser jogador profissional de futebol foi abandonado aos 21 anos, mas isso não fez com que Andrey se afastasse do esporte. Professor de educação física, hoje ele passa seu tempo livre pesquisando e compartilhando conhecimento sobre as mais diferentes modalidades esportivas.
Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.