Circulador de ar portátil.

Seja bem-vindo ao ReviewBox! Hoje vamos falar de um item essencial para quem quer fugir do calor e economizar na conta de luz: o circulador de ar. Mas você o que o circulador de ar tem de especial? E qual a diferença entre ele e o ventilador tradicional?

Vamos comparar esses produtos e você vai entender todas as vantagens de ter um desses em casa.

Neste artigo, ainda vamos lhe mostrar porque o circulador de ar é a opção ideal para se refrescar em dias quentes. E mais: o que você deve levar em consideração antes de comprar o modelo ideal.

Primeiro, o mais importante

  • O circulador de ar é um dos aparelhos mais eficientes para refrescar e renovar o ar de qualquer ambiente.
  • Este é um aparelho que se diferencia do ventilador tradicional no que se refere à direção e volume de ar produzido.
  • Em meio a tantos modelos diferentes, vamos mostrar o que você deve observar antes de comprar o circulador de ar mais adequado.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de circulador de ar

Na hora de escolher o melhor seu circulador de ar, você pode ficar confuso em meio a tantos modelos, com diferentes funcionalidades e especificações técnicas. Para ajudar você, vamos apresentar os melhores modelos de circulador de ar disponíveis no mercado.

1º – Circulador de ar Turbo Silêncio Maxx – Arno

O Arno Turbo Silêncio Maxx, além de fazer circular o ar, possui função repelente sendo compatível com todas as marcas de repelente líquido do mercado.

Este circulador de ar possui hélice de 40 cm de diâmetro com 6 pás, 3 velocidades, baixo nível de ruído e potência de 130W.

2º – Circulador de ar C50 Turbo Oscillation – Britânia

O Britânia C50 Turbo Oscillation é um circulador de ar com grade em aço inoxidável, que protege do contato com a hélice.

Este modelo possui 3 pás e distribui o vento em 3 velocidades. Além disso, possui 200W de potência, suporte para enrolar o cordão e alça para transporte.

3º – Circulador de ar Ventilar Circuler – Cadence

O Cadence Ventilar Circuler é um circulador de ar de 54 cm de diâmetro e com hélice de 5 pás, que também são antiderrapantes.

Este modelo possui protetor térmico com desligamento automático, 3 níveis de velocidade, 130W de potência e alça para transporte.

4º – Circulador de ar Torre Premium – Mondial

O Mondial Torre Premium, como o nome mesmo diz, é um circulador de ar em formato de torre, com 75 centímetros de altura. Mais compacto, este modelo possui 3 velocidades e um timer de 120 minutos, que permite o desligamento programado.

Guia de Compra

À primeira vista pode parecer simples escolher o melhor circulador de ar, considerando apenas o preço e o designer. Mas, para garantir eficiência, é preciso levar em conta outros fatores.

Por isso, criamos este Guia de Compra. Aqui você vai encontrar as informações necessárias para tomar a melhor decisão na hora de comprar o seu circulador de ar.

Mulher em frente a um circulador de ar.

O circulador de ar refresca e renova o ar do ambiente por completo. (Fonte: Rommel Canlas / 123RF)

O que é um circulador de ar?

O calor em ambientes fechados incomoda e isso é um fato. Seja no escritório, no quarto de dormir ou na sala de estar, o calor intenso gera estresse, irritação e muito desconforto.

Por outro lado, quando se fala em ventilação tem gente que não gosta de ter um jato de vento em sua direção. Outros não gostam de vento muito gelado.
Se você é uma dessas pessoas, o aparelho ideal para refrescar o seu ambiente é o circulador de ar.

Como o próprio nome diz, este aparelho promove a circulação do ar no ambiente. Mas, diferentemente do ventilador tradicional, como veremos neste artigo, o circulador de ar cria uma ventilação homogênea.

Isso significa que o vento produzido pelo circulador de ar alcança o cômodo por completo e ainda é capaz de renovar o ar do local.

Isso é possível por conta da dinâmica de funcionamento das hélices, que fazem com que o ar não seja apenas gerado, mas seja levado a todos os cantos do cômodo.

Qual a diferença entre ventilador e circulador de ar?

Tanto o ventilador quanto o circulador de ar promovem a ventilação de ambientes. Mas eles se diferenciam por completo quando se trata do objetivo de ventilação, do tipo de cômodo a ser refrescado e da forma com que cada um distribui o ar.

O ventilador é, geralmente, indicado para espaços menores e com baixa circulação de pessoas como, por exemplo, um quarto de solteiro. Isso porque, o vento produzido pelo ventilador é feito de forma direcionada, alcançando apenas uma determinada área do ambiente.

Ventilador branco desligado no chão.

O ventilador tradicional, diferentemente do circulador de ar, direciona o vento para apenas um ponto. (Fonte: StockSnap / Pixabay)

Dessa forma, o vento que o ventilador produz é de fato mais forte e concentrado. Por outro lado, não refresca todo o ambiente de forma uniforme. Ou seja, se você direciona o aparelho para um lado do quarto, por exemplo, o vento atingirá somente esta parte.

Se mais pessoas estiverem com você no cômodo, elas não receberão o jato de ar, pelo menos não ao mesmo tempo. Ainda que a maioria dos ventiladores disponíveis hoje no mercado possua a função de oscilação – no qual os aparelhos se movimentam de um lado para outro – isso também não elimina o problema.

Com a função oscilação, o ventilador continuará a ventilar somente em uma direção em detrimento do resto do ambiente. O fato é que o ventilador não consegue jogar o ar para lugares diferentes ao mesmo tempo.

Para evitar essa limitação e garantir uma ventilação de ar uniforme e geral, que atinja todas as partes de um cômodo, a melhor escolha é o circulador de ar.

Circulador de ar pequeno.

O circulador de ar ventila de maneira uniforme, atingindo todas as partes do cômodo. (Fonte: Yongyut Khasawong / 123RF)

O circulador de ar faz com que o ar seja distribuído de forma circular, por conta da dinâmica de sua hélice, o que leva a ventilação para todas as direções ao mesmo tempo.

E, justamente por isso, este aparelho é o mais indicado para ser utilizado em cômodos maiores e que tenham maior frequência e circulação de pessoas.

Como o circulador de ar distribui o ar em diferentes direções, ele também permite a renovação do ar no ambiente, diferentemente do ventilador. Dessa forma, o circulador de ar consegue ameniza a sensação de abafamento em quartos, salas e escritórios.

Outra diferença entre os dois aparelhos é o barulho que eles produzem durante o funcionamento. O circulador de ar é conhecido por ser o aparelho de ventilação mais silencioso.

Isso torna o circulador de ar um aparelho especialmente indicado caso você queira ter ventilação durante as horas de sono, mas sem o barulho incômodo que o ventilador produz.

O circulador de ar é o aparelho mais indicado para ser utilizado em cômodos maiores e com maior circulação de pessoas.

Além disso, para quem tem problemas respiratórios e alergia à poeira, por exemplo, o ventilador não é um aparelho indicado. Isso porque, como o ventilador direciona o vento para um único ponto, ele ajuda a espalhar as partículas de poeira no ar.

Para que você possa ter uma visão geral do que acabamos de tratar neste tópico, confira a seguir a tabela com as diferenças entre o ventilador e o circulador de ar:

Ventilador Circulador de ar
Tipo de ventilação Direciona o vento para apenas um lugar Distribuir o ar em diferentes direções
Intensidade do vento produzido Forte Menos forte
Barulho Barulhento Silencioso
Recomendado para Cômodos pequenos, com menos pessoas Cômodos grandes, com mais pessoas

Quais as vantagens do circulador de ar?

Até aqui já vimos algumas das principais vantagens de se usar o circulador de ar ao invés de outros aparelhos de ventilação.

A primeira delas é que este aparelho é eficiente ao ventilar de maneira completa um cômodo. Além disso, o circulador de ar funciona de maneira silenciosa se comparada ao ventilador.

Outra vantagem é que o circulador de ar é econômico, mais barato e mais leve, o que também facilita o seu transporte para diferentes cômodos da sua casa, por exemplo.

Mas, como todos os produtos, o circulador de ar também tem algumas desvantagens. Um dos pontos negativos é que, justamente por fazer o ar circular de maneira global, o vento produzido pelo circulador de ar é menos intenso.

Imagem de circulador de ar preto.

O circulador de ar é barato, econômico e leve. Fácil para utilizar em qualquer ambiente. (Fonte: Iaroslav Danylchenko / 123RF)

Como consequência, em dias muito quentes, ele pode não ser suficiente para refrescar da forma como você gostaria. Outra desvantagem é que o circulador de ar, assim como todos os aparelhos de ventilação, requer cuidados periódicos.

A limpeza do circulador de ar é essencial para melhorar o desempenho do equipamento e garantir a saúde de todos no cômodo. Isso porque o circulador de ar acumula poeira. Por isso, é importante que você limpe o aparelho, em média, duas vezes por mês.

A seguir, você confere a tabela que preparamos com as vantagens e desvantagens do circulador de ar:

Vantagens
  • Econômico, leve e barato
  • Ventila em todas as direções
  • Silencioso
Desvantagens
  • Requer limpeza periódica
  • Ventilação não é tão intensa

Quanto custa?

O preço do circulador de ar varia de acordo com o tamanho, as funções e as especificações técnicas de cada modelo. Por isso, o circulador de ar pode custar entre R$ 80 e R$ 550.

O ideal é que você tente aliar o preço com as especificações do produto que irão atender as suas expectativas e necessidades.

Onde comprar?

O circulador de ar pode ser encontrado em lojas de departamento e hipermercados como Ponto Frio, Lojas Americanas e Extra. Porém, a maior oferta de modelos e preços está nas lojas online como a Amazon, por exemplo.

Além de mais opções, ao comprar online, você ainda adquire o seu circulador de ar do conforto da sua casa.

Vários ângulos de um circulador de ar portátil.

Silencioso, leve e portátil, o circulador de ar é ideal para usar nas horas e sono. (Fonte: kipasregency / Pixabay)

Critérios de compra: Fatores a considerar antes de escolher o circulador de ar

Antes de adquirir um circulador de ar, você precisa verificar se ele tem o tamanho adequado ao ambiente onde será utilizado. Mais do que isso, você precisa saber se o aparelho tem as especificações que vão garantir a eficiência desejada.

Para ajudar você, listamos abaixo os principais fatores que você deve observar antes de escolher o seu circulador de ar:

  • Tamanho e formato
  • Velocidade
  • Número de pás
  • Funções extras

Abaixo, nós vamos detalhar cada um desses fatores para você tomar a melhor decisão na hora de compra o circulador de ar.

Tamanho e Formato

É preciso se atentar para as dimensões do produto para garantir que o circulador de ar caberá no local que você deseja. Além disso, observe o formato do circulador de ar. Hoje em dia é possível encontrar uma boa variedade de formas que irão influenciar no seu espaço.

O mais comum é que você encontre circuladores de ar quadrados e sem pé. Mas também existe o circulador de ar em forma de torre. Este modelo é mais compacto e é ideal para quem não quer ocupar tanto espaço.

Velocidade

É importante que você considere o número de velocidades com que a hélice do circulador de ar irá girar.

Velocidades diferentes vão permitir que você regule a intensidade da ventilação. Em geral, os circuladores oferecem entre 3 e 5 velocidades diferentes.

Número de pás

Quanto maior o número de pás, maior será a capacidade do circulador de ar de espalhar o ar no ambiente. Daí a importância deste fator quando você for escolher o seu circulador de ar.

O número de pás, que vai determinar a vazão do ar no cômodo, costuma variar entre 3 e 6.

Então, se o cômodo for pequeno, um modelo de 3 pás pode ser suficiente. Agora se a sua intenção é adquirir um circulador de ar para uma grande sala, considere comprar um modelo com 6 pás.

Imagem de pás de circulador de ar.

Quanto maior o número de pás, maior a velocidade do circulador. (Fonte: Dmitry Tishchenko / 123RF)

Funções Extras

Alguns circuladores de ar oferecem a possibilidade de colocar gelo no reservatório para deixar o ar mais fresco. Outros permitem que você encaixe tubos de repelente, ajudando a manter os insetos afastados.

Existem modelos que acompanham até mesmo um controle remoto, oferecendo a mobilidade de você acionar da cama ou do sofá. Antes de comprar, observe se o circulador de ar vem equipado para permitir essas funções extras.

(Fonte da imagem destacada: PublicDomainPictures / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano
Izabel Toscano
Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.