Ilustração mostra dois círculos cromáticos.

Olá! Bem-vindo a mais um artigo do Guia de Compra mais completo na internet! Hoje o ReviewBox vai falar sobre um produto essencial para quem trabalha com cores: o círculo cromático.

Criado para ser um guia rápido na hora de combinar cores e compor ilustrações coloridas, este produto traz, geralmente em forma de pizza, 12 cores divididas em três primárias, três secundárias e seis terciárias.

Em busca de um círculo cromático para chamar de seu? Confira o nosso artigo e saiba qual é a melhor opção, além de entender como ele funciona, quanto custa, onde comprá-lo e outras curiosidades.



Primeiro, o mais importante

  • O círculo cromático mostra de forma prática e didática como combinar as diferentes cores disponíveis. À primeira vista pode parecer um pouco difícil de ser usado, mas com treino e prática ele se torna uma ferramenta essencial para quem gosta ou trabalha com elementos de cor.
  • Fique atento quanto ao idioma do círculo cromático, pois é muito comum encontrá-lo em inglês, espanhol e francês.
  • Por fim, este produto não costuma ser caro e você o encontra com preços interessantes.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores círculos cromáticos

Como se fosse uma pizza, fatiada em 12 pedaços – representando 12 cores –, o círculo cromático é ideal para quem precisa fazer combinações coloridas. Quer saber qual escolher? Veja as nossas dicas a seguir.

1º – Círculo cromático de 23,5 cm da Color Wheel

No products found.

O círculo cromático da marca Color Wheel tem 23,5 centímetros (tamanho G) e mostra, de maneira prática, a relação entre as cores e como elas se relacionam.

Ele permite visualizar também a luminosidade, saturação, cores dominantes, entre outros. É uma ferramenta indispensável para exercitar e aplicar a harmonia das cores.

2º – Círculo cromático de 13 cm da Color Wheel

De tamanho pequeno, este círculo é primordial para a composição de cores, ajudando a transformá-las em primárias, secundárias e mais, demonstrando como elas se misturam e combinam.

Prático, este objeto é menor e pode ser levado dentro da bolsa ou mochila para qualquer lugar, seja para o trabalho ou sala de aula.

3º – Círculo cromático grande da Reeves

O produto da marca Reeves tem 23 centímetros e mostra as 12 cores e suas possibilidades de combinação entre si.

Ele é composto por círculos que vão rodando e configurando as diferentes combinações de cores. Com ele você pode descobrir quais são as análogas, terciárias e mais.

4º – E-book Color Wheel Guide (US)

Este é um e-book, em inglês, em formato de guia, que ensina técnicas para saber como combinar cores ao projetar espaços, criar obras de arte, roupas, decoração, artesanato, entre outros.

Ele também ensina como misturar uma gama infinita de tintas para uso em diferentes tipos de projetos. Rápido e fácil de usar, pode ser baixado imediatamente no seu dispositivo eletrônico preferido.

Guia de Compra

Em dúvida sobre as cores que combinam entre si? Ou querendo aprender mais sobre as cores, sua relação com os diferentes tipos de uso? Um círculo cromático lhe ajudará nessa tarefa.

Ele traz 12 cores e ensina, de forma prática e inteligente, como fazer a melhor combinação colorida possível. Se interessou? Não deixe de acompanhar nosso Guia de Compra e saiba qual opção escolher!

Imagem mostra um rosto feminino com uma mão na frente cobertos de tintas coloridas.

Para combinar cores e entender como elas se relacionam entre si, um círculo cromático é uma ferramenta poderosa. (Fonte: Alexandr Ivanov / Pixabay)

O que é o círculo cromático?

Antes de mais nada, o que exatamente é um círculo cromático? O nome pode parecer um pouco estranho e complicado, mas você vai ver que este é um produto muito útil para quem precisa trabalhar com cores ou até mesmo para quem tem interesse neste universo.

Aprendemos na escola com Isaac Newton que a luz considerada branca é composta, na verdade, por diversas cores. Em 1666, o cientista obteve um espectro, por meio de um feixe de luz atravessando um prisma triangular de cristal e a partir disso surgiu o Disco de Newton.

O disco servia para recompor a luz branca por meio da soma das sete cores do arco-íris, que, ao ser girado rapidamente, acabava adquirindo uma cor uniforme branca. Isso comprovou sua teoria de que, na verdade, todas essas cores fazem parte da luz branca.

Mas o que isso pode ter a ver com o círculo cromático? É basicamente do Disco de Newton que ele foi derivado.

Formado pelas 12 cores que o olho humano percebe, por meio de um mecanismo que gira, ele mostra quais as combinações entre elas.

Vale ressaltar também que diversas figuras importantes da história, como Johann Wolfgang von Goethe, Moses Harris e Johanes Itten, criaram seus círculos cromáticos, influenciando nas diferentes versões existentes da ferramenta.

O círculo pode ligar cores de lados opostos, lado a lado, mostrar cores terciárias, análogas… são infinitas as possibilidades. É preciso um pouco de treino e estudo para utilizá-lo, mas você verá que a técnica é aprendida rapidamente e pode ser cada vez mais aprimorada.

Este vídeo, com mais de 140 mil visualizações, explica para que serve o círculo cromático e como usá-lo.

Para que serve o círculo cromático?

Como falamos anteriormente, este objeto é literalmente em formato de círculo, composto por círculos menores que giram, permitindo a visualização de combinação entre suas cores.

Ele é formado por três cores primárias (que não podem ser obtidas por meio de outras), que são: amarelo, azul e vermelho; três secundárias (que são formadas pela mistura das primárias): laranja, violeta e verde; e seis terciárias, que são compostas pela combinação das cores secundárias.

Você pode também imaginar a adição do preto para criar sombras e cores mais escuras, ou branco para dar mais luminosidade e deixar as cores mais claras.

O acessório mostra também a disposição das cores complementares, que ocupam a posição inversa no círculo e que combinam perfeitamente – sem o círculo você poderia até achar que elas não combinam, mas a junção delas pode ser incrível.

Ao rodar o círculo, você vai entendendo de forma visual as combinações extraordinárias que podem ser feitas entre as cores. Ele facilita o entendimento de qual cor combina com qual e como harmonizá-las entre si.

O estudo de cores aliado a essa ferramenta é ideal para quem precisa trabalhar combinando elementos coloridos, seja na decoração, na roupa, na pintura e mais.

Quem usa um círculo cromático?

O círculo cromático é uma ferramenta incrível para entender melhor e saber como combinar as diferentes cores existentes. Por isso é peça fundamental para quem trabalha com isso.

Arquitetos, designers de interiores, consultores de estilo, profissionais da moda, pintores, artistas, maquiadores, designers gráficos… essas e outras profissões são algumas das que utilizam este instrumento na hora de criar projetos.

Estes profissionais precisam saber como harmonizar, contrastar, iluminar e compor a variedade de cores, além de saber mexer com sombras e saturação.

Imagem mostra um galpão com diversos quadros coloridos, como um da Frida Kahlo.

As cores transmitem emoções e sensações e, quando bem harmonizadas, passam a mensagem certa. (Fonte: David ROUMANET / Pixabay)

Na dúvida se vermelho combina com roxo? Ou se azul vai bem com verde claro? São essas e outras perguntas que o círculo cromático vai responder, ajudando a pessoa e entregar um trabalho espetacular no quesito coloração.

Quais as vantagens e desvantagens do círculo cromático?

Se você chegou até aqui já percebeu que o círculo cromático entrega uma série de benefícios. É meio óbvio, mas sempre bom ressaltar: sua principal vantagem é mostrar de forma prática como combinar cores.

Ele também permite a visualização de cores mais difíceis de serem combinadas, mostrando, assim, que você pode harmonizar cores que sempre imaginou não combinarem entre si.

No começo pode ser um pouco complicado, mas assim que se pega o jeito, ele é muito fácil, prático e didático de ser usado. Além disso, encontrado em diferentes tamanhos, é uma ferramenta fácil de ser transportada, seja na bolsa, mochila ou em uma pasta.

O ponto negativo pode estar na questão de que alguns círculos cromáticos não vêm em português. Você pode encontrá-los em espanhol, inglês e até francês.

Veja na tabela abaixo todos esses pontos de forma comparativa. Isso pode lhe ajudar a decidir por qual comprar.

Vantagens
  • Mostrar de forma prática como combinar cores
  • Permitir a visualização de cores mais difíceis de serem combinadas
  • Fácil e didático de ser usado
  • Fácil de ser transportado, seja na bolsa ou mochila
Desvantagens
  • Algumas opções não vêm na língua portuguesa

É difícil usar um círculo cromático?

Quando você começar a utilizar o produto, é muito provável que surjam dúvidas, principalmente para entender o que são as cores análogas, monocromáticas, complementares e triádicas. Este entendimento vem com treino e prática, portanto, não fique preocupado.

O círculo cromático foi criado justamente para que a combinação de cores seja feita de uma maneira fácil, didática e rápida. Quanto mais ele for usado e estudado, maior será a compreensão do mesmo.

A ferramenta é feita normalmente de um material maleável, seja papel couchê, papelão ou algum tipo de plástico. Por isso, é preciso ter cuidado ao manuseá-lo e transportá-lo para que ele não seja danificado.

foco

Você sabia que as cores transmitem emoções? Pode reparar: lojas, restaurantes e outros estabelecimentos costumam ter cores que representem a sensação que querem passar para seus clientes e para também atraí-los.

Quanto custa?

Este é um instrumento que geralmente não custa muito. Os diferentes modelos são similares, feito de materiais parecidos, por isso, não se diferenciam tanto em questão de valores.

Neste Guia listamos opções de diferentes marcas e tamanhos que variam de R$ 15 e R$ 65.

Onde comprar?

O círculo cromático pode ser achado em vários sites, como na Amazon brasileira, Mercado Livre e Lojas Americanas.

Você também pode encontrá-lo em lojas físicas: papelarias, como a Papelaria Universitária, casas de produtos para artesanato e pinturas, como a Casa do Artista, e em algumas grandes redes de supermercado, como Extra.

Confira este vídeo que fala sobre a teoria das cores.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de círculo cromático

O círculo cromático não é um produto que apresenta muitas diferenças entre os diferentes modelos. Mas existem alguns critérios que devem ser levados em conta na hora de escolher o seu.

Para ajudar nesta decisão, levantamos os seguintes pontos para serem considerados. Abaixo, veja quais são eles:

  • Tamanho
  • Idioma
  • Material
  • Configuração

A seguir explicamos com detalhes cada um dos critérios para a compra ideal do seu círculo cromático. Confira!

Tamanho

A principal diferença entre os variados círculos cromáticos à venda no mercado é o tamanho deles. Você encontra nos tamanhos pequeno e grande, que são, geralmente e respectivamente, de 13 centímetros e 23,5 centímetros.

Eles apresentam as mesmas cores e os mesmos detalhes e possuem a mesma função, mas, obviamente, no maior é mais fácil de visualizar a harmonização das cores e o menor é mais fácil de ser transportados.

Idioma

Como já falamos aqui antes, pode ser um pouco difícil achar o produto na língua portuguesa e você encontrará mais opções principalmente em espanhol, mas também em inglês e francês.

Se para você for um desafio mexer na ferramenta em outro idioma, preste muito atenção na hora que for comprá-la para se certificar de que ela esteja em português.

Caso isso não seja um problema, os círculos em outros idiomas são muito tranquilos de serem utilizados e você pode sempre contar com a ajuda de um dicionário ou aplicativo de tradução.

Imagem mostra uma círculo cromático de 23 centímetros.

Os círculos cromáticos são encontrados em diferentes idiomas, como inglês, francês e espanhol (Fonte: martm / 123RF)

Material

Geralmente os diferentes tipos do produto são confeccionados no mesmo material, sendo o mais comum o papel couchê de 300 gramas.

Mas você pode encontrá-lo também em materiais mais simples e com menos qualidade ou em outros mais sofisticados. Isso influenciará diretamente na durabilidade do círculo cromático.

E lembre-se, como é um produto que é bastante manuseado com as mãos, é preciso ter um certo cuidado para que ele não se desgaste.

Configuração

Este instrumento é encontrado em diferentes modelos e métodos. Todos possuem as 12 cores principais, dispostas lado a lado em formato de pizza, mas eles podem apresentar diferentes configurações.

O que você encontra de diferenças pode estar relacionado ao design do próprio círculo cromático e na forma como ele indica a maneira de visualizar as cores secundárias, análogas e complementares.

Cada círculo terá um estilo e você precisará entendê-lo, mas a dificuldade de mexer em um outro não será grande depois que você aprender a técnica.

(Fonte da imagem destacada: Color Wheel / Amazon)

Por que você pode confiar em mim?

Natália Nunes Professora
Professora do Ensino Fundamental nas redes pública e particular, Natália tem experiência de sobra para saber o que faz as crianças felizes e o que lhes incomoda. Além dos pequenos, ela também é apaixonada pelas palavras. Na internet, une as duas paixões e escreve sobre o curioso universo dos pequenos.