Imagem mostra moldeiras em silicone usadas e gel usados para clareamento dental doméstico acompanhado por profissional.
Ultima atualização: 21 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

Products

9Produtos analisados
Hours

16Horas investidas
Studies

5Estudos avaliados
Comments

62Comentários coletados

Olá! Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. No artigo de hoje vamos te ajudar a escolher o produto que auxilia no processo de busca por um sorriso com dentes mais brancos: o clareador dental. O processo de clareamento dentário é sonho de consumo de muitos, mas quando feito sem supervisão de um especialista pode oferecer riscos às gengivas e dentes.

No Brasil os clareadores dentais têm venda regulada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), tendo seu uso e comercialização restritos a profissionais dentistas e suas prescrições.

Mas não desanime! Existem opções liberadas pela Anvisa para livre comércio que poderão te ajudar no processo de remover manchas e clarear os dentes enquanto contribuem para a higiene e sua saúde bucal.

Siga conosco nessa leitura e confira as melhores opções de produtos para iniciar ou complementar seu processo de clareamento, além das características para as quais você deve atentar para escolher a melhor opção para suas necessidades.




Primeiro, o mais importante

  • Produtos clareadores dentais com mais de 3% de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida na composição só podem ser comercializados no Brasil com prescrição do dentista. Produtos abaixo dessa porcentagem são de venda livre, podendo ser encontrados nas formas de gel, creme ou enxaguante bucal.
  • Tipo, composição, propriedades, indicações de usos e sabores do produto são algumas características a serem consideradas no momento da compra.
  • Existe muita variação de preço para o clareador dental, que se dá em função da marca e tipo. É possível encontrar versões simples na forma de creme dental por menos de R$ 10, sendo que as versões mais sofisticadas podem custar mais de R$ 200.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 7 melhores clareadores dentais de venda livre no Brasil

Apesar da venda do clareador dental ser regulada no país desde 2015 pela Anvisa, as marcas investem muito em opções especiais para o público brasileiro que tenham ação clareadora e dispensem prescrição. Confira os melhores tipos de clareador dental de venda livre de prescrição disponíveis no Brasil:

1º – Creme dental 3D White Whitening Therapy Esmalte Defense – Oral-B

Manter um sorriso branco e reforçar o esmalte é possível com o novo creme dental Oral-B 3D white whitening therapy sensitive care. Seu complexo de minerais ativos trabalha para um branqueamento delicado que ajuda a remineralizar o esmalte.

Ajuda a branquear delicadamente, combatendo cáries e removendo as manchas superficiais.

2º – Clareador dental Kin Branqueador – Pharmakin

Kin Dentifrício Branqueador Progressivo é uma pasta dentifrícia de ação clareadora progressiva, formulada com Bicarbonato de Sódio micro-pulverizado, componente básico na nova geração de produtos para clareamento dentário.

Atua principalmente devolvendo aos dentes a sua cor natural e ao mesmo tempo exercendo uma ação antibacteriana sobre os micro-organismos presentes na cavidade oral. De sabor agradável e baixa abrasividade, não desgasta o esmalte natural dos dentes e tem ação antitártaro e anticáries.

3º – Creme clareador dental Black is White – Curaprox

Com fórmula a base de carvão ativado, o creme dental black is white auxilia no clareamento do cirurgião dentista, promovendo uma escovação diferente, a começar pela cor preta do creme dental sobre os dentes.

Auxilia na remoção das manchas sem danificar o esmalte dos dentes, e pode ser usado, normalmente, todos os dias como creme dental na rotina de higienização dos dentes.

Tem como função principal a manutenção do clareamento profissional realizado no consultório odontológico pelo cirurgião-dentista.

4º – Creme Dental 3D White Perfection – Oral-B

O novo creme dental oral-b 3D white perfection possui a tecnologia de branqueamento mais avançada de oral-b, para alcançar os resultados que você deseja. Seu sistema de micro polidores ajuda a remover até 100% das manchas em apenas 3 dias.

Ajuda a prevenir que novas manchas se formem na superfície do esmalte, a prevenir a cárie, remover a placa e refrescar o hálito. Não causa dano ao esmalte.

5º – Condicionador Clareador Dental Pearl Shine – Swiss Smile

Promove efeito branqueador combinado com 16 horas de proteção e alívio de sensibilidades e gengivas fortes e saudáveis. A fórmula exclusiva ilumina visivelmente os dentes e protege da sensibilidade.

Partículas de madrepérola micronizadas extraídas de mexilhões naturais, misturam-se perfeitamente com as superfícies danificadas dos dentes, recuperando áreas danificadas e desgastadas.

A recalcificação das superfícies irregulares dos dentes cria uma camada protetora fechada de madrepérola branca radiante. Para proteger contra a cárie, a fórmula contém flúor, xilitol e extrato de chá verde, bem como alantoína anti-inflamatória.

6º – Creme Dental Branqueador – Parodontax

Ideal para uso após clareamento dental profissional, Parodontax Whitening é um creme dental de uso diário que ajuda a prevenir o sangramento das gengivas sensibilizadas e a restaurar o branco natural dos dentes.

Com formulação única que proporciona um sabor diferenciado, sendo 4x mais eficaz na remoção da causa do sangramento da gengiva. Para melhores resultados escove os dentes com Parodontax duas vezes ao dia e não mais de três vezes.

7º – Creme Dental Branqueador Extra Fresh – Sensodine

O Creme Dental Sensodyne Extra Fresh além de ajudar a clarear os dentes e remover manchas promove o alívio da sensibilidade conta com os benefícios de um creme dental de uso diário, protegendo contra cáries, mantendo a gengiva saudável e proporcionando hálito fresco.

Acompanha escova dental Sensodyne Multi Proteção, que possui cerdas macias que limpam cuidadosamente sem irritar a gengiva. Sua cabeça de cerdas em formato oval é compatível com a gengiva e permite o alcance das áreas de mais difícil acesso, proporcionando uma limpeza completa e suave da boca.

Guia de Compra

O sorriso do brasileiro tem fama mundial, não só pela simpatia, mas também pela beleza e cuidado. De acordo com dados da SBOE (Sociedade Brasileira de Odontologia Estética) o brasileiro é o segundo povo que mais investe na estética dos dentes no mundo, ficando atrás apenas dos estadunidenses.

E o clareador dental, é claro, está entre os produtos mais procurados. Então, vamos ao Guia de Compra. Nesta sessão você terá acesso às informações mais relevantes sobre clareadores, como tipos existentes e indicações de uso, vantagens e desvantagens, valores, onde comprar, etc.

Como nem sempre o mais popular e conceituado produto do mercado é o ideal para você e as necessidades do seu sorriso, te apresentaremos tópicos sobre as características para as quais você deve atentar para escolher o clareador dental que melhor atenda suas expectativas.

Imagem mostra pai, mãe e filha escovando os dentes durante rotina de cuidados bucais.

Clareador bucal de venda livre pode remover manchas superficiais, complementar e dar manutenção do clareamento feito com profissional. (Fonte: Freepik / Freepik.com)

O que é o clareador dental?

O clareador dental, como o nome já adianta, é um produto para utilizado para clarear os dentes, tornando-os mais brancos e livres de manchas.

De uso bucal, conta, em sua maioria, com peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida na composição, em maiores ou menores concentrações.

O uso do clareador é indicado para pessoas com dentes manchados ou amarelados que desejam melhorar sua aparência. Pode vir na versão gel, creme, pasta ou enxaguante bucal.

Existem ainda as versões em fitas ou gel para ser usado em moldeiras, que só são vendidos no Brasil com prescrição de um especialista.

No entanto, nem todos os dentes podem ser beneficiados pelo clareador dental, pois as causas do amarelamento podem ser diversas, e algumas não são passíveis de tratamento.

Quais as vantagens e desvantagens do clareador dental?

A pessoa que recorre a clareadores dentais certamente está preocupada não só com a estética dos dentes, mas também com a saúde.

Uma das grandes vantagens do clareador dental – especialmente os que vem em forma de pasta ou creme dental – é que além da ação clareadora eles podem agregar outras funções, como a de limpeza profunda, fortalecimento do esmalte, tratamento de sensibilidades, anti tártaro, anti cáries, dentre outras propriedades.

Existem versões para todos os bolsos, indo desde cremes dentais para uso diário até séruns condicionantes, que podem ser usados sozinhos ou como complemento para o tratamento feito com profissional.

Imagem mostra efeito do clareador dental comparando dentes brancos e amarelados.

O uso do clareador dental é um hábito que ultrapassa a estética, já que muitas vezes ajuda na saúde bucal. (Fonte: subbotina / 123RF)

Mas, mesmo para os cremes dentais que parecem inofensivos, a orientação profissional é importante.

O uso indiscriminado de produtos com agentes clareadores pode provocar retração gengival, sensibilidade dental, alterações na pulpa dentária e na superfície do esmalte, dentre outras complicações.

Por essa razão, alguns clareadores, mesmo os que têm livre comercialização autorizada pela Anvisa, podem ter contraindicações.

Gestantes, lactantes, pessoas que passaram por quimio ou radioterapia há pouco tempo, que tenham dentes com muitas restaurações, acúmulo de placas bacterianas, tártaro, retrações ou inflamações na gengiva são alguns dos exemplos de restrições.

Por isso é essencial visitar o dentista regularmente e consultá-lo sobre o produto mais indicado para os seus dentes. Confira algumas vantagens e desvantagens do produto:

Vantagens
  • Pode clarear e tratar os dentes
  • Existem versões para todos os bolsos
  • Versões modernas tem efeito rápido
  • Existem versões para pessoas com sensibilidade
Desvantagens
  • Pode ocasionar ou aumentar sensibilidade nos dentes
  • Existem contraindicações mesmo para versões autorizadas pela Anvisa
  • Uso inadequado pode ocasionar doenças nos dentes, ossos, gengiva e no trato gastrointestinal
  • Efeito pode variar de pessoa para pessoa

Quais cuidados tomar ao escolher o clareador dental?

O clareador dental pode ser de uso diário ou por período determinado. Por ser um produto que terá contato direto com a mucosa bucal, região extremamente sensível e passível de irritações, a escolha merece atenção redobrada.

Sempre peça opinião de um profissional para fazer a escolha, e atente às informações de ingredientes presentes na embalagem. Verifique atentamente a composição do produto, e certifique-se de que todos os ingredientes são bem aceitos pelo seu organismo sua pele.

Atente, ainda, para as indicações de uso do produto escolhido. Existem versões para casos específicos, como dentes sensíveis, por exemplo.

Certifique-se que o produto escolhido foi testado e aprovado por dentistas e contém fragrância suave e sabor agradável ao seu paladar. Afinal, de nada vale investir em um excelente branqueador se o aroma e sabor do produto forem insatisfatórios ao seu gosto, o que poderá prejudicar e até mesmo ocasionar abandono do tratamento.

Mulher com dentes brancos encaixando molde de clareador dental.

A moldeira é um tipo de clareador dental muito usada pelos dentistas. (Fonte: puhhha / 123RF)

Pondere o tipo de clareador mais adequado de acordo com a situação de sua dentição, os propósitos de uso e resultados esperados.

Pastas de dente e cremes dentais, por exemplo, são uma maneira prática de fazer a manutenção de seu clareamento profissional e remover ou prevenir manchas superficiais sem precisar operar grandes mudanças em sua rotina de higiene bucal.

Os clareadores em fita ou gel para aplicação doméstica proporcionam um clareamento mais aprofundado, mas precisam de prescrição do dentista para a compra, e orientação e acompanhamento profissional para o uso adequado.

E nunca é demais lembrar que durante o processo de clareamento é necessário ter cuidado com a alimentação e evitar a ingestão de café, vinho e refrigerantes que podem ocasionar manchas, além de bebidas ácidas e cigarro.

Confira a tabela comparativa para decidir o tipo de clareador dental que mais se encaixa em suas necessidades:

Com prescrição Sem prescrição
Aplicação Doméstica com acompanhamento profissional ou em consultório Doméstica, conforme indicações de uso
Indicações Clareamento profissional e remoção de manchas além da superfície Para remoção de manchas superficiais, manutenção ou complementação do clareamento profissional
Composição Mais de 3% dos agentes clareadores, peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida Menos de 3% dos agentes clareadores peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida
Investimento Alto, mas opções para uso doméstico com acompanhamento profissional podem ser mais em conta Baixo

Quais os tipos de clareador dental?

Como já mencionamos, existem diversos tipos de clareador dental no mercado. Alguns tem venda livre no Brasil, estando disponíveis para o público em geral.

Outros, com fórmulas mais elaboradas e eficientes, só são vendidos com prescrição do dentista. Os principais tipos são:

Cremes dentais

De uso diário, é o método mais simples e barato para clareamento. Ajudam a clarear e remover manchas, mas pode levar tempo para que resultados sejam notados. Principais agentes ativos são bicarbonato de sódio e sílica, que promovem limpeza profunda removendo manchas.

Fitas clareadoras

À base de peróxido de hidrogênio, são vendidas com receita, para uso doméstico. São aplicadas de uma a duas vezes ao dia, por períodos de 30 a 60 minutos, dependendo do modelo e fabricante.

O tratamento pode ter duração de 7 a 14 dias. Tem a vantagem de atingir minimamente as gengivas, mas em contrapartida não atingem os dentes de trás.

Mulher com dentes brancos segurando clareador dental em forma de fita.

A fita é uma forma de clareador dental. (Fonte: Iurii Maksymiv / 123RF)

Gel para moldeira

Pode vir em duas versões o gel oxidante que pode ser usado durante toda a noite por cerca de 10 dias, ou o gel de peróxido de hidrogênio, que deve ser usado duas vezes ao dia, por 20 minutos, durante 7 dias.

Ambos são aplicados com auxílio de uma moldeira, que pode ser feita sobre medida ou padrão. Apesar de ser feito em casa, o uso deve ser prescrito e acompanhado pelo dentista.

Gel para clareamento a laser

Feito apenas em consultórios de dentista, é a base de peróxido de hidrogênio. Após a proteção das gengivas com máscara de borracha, o gel é aplicado nos dentes, e ativado com uma caneta a laser.

Cada sessão dura em média 40 minutos, e podem ser necessárias algumas sessões para atingir o resultado desejado.

Gel para pincelar

A base de o peróxido de carbamida, também precisa de prescrição do especialista. O gel deve ser aplicado com o auxílio do pincel duas vezes ao dia, por duas semanas.

Não é preciso enxaguar. A reaplicação deve ser feita a cada seis meses para manutenção dos resultados.

Quanto custa?

Um clareador dental em forma de creme dental pode custar menos de R$ 5, chegando a mais de R$ 200 no caso de kits especiais para clareamento.

No caso dos cremes dentais e pastas de dente com ação clareadora, as chamadas embalagens econômicas, que contam com mais unidades do produto, costumam ter preços mais vantajosos.

Pesquise bastante antes de comprar o produto, pois os preços de um mesmo produto podem variar bastante de um lugar para o outro.

Onde comprar?

Os clareadores que dispensam prescrição médica são muito fáceis de serem encontrados à venda em lojas físicas, farmácias e drogarias, mercados e supermercados e lojas de departamento como Americanas, Extra, Walmart, dentre outras.

Também podem ser comprados em lojas de e-commerce como a Amazon e o Mercado livre, onde inclusive é possível encomendar o produto em quantidades maiores a preço de atacado.

Os clareadores que demandam prescrição são vendidos apenas mediante apresentação da receita, e podem ser encontrados em drogarias, clínicas especializadas e lojas de suprimentos ortodônticos.

Considere sempre em suas pesquisas para as compras online o valor do frete. Dependendo da região, tamanho e peso do pacote, o frete pode sair caro e aumentar o preço final do produto.

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de clareador dental

Para escolher e comparar um produto, o ideal é que tenhamos ao menos o mínimo de informação sobre ele. Se você acompanhou esse artigo até aqui está no caminho certo para uma compra acertada.

A seguir vamos apresentar algumas características para as quais você deve estar atento na hora de comparar tipos e marcas de clareador dental.

Após definir os tipos de necessidades do seu sorriso, pondere os seguintes aspectos para escolher o produto que melhor lhe atenderá:

  • Aplicação
  • Composição
  • Funções extras
  • Sabor

Abaixo, entenda a importância de refletir e considerar cada um desses pontos.

Aplicação

A forma de aplicação do clareador depende do seu tipo e forma de ação. As principais formas de aplicação são:

  • Creme dental: aplicada na escovação;
  • Stripes ou fitas adesivas: posicionamento sobre os dentes;
  • Gel: com moldeira;
  • Gel com ativação a laser: em consultório;
  • Pincel ou caneta: com gel ou cremes.

Escolha a forma de aplicação que melhor se encaixe em sua rotina, lembrando que algumas opções precisam de mais de uma aplicação ao dia, e tempo de pausa para ação que podem variar entre 20 minutos e 12 horas.

Imagem de escova de dentes com pasta de dente.

A pasta dental clareadora é muito comum e muito utilizada. (Fonte: George Becker / Pexels)

Composição

A composição dos clareadores dentais varia muito de acordo com a marca, modelo e tipo do produto.

Os agentes clareadores mais comuns são peróxido de hidrogênio e o peróxido de carbamida, que são mais agressivos. Podem, ainda, conter ingredientes naturais como açafrão da terra, carvão ativado, óleo de coco, dentre outros.

Produtos com composição baseada em ingredientes naturais são menos agressivos aos dentes e gengivas, e devem ser preferência para pessoas com sensibilidade.

Funções extras

Além de branquear e removem manchas, alguns clareadores dentais também desempenham funções extras para a dentição, como fortalecimento do esmalte, proteção para dentes sensíveis, ação antiplacas e anticáries, dentre outras.

Adição de flúor, ingredientes calmantes para gengivas irritadas e agentes protetores de esmalte também são características importante em um produto.

Sabor

Embora não seja expressamente contraindicada a ingestão de produtos clareadores dentais, o sabor e aroma do produto são características importantes para o sucesso do tratamento, uma vez que o paciente precisará permanecer com o produto na boca, sujeito a seu cheiro e gosto durante o período de ação.

Mentolados, frutados e mix de sabores como canela, coco, tutti-fruti, são algumas das opções disponíveis no mercado.

(Fonte da imagem destacada: DanielFrank / Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Paula Diniz Jornalista
Brasiliense, é redatora, social media e inventora de moda nas horas vagas. Apaixonada por projetos DIY de moda e artesanato, é leitora voraz, fã de séries, atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro. Expert em compras online, não fica de fora dos lançamentos e tendências de decoração, cuidados estéticos e com a casa.