Coador de café em vidro com filtro de papel ao lado de caneca de café com frase “Coffee Time” desenhada em giz ao fundo.

Olá! Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. No artigo de hoje vamos te ajudar a escolher o acessório de cozinha fundamental para passar aquele cafezinho fresco: o coador de café.

Prático e muito fácil de usar, o coador de café é uma constante na maioria das casas brasileiras. Seja no modelo raiz – feito de pano – ou nas modernas descartáveis ou reutilizáveis, o coador de café faz toda a diferença no resultado final da bebida, o que o torna um dos queridinhos dos apreciadores de um bom café.

Siga conosco nessa leitura e confira as melhores opções do produto, além das características para as quais você deve atentar para fazer a melhor escolha de coador de café.

Primeiro, o mais importante

  • Para escolher o coador ideal, se baseie na qualidade e eficiência. Leve em consideração as indicações de uso de cada modelo, bem como tamanho e design adequado para as suas necessidades.
  • Algumas das variáveis que devem ser levadas em conta no momento da compra são: tipo, material e capacidade, dentre outras características.
  • Um produto muito popular, o coador de café pode ser comprado por menos de R$ 5 nas versões mais simples, chegando a custar mais de R$ 500 nas versões “gourmet”.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de coador de café

Que é difícil resistir a um café coado na hora a gente sabe, mas o alcance da popularidade da bebida em sua versão “raiz” é surpreendente! De acordo com A Associação Brasileira da Indústria do Café, 97% dos consumidores do amado cafezinho tem o hábito de consumir a bebida preparada em coadores de pano ou papel.

Se você também quer se juntar à massa dos apreciadores do café coado, mas usando um coador novinho, vamos apresentar os modelos mais interessantes do produto à venda no Brasil. Confira:

1º – Coador de Café Transparente HARIO

Projetado em formato cônico ‘V’ e um ângulo de 60°, é feito em acrílico com espirais na parte interna, que facilitam a expansão do pó de café.

A grande abertura na base do coador permite controlar a velocidade do fluxo de água, são dois dos detalhes que o diferencia dos coadores comuns. Acompanha colher de medida V60 (8, 10 e 12 g).

2º – Coador de Café de Pano com Base de madeira

Ideal para passar o cafezinho individual. A base com coador de pano tem design retrô super charmoso, ideal para levar à mesa. Medindo 12 x 10 x 16 cm, proporciona o ritual perfeito de passar o café à moda antiga.

Obtenha um café surpreendente, com doçura e acidez acentuadas. Esse é a promessa do produto: gosto diferenciado, fácil manuseio e limpeza e economia de espaço.

3º – Coador de Café Melitta

Clássico, o produto reúne estilo e praticidade. O novo design permite que você veja o café passando, sem precisar levantar o suporte durante o preparo.

Produto com cores e estampas sortidas, no tamanho 103, compatível com filtro de papel Melitta 103, com capacidade para 20 xícaras.

4º – Conjunto Jarra com Coador de Pano

Uma forma elegante de coar café com o filtro de pano, modelo tem coador de flanela de algodão embutido na jarra, o que faz com que a temperatura do café seja mantida durante o processo.

O pegador de madeira e os detalhes em couro dão um charme especial à jarra em vidro de boro silicato. Tem capacidade de 480 ml.

Guia de Compra

Nosso Ranking fez você aí também imaginar o cheirinho do café sendo coado? Dá vontade de pedir um de cada, não é mesmo? Mas espera aí! Antes de clicar em comprar, confira nosso Guia de Compra.

Nesta seção te daremos mais informações sobre os coadores de café: formas de uso, vantagens, desvantagens, onde comprar, valores, e muito mais, para você escolher o produto sem medo de errar!

Pessoa preparando café, com xícara ao lado e cafés.

Mesmo com grande variedade de cafés gourmets, o café coado segue ganhando espaço no mercado e no paladar dos apreciadores da bebida. (Fonte: rawpixel.com / Pexels)

O que é o coador de café?

O coador de café, também chamado por muitos de filtro de café, é um utensílio de cozinha que tem a função de filtrar a água quente por dentre o pó dos grãos moídos de café para a elaboração da bebida.

Feito de papel, pano ou outras variações de materiais, ele surgiu da necessidade de diminuir o amargor excessivo produzido pelo processo primitivo do feitio do café, onde o pó e a água eram fervidos juntos e consumidos dessa maneira.

Quais as vantagens do coador de café?

Além do grande apelo nostálgico, afetivo e “olfativo”, existem outros fatores que fazem ser grande a popularidade dos coadores de café. Fácil e prático de usar, o coador é um produto acessível, barato e sem muitos mistérios.

Embora as versões de pano tenham fama de anti-higiénicas, se cuidadas direitinho são tão ou mais seguras e limpinhas que as versões de papel. Ambos os modelos têm a desvantagem de oferecerem a possibilidade de transmitir o gosto do material – seja papel ou pano – para o café.

Esse inconveniente, entretanto, pode ser contornado com um truque que apresentaremos logo mais na seção “Como usar o coador de café”.

Apesar de todos os modelos apresentarem vantagens e desvantagens, todos são capazes de exercer seu objetivo principal com maestria: prepara um ótimo café extraindo e ressaltando as notas aromáticas do grão processado.

Vantagens
  • Modo mais nostálgico e aromático de preparar café
  • Simples, prático e acessível
  • Existem versões para todos os gostos e bolsos
  • Prepara excelentes cafés, ressaltando notas aromáticas do pó
Desvantagens
  • Versões de pano demandam atenção com higienização e armazenamento
  • Modelos de pano ou papel podem passar gosto do material para bebida

Coador de café: Qual escolher afinal?

Essa questão pode ser polêmica. A exemplo do imbróglio do “é biscoito ou bolacha?”, existem defensores ferrenhos de cada um dos modelos de coador de café, e as discussões sobre o assunto podem ser acaloradas. Mas fugindo das polêmicas, vamos nos ater em responder à pergunta “qual coador de café é melhor?” com uma resposta evasiva: depende!

Isso porque, assim como a grande maioria dos produtos, o que é bom para um perfil de consumidor pode não ser ideal para outro. Por isso, antes de escolher o seu tipo de coador favorito preste atenção aos detalhes. Coadores descartáveis podem ganhar em praticidade, mas não são tão amigos do meio ambiente quanto os fabricantes nos fazem acreditar.

Se você prefere um coador ecofriendly, aposte nas versões em tecido ou reutilizáveis, desde que o material seja 100% reciclável. Agora se a questão for praticidade, realmente os modelos descartáveis saem na frente.

Com relação ao sabor, a polêmica segue: alguns afirmam que o coador de pano faz cafés mais encorpados, enquanto o de papel prepara cafés um pouco menos espessos. Novamente, é uma questão de perspectiva. Vale a pena experimentar e comparar os dois métodos para escolher o seu preferido.

foco

Você sabia que para extrair o máximo de sabor com cafés coados deve ser usado pó de moagem fina? Esqueça a moagem rústica nesse caso!

Como usar o coador de café?

Independente da escolha pelo coador de pano ou papel, o processo para preparar o café coado é basicamente o mesmo.

Comece escolhendo um pó de qualidade. Para fazer o café coado perfeito, a água deve aquecer ao ponto de formar pequenas bolhas, mas não ferver. Veja os passos:

  • Comece molhando o coador com a água quente, para evitar perdas de temperatura no processo. A prática também evita que o sabor do coador interfira na bebida.
  • Com o coador aquecido, acrescente o pó sem apertar, e despeje a água quente devagar: primeiro o suficiente para molhar todo o pó, e depois o restante em movimentos circulares.
  • Não mexa! Deixe o café escoar naturalmente, o que pode levar de dois a três minutos, mas garante a extração do máximo de sabor e aroma.
  • Para conservar seu coador de pano e mantê-lo livre de bactérias, basta lavá-lo após o uso com água.
  • Guarde na geladeira, dentro de recipiente fechado e com água. Assim, ele poderá durar até um mês.

Quanto custa?

O preço dos coadores de café vai flutuar muito de acordo com o tipo do produto, material e capacidade. Você pode adquirir um coador de pano tradicional por menos de R$ 5.

Já as versões com suportes, em cerâmica ou outros materiais nobres para uso com cafés gourmet são um pouco mais salgadas, podendo ser encontradas por mais de R$ 500, dependendo da marca e modelo.

Onde comprar?

O coador de café pode ser encontrado em lojas físicas que vendem utilidades domésticas, como a Camicado, Etna, Tok Stok, dentre outras. É possível, ainda, realizar a compra em redes de supermercados e hipermercados, como Walmart, Carrefou e Extra.

No entanto, é comprando pela internet que você terá acesso a maior variedade de marcas e modelos do produto, aproveitando ainda a comodidade de comprar sem sair de casa pelos sites de e-commerce como Amazon e Mercado Livre.

Café sendo coado em filtro de papel e suporte de cerâmica.

Coadores descartáveis ganham dos demais no quesito praticidade. (Fonte: Kaffeetastisch / Pixabay)

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de coador de café

Com tanta informação bacana, agora com certeza você já é quase um expert em café coado. Mas antes que você corra para passar um café fresquinho, confira mais algumas dicas de características do coador de café que irão te ajudar a comparar as opções e escolher a melhor versão para você:

  • Tipos
  • Material
  • Capacidade
  • Design

Abaixo detalharemos cada um dos tópicos para que não restem dúvidas:

Tipos

Os tipos mais conhecidos de coador de café, como já mencionamos, são os de pano e papel. No entanto, os modelos mais recentes os coadores formados de telas extrafinas e que dispensam uso de filtro, e aqueles que ficaram conhecidos como filtro de papel reutilizáveis, vem ganhando popularidade.

Material

Como já mencionamos, o coador de café em si pode ser fabricado em papel, tecido ou uma mistura de polipropileno com fibras plásticas no caso dos Filtros de “papel” reutilizáveis. No entanto, a base do coador – parte que dá suporte ao filtro – pode ser feita de uma infinidade de materiais.

O mais comum para filtros de café de tecido é uma base em arame com cabo em madeira. No entanto, é possível encontrar versões de suporte para coador de pano em aço inox, madeira, acrílico, dentre outras variantes.

Para os filtros de papel, a versão mais comum é o suporte em plástico. No entanto estão se tornando cada vez mais populares as versões em alumínio, cerâmica, acrílico e vidro, que prometem influenciar na temperatura e qualidade final da bebida.

Capacidade

A capacidade do coador será proporcional ao seu tamanho, e vem informada pelo fabricante na medida de xícaras. Um coador com capacidade para 4 xícaras, por exemplo, é aquele que irá acomodar a quantidade de pós suficiente para que sejam coadas 4 xícaras de água, resultando em um conteúdo homogêneo.

Usar o coador com capacidade além ou aquém do indicado pelo fabricante interfere na qualidade do produto final, que poderá sair mais forte ou fraco que o esperado.

Café sendo coado diretamente em jarra de vidro com uso de filtro de papel.

Existem coadores com diferentes capacidades no mercado. (Fonte: Free-Photos / Pixabay)

Design

Embora pareça meramente estética, essa característica do coador de café tem influência no resultado final da bebida. Modelos com ranhuras internas, por exemplo, diminuem a área de contato da água com o coador, garantindo que a bebida seja coada sem perdas significativas de temperatura.

Já modelos que coam diretamente na xícara, além de super charmosos, garantem a homogeneidade e pureza da porção que será degustada. Pesquise sobre os diferenciais do modelo escolhido para decidir qual melhor se encaixa em suas expectativas.

(Fonte da imagem destacada: Foundry / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Paula Diniz Jornalista
Paula Diniz
Brasiliense, é redatora, social media e inventora de moda nas horas vagas. Apaixonada por projetos DIY de moda e artesanato, é leitora voraz, fã de séries, atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro. Expert em compras online, não fica de fora dos lançamentos e tendências de decoração, cuidados estéticos e com a casa.