Imagem de um colchão de berço.

Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre colchão para berço, um item essencial e que muitas vezes precisa ser comprado separadamente. Escolher o colchão certo para seu bebê é importante para a qualidade do sono.

Há várias opções no mercado, desde modelos impermeáveis, decorados, menores (só para berços), maiores (para também serem usados na mini cama), até colchões antirrefluxo, desenvolvidos para evitar o risco do bebê se afogar quando regurgitar.

Então se você está pensando em comprar um colchão para o berço do seu bebê, veio ao lugar certo! Hoje vamos falar quais vantagens e desvantagens desse produto, quais são os melhores modelos do mercado, onde comprar e quanto pagar.

Primeiro, o mais importante

  • Os colchões de berço podem ter dimensões tradicionais ou ser em estilo americano, mais largo e um pouco mais alto. Fique atento nessa informação para comprar um colchão que tenha o tamanho exato do berço ou mini cama.
  • Alguns modelos de colchão para berço têm uma das extremidades mais altas para evitar o refluxo do bebê. Se você preferir um modelo convencional é possível reproduzir essa característica usando um travesseiro antirrefluxo.
  • O preço de um colchão para berço varia por causa do tamanho, densidade da espuma e marca, geralmente custa de R$ 150 a R$ 200.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores modelos de colchão para berço

A qualidade do colchão é um fator muito importante para a saúde do seu bebê, isso porque ele não tem a estrutura da coluna totalmente estabilizada, então se dormir em um colchão muito mole isso pode ser prejudicial para a sua formação óssea. Pensando nisso, separamos os melhores modelos para seu bebê:

1º – Colchão para berço Baby Light D18 – Ortobom

O colchão Baby Light D18 da Ortobom é ideal para bebês de até 3 anos de idade, pois tem sistema que protege contra a penetração de urina, facilitando a higienização do produto. Possui também tecido com tratamento antialérgico e antiácaro.

O colchão tem o a padrão americano: 12 cm de altura, 130 cm de comprimento e 70 cm de largura, é maior e por isso vai acompanhar o seu bebê por mais tempo. O fabricante dá um ano de garantia para o enchimento e três meses para o molejo.

2º – Colchão Para Berço Baby Super Antirrefluxo – Luckspuma

O colchão para berço Baby Super anti refluxo da Luckspuma foi desenvolvido depois de pesquisas sobre os variados biotipos e pressões exercidas pelo corpo, por isso esse produto proporciona mais vantagens para a saúde do seu bebê.

Esse colchão tem uma das extremidades mais altas, onde deve ficar a cabeça do bebê, essa elevação evita acidentes causados pelo refluxo (regurgitar). Além disso, esse modelo conta com sistema antiácaro, antifúngico e antialérgico. Tem dimensões do padrão americano.

3º – Colchão para Berço Baby Physical D18 – Ortobom

O colchão para berço Baby Physical da Ortobom tem o padrão de dimensões nacional, ou seja, 130 cm de comprimento, 60 cm de largura e 10 cm de altura.

O tecido desse colchão é impermeável recebeu tratamento contra bactérias, fungos e ácaros, o que proporciona mais saúde para o seu bebê. Ele é decorado com desenhos infantis azuis e um dos lados tem desenhos no fundo branco.

Guia de Compra

Tão importante quanto montar o quartinho do bebê é escolher o colchão certo para acomodar os pequenos. Eles podem ter espumas diferentes que alteram a qualidade do produto.

Portanto, ao longo desse Guia de Compra queremos orientá-lo nessa escolha. Dessa forma, ao fim desse artigo, você saberá escolher o melhor colchão para berço para seu bebê.

Imagem de bebê dormindo de bruços em berço, grades em primeiro plano e bebê ao fundo.

A qualidade do colchão é fundamental para a saúde do seu bebê. (Fonte: famveldman / 123rf)

O que é um colchão para berço e onde utilizá-lo?

O berço é o lugar onde o bebê vai passar a maior parte do tempo, principalmente nos primeiros meses da vida, quando ele pode dormir até 20 horas por dia. Por essa razão, é essencial que você escolha um bom colchão, para garantir a saúde e o conforto do seu neném.

Os colchões são fundamentais para o desenvolvimento infantil, principalmente no aspecto ortopédico. O corpo deve ficar alinhado e nenhuma parte deve ficar elevada, ou seja, não se deve colocar travesseiros para bebês de até um ano, caso contrário a criança terá problemas de crescimento que só serão notados quando ela for mais velha.

Quando a criança sente desconforto no colchão do berço ela costuma chorar sempre que é colocada para dormir.

Para escolher o colchão ideal para o seu bebê você deve verificar o material, as dimensões (altura, largura e comprimento) e a densidade. O material do colchão sempre deve ser de espuma, nunca de molas, pois essa opção não é compatível com a estrutura óssea dos bebês.

A densidade varia de acordo com o peso, para crianças de até três anos um colchão D18 é adequado (aguenta até 40 kg), depois dos três é bom trocar o colchão por um modelo D23. Ele não deve ser nem mole nem duro, mas firme.

O colchão não deve afundar e não pode ser deformável, a qualquer sinal dessas duas características ele deve ser trocado. Todas as partes do corpo do bebê precisam receber a mesma pressão, ou seja, cabeça, tronco e pernas devem ficar sempre iguais no colchão.

Imagem de um bebê dormindo.

Até completar um ano de idade, os bebês não devem dormir com travesseiro. (Fonte: freestocks-photos/ Pixabay)

Recomenda-se virar o colchão uma vez ao mês para manter a firmeza e garantir a durabilidade, mas fique atento pois alguns modelos têm lados diferentes. Na maioria dos casos, apenas um lado do colchão vem com uma camada impermeável.

Se o colchão que você quer só tiver um dos lados impermeável, você pode optar por uma capa impermeável, que fica na parte debaixo da capa e não entra em contato com a pele do bebê.

Outra funcionalidade do colchão para berço são os tratamentos dados ao tecido para ele se tornar antialérgico, antiácaro e antifúngico, protegendo a saúde respiratória do seu bebê.

Alguns modelos também são antirrefluxo, o que diminui o risco de acidentes com regurgitação. Se você não quiser comprar um colchão assim, basta adquirir um travesseiro antirrefluxo.

Em relação às dimensões, elas variam entre padrão nacional e americano. O modelo nacional é um pouco menor: tem 130 cm de comprimento, 60 cm de largura e 10 cm de altura, enquanto o tipo americano mantém os 130 cm de comprimento, mas ganha 10 centímetros a mais de largura (70 cm) e tem 12 cm de altura.

Preparamos uma lista com as vantagens e desvantagens do colchão de berço, um item essencial no quarto do seu bebê.

Vantagens
  • Há duas opções de colchões de acordo com as dimensões: modelo nacional e americano
  • Há colchões impermeáveis, mas geralmente apenas um dos lados tem essa vantagem
  • O colchão com densidade 18 pode ser usado para crianças de até 40 kg
  • Alguns colchões servem no berço e na mini cama
Desvantagens
  • É preciso estar atento ao tamanho do berço para comprar o colchão certo
  • Quando só um dos lados é impermeável, você não pode virar o colchão
  • O colchão deve ser trocado por volta dos três anos de idade

O que diferencia um colchão para berço do outro?

A principal diferença entre os colchões é o tamanho, o modelo americano é maior e pode ser usado no berço e mini cama, enquanto o padrão nacional é um pouco menor, por isso tem a vida útil mais curta.

Independentemente da escolha, é preciso que você esteja atento às dimensões do berço antes de comprar o colchão, pois ele deve ter o tamanho exato do móvel, no máximo dois centímetros de folga, para evitar que a criança prenda as mãos ou braços nesses vãos.

Confira abaixo uma tabela com as principais diferenças entre o berço e colchão de padrão nacional e o americano:

Padrão Nacional Padrão Americano
Tamanho Tem 130 cm de comprimento, 60 cm de largura e 10 cm de altura Tem 130 cm de comprimento, 70 cm de largura e 12 cm de altura
Espaço interno Menor, ideal para bebês recém-nascidos Maior, é necessário usar redutores para acomodar recém-nascidos
Acessórios Menos opções de kit berço e lençóis Mais opções de lençóis e kit berço
Mini cama O colchão pode ser reaproveitado em mini camas O colchão pode ser aproveitado em mini camas
Outras características Menos vendido Mais vendido

Quanto custa?

O preço de um colchão para berço costuma ser bem acessível. Varia por causa do tamanho, densidade da espuma e marca, você vai pagar entre R$ 150 e R$ 200.

Abaixo disso pode ser que a qualidade esteja comprometida. Opte por um produto na faixa de preço mencionada.

Onde comprar?

Você pode comprar um colchão para berço em lojas de móveis e eletrodomésticos como Magazine Luiza e Tok&Stok, Lojas Americanas e até no supermercado Walmart.

Você também pode comprar pela internet em e-commerces como Amazon e Mercado Livre. Na Amazon, por exemplo, você consegue comparar modelos, preços e marcas e ainda ler a avaliação que outros consumidores deram para aquele produto.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de colchão para berço

A maioria dos modelos de berços já vêm com colchão, mas algumas marcas vendem esses objetos separadamente. Se é o seu caso, saiba que é preciso estar atento a alguns detalhes, para você não comprar o modelo errado, são eles:

  • Padrão de tamanho
  • Densidade da espuma
  • Antialérgico
  • Impermeável

Vamos explicar cada um dos itens para que você não fique com nenhuma dúvida sobre qual colchão você deve comprar.

Padrão de tamanho

Conforme já explicamos anteriormente, há dois modelos de berços e colchões, o de padrão nacional e o americano. O padrão nacional é um pouco menor, tem 10 centímetros a menos de largura e 2 centímetros a menos de altura.

A altura do colchão nunca deve ultrapassar os 12 centímetros do modelo americano, pois nessa altura o bebê não vai alcançar as grades do berço ao ficar de pé e isso diminui o risco de quedas.

O padrão americano é mais largo e por isso pode ser usado por mais tempo, ele também pode ser adaptado em mini camas. É importante ressaltar que quando o bebê é recém-nascido ele pode se assustar com um tamanho muito grande, por isso é importante usar redutores.

Preste atenção no modelo de berço que você comprou ou vai comprar para escolher um colchão com tamanho compatível. Ambos os modelos podem ser usados em mini camas.

Imagem de berço em quarto de bebê.

O colchão nunca pode ser maior do que 12 cm de altura, para não haver o risco de queda do berço quando o bebê ficar em pé. (Fonte: ErikaWittlieb / Pixabay)

Densidade da espuma

Para escolher um colchão com a densidade certa para o seu bebê você pode conferir uma tabela padrão montada por médicos ortopedistas que indicam o modelo de colchão certo de acordo com o peso e altura de quem que vai utilizá-lo.

O modelo mais indicado até os três anos é o D18, acima dessa idade, recomenda-se trocar o colchão por um modelo D23.

Antialérgico

Como a imunidade do bebê é baixa quando ele é muito novinho, uma ótima maneira de evitar alergias e outras doenças respiratórias, é adquirir um colchão em que o tecido tenha passado por um tratamento contra ácaros, fungos e outros agentes causadores de alergia.

Esse detalhe ajuda na saúde do bebê, então, leia atentamente a descrição do produto para conferir se o modelo que você gostou possui essa funcionalidade extra.

Impermeável

Outra funcionalidade extra que você pode procurar no colchão para o seu bebê, é se o colchão, ou pelo menos um dos lados, é revestido com material impermeável.

Com esse revestimento, será muito mais fácil limpar resíduos líquidos como o xixi e vômito. Caso contrário, pode ser um transtorno ficar sem o colchão por uma noite se ele não secar a tempo.

(Fonte da imagem destacada: guillermocinque / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.