Mulher fazendo exercício de flexão sobre um colchonete laranja.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos tratar de um acessório multiuso, mas especialmente importante para a prática de exercícios físicos: o colchonete.

Usado para diversas situações como acampar, deitar e brincar, o colchonete é um grande aliado para preservar o corpo enquanto você faz alongamento, abdominais e ginástica localizada.

Hoje em dia, é tão vasta a variedade de colchonetes que pode ser complicado escolher o ideal. Por isso, vamos mostrar aqui o que você deve levar em conta antes de comprar o seu.

Primeiro o mais importante

  • O colchonete precisa ser funcional, prático e durável para corresponder ao seu objetivo de uso, proteger sua coluna e evitar lesões.
  • O colchonete usado em atividades físicas tem como diferencial o material de fabricação, a densidade da espuma e a espessura.
  • Para que você compre o colchonete ideal, vamos mostrar aqui as características que diferenciam um modelo de outro.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores modelos de colchonete

Quem procura por um colchonete, quer a união perfeita de eficiência e conforto, certo? Pensando nisso, os fabricantes investiram em opções para todas as situações e objetivos.

Por isso, a seguir, nós vamos apresentar para você os melhores modelos de colchonete disponíveis hoje em dia no mercado.

1º – Colchonete Emborrachado Grande Kikos

O colchonete Emborrachado Grande Kikos possui medidas de 60 cm de largura, 150 cm de comprimento e 5 cm de espessura, que é ideal para práticas no chão.

Confeccionado em borracha, esse modelo, que não é dobrável, é revestido com PVC e espuma de alta dimensão.

2º – Colchonete D80 Muvin Cnf-400

O colchonete D80 Muvin Cnf-400 é leve, flexível, atóxico e lavável. Feito com espuma aglomerada, e revestido com PVC e PU, esse modelo possui espuma de densidade 80.

Além disso, esse colchonete tem as seguintes dimensões: 55 cm de largura, 95 cm de comprimento e 3 cm de espessura.

3º – Colchonete D80 Natural Fitness

O colchonete da D80 Natural Fitness tem capacidade para suportar até 150 kg. Feito com espuma aglomerada de densidade 80, esse modelo é revestido com corino.

Além disso, esse colchonete de ginástica possui 50 cm de largura, 100 cm de comprimento e 2 cm de espessura.

4º – Colchonete AX Esportes

O colchonete AX Esportes é revestido com bagum e é uma versão pequena, fácil de guardar e transportar. Esse modelo possui medidas de 40 cm de largura e 90 cm de comprimento.

Além disso, esse modelo de colchonete possui densidade da espuma 26 e 3 cm de espessura.

5º – Colchonete Dobrável 4 em 1 WCT FITNESS

O colchonete da WCT Fitness é formado por quatro colchonetes que, juntos, podem ser dobrados entre si transformando-se em uma mini maleta que você pode carregar para onde quiser.

Além disso, esse modelo, quando totalmente esticado, possui o tamanho de 244 cm de comprimento, 122 cm de largura e 5 cm de espessura.

Guia de Compra

À primeira vista todos os colchonetes parecem ser iguais, mas não são. Existem inúmeras variáveis que diferenciam um modelo de outro e é preciso entende-las para adquirir o mais adequado de acordo com o seu objetivo.

Por isso, criamos este Guia de Compra. Aqui você vai encontrar todas as informações que você precisa para comprar o melhor colchonete para praticar atividade física.

Mulher sentada em um colchonete azul na academia de ginástica.

O colchonete é um grande aliado na prática de exercícios físicos. (Fonte: Robert Przybysz / 123RF)

O que é um colchonete?

Todo colchão com menos de 12 cm de espessura é considerado um colchonete. Utilizado em inúmeras situações, o colchonete é mais popular na prática de atividades físicas, dentro ou fora das academias de ginástica.

Em geral, os diversos modelos de colchonete são fabricados com espuma de baixíssima densidade, para ser fino, leve e fácil de transportar.

No entanto, como veremos logo mais à frente nesse artigo, hoje em dia já existem versões feitas com alta densidade, mantendo a baixa espessura, o que é ideal para práticas de exercícios mais pesado.

O revestimento externo também é uma característica do colchonete, que, em geral, é feito com tecido de fácil limpeza e impermeável.

Colchonete de academia com faixa de alongamento e bola de pilates.

O colchonete é ideal para fazer alongamento no solo, porque protege do frio do chão e de possíveis lesões na coluna. (Fonte: ArtCoreStudios / Pixabay)

Prático, leve e confortável, o colchonete tem como objetivo principal proteger a sua coluna, fornecer isolamento térmico evitando o seu contato direto com o chão e evitar lesões enquanto você realiza exercícios físicos. Além é claro, de garantir o conforto na hora das práticas.

Não à toa, o colchonete é muito utilizado para a prática de atividades que envolvem estar sentado ou deitado no chão como abdominais, alongamento, ginástica localizada, yoga, pilates e artes marciais.

Quais são os outros usos do colchonete?

Fiel escudeiro de atletas e praticantes de atividades físicas, o colchonete é um acessório que serve a múltiplas funções. No campo, na praia ou mesmo em casa, o acessório é uma ótima opção para sentarmos no chão sem nos sujarmos nem sentirmos a friagem.

Também é muito comum utilizar o colchonete na sala, como espaço extra para assistir TV entre amigos e família. Além disso, os colchonetes são ótimos complementos para o quarto das crianças, onde elas podem brincar sem preocupação.

O fato é que o colchonete garante que as crianças, especialmente os bebês, possam brincar e engatinhar com segurança, sem o risco de se machucarem caso caiam no chão.

View this post on Instagram

#colchonetepersonalizado #colchonete #colchoneteinfantil #bercario

A post shared by Art Stilo (@artstilopersonalizados) on

O colchonete é ideal também para levar em viagens ou, em último caso, acomodar visitas. No entanto, é importante lembrar que justamente por serem muito mais finos do que um colchão, os colchonetes não são indicados para dormir todos os dias.

O colchonete é versátil e pode ser usado para se sentar no chão, brincar, descansar e até para dormir em acampamentos.

Além disso, hoje em dia existem também as versões infláveis, onde os colchonetes são enchidos com ar por meio de uma bomba especial. Essa costuma ser a opção de quem gosta de acampar, já que o colchonete pode ser usado juntamente com o saco de dormir.

Há outros colchonetes que funcionam como uma cama extra, como, por exemplo, os colchonetes para shiatsu, uma massagem terapêutica japonesa. Já para os amantes de tecnologia e vida ao ar livre, já existe um colchonete com funções de aquecimento e resfriamento.

Por que o colchonete é importante para praticar exercícios físicos?

Certamente você já se perguntou o motivo de ter que utilizar um colchonete de ginástica para praticar os exercícios físicos que definem e moldam o seu corpo.

O fato é que esse acessório é extremamente funcional para corrigir a sua postura corporal a cada movimento realizado, evitando assim que você lesione alguma parte do seu corpo.

Não à toa, você sempre encontrará colchonetes (especialmente na cor azul) nas academias de ginástica. E não apenas nas salas de aulas, mas, principalmente, na área da musculação. Ali, o colchonete é um aliado na hora do alongamento e da prática de abdominais.

Vale ressaltar também que a qualidade do colchonete de ginástica influencia no comportamento da sua coluna, das suas pernas, do seu braço e do seu pescoço.

Dependendo da atividade que você está fazendo, um colchonete muito fino ou muito mole pode não ser o ideal.

Por isso, mais do que a utilização do colchonete, é fundamental que você leve em conta a qualidade do material de produção e o tamanho do acessório, que deve ser compatível com a sua estrutura corporal, como, por exemplo, tamanho e peso. Falaremos sobre isso em detalhes mais à frente neste artigo.

Qual a diferença entre o colchonete azul e o preto das academias de ginástica?

Para quem é iniciante na prática de exercícios físicos praticamente todas as atividades utilizam um colchonete de ginástica. Incluindo os exercícios de levantamento de peso com as pernas e de resistência para os braços.

Até mesmo alguns aparelhos de musculação acrescentam o colchonete para diminuir o impacto entre o corpo e o exercício. E, como vimos, o tipo de colchonete mais comum nas academias de ginástica é o azul. Mas você também encontrará o na cor preta.

É claro que cada colchonete, independe da cor, tem suas especificações. Mas, de acordo com os especialistas, geralmente, o colchonete azul das academias costuma ser menos denso e mais espesso. Ou seja, esse tipo de colchonete costuma ser mais mole.

Já o colchonete preto se caracteriza por ser mais rígido, ou seja, nem mole nem duro, o que costuma ser recomendado para práticas mais intensas.

Em geral, quem possui uma estrutura corporal com menos peso e menos altura pode escolher se quer o colchonete mais mole ou mais rígido.

Já quem é mais fortes ou mais alto devem optar pelo colchonete menos denso e mais espesso, que geralmente também é mais largo garantindo maior conforto, equilíbrio, flexibilidade, segurança e sustentação.

Além disso, os especialistas recomendam que você sempre verifique com um profissional para quais exercícios cada colchonete de ginástica é melhor indicado.

De modo geral, caso o exercício envolva as pernas e os quadris, a melhor opção é o colchonete mais mole, pois ao rotacionar o corpo, você vai proteger tanto a sua coluna quanto o restante do corpo.

Já se o exercício físico escolhido envolver os braços e a coluna, é mais indicado optar pelo uso do colchonete preto, o mais rígido. Confira a seguir a diferença entre os colchonetes usados nas academias. Lembrando que, quando você for comprar o seu colchonete, a cor pode variar.

Colchonete azul Colchonete preto
Densidade Menor Maior
Espessura Maior Menor
Dimensões Mais largo Menos largo
Indicação de uso Exercícios com pernas e quadris Exercícios com braços e coluna

Quais os cuidados você precisa ter com o colchonete?

De acordo com os especialistas, os cuidados higiênicos com os colchonetes de ginástica são fundamentais e podem, inclusive, interferir no seu desempenho físico.

O fato é que, quando utilizado para praticar algum exercício físico, o colchonete se torna um alvo para o suor. Mas a boa notícia é que esse é um acessório muito fácil de limpar justamente por conta do seu material de fabricação.

Por isso, recomendamos que você limpe o seu colchonete sempre ao final de uma prática. Na academia de ginástica, vale higienizar o colchonete também antes de iniciar a atividade.

Para tanto, basta que você utilize um pano com alguma solução, como por exemplo, álcool ou água e vinagre, para limpar a superfície do colchonete.

Higienizar antes e depois do uso o seu colchonete é a forma ideal de manter o acessório limpo e durável por mais tempo.

Também é importante que você seque o colchonete após passar a solução. Para isso, você pode utilizar um dos lados do mesmo pano, que esteja seco, ou deixar em um local à sombra. Isso é importante porque o desempenho físico pode diminuir caso o colchonete esteja molhado.

Lembre-se, no entanto, de que o colchonete não deve ser lavado, nem ter seu enchimento molhado. Caso isso ocorra, poderá ocorrer a proliferação de ácaros no interior do colchonete inutilizando o acessório.

Também alertamos para o cuidado que você deve ter para não rasgar ou estragar o seu colchonete. Para isso, evite usar utensílios que possam perfurar o colchonete e certifique-se de usar roupas confortáveis sem zíper ou fecho que também podem danificar a superfície do produto.

Pessoas se alongando na academia sentadas no chão usando colchonete.

É preciso cuidar com a higienização do colchonete para maior durabilidade. (Fonte: Wavebreak Media Ltd / 123RF)

Quais as vantagens do colchonete?

Como vimos, o colchonete é um acessório super versátil, prático, fácil de transportar e guardar. Mas, além disso, a grande vantagem desse produto é que ele auxilia você durante as práticas de atividades físicas.

Com a ajuda do colchonete você protege o seu corpo do contato direto com o chão, preservando a sua temperatura corporal.

Além disso, por conta da espessura e densidade do colchonete, é possível proteger a coluna, o pescoço e outras musculaturas do corpo durante os exercícios de chão.

Seja em casa ou na academia, o colchonete é extremamente útil na realização de abdominais, flexões, movimentos de yoga, pilates, e também, exercícios de reabilitação, sendo muito utilizado em clínicas de fisioterapia.

Por outro lado, a grande desvantagem do colchonete é que muitos fabricantes utilizam espuma de baixa qualidade. Ou seja, nem todos os modelos de colchonete disponíveis no mercado irão de fato funcionar para proteger você de lesões durante o treino.

Daí a importância de entender quais os fatores que podem determinar a qualidade de um colchonete para ginástica. Falaremos em detalhes sobre esse assunto em Critérios de Compra.

Para você ter uma visão geral sobre as vantagens e desvantagens do colchonete, confira a seguir a tabela:

Vantagens
  • Diminui impacto da atividade física no solo
  • Previne lesões
  • Protege a coluna
  • Pode ser usado em várias situações
  • Leve e fácil de guardar
  • Limpeza simples
Desvantagens
  • A eficiência da espuma não é garantida por todas as marcas

Quanto custa?

O preço do colchonete vai variar bastante em função do tamanho, do material de fabricação e da espessura. Por isso, você vai encontrar o colchonete custando entre R$ 18 e R$ 800.

É claro que você não precisa comprar o mais caro de todos. Pense apenas que os muito baratos, em geral, são menos resistentes e duráveis.

Onde comprar?

Você vai encontrar o colchonete à venda em lojas de esportes, de departamentos e até em hipermercados como Lojas Americanas, Carrefour e Extra.

No entanto, nossa recomendação é que realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil, por exemplo. Dessa forma, além de você encontrar mais opções de tamanhos, cores e materiais, você ainda adquire o seu colchonete de forma simples, sem precisar sair de casa.

Critérios de compra: O que você deve considerar antes de escolher o colchonete

Agora que você já entendeu as funções e vantagens do colchonete é hora de escolher o melhor entre os diversos modelos de colchonete disponíveis.

Para isso, é importante que você saiba quais são as características que diferenciam um tipo de colchonete de outro. Para ajudar você, listamos abaixo os principais fatores que você deve levar em conta antes de adquirir o seu colchonete:

  • Revestimento
  • Medidas
  • Densidade
  • Espessura

A seguir, nós vamos explicar em detalhes cada uma dessas características para que você possa tomar a melhor decisão ao investir no colchonete ideal.

Revestimento

O revestimento do colchonete é um dos fatores mais importantes que você deve observar antes de comprar o seu. Aqui, você deve levar em conta tanto o revestimento externo quanto o interno.

O revestimento externo, como vimos, deve ser resistente, fácil de limpar e impermeável. Além disso, o material deve ser antiaderente, o que evita que escorreguem mesmo em chão molhado.

Em geral, você vai encontrar modelos de colchonete variados revestidos com:

  • Corino
  • Napa
  • Corvin
  • Poliuterano (PU)
  • Bagum

Todos eles são materiais sintéticos que se assemelham ao couro e, por isso, são resistentes e impermeáveis ao suor e à água. O corino, a napa e o courvin, por exemplo, são feitos de 100% PVC e não possuem poliuretano.

Já o bagum consiste em uma base de PVC aplicada sobre uma malha trançada de poliéster. Com relação ao revestimento interno do colchonete, você encontrará duas opções disponíveis no mercado:

  • Espuma de polietileno expandido (PE)
  • EVA (Etileno e Acetato de Vinila)

Ambos os revestimentos internos são eficientes na absorção de impactos. Porém o EVA costuma ser mais durável do que o PE. Inclusive, algumas academias têm utilizado muito os tatames de EVA devido a sua grande capacidade de absorção de impactos.

Medidas

Para garantir o conforto e a proteção do seu corpo, é importante que você considere o tamanho do colchonete.

Para você ter uma ideia, um colchonete considerado pequeno, recomendado para pessoas menores e de menos peso, tem as seguintes medidas: 40 cm de largura e 90 cm de comprimento.

Mulher fazendo exercício abdominal sobre colchonete azul.

O colchonete deve ser confortável e ter medidas proporcionais a do seu corpo. (Fonte: 5132824 / Pixabay)

Já para pessoas mais altas ou mesmo de estrutura corporal maior, o ideal é optar por um colchonete mais largo e mais comprido medindo, por exemplo: 60 cm de largura, 150 cm de comprimento.

Mas vale lembrar que existem outras variações que permitem você encontrar colchonetes maiores ou menores. Assim, a escolha também vai depender do tipo de exercício que você for fazer no colchonete.

Densidade

A densidade da espuma que reveste internamente o colchonete vai determinar a capacidade do colchonete de aguentar o seu peso, de forma que o produto não deforme e você tenha conforto durante os exercícios.

Em geral, você irá encontrar modelos de colchonetes com densidade que varia entre 20 e 80. Densidades mais finas, que tornam o colchonete mais mole, em geral, são recomendadas para prática de exercícios mais simples e para pessoas menores e com peso mais leve.

Quanto maior a densidade, mais equilibrado será o colchonete. Ou seja, não será nem muito mole nem muito duro.

Basta que você saiba que quanto maior a densidade, mais resistente será o colchonete e mais confortável será para que você pratique treinamentos pesados no solo.

Espessura

Também é importante que você analise a espessura do seu colchonete. Hoje em dia é possível encontrar modelos cuja espessura varia entre 2 cm e 12 cm de espessura.

Imagem mostra mulheres fazendo exercício em cima de colchonete.

A espessura de um colchonete pode variar entre 2 a 12 cm. (Fonte: dolgachov / 123RF)

E não pense que por ser muito fino, o colchonete não será eficaz. O importante aqui é você combinar a espessura com a densidade da espuma interna. Um bom exemplo são os colchonetes de uso profissionais que, em geral, possuem densidade 80, mas podem chegar até 2 cm de espessura.

O fato é que, quanto mais fino o seu colchonete, mais fácil será de transportá-lo seja para uma área externa ou até para a academia e também melhor será para guardá-lo.

(Fonte da imagem destacada: luckybusiness / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano
Izabel Toscano
Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.