Malas de viagem.
Ultima atualização: 27 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

79Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Esse artigo é para você que procura pelas malas ideais para a sua próxima viagem. Se você quer economizar e ainda ter opções para todas as ocasiões, a sua melhor aposta é investir em um conjunto de malas.

A seguir, nós vamos lhe mostrar porque o kit de malas é mais vantajoso do que comprar uma peça avulsa e o que você deve considerar para escolher o conjunto de malas mais funcional, duradouro e seguro.




Primeiro, o mais importante

  • Comprar um conjunto de malas, além de mais econômico, garante que você terá opções para todos os tipos de viagens.
  • Várias marcas fabricam conjuntos de malas, mas é preciso observar alguns fatores se você quiser investir bem o seu dinheiro.
  • O fato é que não basta considerar apenas o design e a cor da mala para garantir durabilidade e segurança.

Você também pode gostar:

Melhores conjuntos de malas: Nossas recomendações

O melhor conjunto de malas 2 peças

O conjunto de malas da Nagano vem com duas peças de material rígido ABS. Ambas as malas possuem quatro rodinhas de 360º e trava numérica embutida. A mala média pesa 3kg e mede 67cm de altura, 25cm de largura e 41cm de comprimento. A pequena pesa 2,5kg e mede 58cm de altura, 22cm de largura e 36cm de comprimento.

O melhor kit de viagem com frasqueira

Com uma mala média, uma de bordo e uma frasqueira, o conjunto de malas da Yins é fabricado em ABS e possui quatro rodas 360º. A mala média tem 65cm x 43cm x 26cm; a mala pequena mede 55cm x 35cm x 22cm; e a frasqueira tem 34cm x 29cm x 16cm. Todas as peças possuem trava com segredo e cadeado.

A opção ideal com 3 malas

O kit de malas Tander conta com três peças nos tamanhos P, M e G. Todas a malas são fabricadas em poliéster e possuem cadeado embutido. As dimensões das malas são: Mala G com 42cm x 19cm x 78 cm; mala M com 40cm xc17cm x 64 cm; e mala P com 30cm x 14cm x 60 cm.

Guia de Compra

Quem viaja muito sabe a importância de se ter malas resistentes, seguras e de tamanhos variados. E como uma mala de viagem nem sempre é um item barato, a maioria das pessoas opta por comprar o conjunto de malas. Nesse Guia de Compra vamos mostrar quais as vantagens, quanto custa e onde comprar o melhor kit.

Duas mulheres segurando malas de viagem em uma escada.

O conjunto de malas é mais funcional e pode ser usado por toda a família. (Fonte: Brandless/ Unsplash.com)

Por que você deve investir em um conjunto de malas?

Quando chega a hora de comprar malas novas você terá duas opções: Comprar a mala avulsa ou um conjunto de malas.

O conjunto de malas, como o próprio nome diz, é um kit que vem com mais de uma mala com tamanhos diferentes.

Ou seja, uma das principais vantagens de se investir em um kit de malas é que você adquire malas que servirão para tipos de viagens variadas, das curtas às mais longas.

Casal olhando o mar com malas de viagem.

O conjunto de malas tem peças de tamanhos diferentes, ideal para todo tipo de viagem. (Fonte: Vidar Nordli-Mathisen/ Unsplash.com)

Além disso, as malas do conjunto são padronizadas no que se refere ao material de fabricação, design, cor e estampa.

E o fato é que isso facilita e muito na hora de identificar qual a sua mala na esteira do aeroporto, por exemplo.

Mas o grande atrativo de um conjunto de malas ainda é o preço. Sai mais barato comprar o kit do que uma peça avulsa.

Para resumir, confira a seguir porque vale a pena comprar o conjunto de malas:

  • É mais barato;
  • Tem malas de diferentes tamanhos;
  • Malas são padronizadas.

Conjunto de malas ou mala avulsa: Qual a melhor opção?

Como vimos, a grande diferença entre comprar um conjunto de malas e uma mala avulsa é, de fato, o preço.

Mas o fato de adquirir malas de vários tamanhos em um kit também é outro grande diferencial. Já que, com isso, você terá malas apropriadas para cada situação e para todos na família.

Você deve ter, pelo menos, uma mala pequena e uma média.

Não à toa os especialistas recomendam que, independentemente se você viaja muito ou não, você deve ter, pelo menos, uma mala pequena e uma média.

Por exemplo, quando você precisar viajar por poucos dias, como em uma viagem de fim de semana, a mala pequena é a ideal. Quando a viagem for mais longa, uma mala média pode ser mais apropriada.

Mas se a estadia é ainda maior, como no caso de um intercâmbio, a mala grande se faz necessária. E talvez até mesmo uma bolsa de viagem seja necessário.

Por isso, existem kits com diferentes quantidades e tipos de malas de viagem. Para você ter uma noção geral, confira a seguir, as principais diferenças entre comprar uma mala avulsa e um conjunto de malas:

Mala avulsa Conjunto de malas
Preço Maior Menor
Vantagens Pode variar o design, estampas e material Kit com 2 ou mais peças padronizadas
Desvantagem É difícil combinar peças

Quais são os tipos de malas que compõem o kit?

Você vai encontrar diversos tipos de conjuntos de malas de viagem à venda. Mas, de modo geral, as fabricantes disponibilizam kits que atendem as demandas de todos os viajantes.

Por isso, você vai encontrar facilmente conjuntos com 2 ou 3 malas. Entre as peças estão as voltadas para viagens curtas, médias e longas, e isso é definido pela tanto pela dimensão quanto pela capacidade de peso que cada uma pode transportar.

Para você ter uma noção geral, confira a seguir quais são as principais peças de um conjunto de malas:

  • Mala pequena: Conhecida como “mala de bordo” ou “bagagem de mão”,  pode ser transportada com você na cabine do avião. Essas malas costumam ter peso máximo de 10kg.
  • Mala média: Costuma ter 23kg que, geralmente, é o peso definido pelas companhias brasileiras para despachar malas, em voos nacionais e internacionais.
  • Mala grande: A bagagem grande que faz parte do conjunto de malas tem capacidade média para carregar 32kg.
  • Frasqueira: Essa peça é como se fosse uma bolsa de mão, só que com espaço adequado para você guardar artigos de beleza e saúde.

Conjunto de malas: Quais são as dimensões das peças?

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) determina que a bagagem de mão, por exemplo, deve pesar, no máximo, 10 kg em qualquer voo. Mas o fato é que as dimensões das malas que são permitidas variam conforme a companhia aérea.

Por isso, além do peso que cada mala pode transportar, também é preciso ficar de olho na dimensão de cada peça do conjunto de malas.

Em geral, as malas maiores tem uma altura que varia entre 65 cm e 77 cm. Já a mala pequena costuma ter altura de 55 cm. Mas isso não é uma regra.

Por isso, recomendamos que antes de comprar o conjunto de malas você verifique as dimensões.

Quanto custa o conjunto de malas e onde comprar?

O preço de um conjunto de malas pode variar dependendo da marca, da quantidade de peças, do material de fabricação, entre outros fatores. De modo geral, os kits vão custar entre R$150 e R$ 7 mil.

E você vai encontrar conjuntos de malas em lojas especializadas, de departamento e em hipermercados como Casas Bahia e Carrefour.

Mas se você optar por comprar em lojas online, como na Amazon Brasil, você terá mais vantagens, entre elas, os preços promocionais e mais opções para escolher.

Critérios de Compra: Como comparar os conjuntos de malas

Você viu que o primeiro passo para comprar o melhor conjunto de malas é considerar o tamanho, a dimensão e o peso das peças. Mas você deve ir além se quiser comprar malas duráveis e resistentes.

Para tanto, nós listamos abaixo os critérios que você deve analisar na hora de comprar o conjunto de malas:

A seguir, vamos mostrar como checar cada um desses tópicos.

Material duro ou tecido

Você deve avaliar qual a melhor opção para você: Comprar um conjunto de malas de material duro ou maleável.

As malas duras são feitas de polipropileno, policarbonato, ABS ou de plástico. Já as malas de tecido podem ser de microfibra, couro, nylon, PVC ou poliéster.

Existem prós e contras para ambas. De fato, as malas rígidas duram mais e são impermeáveis.

Pessoa guardando pertences dentro da mala.

A mala de tecido facilita na hora de colocar aquela lembrancinha a mais. (Fonte: Brandless/ Unsplash.com)

Mas o material duro é menos maleáveis, o que dificulta quando você quer encher mais a mala. Além disso, a mala rígida pesa mais e pode quebrar.

Já o conjunto de malas de tecido é mais resistente a impactos e permite que você encaixe melhor os seu pertences. No entanto, sofre mais desgaste e não é impermeável.

Número de peças

Outro fator que você deve analisar na hora de comprar o conjunto de malas é a quantidade de peças que compõe o kit.

Como vimos, o mais comum é encontrar kits com 2 ou 3 malas. Mas você pode sim encontrar conjuntos de malas com 4 peças e até com 5 peças.

foco

Você sabia que existem kits de malas que se encaixam uma dentro da outra?

Ou seja, a mala pequena cabe dentro da média, e a mala média cabe dentro da mala grande. Com isso, três malas ocupam o espaço de uma mala grande quando não estão em uso.

Divisórias

Avalie também a configuração interna das malas. Em geral, as malas de viagem têm compartimentos como bolsos, telas e cintos, que ajudam na organização e na proteção dos seus pertences.

Ainda que, de modo geral, a maioria das malas possuam divisórias similares, hoje em dia os conjuntos de malas têm investido em novidades.

Por isso, vale colocar sua atenção nesse aspecto antes de comprar o melhor conjunto de malas. Vale observar também os compartimentos externos, principalmente quando consideramos as malas de mão e frasqueiras.

360 graus

Outro fator que você deve considerar na hora de comprar o melhor conjunto de malas é o tipo e a quantidade de rodinhas.

Se você quer praticidade e facilidade, o ideal é comprar o conjunto com malas cujas peças tenham quatro rodas que giram em 360º.

Com essas rodinhas, você não precise inclinar as malas o que facilita o seu transporte. Além disso, o esforço que você terá para puxar a bagagem e levá-la para qualquer direção será reduzido com a rodinha 360 graus.

Detalhe da rodinha de uma mala de viagem.

O tipo, a quantidade e o material de fabricação da rodinha da mala interferem na praticidade na hora de transportá-la. (Fonte: mec4411/ Pixabay.com)

Outra opção é de fato as malas que possuem duas rodinhas. Mas vale pontuar que esse tipo de mala já está ultrapassada. Isso porque a mala com duas rodinhas é mais difícil manusear e puxar a mala se compara com a que tem quatro rodas.

O material das rodinhas também faz a diferença, porque alguns são mais resistentes do que outros. É o caso do poliuretano, que é mais difícil de quebrar do que o plástico e a borracha.

Cadeado embutido

Por fim, leve em consideração o fator segurança do conjunto de malas. O mais recomendado é que as peças tenham cadeados embutidos e com trava.

Uma dica é procurar modelos de mala de viagem para avião com cadeado TSA embutido, que podem ser abertos com uma chave-mestra. Esse tipo de cadeado de mala pode ser especialmente adequado caso você viaje para os Estados Unidos.

Isso porque os agentes da alfândega nos EUA não raro precisam abrir as malas dos turistas para averiguação. Com um cadeado TSA a sua mala ficará preservada.

(Fonte da imagem destacada: mec4411/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Pedro d'Ávila Músico e Viajante Incansável
Os cinco anos vagando pela Europa e tocando de metrô em metrô e deram a Pedro uma experiência de vida incrível, só comparada a seus anos e anos acampando pelo Brasil e pela América do Sul. Hoje, estabelecido em Dublin, ele segue conhecendo novos lugares e comparilhando o conhecimento adquirido com as experiências de vida.
Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.