Cooktop ligado.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje nós vamos falar de um produto que vem revolucionando o modo de cozinhar: o cooktop.

Moderno, prático e tecnológico, o cooktop vem substituindo o tradicional fogão nos lares brasileiros, tanto pela eficiência quanto pelo design. Hoje em dia, existem modelos para todos os espaços, gostos e bolsos.

Em meio a tantas opções, vamos mostrar neste artigo o que você deve levar em conta antes de comprar o cooktop que irá atender às suas expectativas e necessidades.



Primeiro, o mais importante

  • O cooktop é um fogão de mesa moderno, leve, prático e que ocupa menos espaço na cozinha.
  • Hoje em dia, existem diferentes modelos, com modos de funcionamento, tamanhos e acabamentos variados.
  • No entanto, além de não possuir um forno acoplado, o cooktop requer espaço específico para a sua instalação.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de cooktop: Nossos favoritos

A ideia do cooktop é tornar o ato de cozinhar ainda mais prazeroso além, é claro, de compor a decoração da sua cozinha. Assim, os fabricantes investem em versões inovadoras, tantos em termos de design como de funcionalidades.

Por isso, a seguir, nós vamos apresentar para você os melhores modelos de cooktop disponíveis hoje em dia no mercado.

Ótima opção com duas bocas

O cooktop Fischer a gás tem duas bocas e mede 4,7cm de altura, 30,2cm de largura e 51,4cm de profundidade. Com botão de acendimento ergonômico e super automático, esse cooktop possui mesa em vidro temperado. Além disso, os queimadores possuem tecnologia italiana sendo: um rápido (3.000W) e um semirrápido (1.750W).

O melhor modelo por indução

O cooktop IC80 da Electrolux funciona por indução, tem mesa de vidro vitrocerâmico e conta com quatro bocas de tamanhos diferentes. Esse modelo tem nove níveis de potência, painel touch, timer e função turbo-potência. Além disso, esse cooktop possui trava de painel para evitar que a programação seja alterada e mede 6,5cm de altura, 78cm de largura e 52cm de profundidade.

O melhor modelo elétrico

O cooktop Square Touch da Tramontina é elétrico, com mesa vitrocerâmica e quatro bocas de tamanhos e potências diferentes (1.200w e 1.800w). Esse modelo tem 5,5cm de altura, 59cm de largura e 52cm de profundidade. Além disso, o Square Touch conta com programação por meio do comando touch, nove níveis de temperatura, timer e bloqueio de painel para maior segurança.

Guia de Compra

Pode parecer simples escolher um cooktop para a sua cozinha. Mas é preciso que você entenda o sistema de instalação e funcionamento, entre outros fatores, antes de fazer esse investimento.

Por isso, criamos este Guia de Compra com todas as informações que você precisará para tomar a melhor decisão antes de investir no cooktop mais adequado.

Casal cozinhando no cooktop.

O cooktop é prático e moderno para você cozinhar suas receitas de modo eficiente e seguro. (Fonte: 089photoshootings / Pixabay)

O que é um cooktop?

O cooktop é uma das tendências de eletrodomésticos mais modernas e elegantes nos dias de hoje.

Trata-se de um fogão de mesa, fino e plano, sem o forno embutido, que confere modernidade a sua cozinha, além de praticidade na hora de cozinhar.

foco

Você sabia que além disso, o cooktop é projetado com recursos tecnológicos, incluindo bocas de aquecimento sem chamas, que não apenas aceleram o tempo de cozimento, como garantem segurança contra queimaduras.

Por outro lado, justamente por ser composto apenas da mesa com as bocas, o cooktop é um tipo de fogão que só pode ser instalado em espaços específicos.

Por isso, sua cozinha precisa ser planejada. Falaremos em detalhes sobre isso logo mais neste artigo.

Mas, ainda assim, é o tipo de fogão ideal para quem quer unir design moderno, com otimização de espaço e praticidade na hora de cozinhar e limpar.

Cozinha de conceito aberto para a sala, com ilha e cooktop.

O cooktop é um fogão de mesa, plano, que não possui forno e, assim, ocupa menos espaço. (Fonte: kirkandmimi / Pixabay)

Ainda que não venha acompanhado do forno, com o cooktop você pode instalar um forno separadamente em qualquer ponto da cozinha.

O que muitas vezes é uma vantagem, já que você pode aproveitar lugares antes inutilizados.

Por conta da alta demanda e popularização, hoje em dia, você pode encontrar o cooktop com diferentes tipos de funcionamento, revestimento e quantidades de bocas.

O design também é variado, desde os que tem um visual mais parecido com os fogões tradicionais até os mais minimalistas e contemporâneos.

Quais as diferenças entre o fogão de piso, o de embutir e o cooktop?

Além de não possuir o forno, o cooktop possui algumas diferenças importantes com relação aos tipos de fogões mais tradicionais.

O fogão de piso é o mais comum e tradicional. Com funcionamento a gás e forno acoplado, esse tipo de fogão é perfeito para cozinhas que não possuem móveis planejados.

Isso porque esse fogão pode ser colocado em qualquer espaço, sem a necessidade de obras para a sua instalação.

Além disso, o fogão de piso pode ser trocado de lugar e retirado para a limpeza, o que na prática pode ser mais trabalhoso.

Os mais modernos vêm com algumas tecnologias como timer e grill.

O cooktop é mais compacto, eficiente, tecnológico e fácil de limpar se comparado aos fogões tradicionais e de embutir.

Já o fogão de embutir, que tem uma aparência semelhante ao tradicional fogão de piso, também com forno acoplado, possui um visual mais moderno.

Diferentemente do de piso, o fogão de embutir não possui os pés e, como o nome diz, deve ser embutido na bancada da cozinha, o que ajuda na economia do espaço.

Além disso, com esse tipo de fogão você precisa movê-lo para realizar a limpeza embaixo ou atrás do eletrodoméstico.

Mas, uma vez instalado, não pode ser retirado nem trocado de lugar, a não ser que você realize uma reforma na cozinha.

Além disso, o fogão de embutir pode funcionar a gás ou por eletricidade.

Panela com vegetais cozinhando sobre o cooktop.

Apesar de não ter forno e ter uma instalação fixa, o cooktop já ganhou os lares brasileiros. (Fonte: StockSnap / Pixabay)

Para quem prefere investir em uma cozinha personalizada, o cooktop, também conhecido como fogão de mesa, traz mais versatilidade.

Apesar de precisar de uma instalação mais específica do que os outros tipos de fogão, o cooktop ocupa menos espaço e é mais fácil de limpar.

Além disso, como vimos, o cooktop possui um design mais elegante e mais fino.

Seu funcionamento também é mais versátil, podendo ser elétrico, a gás ou por indução.

A seguir, você confere as principais diferenças entres os três tipos de fogões: de piso, de embutir e o cooktop:

Fogão de piso Fogão de embutir Cooktop
Estrutura Com pés Sem pé De mesa
Forno Tem Tem Não tem
Funcionamento Gás Gás e elétrico Gás, elétrico ou indução
Mobilidade Sim Não Não
Instalação Livre Fixa Fixa
Limpeza Difícil Difícil Fácil
Tecnologia Simples Mediana Superior

O que você precisa saber sobre a instalação do cooktop?

Para ter um cooktop, sua cozinha deve ser planejada, já que este eletrodoméstico precisa de uma base de tamanho específico para ser instalado.

Os especialistas recomendam que a bancada onde o cooktop ficará precisa ser bem resistente ao calor e à umidade, além de ter espessura que varia entre 30 e 60 milímetros.

Além disso, os manuais e cada cooktop contêm informações sobre a distância que o aparelho precisa ficar da parede e de outros eletrodomésticos.

Porém, atualmente, já existem balcões pré-fabricados à venda para instalar o cooktop.

Essa pode ser uma ótima solução se você não quer ou não pode investir em uma reforma na sua cozinha.

Cozinha branca com cooktop na bancada.

É preciso planejamento para a correta instalação do cooktop na cozinha. (Fonte: shadowfirearts / Pixabay)

Se você optar por uma reforma na sua cozinha, o primeiro passo para ter um cooktop é considerar o tamanho do nicho em que o produto será instalado.

Por isso, é importante conferir os tamanhos exatos do eletrodoméstico no manual do seu produto. Falaremos sobre isso mais a fundo em Critérios de Compra.

Além disso, também é preciso que você esteja atento a alguns outros detalhes de instalação do cooktop como as que listaremos abaixo:

  • As tomadas devem ficar fora do móvel e a uma distância de 30cm do ponto de gás para evitar acidentes;
  • A bancada deve ter entre 3cm e 6cm de espessura e resistir a temperaturas de 90ºC;
  • Procure deixar a geladeira afastada do cooktop, pois caso ela fique muito próxima a ele o consumo de energia do refrigerador irá aumentar;
  • Caso a pia fique na mesma bancada que o cooktop, será preciso deixar uma distância de, pelo menos, 45cm entre ela e o cooktop, para evitar o contato com a água.

Quais são as panelas que você pode usar no cooktop?

Antes de você investir em um cooktop é fundamental que saiba que nem todos os modelos são compatíveis com todos os tipos de panelas.

Ou seja, dependendo do cooktop que você comprar, pode ser preciso comprar também novas panelas.

Isso vai depender exclusivamente do modo de funcionamento do eletrodoméstico.

Assim, o único cooktop que não tem restrições de tipos de panelas é o que funciona a gás.

Mas, se você escolher o cooktop elétrico ou por indução saiba que não são todas as panelas que funcionam neles.

Falaremos em detalhes sobre o modelo de funcionamento em Critérios de Compra.

Mas de antemão, é importante que você saiba que esses dois tipos de cooktop não produzem chama durante o aquecimento das bocas.

E, justamente por isso, algumas panelas não funcionem nesses tipos de cooktop.

Se você optar pelo fogão de mesa elétrico, por exemplo, saiba que não poderá usar panelas como, por exemplo, as de cerâmica, vidro ou cobre.

Para a perfeita utilização desse cooktop é preciso que você utilize panelas com fundos reforçados, principalmente as feitas de aço ou ferro com pelo menos três camadas.

Já para utilizar o cooktop por indução, você deve investir em panelas de inox, fundo triplo ou ferro fundido.

Para saber se a panela é compatível com o cooktop por indução, você pode, por exemplo, tentar colocar um imã no fundo da panela, pelo lado de fora.

Se o imã grudar na panela, é porque esse tipo de panela pode ser usado.

Confira as panelas que podem ser usadas em cada cooktop:

  • Cooktop a gás: Todas as panelas.
  • Cooktop elétrico: Apenas panelas com fundo reforçado, de preferência, feitas de ferro ou de aço.
  • Cooktop por indução: Panelas magnetizadas de aço inox, fundo triplo ou de ferro fundido.

Como limpar o seu cooktop?

A limpeza do cooktop, principalmente o elétrico e por indução, é bem mais fácil, pois tratam-se de superfícies completamente planas, sem as grades nas bocas.

Além disso, restos de comida tendem a não grudar nesses cooktop já que, na maioria das vezes eles possuem bases feitas de vidro.

Porém, justamente por isso, a base do cooktop não pode ser limpa com material abrasivo como, por exemplo, esponjas de aço.

Caso contrário, você terá riscos permanentes na superfície do seu fogão de mesa.

Para ajudar você a conservar o seu cooktop, separamos algumas dicas simples e rápidas que devem ser adotadas durante a limpeza:

  1. Desligue o cooktop da tomada e espere esfriar;
  2. Após esfriar, retire as grades (no caso do cooktop a gás) e os queimadores e lave tudo com uma esponja macia;
  3. Limpe a mesa do cooktop com uma esponja macia, detergente neutro e água;
  4. Retire todo o sabão do cooktop com um pano úmido;
  5. Seque a mesa do cooktop com um pano seco.

Quais as vantagens e desvantagens do cooktop?

Como vimos, são muitas as vantagens do cooktop. Esse é um eletrodoméstico moderno, tecnológico e que ocupa bem menos espaço na sua cozinha.

É fácil de limpar o cooktop.

Além disso, por conta do material de fabricação e do design, o cooktop é fácil de limpar e, dependendo do modelo escolhido, possui inúmeras funções para tornar o ato de cozinhar mais prático, eficiente e seguro.

Outra vantagem é que, hoje em dia, existem diversas opções de tamanhos e modo de funcionamento.

Dessa forma, independentemente do seu orçamento ou do espaço que você tenha disponível, é possível adquirir um cooktop para chamar de seu.

Mas é claro que, assim como todos os eletrodomésticos, o cooktop também tem suas desvantagens.

A principal delas é que é preciso uma preparação para a sua instalação: seja por meio de uma reforma, criando uma cozinha planejada, seja pela aquisição de um balcão pré-fabricado.

Ou seja, não é possível simplesmente comprar um cooktop e levar para casa. O móvel onde ele será encaixado deve ter sido pensado antes.

Outra desvantagem é que o cooktop não possui forno. Dessa forma, se você quiser fazer assados, terá que investir um pouco mais para comprar um forno separadamente.

Além disso, também é um produto que requer um investimento alto, principalmente se você precisar comprar novas panelas.

Abaixo, nós reunimos as principais vantagens e desvantagens do cooktop:

Vantagens
  • Design moderno
  • Tecnologia avançada
  • Poupa espaço na cozinha
  • Fácil de limpar
  • Variedade de modelos
  • Compõe a decoração
Desvantagens
  • Requer cozinha planejada ou balcão pré-fabricado
  • Não possui forno
  • Investimento alto

Quanto custa um cooktop?

O preço do cooktop varia bastante em função do modelo de funcionamento, do tamanho e das funções extras disponíveis.

Por isso, em geral, você vai encontrar o cooktop custando entre R$ 100 a R$ 10 mil.

É claro que você não precisa comprar o mais caro de todos. Hoje em dia, é possível adquirir um cooktop eficiente e de qualidade por um preço razoável.

Onde comprar um cooktop?

Você vai encontrar o cooktop à venda em lojas de departamento e hipermercados como Lojas Americanas, Casas Bahia e Extra.

Mas nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil.

Assim, você não apenas garante mais opções de modelos, com opções de descontos atrativos, como ainda adquire o cooktop do conforto da sua casa.

Critérios de Compra: O que levar em conta antes de escolher o cooktop

Como vimos, para ter um cooktop em sua cozinha, o primeiro passo é garantir o espaço adequado para a sua instalação. Mas, na hora de escolher o fogão de mesa ideal, você também precisará decidir qual modelo será mais funcional para você.

Para tanto, é preciso entender quais são as características que distinguem um modelo do outro. Por isso, listamos para você os principais fatores que devem ser observados antes de comprar o cooktop:

  • Modo de funcionamento
  • Classificação Energética
  • Bocas
  • Tamanho
  • Design
  • Acabamento
  • Cor
  • Funções extras

A seguir, nós vamos explicar cada um desses fatores em detalhes para que você tome a melhor decisão e invista no cooktop ideal.

Modo de funcionamento

O modo de funcionamento vai influenciar na forma com que o cooktop esquenta os alimentos e na escolha da fonte de energia utilizada.

Dessa forma, como já vimos, o cooktop pode funcionar por meio de gás, eletricidade ou indução.

O modelo a gás é prático porque você pode usar o mesmo sistema que utilizava com o fogão tradicional. Além de ser possível cozinhar mesmo quando não há quedas de energia elétrica.

Além disso, esse tipo de cooktop é compatível com todos os tipos de panelas.

O lado ruim é que o cooktop a gás não possui uma performance alta para cozinhar os alimentos rapidamente.

Panelas cozinhando sobre cooktop.

O cooktop elétrico ou por indução não produzem chama.
(Fonte: Bru-nO / Pixabay)

Já o modelo com funcionamento elétrico torna o cooktop superior em termos de rapidez para preparar os alimentos.

Isso porque, no fogão de mesa elétrico, as bocas são aquecidas por meio de uma resistência, semelhante a que temos nos chuveiros elétricos.

Isso faz com que não seja preciso uma chama para aquecer a comida.

E, justamente por não produzir chamas, esse tipo de cooktop não tem grades nas bocas de aquecimento, o que facilita a limpeza.

O ponto negativo é que o cooktop elétrico demora mais para esfriar.

foco

Você sabia que já o cooktop que funciona por indução também não possui chamas. Nesse caso, o aquecimento se dá por uma indução eletromagnética.

Isso significa que, se você encostar no fogão ligado, não sentirá calor nenhum. Dessa forma, esse tipo de fogão traz um ponto de segurança a mais.

No cooktop por indução o calor apenas será ativado quando você colocar a panela na boca de aquecimento.

Por isso, os alimentos cozinham com uma velocidade muito maior e a boca de aquecimento resfria mais rapidamente também.

Confira abaixo as principais características dos três tipos de cooktop no que se refere ao modo de funcionamento:

Gás Elétrico Indução
Chama Sim Não Não
Grade nas bocas Sim Não Não
Aquecimento Demorado Mediano Rápido
Esfriamento Mediano Demorador Rápido
Restrição de panelas Não Sim Sim
Performance de cozimento Baixa Média Alta
Limpeza Difícil Fácil Fácil
Preço Mais barato Caro Mais caro

Classificação energética

Se você optar pelo cooktop a gás, você deve levar em conta a classificação energética do aparelho.

Essa informação vem no Selo Concep adesivado no cooktop e ajuda a saber se você está comprando um cooktop econômico.

A classificação varia entre “A” e “E”, sendo A com maior eficiência de consumo de gás, garantindo uma maior economia e menos danos ao meio-ambiente. A classificação E é a menos eficiente.

Bocas

Outro fator que você deve observar é o tipo, a quantidade e a potência das bocas de aquecimento. Você poderá optar por um cooktop de uma a até 6 bocas de aquecimento.

Os cooktops compactos, com uma ou duas bocas, são leves e portáteis. Esses modelos podem até ser levados para a mesa, para a churrasqueira ou para a varanda.

Um cooktop de 4 bocas é indicado para quem mora sozinho e gosta de cozinha bastante ou para aqueles que têm uma família pequena.

Com 5 ou 6 bocas você já poderá fazer uma produção maior para famílias de cinco ou mais pessoas.

Cooktop com uma das bocas acesa.

O tipo e o número de bocas do cooktop influenciam na praticidade e eficiência que você terá na cozinha. (Fonte: ferarcosn / Pixabay)

Além disso, leve em consideração o tamanho das bocas. Os modelos de cooktop mais modernos oferecem bocas com tamanhos diferentes, para que você possa usar panelas com diâmetros variados.

Por fim, se você leva a sério a eficiência de cozimento, observe a potência das bocas de aquecimento.

Nas opções mais modernas, você encontrará bocas que dupla e tripla chamas que podem chegar a até 4.000W.

Já as outras bocas podem ter aquecimento rápido, como por exemplo de 3.000W e semirrápidas de 1.650W.

Tamanho

Esse é um ponto que você deve dar a máxima atenção. Afinal, você precisa garantir que o cooktop caberá no espaço que você tem disponível na cozinha.

Para você ter uma ideia, um cooktop de quatro bocas mediano pode medir 5,5cm de altura, 59cm de largura e 52cm de profundidade.

Já um cooktop de quatro bocas maior tem cerca de 5cm de altura, 86cm de largura e 60cm de profundidade.

Cozinha com ilha e cooktop.

Você precisa garantir que terá espaço suficiente para instalar o cooktop. (Fonte: Connoman / Pixabay)

O cooktop compacto de duas bocas, por exemplo, pode medir cerca de 4,7cm de altura, 30,2cm de largura e 51,4cm de profundidade.

Os maiores, de 5 a 6 bocas, têm, em geral, dimensão de 4,2cm de altura, 73cm de largura e 51cm de profundidade.

Design

Para você que pensa que todo fogão é quadrado temos boas novas para lhe contar.

O cooktop pode ser encontrado em formatos variados, garantindo ainda mais charme, modernidade e exclusividade à decoração da sua cozinha.

Por isso, antes de realizar a sua compra, leve em conta também o design do cooktop.

Em geral, você poderá optar por modelos quadrados, retangulares e até com curvas. Alguns têm formatos arredondados exclusivos.

Acabamento

Os cooktops podem ser fabricados com diferentes tipos de acabamento. Você poderá escolher entre inox, vidro ou vitrocerâmico.

A sua escolha vai determinar não apenas o visual e a decoração, mas também a resistência e durabilidade do cooktop.

O cooktop com acabamento em inox tem alta resistência, mas apresenta um visual tradicional, semelhante aos dos fogões convencionais.

Em geral, o cooktop de inox possui as grades nas bocas de aquecimento, o que também influencia na limpeza, que se torna um pouco mais trabalhosa.

Detalhe de cooktop.

O cooktop com acabamento em inox é resistente e lembra o fogão tradicional.
(Fonte: PhotoMIX-Company / Pixabay)

Já o cooktop com acabamento em vidro temperado é resistente a elevadas temperaturas e a choques térmicos, além de ser mais fácil de limpar.

O modelo de vidro pode ou não ter as grades das bocas, além de cores e até estampas variadas.

Já o cooktop com acabamento em vitrocerâmica é o mais tecnológico e moderno de todos, com controle totalmente digital.

Por isso, esse tipo acabamento só é encontrado nos cooktop elétricos ou por indução.

A vitrocerâmica também é um tipo de vidro, porém é mais resistente e durável.

Além disso, esse tipo de acabamento garante um alto grau de proteção pois não deixa a mesa do cooktop esquentar, evitando assim acidentes com queimaduras.

Cor

Quando pensamos em cooktop, imaginamos eles na cor preta ou prata. Mas existem muitas cores e estampas diferentes para cooktop.

Você poderá optar por cores como branco, vermelho, amarelo, azul e verde, por exemplo.

Além disso, se preferir, existem modelos modernos que vem com estampas de listras, por exemplo.

Funções extras

Por fim, recomendamos que você observe as funções extras dos modelos de cooktop.

Em geral, os do tipo elétrico e por indução são os que vão oferecer mais recursos.

Entre eles, você encontrará cooktops com desligamento automático, botões sensíveis ao toque, timer, controle de níveis de temperatura, luzes de alerta, entre outros.

A escolha aqui é pessoal e vai depender da sua necessidade de uso.

(Fonte da imagem destacada: Carlos Caetano / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.