Mulher aplicando corretivo.
Ultima atualização: 28 de maio de 2021

Como escolhemos

16Produtos analisados

17Horas investidas

5Estudos avaliados

72Comentários coletados

O corretivo é indispensável na hora de esconder olheiras, camuflar espinhas e  cobrir outras marcas no rosto. Mas, para isso, é importante saber escolher o melhor corretivo de acordo com o seu tipo e tom de pele. E é o que você vai descobrir no artigo de hoje.

A seguir, nós vamos mostrar como usar o corretivo de forma correta e qual a melhor opção para você em termos de textura, cores e formato.




O mais importante

  • O corretivo é um grande aliado da make porque ajuda a disfarçar marcas e manchas no rosto.
  • Hoje existem corretivos com formatos, textura e coloração variadas.
  • O melhor corretivo será aquele com a fórmula ideal para o seu tipo de pele.

Corretivos: nossa recomendação dos melhores produtos

Ainda que existam muitos tipos de corretivos, nós fomos em busca dos melhores para facilitar a sua escolha. Veja:

Guia de compra: tudo sobre o corretivo

Como existe uma grande variação de corretivos, você pode acabar confusa na hora de escolher o melhor. Pensando nisso, nós criamos um Guia com tudo o que você vai precisar saber para fazer a melhor compra.

Mulher sorrindo.

O corretivo é um coringa para deixar a pele perfeita. (Fonte: Kim Carpenter/ Unsplash)

O que vem primeiro: a base ou o corretivo?

O corretivo é parte essencial de qualquer make. É ele que esconde marcas e manchas. Mas ainda que o senso comum diga que o corretivo deve ser aplicado na pele antes da base, a verdade é que os maquiadores discordam disso.

De acordo com esses especialistas no assunto, o corretivo deve entrar em ação quando o rosto já está coberto pela base.

Dessa forma, o corretivo vai dar o acabamento nos locais onde você considerar que merecem uma cobertura maior para disfarçar as imperfeições, como no caso das olheiras.

Paleta colorida de corretivos.

Para especialistas, ideal é que o corretivo seja usado após a base. (Fonte: talitasoaresblogger/ Pixabay)

Caso contrário, ao aplicar a base por cima do corretivo, ela iria retirar parte do produto, interferindo no resultado buscado.

Além disso, quando você passa o corretivo depois da base, a make pode durar por mais tempo sem precisar de retoque e ainda ajuda a evitar o efeito craquelado, que é comum quando se aplica muita base ou corretivo no rosto.

Como escolher o tom do corretivo?

O primeiro passo na hora de comprar o corretivo é escolher o tom certo. Um erro muito comum é escolher uma cor mais clara do que a pele. E o fato é que isso quase sempre gera um efeito indesejado, deixando a pele branca demais.

A única ocasião na qual você deve utilizar um corretivo com tonalidade mais clara que a sua pele é para fazer iluminar algumas partes. Mas se o seu objetivo é esconder e disfarçar olheiras, marcas e espinhas, você deve comprar um corretivo com tom similar ao da sua base.

Para você não errar mais, confira na tabela abaixo os dois tipos de corretivos que se diferenciam de acordo com o tom:

Corretivo de correção Corretivo iluminador
Serve para Cobrir manchas e olheiras Iluminar algumas partes do rosto
Tom O mesmo da base Até dois tons mais claro

Corretivo colorido: Para que serve cada cor?

Além das diferentes tonalidades, você também vai encontrar corretivos coloridos. Com a variação de cores é possível esconder as imperfeições de forma mais natural, sem que ocorra um efeito muito pesado na make.

Assim, cada cor é responsável por neutralizar um tipo de mancha. Confira abaixo, a indicação de uso de cada uma delas:

  • Corretivo amarelo: Ideal para cobrir olheiras ou marcas arroxeadas;
  • Corretivo salmão/laranja: Indicado para neutralizar o tom cinza e azulado das olheiras;
  • Corretivo verde: A melhor cor para disfarçar acnes e manchas vermelhas;
  • Corretivo vermelho: Perfeito para esconder manchas com tom esverdeado ;
  • Corretivo lilás: Usado sobre manchas de melasmas e imperfeições amareladas.

Como usar o corretivo corretamente?

O grande problema do corretivo é que, se você pesar na mão ou usar o tom errado para a cor da sua pele, vai acabar com as linhas de expressão mais marcadas e os poros ainda mais visíveis. Para evitar esses problemas, siga algumas dicas que separamos para você:

  1. Não exagere: Saiba dosar a quantidade de corretivo que você passa no rosto, caso contrário vai acabar com um efeito pesado e craquelado;
  2. Diversifique: Use pelo menos dois tons de corretivo. Como vimos, um deles deve ser do mesmo tom de sua pele, para esconder imperfeições. O outro, mais claro, servirá para iluminar alguns pontos da face;
  3. Dê batidinhas: A melhor forma de aplicar o corretivo é com leve batidinhas usando a ponta dos dedos ou com a ajuda de uma esponja;
  4. Hidrate: Antes de iniciar a sua maquiagem é recomendável hidratar bem a pele. No caso das olheiras, você pode até usar um creme específico para essa região. Isso também vai ajudar a fixar melhor o corretivo na pele.
  5. Defina contornos: O corretivo também pode ser usado como contorno. Para isso, use uma opção com tonalidade acima do seu tom de pele e aplique no osso do nariz, no centro da testa e nas têmporas.

Critérios de compra: Como comparar os tipos de corretivo

Já escolheu o melhor tom do corretivo e as cores que vão lhe ajudar a cobrir as imperfeições da sua pele? Ótimo. Mas não pare por aí. No caso dos corretivos, é preciso avaliar alguns outros pontos se a ideia é comprar o melhor de todos. Listamos para você os principais:

Textura e cobertura

Antes de mais nada, você precisa escolher bem a textura do corretivo. Dependendo da textura, o efeito da aplicação poderá ficar mais pesado ou mais leve, e as imperfeições poderão ficar mais ou menos cobertas.

Nesse quesito, você vai encontrar duas opções à venda: O corretivo líquido e o cremoso. E essa diferença também tem tudo a ver com o seu tipo de pele. Por exemplo, se o seu rosto é oleoso, o mais recomendado é utilizar um corretivo com textura mais seca e de longa duração.

Já se a sua pele é seca, você deve comprar um corretivo mais cremoso. Além disso, essa diferença de textura vai definir a capacidade de cobertura do corretivo. Confira as principais diferenças entre eles:

  • Corretivo cremoso: Com uma textura mais grossa, esse tipo de corretivo confere uma maior cobertura, para manchas e marcas mais escuras e profundas;
  • Corretivo líquido: Com textura mais leve, o corretivo líquido acaba sendo mais útil para quem tem olheiras mais discretas, já que ele não cobre com a mesma intensidade que o anterior.

Efeito

Além da textura, observe também o efeito que o corretivo oferece. Isso porque, dependendo da fórmula, cada corretivo será capaz de proporcionar um aspecto diferente na sua make.

Alguns corretivos, por exemplo, deixam a pele com um efeito matte e sem brilho, o que é ideal para quem tem problemas com excesso de oleosidade. Enquanto que outros tipos de corretivos possuem uma fórmula que proporciona mais luminosidade e brilho.

Ingredientes extras

Na hora de analisar a fórmula do melhor corretivo, sempre fique de olho nos ingredientes que podem adicionar cuidados à sua pele. Os melhores, por exemplo, podem ter ativos hidratantes, que servem tanto para quem tem a pele seca quanto para quem tem a pele oleosa.

Outros corretivos também contam com nutrientes que cuidam da saúde da pele como o ácido hialurônico e as vitaminas C e E.

E existem aqueles que possuem até fator de proteção solar para ajudar a evitar os efeitos negativos dos raios solares.

Formato

Tão importante quanto os outros critérios é o formato do corretivo. Isso vai interferir muitas vezes na textura do produto e quase sempre na forma de aplicação. Hoje em dia, existem corretivos que podem ser aplicado com um pincel, bastão, bisnaga e os que vem nos potinhos.

Ainda que essa seja uma escolha bastante pessoal, vale entender as principais diferenças entre eles.

Mulher se maquiando.

O corretivo pode ser encontrado em vários formatos. (Fonte: lubovlisitsa / Pixabay)

O corretivo em forma de bastão, é aquele que lembra um batom e, por isso, tem a textura mais seca. O líquido costuma vir com um pincel de aplicação e o que vem na bisnaga é aplicado diretamente com o bico.

Além deles, existe também o corretivo que vem em um potinho e, em geral, tem a textura mais grossa.

Resumo

O corretivo é um grande aliado de toda mulher na hora de garantir uma maquiagem perfeita e livre de marcas e manchas no rosto, principalmente quando o assunto é esconder as olheiras. Mas é preciso saber escolher o tom e as cores certas para ter o efeito desejado.

Além disso, é importante levar em conta qual é a melhor textura para o seu tipo de pele, o formato de aplicação ideal e os ingredientes adicionais que podem ajudar no cuidado com sua pele.

(Fonte da imagem destacada: Elena Vagengeim/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas