Imagem mostra uma cortina de ar acima de uma porta.
Ultima atualização: 3 de março de 2020

Como escolhemos

7Produtos analisados

16Horas investidas

2Estudos avaliados

46Comentários coletados

Olá, seja bem-vindo! Se você está pensando em comprar uma cortina de ar, esse é o seu artigo. Daremos aqui todas as dicas sobre como escolher o modelo ideal desse produto que tem crescido em popularidade.

Cortinas de ar fazem parte do grupo de equipamentos que ajudam a suportar o extremo calor. Em tempos que os verões brasileiros ficam cada vez mais quentes e parece difícil suportá-los sem ajuda de ventiladores, climatizadores ou de um ar condicionado, são uma ótima pedida.

Mas como saber qual é o modelo de cortina de ar que você precisa? E como saber se, dentre tantas opções de equipamentos com esse fim, ela é realmente a melhor? Fique atento que explicaremos tudo isso a seguir!




Primeiro, o mais importante

  • Cortinas de ar funcionam como barreiras que impedem que o ar entre e saia do ambiente. Elas sozinhas não refrigeram ou aquecem. Se essa for a intenção, é necessário combinar com um ar condicionado ou climatizador.
  • É importantíssimo prestar atenção na largura da cortina de ar. Ela deve ser igual ou levemente superior à da porta sobre a qual será instalada para funcionar adequadamente.
  • O uso pode ser doméstico ou comercial. No primeiro caso, os preços podem variar entre R$ 300 e R$ 500, no segundo, varia até cerca de R$ 900 em modelos produzidos que não precisam ser feitos sob encomenda.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de cortina de ar: Nossos favoritos

Através de avaliações em sites bem-conceituados de compras, preparamos esse Ranking com ótimos modelos de cortina de ar. Abaixo, uma pequena descrição de cada um deles e uma breve explicação sobre suas principais vantagens:

Um cortina de ar com ótimo custo benefício

Com um 0,90m de largura, esse modelo da Agratto traz um controle remoto, permitindo que o ato de ligar e desligar seja feito de longe. É econômico, tem um design moderno e é bastante fácil de instalar, sem exigir mudanças estruturais. É recomendado tanto para o ambiente doméstico como para negócios como restaurantes, lanchonetes, lojas, shoppings e hospitais.

Uma ótima opção de cortina de ar para ambientes comerciais

Modelo bastante largo, adequando-se principalmente a ambientes comerciais. Traz um controle remoto, promete facilidade de instalação e bom isolamento térmico. Além de sua função como isolante térmico, também age bem para impedir a entrada de insetos e fumaças mesmo com a porta constantemente aberta. Ajuda a reduzir o custo de energia elétrica e a prolongar a vida de aparelhos de ar condicionado.

Uma ótima opção de cortina de ar com alto desempenho

Com 90 cm de largura, esse aparelho da Elgin se adapta melhor a ambientes residenciais, mas também pode ser usado sem problemas em portas de locais comerciais que se adaptem a ele. Traz um controle remoto, promete proteção contra odores, poeira, fumaça e insetos. Entre os destaques de sua descrição, temos o motor de alto desempenho e o ventilador centrífugo.

Guia de Compra

Pode ser que você nunca tenha notado, mas a cortina de ar está presenta na porta de diversos estabelecimentos. É ela que impede a saída do ar fresco do ar condicionado quando a porta se abre.

Você sabe exatamente como funciona uma cortina de ar? Para que ela serve? Como pode melhorar o seu dia a dia? E, principalmente, quais as principais vantagens e desvantagens de ter uma? É sobre tudo isso que falaremos agora!

Imagem mostra uma família entrando em uma loja.

A cortina de ar é indispensável para estabelecimentos que possuem ar condicionado e porta automática, ou até mesmo aberta. (Fonte: veresproduction / 123RF)

O que é uma cortina de ar e para que ela serve?

Como o próprio nome já diz, esse equipamento funciona exatamente como uma cortina. Ele deve ser instalado logo acima da porta e cria embaixo dele uma grande barreira de ar. É essa barreira que impede que o ar de dentro saia e que o de fora entre.

Uma vez instalado, ele permitirá que o clima de dentro da sala seja mantido mesmo com a porta aberta, já que o ar de fora não conseguirá entrar. Para dias de extremo calor, portanto, funcionará para manter ambientes frescos e climatizados.

A maior parte dos modelos é capaz, dependendo da potência e da vazão de ar, de ir além dessa função primordial. Boas cortinas de ar também protegem contra entrada de insetos, (coisa importante no verão brasileiro) fumaça, odores, entre outros.

foco

Há alguns fatores que independem do modelo e influenciam na eficiência das cortinas de ar. Um exemplo é a diferença de pressão atmosférica entre o ambiente interno e o externo. O ideal é que ela seja o mais próximo possível de 0.

Além da pressão, outros fatores devem ser levados em conta: a existência de elevadores próximos à porta diminui a eficiência. Problemas com umidade ou diferenças extremas de temperatura também poder ser influências negativas.

Cortina de ar ou ar condicionado?

É aqui que o uso da cortina de ar assusta um pouco: a resposta correta para essa pergunta é “ambos”.

Como você pode ter percebido pela descrição do produto, uma cortina de ar não refrigera. Ela simplesmente impede a entrada e saída de ar. Por isso, a temperatura continuará sendo ambiente a não ser que você tenha um outro equipamento.

A cortina de ar por si só não produz efeito de refrigeração. Se você quer climatizar o ambiente, precisa de um aparelho com essa função específica.

O ideal é combinar o uso do ar condicionado com a cortina de ar: o ambiente estará sempre fresquinho, a porta poderá ficar aberta, fumaças, insetos e afins não entrarão. Na pior das hipóteses, um climatizador ajudará.

Quais as vantagens e desvantagens de uma cortina de ar?

A maior vantagem de uma cortina de ar é permitir essa flexibilidade em relação a manter portas abertas ou fechadas. Sua multifuncionalidade ao proteger contra insetos ajuda, e o fato de não precisar que paredes sejam quebradas, também.

Imagem mostra uma loja com porta aberta no shopping.

A cortina de ar mantém o ambiente refrigerado mesmo com as portas abertas. (Fonte: TEA / 123RF)

Usadas em conjunto com um aparelho de ar condicionado, elas permitem que a temperatura média aplicada seja mais alta. O consumo de energia elétrica será menor dessa forma, bem como os males causados à saúde pela permanência em ambientes fechados.

Por outro lado, a necessidade de uso junto com um aparelho de refrigeração (ou calefação, dependendo do caso) significa que o investimento sempre virá acompanhado.

Comprar uma cortina de ar por si só não terá muito efeito se a sua intenção for climatizar o ambiente. Se quiser simplesmente proteger contra insetos, aí sim ela será autossuficiente.

Também é necessário ter muita atenção para comprar um modelo correto para a porta sobre a qual ele ficará. Explicaremos mais sobre isso ainda nesse artigo!

Vantagens
  • Eficiente para impedir troca de ar entre ambientes
  • Protege também contra insetos, fumaças e outros
  • Diminui o gasto de energia do ar condicionado e aumenta sua eficiência
Desvantagens
  • Não refrigera sozinha: precisa de um equipamento de climatização
  • Custo extra para um sistema de refrigeração
  • Precisa ter largura similar à da porta sobre a qual será instalada

Quanto custa?

Os preços de cortina de ar costumam variar de acordo com a sua largura e adequação a portas. Modelos de 90 cm, mais indicados para uso doméstico, custam a partir de R$ 300. Eles dificilmente passarão da faixa de R$ 500.

Se a sua intenção é usar uma cortina de ar em uma porta maior, provavelmente em um ambiente comercial, os preços começam a subir. As maiores larguras encontradas em sites não especializados são de 2 metros e os preços giram na faixa de R$ 900.

Onde comprar uma cortina de ar?

Você encontrará grandes variedades de cortinas de ar em lojas especializadas em ar condicionado e refrigeração. Eventualmente, lojas de departamento como Americanas e Walmart terão um ou outro modelo.

Se a sua preferência for por compras online, recomendamos a Amazon brasileira. Ela apresenta várias larguras e diferentes tipos de funcionalidades. O Mercado Livre também é uma boa pedida.

Não deixe também de conferir os sites especializados em refrigeração e ar condicionado. Eles podem não ser tão funcionais como os grandes e-commerces, mas trarão boa variedade.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de cortina de ar

Já explicamos as vantagens e desvantagens de uma cortina de ar e como usá-la. Se você está decidido a comprar uma, ainda deve prestar atenção em alguns fatores.

Existe uma série de pontos importantes para que você faça a compra correta e escolha o modelo perfeito. Vamos a eles:

Agora, vamos entender o que devemos avaliar em cada um desses critérios.

Largura

Essa é a coisa mais importante para se prestar atenção ao comprar uma cortina de ar. Um erro pode te trazer sérias dores de cabeça no futuro.

Não se esqueça que a cortina de ar precisa ter a largura exata ou um pouco maior que a da porta sobre a qual ela ficará.

Portas domésticas costumam ter um padrão de 80 cm, às vezes chegando a 90 cm. É justamente por isso que dizemos que os modelos de cortina de ar com essas larguras são para uso em casas ou apartamentos.

Não adianta querer instalar uma cortina de 90 cm em uma porta de 1,80 metro. Ela não terá seu funcionamento ideal. Sempre procure pelo equipamento que melhor se adeque ao lugar onde será instalado.

Para isso, meça a porta do local onde ela será instalada e sempre opte por um modelo poucos centímetros maior.

Nível de ruído

Tenha a consciência que uma cortina de ar passará muitas horas por dia funcionando. Por isso, ela precisa ser silenciosa o bastante para não produzir ruídos que causem danos à sua audição.

O nível de ruído considerado saudável para se estar ao lado 8 horas diárias é de 85 decibéis. A partir disso, situações como perda de audição podem começar a acontecer.

Veja nas especificações técnicas da cortina de ar se está informado o nível de ruído. Se sim, note se está dentro dos limites do saudável, abaixo de 85 decibéis e preferencialmente por volta dos 60. Mais do que isso, sua saúde poderá ser prejudicada.

Facilidade de instalação

Ao contrário de um aparelho de ar condicionado, uma cortina de ar não exige que a parede seja quebrada para a sua instalação. É um processo muito mais simples e que não deve demandar excesso de tempo e dinheiro.

É importante que você peça auxílio profissional na hora de fazer a instalação, porém, ela será simples. Desconfie se for dito que é necessário fazer alterações estruturais: provavelmente o modelo ou especialista escolhido não é sério.

De toda forma, confira esse vídeo que mostra a instalação de uma cortina de ar do começo ao fim:

Potência

Existem algumas cortinas de ar que são mais potentes, produzindo assim maior capacidade de ventilação. Quanto maior for esse número, maior a proteção contra a passagem de ar e, principalmente, insetos, fumaças, odores e afins.

A maior potência também diminuirá a necessidade de deixar o ar condicionado em temperaturas extremas. Ou seja, cortina de ar mais potente significa maior economia de energia elétrica e durabilidade do aparelho refrigerador.

(Fonte da imagem destacada: Pavel Chernobrivets / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.