Notebook com códigos de programação aparecendo na tela.
Ultima atualização: 7 de maio de 2021

Como escolhemos

11Produtos analisados

14Horas investidas

6Estudos avaliados

74Comentários coletados

Que a programação é uma das habilidades essenciais nos dias de hoje, já não é novidade para ninguém. Mas quem deseja entrar nesse universo, seja por curiosidade seja para iniciar uma nova profissão, deve fazer um curso de programação. No artigo de hoje, vamos mostrar o porquê disso e muito mais.

A seguir, você vai descobrir também quais são os tipos de cursos para programadores disponíveis nas escolas, universidades e no mundo online, o que você pode aprender neles e quais são os critérios que devem ser levados em conta para escolher o melhor curso.




Primeiro, o mais importante

  • O curso de programação pode ser feito por qualquer pessoa, mas é especialmente buscado por quem quer se tornar um programador profissional.
  • Existem muitos formatos e níveis de cursos para programadores, que ensinam desde lógica até os vários tipos de linguagem para desenvolver apps e jogos.
  • Para investir seu dinheiro e tempo na melhor opção, recomendamos comparar alguns aspectos como a reputação da escola e do professor, o conteúdo e a temática do curso.

Melhores cursos de programação: nossas recomendações

São muitas as variáveis que tornam um curso de programação bom. Mas a principal é a avaliação dos alunos que já concluíram os estudos. Com isso em mente, nós listamos abaixo os cursos online mais populares do momento. Veja:

Guia de Escolha: tudo o que você precisa saber sobre o curso de programação

Para comprar um bom curso de programador é preciso saber o que você vai aprender e como. E são tantas opções, com conteúdo programático tão variável que resolvemos criar esse Guia para orientar você nessa escolha.

Homem fazendo programação em um notebook.

É o trabalho da programação que nos permite acessar um site ou um app. (Fonte: StartupStockPhotos/ Pixabay)

O que faz um programador?

O programador é o profissional que desenvolve, basicamente, novos softwares, aplicativos, jogos, sites e programas de computador. Por isso, essa é uma das funções mais atuais e promissoras.

Afinal, quase tudo hoje em dia é feito por meio de dispositivos que precisam da ação de um programador ou desenvolvedor, como também são chamados esses profissionais.

Para você entender como isso funciona, confira a seguir a tabela que mostra as principais funções dos programadores.

Tipo de programador O que faz
Programador Web Desenvolve websites, que envolve o desenvolvimento front-end e a estrutura interna, que é o back-end
Programador Mobile Cria aplicativos para dispositivos móveis, como smartphones e tablets
Programador de Jogos Cria games
Programador Desktop Desenvolve sistemas operacionais como Windows, MacOS e Linux Ubuntu

Qual o perfil de um programador?

Qualquer pessoa pode fazer o curso de programação, seja para aprimorar suas habilidades pessoais seja para adquirir um novo ofício.

No entanto, quem mais se destaca nessa área são pessoas que estão sempre ligadas às novas tecnologias, têm alguma afinidade com a engenharia de software e os sistemas operacionais e cultiva um raciocínio lógico para resolução de problemas.

Mas, para ter sucesso no segmento da programação, também é importante ter conhecimentos aprofundados em matemática e em inglês, já que a maioria dos termos ainda estão nessa língua.

Você sabe qual a linguagem de programação mais usada em 2021? Isso vai depender do tipo de desenvolvimento que for ser realizado.

Mas, de acordo com uma pesquisa do StackOverflow, uma das mais expressivas comunidades de programadores do planeta, a linguagem mais usada atualmente é o Python. Em seguida vêm as linguagens JavaScript, Java, C# e C.

Por que você deve fazer um curso de programação?

Mesmo que não seja preciso ter um diploma de graduação para conseguir um emprego como programador, ter formação em algum tipo de curso de programação é, sem dúvidas, uma ótima forma de abrir portas no mercado.

É em um curso de programador que você vai poder aprender desde os fundamentos básicos dessa área, como a lógica, até alguns conteúdos específicos como, por exemplo, as linguagens da programação que são utilizadas em cada tipo de projeto.

Homem programando em um Macbook.

O curso de programador é o primeiro passo para aprender a teoria que será usada na prática. (Fonte: Pexels/ Pixabay)

Além de aprender a criar e desenvolver, ao fazer um curso de programação você também poderá descobrir como automatizar tarefas repetitivas.

Essas tarefas tanto podem ser relatórios e base de dados, que precisam ser atualizados diariamente, como mensagens que precisam ser enviadas sempre que alguém realizar uma ação no seu site, por exemplo.

E mesmo que você não tenha o objetivo de se tornar um profissional, ainda assim o curso de programação será vantajoso. Com ele você vai, no mínimo, desenvolver o raciocínio lógico e aprender resolução de problemas na área da tecnologia.

O que você vai aprender no curso de programação?

Existem centenas de cursos de programador disponíveis hoje em dia e o que basicamente os diferencia é o conteúdo programático.

Nesse sentido, existem alguns cursos mais populares, como os que ensinam um pouco de tudo que o profissional precisa saber e de maneira rápida.

Mas, de modo geral, os cursos de programação são dividimos por temáticas, justamente para permitir uma especialização em determinada área. Além disso, a programação não se resume apenas à criação e desenvolvimento como você confere abaixo com alguns conteúdos presentes nos cursos:

  • Raciocínio lógico;
  • Criação de apps;
  • Desenvolvimento web;
  • Criação de jogos;
  • Modelagem de dados;
  • Técnicas de Desenvolvimento de Algoritmos;
  • Banco de dados;
  • Sistemas Operacionais;
  • Projeto de Software;
  • Técnicas de Programação;
  • Inteligência Artificial;
  • Computação em Nuvem;
  • Segurança da Informação;
  • Testes de Software;
  • Programação de Computadores;

Critérios de Escolha: Como comparar os cursos de programação

Antes de concluir a sua matrícula em um curso para aprender programação você deve entender o que diferencia um do outro e, então, colocar na balança o que mais vai valer apena para a sua aprendizagem. Entre as principais características que você deve levar em conta estão:

Presencial ou online

Antes de mais nada, você deve escolher entre o curso de programação online ou presencial. Na maioria das vezes, as aulas virtuais são mais acessíveis já que o curso é mais barato e permite que você escolha quando e onde assistir o conteúdo e fazer os exercícios.

Por outro lado, o curso de programador presencial tem a vantagem de contar com a possibilidade de manter um contato mais próximo com o professor e também com colegas da turma. E isso pode ser importante para tirar dúvidas e compartilhar conhecimento.

Linguagens

Em seguida, é fundamental que você se matricule em um curso cuja linguagem de programação esteja alinhada com os seus objetivos.

Afinal, para executar seu trabalho, o desenvolvedor usa como principal ferramenta a linguagem da programação, que varia de acordo com o projeto.

As linguagens mais conhecidas são: Java, C, C++, C#, Python, VB .NET, PHP, JavaScript, Delphi, Ruby e Swift. Confira no quadro abaixo algumas aplicações dessas ferramentas:

Projeto Linguagens mais usadas
Site JavaScript e o framework React para front-end, e Java, PHP, Python e o framework Node.js para back-end
Apps Java, Swift, Objective-C e Kotlin
Jogos C++
Sistemas operacionais C

Tipo de cursos

Como você já viu, existem os mais variados tipos de cursos de programação. E eles se diferenciam, principalmente, pelo nível de aprendizagem que pode ser básico, intermediário ou avançado.

Além disso, o mercado oferece cursos mais aprofundados e abrangentes como os de graduação, e os mais pontuais, como os de tecnólogos.

Vale ressaltar porém que não existe uma faculdade específica para formar o programador. Mas é possível exercer a profissão com o diploma de outros cursos como os de: Computação, Sistema de Informação e Engenharia de Software.

Mão segurando celular com apps na tela.

Dependendo do tipo de curso que você fizer, você terá habilidades para desenvolver apps, sites e/ou sistemas operacionais. (Fonte: Pexels / Pixabay)

Já os cursos de tecnólogos podem ter como temática: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Sistemas para Internet, Segurança da Informação, Banco de Dados e Jogos Digitais.

Além disso, você poderá também fazer um curso de programação online ainda mais específico. Nesse caso, você encontrará mais opções de aulas.

Duração

Observe também que os cursos se diferenciam no quesito duração. Isso vai depender do tipo de curso que você escolher e pode impactar tanto na sua qualificação e procura por emprego quanto no tempo do seu aprendizado.

Por exemplo, os cursos de graduação são os mais longos e podem chegar a durar até 5 anos. Se a ideia é não perder tempo, os cursos técnicos têm duração entre 1 e 3 anos.

Já os cursos de programação rápidos podem durar entre algumas horas e alguns meses.

Resumo

Aprender programação é uma tendência em todo o mundo. Afinal, sites, apps e sistemas operacionais só existem porque há um desenvolvedor por trás do projeto. Mas para se tornar um programador, o ideal é mesmo se matricular em um curso de programação.

É no curso que você vai aprender as linguagens da programação, além de fundamentos básicos e específicos que possibilitem programar tanto por hobby quanto por motivos profissionais.

(Fonte da imagem destacada: StockSnap/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas